Atravessando a pé a fronteira entre Israel e Jordânia

Atravessar a fronteira entre Israel e Jordânia é uma aventura memorável!

Antes de viajar tinha lido alguns relatos, alguns bem confusos, e na maioria dos casos passavam a impressão de ser algo muito estressante – e até é um pouco, mas nada absurdo. No fim das contas foi até engraçado!

Existem 3 postos de fronteira terrestre entre os dois países, mas, na prática, o mais conveniente é o Yitzhak Rabin Border Crossing/Fronteira Sul,  que fica lá pertinho do Mar Vermelho, entre as cidades de Eilat (Israel) e Aqaba (Jordânia). Este é o único lugar onde não é necessário pagar para entrar na Jordânia (mas paga-se para sair).

roteiro israel

Estávamos viajando em um carro alugado por Israel e nosso objetivo em dado momento da viagem era visitar Petra, na Jordânia.

A primeira coisa que você precisa saber é que não se pode cruzar a fronteira de carro. Então, o que fazer?! Como nós iríamos e voltaríamos por ali, o que fizemos foi deixar o carro estacionado no lado israelita pelos 3 dias que ficaríamos na Jordânia, pois há uma grande área de estacionamento já preparada para isso – e de graça!

Está pensando se é seguro deixar o carro ali?! Relaxe, não existe lugar mais seguro no planeta, acredite em mim.

dicas de Israel

Imagino que agora esteja se perguntando porque não devolvemos o carro e alugamos outro na volta. Bom, primeiro porque ficava mais caro e, depois, porque a fronteira fica fora da cidade e nem sempre tem táxis por lá, logo, poderia ser bem inconveniente. Já do lado jordaniano isso não é um problema, pois a oferta é enorme.

Bom, uma vez carro estacionado, lá fomos nós enfrentar a imensa burocracia para sair de Israel.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Dizem que as filas podem ser enormes nessa fronteira e o processo todo chega a demorar horas, mas quando fomos estava completamente vazia (era um domingo por volta das 15h), só tínhamos nós e os funcionários.

o que fazer em israel

O processo é o seguinte:

1. logo na entrada você tem que mostrar o passaporte para um guardinha. Só mostrar mesmo!

2. você segue para um guichê para pagar uma taxa de saída de Israel, no valor de 102,00 NIS (cerca de 20,00 euros).

o que ver em israel

3. agora deverá ir até outro guichê, que é onde fazem o controle de passaporte propriamente dito.

4. siga as placas “to Jordan” até o portão de saída, onde você mostrará o passaporte, mais uma vez, além dos papéis que te deram nos guichês, para um soldado. Uma vez isso tudo feito, tchau!

fronteira

dicas Jordânia

Aí vem a parte mais excêntrica da travessia. Assim que você cruza o portão de saída, terá que atravessar uma área entre as duas fronteiras, arrastando as malas, uma verdadeira terra de ninguém. É, no mínimo, uma situação engraçada!

roteiro jordânia

Uns 300 metros depois começa tudo de novo, mas agora já na Jordânia. O processo de entrada aqui segue estes passos:

1. mostrar passaporte aos guardas e passar sua bagagem por um raio-x;

2. ir numa salinha onde outro guarda concede o seu visto [de graça];

3. agora é hora de passar pelo guichê de controle de passaporte;

4. depois, é só continuar arrastando a sua mala até o portão de saída, onde deverá mostrar o passaporte de novo e, pronto, você estará oficialmente na Jordânia!

fronteira israel jordania

Ali mesmo no posto de fronteira tem uma casa de câmbio, caso já queira trocar dinheiro, pois os valores não variam quase nada.

Uma vez do lado de fora haverá uma grande oferta de táxis. Preste atenção ao grande painel com os valores tabelados para cada destino. Não pague a mais. No nosso caso, fomos até o centro de Aqaba para pegar o carro que alugamos para ir até Petra.

Petra

Nossos carros já estavam prontos! O caminho até Petra é bem fácil, mesmo para nós que pegamos a estrada já anoitecendo. Basicamente é uma grande reta. Uns 90 km depois há o desvio para Petra (preste atenção nas placas) e mais uns 30 km você chega. No total demoramos 2 horas, isso porque ainda paramos duas vezes no caminho.

como chegar em Petra

Em uma parte do trajeto há um posto de controle. Num primeiro momento achamos que fosse um pedágio, mas era um guarda querendo saber o que levávamos no porta malas. Ele pediu para abrir, olhou e nos mandou embora. Tranquilo!

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Se for voltar por essa mesma fronteira, só tenha atenção para não ir sem nenhum dinheiro, pois para sair da Jordânia paga-se uma taxa de 10,00 JOD e tem que ser em moeda local. Mesmo assim, caso não tenha, pode-se trocar ali mesmo, na casa de câmbio da fronteira.

turismo religioso

o que visitar

A entrada em Israel nesta fronteira foi mais burocrática do que quando chegamos pelo aeroporto. Você passa com toda a bagagem pelo raio-x e eles abrem com frequência para olhá-las. Outra coisa comum é te levarem para um lugar fechado e te revistar todo. Duas amigas passaram por isso e tiveram que levantar blusa e abaixar as calças (conto toda a história neste post). Depois, na hora do controle de passaporte, mil perguntas de novo. Pronto!

Quando chegamos ao estacionamento, lá estava nosso carro direitinho.

Enfim, a volta foi um pouquinho mais chatinha, mas nada demais. No fim das contas, achei a experiência bem legal!

Animado?! Então, não deixe de conferir nossas de dicas de Israel e da Jordânia.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

25 COMENTÁRIOS

  1. Ola , sou viajante independente, comecei ha tres anos, somente agora resolvi ler sobre os blogs quando com meu irmao cacula, fizemos uma viagem a thailandia.Eu estive em 2013, em Ibiza, participando de um encontro dos amantes de frescobol Ibiza Link up que acontece maio ha tres anos, amantes do frescobol do mundo todo.Apos viagem resolvi ir visitar um amigo que fiz por la em Israel. e comprei a passagem somente de ida fiquei um mes viajando por toda Israel. e conheci la um guia local que leva pessoas a jordania e egito via Eilat.
    Apos esta viagem fui para Amsterdam, e de la Londres la participei da feira de turismo internacional pelo governo do Estado de Israel.e pude me dar conta o quanto o mundo e grande e cheio de lugares para se conhecer. Logo entao planejei minha viagem a China,Thailandia, Hong Khong.voltei para Sao paulo dia 23 de dezembro.
    Gostaria de parabeniza-las pelo blog, e deixar meu contato criei um site FUN-TIME brasil no facebook, com fotos de viagens , gostaria de pedir o apoio e colaboracao poderiamos permutar nossas vivenciass bem como citar mutuamente nossos trabalhos.boas viagens

  2. Não tive problemas nesta fronteira no regresso. Também fiz exatamente como vocês. Isto foi em 2013.
    Agora há 15 dias passei um sufoco com a segurança para ir ao Chipre via Tel Aviv. Mil perguntas no aeroporto na ida e na volta ainda em Lanarca uma revista compketa , eu era o único não israelense em um voo da Up El Al.Ao chegar em TLV pensei que havia acabado. Nada tive de ir para salinha e responder sobre cada carimbo no passaporte , só ficaram mais acessiveis ao verem os vários cartões de crédito platinum , isso é comum só no Brasil lá fora é raro e is euros e dólares cash que tinha. Um sufoco.

  3. Em setembro de 2013 eu e meus irmãos e uma sobrinha fizemos a mesma viagem e também não tivemos problemas ao passar nessa fronteira, gostamos muito de Ammann, depois fomos para Petra e dormimos em um acampamento no deserto, depois voltamos para Ammann e viajamos para Istambul, o lugar mais lindo do mundo!!

  4. Bacana seu relato. Irei para Aqaba e quero atravessar para Eilat, então vou fazer o trajeto contrário ne. Porem primeiro quando meu avião pousar na Jordania, preciso ter o visto da Jordania (devo tirar no próprio aeroporto ne?) e Ir andando até fronteira de Israel, lá pagar os 10 dinheiro jordanianos srs e ter sorte na burocracia de Israel. Paga-se para entrar em Israel?

    • Não cheguei de avião na Jordânia, então, não sei te dizer. Em Israel pagamos apenas para sair. Boa viagem!

  5. Ana,

    Sempre consulto seu blog para as minhas viagens (já conheci uns 15 países) … agora vou para Terra Santa e de novo estou consultando esta importante fonte de dicas.
    Lendo seus relatos, acabei acrescentando Petra no meu itinerário… sempre tive vontade de conhecer de perto o Tesouro, mas era uma vontade “pequena” e aí seu relato apaixonado me fez ter uma “grande” vontade, rs!
    Então, consultado pelo google maps, dá 14h de Eliat para Petra (kkkkkkkk), mas vi que vc em poucas horas chegou la.
    Como eu e marido não temos a carteira de habilitação internacional, pretendemos ir de taxi ou de ônibus de Eliat até a fronteira que vc atravessou a pé… vc acha que é possível? Quais seriam nossas dificuldades?
    Depois que atravessarmos a fronteira, do outro lado é fácil pegar taxi ou ônibus para Petra?
    Vamos de Tel Aviv para Eliat de low cost (Akira) e de lá queria uma dica sua para chegar em Petra (que não seja de carro alugado, pois o marido não quer dirigir nessa região).
    Obrigada!!!!

    Beijocas!!!

    Sucesssooooooo!!!!

    • Oi Cintia. Assim que atravessar a fronteira, tem muita oferta de táxi e eles levam até Petra, se quiser. Não tem nenhuma dificuldade nisso, só negocie o preço. Eles podem levar e esperar para voltar no mesmo dia, ou você dorme lá e pega outro táxi para voltar. Boa viagem!

  6. Olá Ana, parabéns pelo blog! Estou vendo aluguel de carro pra 2 dias em Aqaba e talvez pelo câmbio desfavorável do nosso real está mais de 1000 reais pra alugar no aeroporto. Vi que vcs alugaram no centro de Aqaba e gostaria de saber em qual rental car vcs alugaram. Bom dia!

    • Paulo, aluguei pelo site da rentcars e escolhi a mais barata da época, mas não lembro qual exatamente foi. Sempre opto pela mais barata, 😉

      • Paulo, vi aluguel de carro a R$ 158,00 em Aqaba, estou pensando em alugar, mas preciso saber detalhes. Fiz algumas perguntas à Ana abaixo para decidir o que fazer. Obrigado pela informação sobre o visto.

  7. Oi Ana, achei interessante vc colocar no seu blog. A partir de 01 de Jan. de 2016, essa fronteira não emite mais o visto de entrada para a Jordânia. Fiquei sabendo hoje pelo hotel de Petra, teremos que tirar o visto em Tel Aviv ou por aqui no Brasil. Assim que tiver algo a mais te falo!

  8. Petra 1 Day Tour – de Eilat

    Notícia importante
    A partir 01 de janeiro de 2016 todos os visitantes para Jordan (de todas as nacionalidades), incluindo aqueles que vão para apenas um dia para Petra, terá de pré-organizar o seu visto de entrada jordaniano antes da chegada a Israel. Os vistos podem ser obtidos na embaixada jordaniana em seu país de residência.

    Nós também pode pré-providenciar um visto de entrada Jordan, se você nos fornecer detalhes do seu passaporte e reservar o passeio mínimo 3 dias úteis de antecedência. Taxa de visto é de US $ 60 USD p / pessoa (não reembolsável)
    Observe que há também os impostos de fronteira a ser pago em dinheiro na fronteira $ 62 USD p / pessoa

    Estamos cientes de que torna-se um passeio muito caro!

    Tome uma atitude
    Como se o turismo não é bastante problemática no Oriente Médio, as autoridades jordanianas decidiram tornar mais difícil com esta decisão ridícula para um visto pré-arranjado. Estamos no século 21, quando tudo é informatizado – o que é a sua desculpa para este ato Se você também acha que forçando todos a ter um visto pré-estabelecido é um desperdício de tempo, por favor escreva seus comentários para o Conselho de Turismo da Jordânia – email info@visitjordan.com

  9. Ana, outra possibilidade de entrar por Wadi Araba (a fronteira Eilat/Aqaba) sem o visto, é comprar antecipadamente via net o Jordan Pass. Esse passe te dará o visto de entrada e vêm com várias atrações na Jordânia incluído, como à entrada em Petra. Mas ele é vantajoso pra quem vai passar no mínimo 3 dias na Jordânia, caso contrário na saída do País vc terá que pagar uma taxa de 60 JD ( 85 doláres). Maiores informações: http://jordanpass.jo/

    • Eu tirei lá, mas regras para vistos mudam com frequência, por isso, ligue para a embaixada da Jordânia para se informar melhor.

  10. Olá, Ana, suas dicas me foram muito úteis, obrigado! Agora gostaria de saber um pouco mais:
    Um pacote de um dia está custando 216 USD por pessoa mais 60 + 65 USD de visto e taxa de entrada.
    Vou com minha mulher, então acho que ficaria mais em conta alugar um carro, mas:
    – é tranquilo andar de carro, abastecer e falar inglês na Jordânia?
    – é fácil achar o caminho, lugar para estacionar, lugar para comer e pegar o tal do burrinho para a caminhada?
    – dá para ir sem guia?
    – as exigências na fronteira seriam menores se for em grupo de turismo?
    – vale a pena gastar um tempo e comprar em Aqaba, na volta? A fronteira fecha?
    Desculpe por tanta pergunta, mas é o planejamento, né..!?
    Obrigado,
    Álvaro

    • Dirigir na Jordânia foi extremamente tranquilo, nenhum problema com o inglês e tudo bem sinalizado. Para nós compensou muito mais do que ter ido com guia ou em algum grupo de excursão. Dormimos uma noite em Petra, que era nosso destino. Valeu muito a pena! Boa viagem!

  11. Irei próximo dia 01/11/16 para Emirados, Jordania e Israel, o visto para Emirados é de 110 dólares, para a Jordania 30 dolares e Israel 50 dólares, já me falaram que vindo de um país árabe, na fronteira de Israel podem fazer pente fino, o que faz a fila andar bem devagar, mas se não houver problemas para o transito nestes três países, terá valido a pena.

  12. Belos relatos.Voltarei em 2018 e farei Egito e Petra.Carimbam o visto de Israel na fronteira ou fazem igual ao aeroporto?

  13. Oi Ana, boa tarde. Adoro seu blog
    Em Junho de 2018, irei com minha filha de 27 anos, para Israel e Jordania.
    Nao gostamos de excursões, mas temos dúvidas quanto a Jordania.
    Somos duas mulheres sozinhas, queremos ir a Aqaba, uma vez que estaremos em
    Eilat e faremos a travessia. Vamos fazer Petra, Wadi Rum e Amann. Muitos dizem que não
    é seguro e que a locomoção é dificil.
    Por isso estou pedindo sua opiniãoe ajuda.
    Um lindo dia e que Deus a abençõe.
    Maria Antona

    • Achei super seguro, já quanto a transporte, fiz tudo de carro aluga e achei bem tranquilo, viu?!
      Boa viagem!

  14. Também já fiz esta fronteira por Eilat para Petra.
    Fora a burocracia natural e necessária, não tive qq problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here