Por: Ana Catarina Portugal - Atualizado em 29/06/2020

Planejando uma viagem para Bariloche, Argentina? Preparamos este post com dicas de Bariloche para quem está indo pela primeira vez, tais como: hospedagem, transporte, passeios, clima, o que levar na mala, entre outras coisas.

Em geral, é durante o inverno que todos procuram a cidade, mas vale aqui lembrar que também há muito o que fazer em Bariloche o ano inteiro e que a cidade é linda, por exemplo, no outono, ainda que esteja sem neve. 😉

A vantagem de visitar Bariloche para os brasileiros é enorme. Para começar, dá para arriscar um portunhol sem problemas, o que já ajuda bastante quem não sabe outras línguas.

A nossa moeda também é aceita com tranquilidade em muitos estabelecimentos, inclusive com descontos!

Além disso, são apenas 4 horas de voo para se chegar lá e não precisamos ter passaporte para entrar no país, só o RG basta.

Com tantas vantagens e com tantos brasileiros por lá, a cidade ganhou até um apelido carinhoso: Brasiloche. Mas agora vamos às dicas de Bariloche, que é o que interessa, rsrs.

=> Importante: Seguro viagem para esporte radical e de neve (com desconto)

Bariloche240708158 - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Como chegar em Bariloche, Argentina

Durante a maior parte do ano não há voos diretos entre o Brasil e Bariloche. Você irá voar até Buenos Aires e de lá fazer uma conexão para a cidade, que fica a 1.600 km ao sul da capital argentina.

Os voos entre Buenos Aires e Bariloche duram cerca de 2h20 e há uma boa frequência diária. Para quem só vai fazer conexão na capital, preste atenção, pois há 2 aeroportos na cidade e, pode ser que você chegue do Brasil em um e parta para Bariloche de outro. Se for este o seu caso, separe pelo menos umas 3 horas entre os voos.

Já durante a temporada de inverno em Bariloche há alguns voos diretos, em especial com saídas de São Paulo. Vale a pena conferir!

Para quem já está em Buenos Aires também é possível chegar até a cidade de ônibus, numa viagem que dura 22 horas. Nós quando estivemos na cidade, fomos de avião e voltamos de busão. Foi até bem confortável e eles serviram as refeições no ônibus mesmo, quase como se fosse um avião. Mais barato e passamos por paisagens bem bonitas no caminho.

Confira preços de passagens para Bariloche aqui

Bariloche Buenos Aires - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

turista profissional bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem
Olha a gente em Bariloche, Argentina

Como sair do aeroporto de Bariloche?

O aeroporto de Bariloche fica a apenas 13 km do centro da cidade, portanto um táxi não sai caro – mas negocie sempre.

Outra opção são as vans compartilhas da Via Bariloche, serviços de transfer ou o ônibus (a linha 72 vai para a Calle Moreno, no Centro).

transporte em Bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Como se deslocar por Bariloche?

Uma de nossas principais dicas de Bariloche nesse quesito é visitar a pé todo o centro da cidade, pois ela é pequena e tudo é muito próximo.

Para ir até o Cerro Catedral, há opções de transfers feitos por agências (alguns hotéis têm esse serviço incluído), táxi (que é bem barato) ou de ônibus (há um que passa pela Calle Moreno a cada meia hora).

No mais, acho um lugar onde vale muito a pena alugar um carro, pois a maior parte das atrações são fora do centro e o carro te dá mai liberdade de locomoção.

1f697 2 - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

 Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português. CLIQUE AQUI E CONFIRA.

Qual é a melhor época para visitar Bariloche?

Diferentemente do que muitos possam pensar, Bariloche não é para ser visitada apenas no inverno, embora a curiosidade de ver neve seja a principal razão pela qual os turistas brasileiros escolhem esta cidade como destino das férias.

Além dos floquinhos brancos, encontramos atividades que podem ser feitas em qualquer época do ano, como trilhas, bons lugares para fazer compras, ir ao cassino, fazer passeios de barco, aproveitar a alta gastronomia (cerveja e chocolate) e, é claro, praticar esportes radicais.

Durante o restante do ano também há muitas belezas para ver. Mas se eu for indicar uma época mais “fraca”, seria a primavera, já que a paisagem pode ainda estar se recuperando da neve (que deixa parte da vegetação queimada) e muitos estabelecimentos estão fechados.

Confira => Passeios em Bariloche e arredores

Bariloche Argentina - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Quando é a temporada de neve em Bariloche, Argentina?

Normalmente, a temporada de neve começa na metade de junho e vai até o final de setembro, mas a data exata varia a cada ano.

Bariloche, em julho e agosto, está no auge. Se quiser evitar a invasão de turistas (em especial de brasileiros), vá pela segunda quinzena de agosto, quando, além de tudo, a cidade tem preços mais baixos.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagem - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Qual a média de temperatura em Bariloche, Argentina?

Isso pode variar muito, mas para que você tenha uma ideia do que o aguarda em diferentes épocas do ano, deixo abaixo uma média de temperaturas feita pelo The Weather Channel:

clima em bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

O que levar de roupa na temporada de inverno?

É indispensável que você leve blusa térmica (tipo segunda pele); calça térmica ou ao menos uma meia calça com o máximo de fios que conseguir (120, por exemplo); pullovers de lã ou um fleece; cachecol; luvas; gorro; um bom casaco impermeável; calça comprida (pode até ser jeans) e uma bota impermeável e/ou forrada de lã.

Confira o nossos post com dicas de o que levar na mala de inverno.

Se for esquiar, é melhor não usar o jeans e sim uma calça própria e impermeável; e evite ir de tênis, porque o seu pé vai ficar molhado (e congelado).

mala de inverno - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Há na cidade muitas lojas de aluguel de roupa com preços bem acessíveis.

Então, se essa é a sua primeira vez na neve, talvez seja bom cogitar a ideia de alugar, pois comprar esse tipo de vestuário só compensará caso você tenha intenções de fazer outras viagens de inverno.

Imperdível => Excursão no Lago p/ Ilha Victoria e Parque Los Arrayanes

Quanto tempo ficar em Bariloche?

Olha, sem sombra de dúvidas eu indicaria, em especial se for a sua primeira vez, ficar uma semana em Bariloche. Acredite, tem bastante coisa para fazer!

Quem tiver a intenção de alugar carro, pode pensar até em mais dias, assim, aproveita para visitar outras cidades da região, que não são tão famosas, mas também são uma graça!

Mas se não tiver tanto tempo, separe pelo menos uns 3 ou 4 dias. Menos que isso quase nem vale a pena se deslocar para tão longe.

Leia também:

passeios em Bariloche Argentina - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

É caro esquiar em Bariloche, Argentina?

Esquiar, definitivamente, não é um esporte barato, mas Bariloche é um dos lugares mais em conta que vi até hoje, tanto para quem quer aprender, quanto aos que já praticam.

Os custos envolvem o aluguel da roupa (caso opte por isso) e o equipamento, o passe para o teleférico que te levará ao alto da montanha e o valor das aulas (se for aprender lá).

Dependendo da escola de esqui que você contratar, tudo isso já poderá estar incluído. Duas opções para você consultar valores são a Escuela Catedral e a Escuela Mountain.

roteiro 7 dias bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

roteiro bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Mas saiba que a cidade possui cinco estações de neve: Cerro Catedral, Piedras Blancas, o Espaço Neumeyer, o Centro de Ski Nórdico e o Teleférico Cerro Otto.

São estabelecimentos completos, com restaurantes, aulas de esqui, aluguel de equipamentos, vendas de roupas e etc. Além disso, alguns passeios, como cavalgada na neve e até uma versão do “skibunda” brasileiro, podem ser encontrados por lá.

Ah, e é importante que para quem pretende, de fato, praticar esqui ou snowboard, é importante contratar um seguro viagem para esporte radical e de neve, pois nem todos os seguros comuns cobrem incidentes causados por essas praticas desportivas. Fique de olho!

bariloche dicas - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Quanto se gasta em uma viagem para Bariloche no inverno?

Como já dá para imaginar, durante o inverno os preços ficam mais alto em Bariloche, em especial durante o mês de julho e começo de agosto. Se quer dar uma economizada, vá em junho ou na segunda quinzena de agosto.

Em geral, um pacote para Bariloche sai, em média, por R$5.000. Se Você for por conta própria e de pendendo do tipo de hospedagem que escolher, poderá gastar algo entre R$ 3.000 e R$ 4.000, por uma semana de viagem.

Vale a pena => Excursão de 1 Dia para El Bolsón e Lago Puelo

O que fazer de graça em Bariloche?

O grande barato em Bariloche, Argentina, é que a sua grande beleza está ao ar livre. Portanto, tem muita coisa que você pode fazer e curtir por lá sem gastar um centavo, como por exemplo:

  • Centro Cívico
  • Parque Municipal Llao Llao
  • Colonia Suiza
  • Lago Nahuel Huapi
  • Playa Bonita
  • Mirador Bahia Lopez
  • Feria Artesanal Municipal
  • Capilla de San Eduardo
  • Iglesia Nuestra Senora del Nahuel Huapi

Bariloche Argentina dicas - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

O que fazer em Bariloche além das estações de esqui?

Nem só de esqui vive Bariloche.

Alguns lugares e passeios que valem a pena são: Circuito Chico, Isla Victoria, Bosque dos Arrayanes, Puerto Blest, Villa La Angostura, San Martín de los Andes, Parque Municipal Llao Llao, Cerro Campanário, Cerro Otto, Confeitaria Giratória, Museu de la Patagônia, Colonia Suiza…

Leia mais: O que fazer em Bariloche além de esquiar?

Vale a pena visitar Bariloche no verão?

Com certeza! Só que a proposta da viagem será bem diferente, claro!

A cidade não vive só do inverno. Bariloche vibra no verão e oferece um monte de atividades.

Além disso, a paisagem da região é deslumbrante quando não está coberta de branco.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


O que fazer em Bariloche no verão

O verão em Bariloche fica bem cheio de turistas argentinos, em especial. É quase um destino de “praia”. O pessoal gosta de ir para lá para curtir um sol na beira dos muitos lagos que há na região e praticar esportes aquáticos de um modo geral.

Além disso, para quem gosta de fazer trilhas, encontrará um destino excelente para isso, pois há várias e com garantia de paisagens lindas!

No mais, basicamente os mesmos passeios que normalmente são feitos no inverno podem ser feitos durante o verão, com destaque para o Circuito Chico, Isla Victoria e Bosque de Arrayanes, Confeitaria Giratória do Cerro Otto e o Circuito Grande, que não é feito no inverno.

Só lembre-se de que, apesar de ser verão, durante o dia as temperaturas ficam em média na casa dos 22º e à noite pode chegar aos 8º, portanto, leve alguma roupa de frio. Mas a vantagem dessa época é que você  terá o sol até às 21h, ou seja, vai poder aproveitar bastante as atividades diurnas.

bariloche no verao - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Qual o melhor lugar para ficar hospedado em Bariloche, Argentina?

Se você não for alugar um carro, eu digo que o ideal é ficar no Centro Cívico, pois tudo o que você precisará fazer estará a apenas alguns metros de caminhada: restaurantes, câmbio, agências, lojas…

Se você estiver de carro, existem bons lugares mais afastados do Centro. Veja algumas opções de hotel em Bariloche!

Caso o seu objetivo na cidade seja apenas esquiar em Cerro Catedral, então o melhor é ficar lá por perto.

Pesquise aqui opções de hospedagem em Bariloche

Onde Comer em Bariloche

Toda viagem que fazemos precisa ter momentos de deleite gastronômico. Em Bariloche isso não foi nenhum problema. Muita truta, frios, chocolate e boa cerveja!

Conheça alguns lugares bem legais na cidade quanto ao quesito gastronomia:

La Marmite

Esse tradicionalíssimo chalé tem um atendimento bem simpático e ótimas opções de comida. Assim que pousamos em Bariloche, deixamos nossa mala no hotel e fomos para lá comer um fondue.

Estava muito bem delicioso e bem servido. Ahh.. de entrada pedimos uma truta defumada. Mesmo com a garçonete avisando que achava que o pedido era grande demais, truta + fondue, nós encaramos e matamos a fome.

Adoramos o lugar. Estava super frio no dia, cerca de 0 graus, e comer um fondue no La Marmite foi perfeito.

  • Endereço: Calle Mitre 329

Muito legal => Excursão a Pé com Comidas Regionais

Rapa Nui

É a loja original dessa marca super conhecida na Argentina. O lugar é gigantesco. Tem uma loja para você comprar chocolate para levar, uma sorveteria e uma lanchonete que serve um dos melhores chocolates quentes que provei na vida. Curtimos tanto o lugar que fomos duas vezes.

Aproveitamos para comprar chocolates, muitos frios – como presunto de javali e coisas do tipo, além de uma cerveja também de chocolate!

Ainda tem um lugar para patinação de gelo dentro do Rapa Nui!

  • Endereço: Calle Mitre 202
rapa nui bariloche 1 - Bariloche, Argentina: dicas de viagem
Foto de Camila Pazera – Melhores Destinos

Manush

Bariloche, Argentina, é conhecida pelas suas cervejarias e a que nos mais recomendaram ir foi a Manush.

Chegamos por volta de 20h e o local já estava cheio. Faltavam poucos minutos para acabar o happy hour e o garçom logo avisou. Resultado? Em poucos minutos pedimos 2 cervejas rapidinho só pra aproveitar a o bom preço. A carta de cervejas é enorme, com opções pra todos os gostos. Dá uma olhada no site deles.

Para variar, pedimos truta para comer, muy rica. Outro prato muito bom que pedimos, uma carne assada de panela, estava sensacional.

  • Endereço: Calle Dr. Juan Javier Neumeyer 20

Outras dicas de Bariloche, Argentina

Que documentos são necessários para viajar para Bariloche?

Para membros do Mercosul, o que é o caso do Brasil, é necessária apenas a carteira de identidade emitida há menos de 5 anos ou o passaporte.

o que fazer em bariloche - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Qual o fuso horário em Bariloche

Em relação ao Brasil, não há diferença de fuso horário para Bariloche.

Qual a voltagem das tomadas na Argentina

O voltagem por lá é de 220V, mas uma coisa que você tem que ficar atento é com as tomadas na Argentina, pois elas são bem diferentes das nossas. Eles tem três pinos, mas são achatados e dois deles ainda são inclinados. Por isso, não esqueça de levar o seu adaptador!

Imperdível => Excursão para San Martín de los Andes pela Rota dos Sete Lagos

tomadas na argentina - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

Qual a melhor moeda para levar para Bariloche

A moeda da Argentina é o peso argentino, mas por ser uma cidade mega turística, você pode facilmente levar e usar lá o dólar e até o real. A única questão é que o real é bem mais desvalorizado por lá, então, no geral, é melhor que você viaje com dólares.

Leia mais sobre isso no texto: que moeda levar para a Argentina?

Conclusão

E aí, gostou das nossas dicas de Bariloche, Argentina?

Já visitou Bariloche e tem boas sugestões para os marinheiros de primeira viagem?!

Então, deixe suas dicas na caixa de comentários logo abaixo. 😉

Boa viagem!

Buenos Aires 3 banner horizontal 1024x194 - Bariloche, Argentina: dicas de viagem

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana Catarina Portugal
Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.
229 Comentários
  1. Queria uma dica se possível, pretendo ir a Bariloche no inverno com a família, cerca de 5 pessoas, sabe me dizer um chalé pé na neve que não fique tão longe da cidade, com um preço bacana, seguro e tal.

  2. Quem for a Bariloche não pode perder a oportunidade de conhecer as cavernas do Cerro Leones. Um dos melhores passeios que fizemos lá! O lugar é lindíssimo!!! Não é muito divulgado, mas as agências oferecem. Viajamos em Maio/2018.

  3. Boa noite.

    Estou indo para Bariloche em julho com minha família, somos em quatro pessoas, vamos ficar sete dias, quanto devo levar em Reais para gastar la, pois não quero usar o cartão de credito.

    1. Paulo, isso é MEGA pessoal e não gosto de dar esse tipo de indicação, mas na regra geral, indica-se cerca de US$ 50/dia, ok?! Boa viagem!

  4. Olá, estou querendo ir para Bariloche em Dezembro, (entre o início para o meio do mês) pois será minha lua de mel, porém, estou com receios de ir por ter vários comentários que não é uma boa data. O que você acha?

    1. É verão lá e uma época bem bonita, mas se o objetivo é ver neve, então, esqueça este destino. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *