13 dicas da Cracóvia para quem vai pela primeira vez

Atualizado em 06/06/2019

Acabamos de chegar da Cracóvia, na Polônia, e adoramos a visita, apesar de termos visto muitas coisas tristes, já que é lá que fica a famosa fábrica do Schindler e é o ponto de partida para visitar o maior campo de concentração nazista: Auschwitz.

Hoje me pergunto como não fui lá antes, pois é uma viagem necessária para qualquer pessoa.

Mas não pense apenas na parte triste, pois a cidade é muito bonita, com um grande centro histórico medieval, e ainda tem a belíssima Mina de Sal.

Reunimos aqui algumas dicas da Cracóvia para quem está planejando uma viagem até lá e, acredite, vale muito a pena!

=> Economia: 14 benefícios de um seguro viagem (+ 10% de desconto)

Dicas da Cracóvia

1. Qual a melhor época do ano para se visitar a Cracóvia?

Eis uma pergunta difícil de responder, mas vamos lá.

Em tese, a alta temporada é entre maio e e setembro, época mais quentinha, mas para mim, por exemplo, a melhor época era o inverno, apesar de saber que as temperaturas eram negativas (ok, eu posso ser meio maluca, mas gosto de frio!). Eu queria ver a cidade branquinha e, principalmente, visitar Auschwitz com neve, pois acreditava que seria uma experiência única e, de fato, foi!

AuschwitzAuschwitz coberto pela neve

2. Como chegar na Cracóvia?

Não existem voos diretos entre o Brasil ou Portugal e a Cracóvia. Necessariamente você terá que fazer uma conexão em alguma outra cidade europeia.

Se já estiver na Europa, uma boa opção é a empresa Ryanair, que tem muitos voos para lá partindo de diferentes cidades (e com ótimos preços) ou a LOT Polish Airlines. Também é possível chegar de trem ou ônibus, dependendo de onde você estiver.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


3. Como ir do aeroporto até o centro da Cracóvia?

Uma vez chegando ao Kraków Airport, você pode chegar à região central da cidade de:

  • Táxi – em média PNL 89,00;
  • Trem – é o meio mais rápido (17 minutos). Ele custa PLN 8,00
  • Ônibus – Você pode, ainda, sair de ônibus público comum, mas que provavelmente ele não te deixará na porta do hotel. As opções são os 208 e 292 durante o dia e, à noite, o 902. Custo de PNL 4,00.

Site do aeroporto: www.krakowairport.pl/

o que fazer na cracóvia

4. Quanto tempo é necessário para conhecer a Cracóvia?

Se além da Cracóvia em si, você quer visitar a Mina de Sal e Auschwitz, precisará de, ao menos, 3 dias para ficar satisfeito e, possivelmente, vai ficar com pena de não ter mais um.

Get Your Guide
Está curtindo as nossas dicas da Cracóvia?

5. Qual a média de temperatura em Cracóvia?

Lá, em geral, é frio, com as temperaturas mais amenas e um pouco de calor no verão. No inverno as temperaturas são negativas e a sensação térmica pode ser ainda menor. Nós chegamos a pegar, por exemplo, em janeiro, sensação térmica de -10ºC.

Veja a tabela com a temperatura média anual:

clima-da-cracovia

Dicas da CracóviaA Praça do Mercado

6. Quais são as principais atrações turísticas da Cracóvia?

Na cidade em si, o grande destaque na minha opinião é o seu Centro Histórico. É lá que fica a maior praça medieval de toda a Europa. Nela e em seus arredores há diversas igrejas e monumentos que valem a pena visitar, além de diversas ruas para explorar.

Leia também: O que fazer na Cracóvia (roteiro de 3 dias)

o que ver na cracóviaBasílica de Santa Maria

Além disso, você também tem:

  • o castelo de Wawel (a pintura “A dama com arminho” de Leonardo da Vinci está lá)
  • o bairro judeu de Kazimierz
  • a Fábrica de Oskar Schindler
  • o Museu Subterrâneo de Cracóvia
  • a Mina de Sal de Wieliczka (na cidade vizinha)
  • Auschwitz (a cerca de 70 km de distância)

Cracóvia Mina de salUm dos enormes salões da mina de sal

7. Como ir da Cracóvia até Auschwitz?

É possível ir até lá por conta própria, basta pegar um trem na estação central ou um ônibus na rodoviária para a cidade de Oświęcim e, de lá, seguir para os campos em ônibus local ou táxi.

Mas, sinceramente, essa não é o tipo de visita que aconselho a fazer sozinho, pois além dessa baldeação toda tomar um certo tempo, visitar aquele lugar gigantesco sem um guia para te orientar e te explicar cada parte que está sendo vista, me parece muito ruim.

onde ir na cracóviaEntrada do campo de concentração com a frase “o trabalho liberta”, em alemão

Em geral, não gosto muito de visitas guiadas (acho chato, mesmo!), mas esse é um lugar que recomendo fazer. Vale ressaltar aqui que a entrada em Auschwitz é de graça, paga-se apenas pelo áudio-guia (se quiser) ou pela visita guiada (disponível em vários idiomas).

Em Cracóvia existem várias empresas de turismo que fazem este e outros passeios, de forma segura e não muito cara.

8. O que levar na mala de viagem para a Cracóvia no inverno?

A temperatura mais baixa que pegamos lá foi de -11º, mas pode chegar até a -20º, então, a mala tem que ser bem preparada.

Eu, basicamente, me vesti assim: uma blusa térmica, um fleece (tecido polar), um casaco da Uniqlo (leve, pequeno, mas quentinho), meia calça térmica, calça jeans, 2 meias, um galocha nos pés, cachecol, luvas, gorro e, por fim, um casacão de feltro. Com as roupas adequadas, é possível sobreviver bem.

Turista Profissional

Então, não deixe de levar roupas térmicas e um excelente casaco (de feltro ou com plumas de ganso) e se puder (eu não levei e me arrependi), palmilhas térmicas. Cachecol e  luvas também dão um ótimo conforto.

9. Como se locomover pela cidade?

Basicamente, você faz tudo a pé, até porque maior parte das atrações está no centro histórico e a cidade é plana, ótima para caminhar. Eu só usei táxi para ir até a fábrica de Schindler, que é mais afastada.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 210 países, e de voz para EUA, México, Canadá e Europa. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe o frete grátis

COMPRE SEU CHIP AQUI!

 

10. Onde é melhor para se hospedar em Cracóvia?

Uma de nossas dicas da Cracóvia é escolher algum lugar, preferencialmente, bem perto da Praça do Mercado, que é o coração da Cracóvia.

Estando ali, você visitará tudo com meia dúzia de passos. Nós ficamos num apartamento muito bom (e barato) de frente para a praça, no burburinho, e eu podia ver da minha janela todo o movimento lá embaixo, uma beleza!

onde se hospedar na cracóviaVista da nossa janela!

11. Dicas da Cracóvia com criança: é uma boa pedida?

Sim, completamente!

Nós fomos com a nossa filha de 1 ano e 3 meses. Já no aeroporto nos davam sempre prioridade, a cidade é plana, como já disse, então caminhar com o carrinho de bebê foi tranquilo.

Apenas a visita à Mina de Sal é que foi mais complexa porque o carrinho não podia ir (e descemos 800 degraus!), mas com uma criança que já caminhe bem e desça escadas, não é muito problemático.

cracóvia com bebê

12. Onde e o quê comer na Cracóvia?

Uma coisa que vocês irão reparar nos cardápios é que não há muita opção de pratos com carne de boi (e é sempre bem caro). Em geral, os pratos são com porco, frango ou peixe. Na média, um prato custava algo em torno de €10 ou €12.

o que comer na Cracóvia

Dos chamados pratos típicos, o único que provamos foi o Pierogi, uma espécie de macarrão recheado (pode ser com queijo, carne, cogumelos…), mas em carrocinhas de ruas se vê muito uma espécie de pretzel.

13. Qual é a moeda e qual o seu valor?

Eles fazem parte da União Europeia, mas ainda não adotaram o Euro. A moeda deles é “sloty”. Cada euro pode ser trocado por 3,5 a 4 slotys. Muitos lugares aceitam euro como pagamento, mas vale ver se o câmbio que fazem é vantajoso ou não.

E aí, curtiu as nossas dicas da Cracóvia? 😉

Boa viagem!

Get Your Guide

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

29 COMENTÁRIOS

  1. Olá Ana ,estou a pensar ir mais o meu namorado para Cracóvia em Fevereiro mas tenho uma duvida em relação ao Kraków Card vale a pena?Nós estávamos a pensar comprar o passe de 3 dias.

    Pelo o que escreveste as atrações/museus estão todos próximos,nesse sentido o card só seria uma vantagem para a entrada nos museus ,mas também já ouvi falar que na maioria dos museus o bilhete é barato ou que a entrada é gratis em alguns dias.Podes ajudar me? Obrigado

    • Alexandra, eu fiz quase tudo a pé, por isso não achei que valesse muito a pena, para saber no seu caso, só fazendo as contas dos ingressos do que pretende visitar. Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here