10 dicas de Copenhague para quem vai pela primeira vez

Copenhague é a capital e maior cidade da Dinamarca. É linda e encantadora, e parece ter saído diretamente dos contos de fadas. Lá, por exemplo, está a estátua da Pequena Sereia, um dos contos mais famosos de Hans Christian Andersen.

Os castelos e palácios da cidade também contribuem para essa atmosfera fantasiosa. São enormes, imponentes, clássicos e deslumbrantes. O Rosenborg Slot é um castelo tão espetacular, que ao entrarmos, nos sentimos fazendo parte da realeza. Em Amalienborg, podemos conhecer a história da família real dinamarquesa e ver a troca da guarda, diariamente, às 11h30 da manhã.

Christiania é o bairro hippie e alternativo da cidade, o que desperta a curiosidade de turistas de todas as partes do mundo. Nyhavn, com suas cores intensas e alegres, suas casas antigas e seus lindos canais, conferem um charme a mais à cidade.

Copenhague possui vários canais que cortam a cidade, assim como Amsterdam. Os passeios de barco duram aproximadamente uma hora, e têm guias que mostram e explicam as construções históricas da cidade.

dicas de copenhague

Por ser uma cidade pequena, é possível conhecê-la caminhando. Também há a opção de fazer quase todo o turismo de bicicleta, já que boa parte dos dinamarqueses utilizam o ciclismo para se locomover. A cidade possui várias locadoras de bicicletas e ciclovias espalhadas por suas ruas. 

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%


10 dicas de Copenhague

1. Qual a melhor época do ano para se visitar Copenhague?

O verão é a melhor estação para visitar Copenhague, já que a temperatura é bem baixa no restante do ano e o inverno é rigoroso. No final da primavera e no início do outono as temperaturas também são mais amenas.

PASSAGENS AÉREAS PARA COPENHAGUE
Passagens aéreas saindo de

2. Quanto tempo é necessário para conhecer a cidade?

Se a sua viagem for curta e você estiver com o roteiro apertado, 2 dias são suficientes para conhecer boa parte da cidade. Mas a média ideal é de 4 a 5 dias, para incluir um passeio de 1 dia à Suécia, país igualmente encantador, ou a outros lugares próximos.

☛ Leia também: Seguro viagem para a Europa é obrigatório?

3. Qual a média de temperatura por lá?

As temperaturas médias de verão costumam ser superiores a 21°C, principalmente em julho. Os meses com maior índice de chuva são os entre junho e dezembro. O mês mais frio é fevereiro, com mínima de -2°C, mas o bom é que é muito raro nevar por lá.

clima copenhagen

4. Quais são as principais atrações turísticas da cidade?

– Estátua da Pequena Sereia: monumento mais famoso de Copenhague, construído em 1913 por um cervejeiro que se baseou no conto de Hans Christian Andersen. Situa-se na cidadela de Kastellet.

o que visitar em Copenhague

– Tivoli: um dos parques de diversão mais antigos do mundo. Seus jardins são uma atração a parte, tamanha beleza. A entrada é paga e os brinquedos também, mas é uma visita interessante, que vale muito a pena!

– Nyhavn: é o novo porto de Copenhague, repleto de charmosas casas com fachadas coloridas, bares e restaurantes. É de lá que sai o passeio de barco pelos canais da cidade.

– Castelo de Rosenborg: foi construído em 1606, por Christian IV, para servir como residência de verão da família real. Ainda hoje, no sótão do castelo, há o tesouro da realeza. Os lindos jardins do rei que o rodeiam, oferecem uma bela vista da cidade.

– Palácio de Amalienborg: é um conjunto de 4 palácios simétricos situados ao redor da praça Amalienborg. Diariamente, às 11:30h é possível ver a troca da guarda real.

dicas dinamarca

– Palácio de Christiansborg: situado na ilha de Slotsholmen, é a sede do parlamento dinamarquês, onde são votadas todas as leis.

– Kastellet: é uma cidadela com uma fortaleza muito bem conservada, onde se encontram a Igreja de Saint Albans (monumento do fim do século XIX) e o Museu da Libertação (retrata a ocupação militar nazista na 2a guerra mundial). Há também pequenos e belos jardins próximos à estátua da Pequena Sereia, com moinhos de vento e estátuas de canhão.

o que fazer em copenhagen

– Christiania: no passado era uma cidade independente, onde as pessoas viviam numa comunidade Hippie. Por um bom tempo houve o livre comércio de drogas ilícitas, mas hoje, o local virou um ponto de visitação dos turistas e vive sob a vigilância da polícia local.

– Gliptoteca Ny Carlsberg: trata-se de um belo museu situado ao lado do Tivoli. Há um delicioso e famoso café da manhã ao lado do jardim de inverno.

– Fábrica da Calsberg: o museu de uma das cervejas mais famosas do mundo, criada pelo mestre cervejeiro J.C. Jacobsen em 1847.

– Rundetarn: é a torre de observação mais antiga da cidade. Fica à esquerda da rua Stroget, próxima à praça Amagertorv.

– Museu Nacional de Copenhague – é um belo e clássico espaço do século XVIII, considerado o maior museu do país em história e cultura. Fica entre os jardins do Tivoli e a pequena ilha de Slotsholmen. A entrada é gratuita e abre todos os dias.

– Igreja de Mármore: é uma linda igreja situada entre vários prédios. Toda feita de mármore, tem as paredes fria por fora, e do lado de dentro há belos mosaicos e pinturas. 

Leia também: O que fazer em Copenhague: as principais atrações turísticas

5. Quais os passeios são viáveis de se fazer em um dia para lugares próximos?

– Malmo (Suécia) – 36 km;
– Roskilde – 38 km;
– Hillerod – 40 km;
– Lousiania Museum of Modern Art – 40 km;
– Helsingor (onde está o Castelo de Kronborg, o do Hamlet) – 47 km;

castelo do hamlet dinamarca
– Helsimborg (Suécia) – 56 km;
– Odense – 166 km;

6. Como se locomover pela cidade?

É possível conhecer a pé a maioria das atrações da cidade, ou então de ônibus, embora pela cidade passem 6 linhas de trem e 2 linhas de metro, mas estes costumam ser mais utilizados para ir às cidades próximas ou bairros mais distantes.

Os visitantes têm a opção de comprar o Copenhagen Card, que é um cartão de desconto. Com ele é possível entrar gratuitamente em várias atrações, obter desconto em  restaurantes, e usar gratuitamente os ônibus, trens e metrô da cidade. Os cartões são válidos para 24 e 72 horas. É possível comprá-los nas agências de turismo, nas estações de trem, no aeroporto, em hotéis e albergues ou no centro de informações turísticas.

estação central copenhagen

Em Copenhague não há um terminal rodoviário central, mas há algumas paradas pela cidade. Na rua Ingerslevsgade, embarcam e desembarcam os ônibus das companhias internacionais. A linha que vem de Malmö, na Suécia, tem parada na rua Kongens Nytorv, na Estação Nørreport e na praça da prefeitura. Os coletivos que chegam do interior do país param na estação Valby.

7. Quanto custa o transporte urbano?

 Os bilhetes de trem, metrô e ônibus são cobrados pela distância percorrida.Há cinco tipos de bilhetes:

– Viagem simples (conforme o número de zonas percorridas – o mais barato, por 24 DKK, cobre duas zonas e é válido por 2 horas);

– Bilhete de um dia (viagens ilimitadas durante 1 dia para todas as zonas – 130 DKK);

– City Pass (para as zonas 1, 2, 3 e 4, válidos por 24 ou 72 horas – 75 e 190 DKK);

– Múltiplas viagens (o mais flexível, disponível em várias versões, dependendo da cobertura de zonas –  10 bilhetes –  de 145 a 470 DKK).

Informações em www.visitcopenhagen.com/book-your-stay/copenhagen-card.

No site Rejseplanen é possível programar os itinerários, horários e tarifas.

8. Se tiver apenas 1 dia para visitar Copenhague, o que priorizar (mini roteiro)?

Copenhague é uma cidade relativamente pequena, então, no caso de ter apenas 1 dia para conhecê-la, é possível visitar algumas das principais atrações. Você pode começar assim:

1 – Castelo de Rosenborg – parque Kongens Have – 10:00h/16:00h – 100 DKK (€ 14 por pessoa para os 2 palácios – este e o Palácio Real);

dicas da dinamarca

2 – Cidadela de Kastellet – forte, moinhos, estátua da pequena sereia;

3 – Igreja de mármore;

4 – Palácio Real – praça Amalienborg (troca da guarda às 11:30h);

o que fazer em copenhague

5 – Visão da Bolsa de valores, Ópera Nacional, Biblioteca Diamante Negro, Igreja São Salvador;

6 – Canal: Nyhavn e Nybrogade;

7 – Torre Redonda (3a e 4a de 10:00h às 21:00h) –  25 DKK (€ 4) por pessoa;

8 – Praças Gammeltorv (antiga) e Nytorv (nova) – esplanada com uma fonte no meio;

9 – Prefeitura;

10 – Tivoli.

roteiro copenhague

9. Qual o preço média da alimentação?

A culinária local é bastante reconhecida internacionalmente, variando entre carnes, peixes e laticínios, além do tradicional sanduíche aberto chamado smørrebrød.

Em Copenhague, inclusive, está localizado o restaurante considerado como é o melhor do mundo, chamado Noma e como é de se esperar, exige reserva com bastante antecedência, cerca de três meses antes pelo menos. O valor aproximado dos menus é de 1500 DKK. Outros restaurantes conhecidos e elogiados na cidade são o Formel B, o Relae e o Geranium.

Para quem quiser pagar preços mais acessíveis, há na Stroget, principal via de comércio no centro da cidade, um restaurante chinês que vende o china-box, com preço especial até as 17 horas, 25 DKK ( US 6,00), além de algumas opções de buffet livre por um média de 50 DKK.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


10. Onde é melhor para se hospedar?

O Latin Quarter, o bairro Islands Brygge  e a região próxima aos canais são  consideradas as mais interessante da cidade. Já nos arredores da estação central você poderá encontrar opções mais em conta, já que de um mod geral as hospedagens  costumam ser caras por lá.

O Hotel Skt Petri faz um gênero mais sofisticado. Já o Hotel d’Angleterre é um pouco mais simples, portanto, mais acessível. A cadeia Cab Inn é uma boa opção para orçamentos menores (o mais central é o que fica na Mitchellsgade 14). Um dos hostels mais baratos da cidade é o City Hostel HI, com diárias de aproximadamente 180 DKK, e um que reúne boa localização, qualidade e preço é o Generator Hostel, onde nós ficamos hospedados. Veja outras opções aqui!

Mais dicas de Copenhague

  • Idioma: dinamarquês, mas praticamente todos mundo fala inglês fluente
  • Moeda: coroa dinamarquesa (DKK)
  • Documentação necessária: passaporte com validade mínima de 6 meses. Não é preciso visto para ficar até 3 meses
  • Telefones de emergência: 112
  • Eletricidade: 220 v
  • Tomada: dois plugues arredondados paralelos
  • Ligação à cobrar para o Brasil:808 855 25
  • Fuso horário em relação à Brasília: + 4 ou 5 horas, dependendo da época do ano
  • Embaixada brasileira:  Cristian IX`s Gade 2, 1 andar – 111 Copenhague K – Telf: 39206478
  • Informações turísticas: http://www.visitdenmark.com/pt-br/dinamarca

Não deixe de ler todas os nossos outros posts com dicas de Copenhague.

Boa viagem!

✈ Vai para Copenhague? Então, leia também:

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

38 COMENTÁRIOS

  1. Eu AMEI Copenhagen!!! Conheci quando fiz um intercâmbio no interior na Dinamarca e voltei lá 2 anos depois e garanto que não só a capital, mas o país inteiro é fantástico!!! Coloquem a Dinamarca no roteiro que não tem como se arrepender!

  2. Fiquei neste Cab Inn perto do Tivoli, muito bem localizado, mas beeem pequeno! Adorei a cidade…fiquei dois dias e meio e deu para fazer muita coisa. Recomendo dar uma volta com as bikes taxis que ficam na rua principal (é muuuito legal) e ainda dar uma visitadinha básica na loja do Lego 😀

  3. Olá! Estou a pensar ir a Copenhaga na Páscoa de 2015 (ainda falta muito, não é!!!). Fim de março e primeira semana de abril. Posso fazer entre 5 e 7 dias.
    Para ir a Malmo, vale a pena alugar um carro ou faz-e bem em transporte público? Onde posso obter informações sobre esses transportes? E para ir à Legoland, há transporte?
    Obrigado por toda a disponibilidade.

    • Para ir a Malmo, basta pegar um trem e ir, em 30 minutos estará lá. Não vale a pena ir de carro, pois faz-se tudo a pé muito bem. Sobre a Legoland, não sei, pois não fui. Boa viagem!

  4. Olá pessoal. Pretendo ir para Copenhague em 15 de abril de 2015 e ficar até o dia 19/04 e de lá ir para Berlim. Alguém pode me dar umas dicas de transporte Copenhague Berlim, Hoteis, comidas, armadilhas e tudo que for necessário. Obrigada.

    • Rosemary, aqui no blog tem várias dicas já publicadas, dá uma olhada. Sobre transporte, vá de avião ou trem. Boa viagem!

  5. OLÁ. Ótimo post sobre Copenhagen. Irei passar 10 dias na Dinamarca em junho.
    Além de Copenhagen, o que você sugere como must see na Dinamarca?
    Muito obrigado.

  6. amei suas dicas ja imprimi..estarei pegando um cruzeiro pelo baltico e fjordes em maio de 2016,,,e pelas dicas pensei seriamente em ficar nos hhoteis perto de Nyhvan..o que voce acha….?
    um super abraço

  7. Gostei muito das dicas, embarco para Copenhague no dia 21/7 e as dicas do blog foram perfeitas pro roteiro! Vai ser minha primeira viagem solo e Copenhague vai ser a terceira de 4 cidade. Tenho uma dúvida: ainda não consegui entender bem a moeda e não sei quanto de dinheiro levar. Estou estudando em Portugal e vou viajar naquele clássico estilo “estudante com a grana apertada”, a alta gastronomia vai ficar pra próxima hahaha
    Quanto mais ou menos, achas que são gastos em 3 dias na cidade?

    Obrigada!! Beijos

    • Isadora, isso é ,mega-ultra relativo, por isso, não sei te dizer, mas use a base internacional de o equivalente a uns 60 euros por dia. Boa viagem!

  8. Quero ir Copenhagen dia 30 julho, alguma dica economic para hostel? Pensa em dormir uma noite e un dia Suecia ir para Paris e Barcelona , onde farei retiro espiritual. Como Sao os Dinamarqueses? Aguardo retorno bjo obrigada pela informacoes do blog

    • Tem um post aqui no blog sobre hospedagem econômica e boa, Roseane, dá uma olhadinha pra ver se gosta. Boa viagem!

  9. OLÁ! Adorei o blog, o post sobre Copenhague e as dicas. Muito legal mesmo! Tenho uma dúvida. Como faço para comprar / trocar o dinheiro? Onde compro Coroas Dinamarquesas? Vale a pena comprar em casa de câmbio aqui no Rio ou em Copenhague mesmo? Poderia me ajudar? Obrigada. Bjos.

  10. Vou fazer um cruzeiro pela região incluindo São Petesburgo, gostaria de saber se é possivel ir de carro de Copenhaguem até Amsterdam? E se existe riscos ir de São Petesrburgo até Moscou (condições das estradas e eventuais blitz policial), pois tenho só 32hs para fazer esse trajedo. Para os paises escandinavos e Russia é necessário visto para brasileiro?

    Abs

  11. Ola, otimas dicas. Gostei bastante.
    Planejo ir agora, com minha esposa entre o natal e ano novo da suecia (gotemburgo). Entendo que a melhor opcao é ir de trem, pois vanos levar nossa cachorrinha.
    Em qual local devi descer em copenhagen, no central station?
    E sugere algum passeio e restaurante para este periodo natalino?

    Se possivel, sabe informar algum hotel acessivel bem localizado.

    Obrigado e parabens pelo blog.

    • Nunca fui no natal, então, não sei o que é melhor fazer por lá nessa época. Quanto a estação, sim, desça na Central. Boa viagem!

  12. ADOREI SEU SITE MAS GOSTARIA DE MAIS INFORMAÇOES SOBRE O COPENHAGEN CARD.
    EU PRETENDO IR A HELSINGOR E HILLEROD EU POSSO PAGAR AS PASSAGENS COM O COMPENHARD CARD?
    EM QUE ESTAÇÃO EU PEGO O TREM ?
    POSSO IR DE ONIBUS A ESSES LUGARES? ONDE PEGO O ONIBUS, QUAL ESTAÇÃO?
    POR FAVOR ME EXPLIQUE ISSO..
    OBRIGADO

    • As informações que tenho são as que já estão no post, Isabel. O trem, como dito aqui no blog, pega-se na estação central e para mais infos do cartão, entre no site oficial para ver as atualizações, ok?! Boa viagem! 🙂

  13. Vou agora para Praga, Berlin e Copenhagen. A hospedagem em Malmo é muitíssimo mais em conta. Você acha que vale a pena ficar 4 dias hospedado em Malmo e ir diariamente para Copenhagen? Quanto é o preço da passagem?Obrigado

  14. Oi Ana, não entendi. Vale a pena ficar hospedado em Malmo 4 dias e ir todos os dias para Compenhagem? A hospedagem é melhor em termos de custo e hotéis bons. Me parece que é bem rápido e fácil ir de uma cidade para outra.
    Obrigado Ana.

  15. Olá Ana Catarina!
    Parabéns, as suas dicas são ótimas! E uma questão: quando falam em bilhete de um dia, por exemplo, é para aquele dia ou 24 hrs após início da utilização?
    Obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here