Home / Alemanha / 7 pequenos e charmosos museus pela Alemanha

7 pequenos e charmosos museus pela Alemanha

Quando exploramos a trilha Huguenote e Waldensian, pela Alemanha e Suíça, a convite da Comissão Europeia de Turismo (ETC), fomos a algumas pequenas cidades pelo interior dos dois países, as quais, com certeza, a maioria das pessoas nunca ouviu falar.

Quando alguém pensa em visitar a Alemanha logo vêm à mente as cidades maiores e mais famosas, como Berlim, Munique, Frankfurt ou Colônia.

Mas nós conhecemos nesta viagem algumas lindas cidades menores e podemos dizer, com certeza, que muito do apelo turístico do país também está nessas cidades desconhecidas do grande público.

Se você um dia for à Alemanha, sugiro separar alguns dias para conhecer algumas delas. Pra ajudar em seu roteiro, fiz esta lista de 7 simpáticos museus que visitamos em algumas destas cidades.

Alguns deles são pequenas casas que foram reformadas e mantidas pelos próprios moradores – descendentes dos religiosos fugiram da perseguição aos protestantes ocorrida na França de Luis XIV – transformadas em pequenos museus compostos por livros, objetos pessoais, materiais importantes para a conservação de suas memórias e suas histórias. Os horários de funcionamento são bem reduzidos, inclusive. Outros são maiores e alguns, ainda, dedicados a alguém em especial.

O que eles têm em comum é que quase todos têm relação com a história dos refugiados religiosos e ficam em pequenas e charmosas cidades. Vamos a eles.

Waldeser Häusle – em Oberderdingen (Großvillars)

Este é um dos pequenitos. É uma casinha simpática mantida pela Associação Cívica de Großvillars, distrito de Oberderdingen.

A história dos waldesians aparece em painéis de vidro, objetos, fotografias e cenários dos cômodos, mostrando a vida dos fundadores da cidade.

  • Endereço: Freudensteinerstr 45 /1
  • Funcionamento: aos domingos, das 14h às 17h.
  • Custo: entrada gratuita
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.oberderdingen.de

dicas da Alemanha

Alemanha dicas

Fausto Museum – em Knittlingen

Johann Georg Faust viveu entre 1480 e 1540, tendo nascido em Knittlingen. Foi um homem à frente de seu tempo, alquimista, curandeiro, astrólogo, conhecido como Doutor Fausto. As histórias sobre o seu suposto pacto com o demônio lhe deram a fama que tem até hoje. Diversos contos e peças de teatro foram escritas sob sua vida, como A Trágica História do Doutor Fausto, de Christopher Marlowe (1604) e o drama Fausto, de Goethe (1808).

O museu está estabelecido na antiga Câmara Municipal da cidade, um edifício de enxaimel do século 19. Apresenta edições antigas de livros, bonecos marionetes e outros objetos que contam a história do Doutor Fausto. Dentre eles, o chamado “armário de veneno”, um armário de madeira em forma de estrela com marchetaria simbolizando os elementos (terra, fogo, água, ar, mercúrio, sal).

Ao lado, na mesma rua, está o Arquivo de Fausto, um centro cultural com biblioteca, auditório e outras instalações, onde ocorrem eventos diversos.

  • Endereço: Kirchplatz 2, Knittlingen
  • Funcionamento: de terça a sexta, das 9:30 às 12h e das 13:30 às 17h | sábado, domingo e feriados: das 10h às 18h.
  • Custo: 1,50 €
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.knittlingen.de/index.php?id=178

museus na Alemanha

fausto

Waldenser Museum – Henri Arnaud Haus – em Ötisheim

Este museu é dedicado à memória dos waldenses e é instalado na casa de Henri Arnaud (1643-1721), que foi um líder dos waldesians.

A casa é uma construção de 1701 e serviu durante muitos anos como um centro de recolha para os descendentes waldenses e um ponto de encontro entre eles. Fica em frente a uma igreja que também foi construída pelos Waldesians e onde se encontra uma estátua em memória de Arnaud.

Lá podemos encontrar cômodos mobiliados, inclusive a cozinha, muitos objetos pertencentes ao dono da casa e outros religiosos, cenários que mostram como era o estilo de vida antigamente. O museu conta ainda com uma biblioteca com mais de 6 mil títulos dedicados ao tema, alguns livros bem antigos. Por trás da casa existe um pequeno cemitério cujas lápides contém nomes de origem francesa, demonstrando a origem dos antigos refugiados religiosos que ali se instalaram.

  • Endereço: Henri-Arnaud-Straße 27, Ötisheim
  • Funcionamento: Terças-feiras e domingos, das 14h às 17h (de 15 de dezembro a 15 de janeiro estará fechado). Pode-se marcar visitas guiadas em outros horários.
  • Custo: gratuito
  • Site (maiores informações e contatos): http://www.old.palmbach.org/walden2.htm

Turista profissional

atrações da Alemanha

Waldenser Museum – em Pinache

Um charmoso e pequeno museu aberto em 2013 pelos moradores de Pinache, em uma casa antiga da cidade. Lá encontramos painéis informativos com temas diferentes da história dos waldesians, assim como da história da própria cidade, além de bíblias antigas, documentos manuscritos e objetos diversos.

  • Funcionamento: O Museu está aberto de março a novembro no primeiro domingo do mês, das 14h às 17h. Tours especiais são montados com hora marcada.
  • Custo: a entrada é livre, mas pede-se para fazer uma pequena doação.
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.wiernsheim.de

atrações turísticas da Alemanha

o que fazer na Alemanha

Gasometer – em Pforzheim

Este não é bem um museu, mas um local de exposições e muito interessante. Ele é construído em um enorme galpão de gás (gasômetro) desativado. Então, lá dentro nós temos um local de exposição com 360°, cobrindo-se todo o interior do salão. São 40 metros de altura e 40 metros de diâmetro e, nomeio, uma plataforma de observação de 15 metros de altura.

A exposição traz uma obra do artista Yadegar Asisi que mostra Roma em 312 dC, na época do Imperador Constantino, o qual aboliu a perseguição dos cristãos, declarou o cristianismo a religião do Estado e, assim, abriu as bases para Roma se transformar no centro do mundo cristão.

  • Endereço: Hohwiesenweg 6 – Pforzheim
  • Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 18h (quinta-feira até as 20h).
  • Custo: 11,00 € a entrada inteira. Há descontos para crianças, grupos ou famílias.
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.gasometer-pforzheim.de/

o que ver na Alemanha

gasômetro

Hermann Hesse Museum – Calw

O Museu Hermann Hesse foi inaugurado em 1990, tendo a mais extensa coleção do autor de língua alemã (do século XX) mais lido do mundo. São dois andares com uma grande mostra sobre  seu trabalho e a história de sua vida. Os visitantes têm a oportunidade de ler as obras, além de exposições multimídia para se informar sobre o escritor. O museu contém obras raras de Hesse em suas primeiras edições, manuscritos, desenhos e aquarelas da mão do próprio poeta, assim como fotografias de passagens de sua vida, especialmente em Calw.

  • Endereço: Marktplatz 30 · Haus Schüz – Calw
  • Funcionamento: Terça-feira a domingo, das 11h às 16h
    (Fechado: Sexta-Feira Santa, véspera de Natal, primeiro dia de Natal, véspera de Ano Novo)
  • Custo:  5,00 €
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.calw.de/190

hermann hesse

roteiro Alemanha

Waldenser Museum – em Althengstett (Neuhengstett)

O museu foi inaugurado após cerca de quatro anos de trabalho voluntário, financiado por doações e pelo próprio município Althengstett. A Sociedade Histórica Bourcet e V assumiu os cuidados do museu. Nesta pequena casa-museu você encontra cômodos totalmente decorados com peças de época, assim como objetos e informações diversas.

  • Endereço: Waldenserstrasse 47 – Althengstett – distrito: Neuhengstett
  • Funcionamento: de março a outubro, cada primeiro domingo do mês, das 14h às 17h. Podem-se agendar outros horários para grupos.
  • Custo: entrada gratuita
  • Site (maiores informações e contatos)http://www.oberderdingen.de

dicas da Alemanha

dicas turísticas da Alemanha

É isso. Espero que quando vocês forem à Alemanha possam visitar algumas dessas cidades e desses museus. E, quando forem, não deixem de ver todas as dicas da Alemanha que temos aqui no blog.

Se você gostou e acha que vale a pena partilhar, compartilhe essa imagem em seu Pinterest:

Apresentamos 7 museus da Alemanha, pequenos, charmosos, bonitinhos e que valem uma visita.

Boas viagens.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Declev Dib-Ferreira

Declev Reynier Dib-Ferreira é fotógrafo e editor do blog Turista Profissional, acompanhando de perto todas as aventuras e histórias contadas aqui. É professor de ciências e doutor em Meio Ambiente. Mantém também o blog Diário do Professor, sobre educação.

Leia também

museus em Londres

8 museus em Londres grátis e imperdíveis!

Você sabia que alguns dos melhores e mais famosos museus em Londres têm a entrada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *