Bairros tradicionais de São Paulo: onde os imigrantes marcaram história

Você sabe quais são os bairros tradicionais de São Paulo? Existem vários bairros na cidade com características super particulares, de acordo com o tipo de colonização de cada um.

Afinal, fundada em 1554, na sua trajetória – que começou com a chegada dos jesuítas após subiram durante dias a Serra do Mar -, vários bairros da capital paulista foram povoados por culturas de diferentes países, por conta da grande imigração que acontece há séculos.

Aa cidade de São Paulo é atualmente um dos maiores centros urbanos do mundo e uma cidade de importância econômica e política para o Brasil.

Em toda sua história, os diversos povos passaram e deixaram suas marcas, que permanecem até hoje nas ruas da “cidade da garoa”, caracterizando os bairros e transformando São Paulo em uma cidade eclética onde a imigração faz parte de sua construção.

Conheça então alguns bairros tradicionais de São Paulo onde a cultura de outros países se faz presente de forma marcante!

👉 Você também vai gostar de ler:

Bairros tradicionais de São Paulo

Bairro da Liberdade

Logo ao desembarcar na saída estação do metrô Liberdade é possível identificar a predominância dos japoneses na região: os postes das ruas são em formatos de lanternas japonesas!

A região começou a ser ocupada pelos japoneses e seus descendentes em meados do ano de 1912 e a influência nipônica foi se espalhando pelos arredores, nos comércios, na arquitetura e no estilo de vida desse pedacinho de São Paulo. A região não só abriga descendentes de japoneses, mas também coreanos e chineses.

No bairro Liberdade, restaurantes de comida oriental são encontrados aos montes, muitos com ideogramas orientais nas fachadas. Também é comum ouvir os idiomas pelas ruas e dentro dos estabelecimentos, além de manifestações culturais como a comemoração do ano novo chinês, por exemplo, quando uma grande festa acontece no bairro.

Além disso, lojas de bugigangas, perfumaria, livraria e diversos outros objetos da cultura nipônica você também encontra na Liberdade, que conta com o Templo Busshinji, ligado à Comunidade Budista Sōtōzenshu.

Bairros tradicionais de São Paulo: Bairro da Liberdade
Bairros tradicionais de São Paulo: Bairro da Liberdade

Mooca

Dizem que quem mora na Mooca possui sotaque próprio do bairro paulistano. Pois é, a região, localizada na Zona Leste de São Paulo, é uma das mais tradicionais da capital por ser um reduto de descendentes de italianos. A tradição se reflete nas inúmeras pizzarias e cantinas encontradas no bairro.

Outra marca são as grandes construções e galpões antigos que remetem à época em que o bairro tinha caráter industrial, no começo do século XX. Algumas ruas, como a Rua Henrique Dantas, ainda guardam a arquitetura de paralelepípedos e casas de três cômodos que eram muito usadas pelos operários das fábricas antigamente.

Na Mooca é onde acontece a Festa de San Gennaro, que conta com missa, procissão e o festejo, lotando as ruas do bairro há pelo menos quarenta anos.

Bairros tradicionais de São Paulo: Bairro da Mooca
Moradoras da Mooca preparando seus quitutes na Festa de San Gennaro

Bairro do Bom Retiro

O bairro do Bom Retiro era antigamente uma região formada por sítios, sendo por este motivo, inclusive, a origem do nome do bairro, que vem de “Chácara do Bom Retiro”.

Atualmente, é uma região de comércio e grandes lojas de tecido e roupas, como a famosa Rua José Paulino, por exemplo. Nos arredores do Bom Retiro encontram-se grandes pontos turísticos de São Paulo como a Pinacoteca do Estado, a Estação da Luz, a Estação Júlio Prestes, a Sala São Paulo, o Parque da Luz (mais antigo parque da cidade) e também o Museu da Língua Portuguesa.

O bairro é historicamente associado aos judeus e é bastante comum encontrar pessoas com os trajes típicos pelas ruas como o chapéu, a barba comprida e a roupa formal impecável, mesmo no calor que faz em São Paulo com frequência.

A imigração no bairro começou por volta da década de 20, quando muitos judeus vieram para o Brasil, passando a exercer aqui a atividade mais conhecida por eles: o comércio. Após a Segunda Guerra Mundial, a imigração de judeus na região aumentou mais ainda, justamente pelo fato da já crescente e instalada comunidade judaica no bairro do Bom Retiro, com sinagogas e escolas judaicas espalhadas pelo bairro.

Após a década de 80, os judeus do Bom Retiro começaram a migrar para o bairro Higienópolis, onde atualmente a concentração de judeus também é grande.

Mesmo para dentro do Brasil, nunca viaje sem um bom Seguro Viagem. Afinal, ele cobre não só a questão da saúde, mas extravio de mala, atraso em voo e muito mais!

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


25 de Março

A região da 25 de março em São Paulo é muito conhecida como comércio. Com suas inúmeras lojas que vendem de tudo e camelôs que ocupam as calçadas e ruas, é praticamente impossível transitar de carro por lá (e até mesmo a pé é uma loucura!).

O forte da região são os preços baixos e a variedade de coisas que podem ser encontradas, a região também é bastante procurada para compras de fantasias e bijuterias.

No início do século XX, a região concentrava bastante imigrantes árabes, o que se reflete ainda hoje nas casas de comida árabe aos arredores. E não é qualquer restaurante não, é comida árabe de verdade, autêntica e tradicional. Se quiser experimentar uma verdadeira esfiha ou kibe árabe, é só ir lá!

Bairros tradicionais de São Paulo: 25 de Março
Região da 25 de Março absolutamente lotada na véspera do Natal

Bixiga

Gastronomia, cultura e religião com toque italiano, é o que você encontra no Bixiga. Também conhecido pela cultura italiana devido à alta imigração na região, o bairro do Bixiga não poderia deixar de ser citado quando se fala em bairros tradicionais em São Paulo.

É um bairro boêmio e muitas pequenas casas de shows, teatros, bares e cantinas fazem parte da cultural local, começando pela famosa rua 13 de Maio, onde casas de rock se misturam com casas latinas, de samba e muitas outras.

A gastronomia é rica no Bixiga e, em suas ruas, muitas vezes estreitas, quase se tropeça em pizzarias antigas de ótima qualidade.

Próximo à região central de São Paulo, é no bairro italiano do Bixiga que acontece a maior festa religiosa de rua da capital, a Festa Nossa Senhora Achiropita, comemorada nas ruas no bairro desde 1926 durante o mês de agosto.

Bairros tradicionais de São Paulo: bairro do Bixiga
Procissão da Nossa Senhora Achiropta

E também aos domingos acontece a Feira de Antiguidades do Bixiga. Outro ponto de destaque do bairro do Bixiga é a famosa Escadaria, onde diversos eventos de música e dança acontecem ao ar livre durante os finais de semana e até mesmo durante!

Viu quanta histórias guardam esses bairros? Mas, acredite, São Paulo tem muito mais!

Se você gosta deste tema, vai querer ler também nosso post sobre os lugares tradicionais de São Paulo.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here