Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!

Você não tem ideia de como as cidades do Japão podem ser absolutamente incríveis, por isso, escolher o que fazer no Japão é um pouco difícil… nós passamos por essa experiência, então, vamos tenra te ajudar nessa tarefa (ou não, rsrs).

Alguns dados sobre o Japão podem nos indicar a grandiosidade deste pequeno país: ele é apenas um pouco maior que o estado de São Paulo, só pra gente ter uma ideia.

Para compensar seu pequeno tamanho, alguns números impressionam: o país é composto por cerca de 6.852 ilhas, nas quais podemos encontrar o passado e o futuro coexistindo harmonicamente, juntamente com os costumes e as tradições do Oriente.

São quase 130 milhões de habitantes com costumes muito diferentes dos nossos, ao mesmo tempo em que nos aproximamos em outros tantos.

Uma viagem para o Japão não é um investimento baixo, é demorada e você, logicamente, quer aproveitar ao máximo. Foi o nosso caso quando fizemos nosso Roteiro de 12 dias pelo Japão.

Mas, na hora de escolher o que visitar no Japão, você se depara com muitas e muitas e muitas atrações… o que torna difícil escolher o que fazer dentre tantos pontos turísticos do Japão super interessantes!

E, claro, não dá pra fazer tudo!

Então, vamos te ajudar a escolher algumas cidades do Japão para visitar, as que fomos e mais algumas interessantes que ficarão para uma próxima viagem nossa…

Importante => Seguro Viagem Japão (dicas + desconto)

turista profissional em kyoto japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Japão e suas maravilhas…

Cidades do Japão imperdíveis!

O Japão é um país incrível e com cidades com atrações super diferentes entre elas. Você tem que saber que tipo de visita quer fazer… quer uma cidade grande, tecnológica, moderna? Então você tem Tóquio, Osaka e outras. Quer ver uma cidade japonesa com costumes bem tradicionais? Então, tem que ir a Quioto e a Nara, entre outras.

Quer ver cidades que entraram para a história durante a Segunda Guerra e se reergueram? Então, Hiroshima é uma visita indispensável!

E não é só isso, o Japão também tem belas praias, especialmente em Naha.

Como vê, as cidades do Japão têm de tudo! Vamos conhecê-las!

Ah, antes, veja as 25 curiosidades do Japão que achamos por lá!

cidades do japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Tóquio

Imagine uma cidade imensa onde tudo funciona, tecnológica, limpa, ordeira… e com centenas de opções de passeios e pontos turísticos.

Essa é Tóquio.

Então, é claro que ao falar das principais cidades do Japão, a gente teria que começar com Tóquio!

Tóquio é gigante, todo mundo sabe. E tem atrações para ver em praticamente todos os bairros. Então, uma dica é aprender a usar o maravilhoso sistema de transporte da cidade, metrô de Tóquio, os trens… assim como aprender a usar, por exemplo, o Japan Rail Pass. Desta forma, você vai cruzar a cidade com muita facilidade, pois o sistema de transporte de Tokyo é muito eficiente.

Todas as excursões em Tóquio

Tóquio é tão diferente de tudo o que vemos por aqui que uma das atrações de Tóquio – podemos dizer assim – é simplesmente se perder nos bairros e observar o dia a dia das pessoas, o vai e vem dos habitantes, seus hábitos, costumes, roupas… é muito divertido ver ao vivo o que só vemos em telejornais, filmes ou que está em nossa imaginação.

Os principais bairros de Tóquio são, entre outros:

  • Ginza
  • Odaiba
  • Asakusa
  • Shibuya

Aproveite e veja aqui com mais profundidade tudo sobre o que fazer em Tóquio.

Para se hospedar, se quiser saber onde ficamos, nós nos hospedamos em três hotéis em Tóquio. Um deles foi o Metropolitan Tokyo Ikebukuro. O outro – ótimo, por sinal – foi o hotel Ryumeikan Tokyo. O melhor deles talvez seja também o melhor hotel de Tóquio, o Mandarin Oriental.

Confira => Passeios em Tóquio e arredores

batch harajuku toquio 1 - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Cenas normais de se ver em Tóquio…

Nikko

Nikko é uma pequena cidade relativamente próxima a Tóquio, nas montanhas.

Há muito o que fazer em Nikko, mas o cartão postal da cidade é o santuário Toshogu, construído em homenagem ao xogum (comandante do exército) Tokugawa Ieyasu, o general que unificou o Japão no século 17.

O santuário fica no meio de uma antiga floresta, com muitas esculturas, edifícios, templos, portões, pagodes, portais.

Para não deixar de ver lá: talvez o mais magnífico dos portais seja o Portal Yomeimon; o maior pagode – com cinco andaares – é o Gojunoto; e o Estábulo Sagrado, com os Três Macacos Sábios entalhado: aqueles que dizem “nada ouço de ruim, nada falo de ruim, nada vejo de ruim”.

Outra atração da cidade é o lago Chuzenji, formado em uma cratera inundada de um vulcão. Lá você vai encontrar nada menos do que uma das maiores quedas d’água do Japão, a cachoeira Kegon.

Para chegar em Nikko, de posse do seu JR Pass, pegue a linha JR Nikko na estação JR Utsunomiya. A viagem dura de 1h40 a 2h40.

Se preferir, você pode fazer uma viagem privada de um dia a Nikko, saindo de Tóquio, com guia, serviço de busca e total segurança.

o que fazer em nikko - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Templo Toshogo – Imagem de Arvid Olson por Pixabay

Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português.

CLIQUE AQUI E CONFIRA.


Yokohama

Yokohama é a segunda maior cidade do Japão, tendo, inclusive, uma das maiores densidades populacionais do país. Alguns de seus números impressionam e fazem parte de suas atrações turísticas.

O porto de Yokohoma é um dos maiores do mundo e ele oferece também várias opções aos visitantes. Chamado de Minato Mirai 21, lá você encontra o Yokohama Landmark Tower, que é o mais alto edifício do Japão, com 296 metros de altura, além de outros arranha-céus com vistas panorâmicas, museus e locais históricos e também o Yokohama Cosmo World, um imenso um parque de diversões temático.

E é lá que acontece um desfile de pikachus, a Pikachu Parade, no mês de agosto. Isso mesmo, um desfile de Pikachus!

Outras atrações da cidade são o bairro chinês, de nome Yokohoma Chukagai, a maior Chinatown do Japão, e o Estádio Internacional de Yokohama, que foi palco da final da Copa do Mundo de 2002.

E existem vários parques públicos espalhados pela cidade, que valem a pena uma visita. São exemplos o Parque Yamashita, o jardim japonês Sankei-en Garden e o Harbor View Hill Park.

Conheça os melhores hotéis em Yokohoma

yokohama japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Porto de Yokohoma, Japão – Imagem de Mario Takahashi por Pixabay

Kyoto

Dizem que, se você não foi a Kyoto, você não foi ao Japão. Tem muito o que fazer em Kyoto!

Realmente, se você quer encontrar, em uma cidade grande (1,5 milhões de pessoas), aquele Japão de seu imaginário, você encontrará em Quioto.

Por mais de mil anos, Kyoto foi a capital do Japão (durante sua época imperial) e, até mesmo por conta disso, ela tem uma arquitetura milenar, aquelas construções tipicamente japonesas, muito bem preservadas.

Ela preserva também muitos dos costumes tradicionais do Japão, e apresenta para os turistas muita história, mais de 2 mil templos budistas e xintoístas, inúmeros pontos turísticos… enfim, conhecer Quioto é viajar no tempo em uma cidade que é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Lá, com certeza você encontrará muitas pessoas utilizando quimono pelas ruas, inclusive as legítimas gueixas, praticamente um símbolo do Japão.

Que tal?! => Caminhada guiada noturna por Gion, o bairro das Gueijas em Kyoto

Kyoto esta a 450 km de Tóquio. Parece muito, mas indo de trem-bala é bem rápido, cerca de 2:30 h de viagem.

Nós ficamos uns 4 dias em Kyoto e dormimos no Miyako Hotel Kyoto Hachijo.

Confira => Passeios em Kyoto e arredores

turista profissional kyoto japan - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
É em Kyoto que você encontrará o Japão de seu imaginário

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 10% de desconto com o cupom TURISTAPRO5, é só clicar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


Nara

Nara é conhecida mundialmente, para além de outros pontos turísticos, pelas centenas de cervos que andam soltos pelas ruas, templos, praças, em todo lugar. são inofensivos, mas… não dê mole com alguma comida rs.

De acordo com antigas lendas, os cervos são considerados animais celestiais, que protegem a cidade e o país.

Nara também tem muita história. Desde quando foi fundada, em 710, até 784, Nara foi a capital do Japão, o chamado Período Nara.

Desta época, há um conjunto denominado de Monumentos Históricos da Antiga Nara, Patrimônio Mundial da UNESCO, que são oito templos e santuários:

  • Tōdai-ji
  • Saidai-ji
  • Kōfuku-ji
  • Santuário de Kasuga
  • Gangō-ji
  • Yakushi-ji
  • Tōshōdai-ji
  • Palácio Heijō

junto com a Floresta Primitiva de Kasugayama, coletivamente formam os

E Nara tem a vantagem de ser super fácil de chegar, especialmente saindo de Kyoto, que é uma cidade vizinha. Basta pegar o metrô da JR – o Nara Line, usando o seu JR PASS. Mas, se preferir, você pode conhecer acidade por meio de uma excursão a Nara saindo de Kyoto ou Osaka.

Dica extra: A Nara Line, um pouquinho antes de chegar na estação final em Kyoto, passa pela estação Inari, onde você pode descer para visitar um dos templos mais fotografados da cidade, o Fushimi-Inari (伏見稲荷大社).

Veja também => excursão de ônibus de 1 dia a Kyoto e Nara

bambi nara - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Um dos curiosos cervos que estão espalhados por toda Nara

Veja todos os passeios e excursões que você pode fazer em Nara

Osaka

Osaka é a terceira maior cidade do Japão, atrás de Yokohoma e Tóquio, e é o segundo maior centro financeiro do país, um dos maiores da Ásia.

Como é uma das cidades mais antigas do país, encontram-se vestígios de antigos palácios imperiais que remontam até o século IV. Um deles é o “Castelo de Osaka” (Ōsaka-jō), famoso mundialmente e um dos símbolos da cidade.

Mas Osaka é conhecida também pela sua arquitetura ultra-moderna e a tecnologia de ponta que aparece em toda a cidade. Existem inúmeros passeios em Osaka para se fazer.

Por conta disso, Osaka mistura história antiga com a modernidade mais atual.

Algumas curiosidades sobre Osaka:

Desde 1969, Osaka assinou um acordo com a prefeitura de São Paulo reconhecendo-se ambas como Cidades-Irmãs.

Osaka foi arrasada com bombardeios a Segunda Guerra Mundial, mas hoje é esta potência moderna que conhecemos.

Por conta da rede de canais do rio Yodo, Osaka é conhecida como a “Veneza do Oriente”.

Osaka é reconhecida também pela sua alta gastronomia, onde se pode provar a autêntica comida japonesa e pelas inúmeras excursões gastronômicas locais.

Dá pra fazer um bate e volta de um dia apenas, saindo de Kyoto, pois elas estão bem pertinho uma da outra (40 km). Ou, se preferir, fazer uma excursão em Kyoto e Nara saindo de Osaka.

cidades do japao osaka - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Osaka, a Veneza do Oriente – Imagem de djedj por Pixabay

Busque aqui o seu hotel em Osaka

Naha, em Okinawa

Apesar de ser conhecido pela tecnologia e pela sua história, no Japão também tem praia.

Você encontra belas praias de areias brancas e águas azuis no arquipélago de Okinawa, que são 169 ilhas na região mais ao sul do Japão.

Com um clima tropical durante o ano todo, é fácil encontrar grandes e famosos resorts para receber os turistas em busca dos famosos banhos de mar.

Como uma região praiana, é o destino perfeito no Japão para quem curte praticar esportes aquáticos – mergulho e surf, por exemplo – assim como para relaxar da correria das cidades grandes.

Mas, é claro que há outras opções de pontos turísticos em Naha, além de praias, como a Catedral do Imaculado Coração de Maria (Igreja Kainan); o Castelo de Shuri (o antigo palácio real do Reino de Ryūkyū); e o Lago Man.

O aeroporto de Naha, capital da região, é o principal recebendo boas conexões vindas de Tóquio, Kyoto, Osaka, Sapporo, Nagoya, Fukuoka e mesmo do exterior. Para se ter uma ideia, são 3h de voo a partir de Tóquio.

Veja aqui todos os passeios que você poderá fazer em Naha

praia no japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Então, essa foto parece com o Japão do nosso imaginário? – Imagem de mikikon por Pixabay

Sapporo

Vamos agora ao extremo norte do país, na segunda maior ilha do Japão, Ilha de Hokkaido, onde se encontra Sapporo.

Para quem gosta de cerveja, este nome já é conhecido, e a cidade faz a fama dela em cima de sua famosa cerveja.
Como pontos turísticos de Sapporo, você encontra o Museu da Cerveja Sapporo, o Jardim de Cerveja de Sapporo e, ainda, o Festival de Cerveja de Sapporo, no verão.

Mas, nem só de cerveja vive a cidade. No inverno, por exemplo, a neve que cobre a região atrai turistas e curiosos, quando ocorre o Festival da Neve, com shows, concursos e instalações e esculturas feitas de gelo. E em 1972 aconteceu em Sapporo a edição dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Melhores hotéis em Sapporo, Japão

sapporo japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Sapporo sob a neve do inverno – Imagem de jacqueline macou por Pixabay

Hiroshima

Uma das cidades que a gente – e vocês – não poderia deixar de ir no Japão é Hiroshima. É impossível não lembrar da sua trágica história na II Guerra Mundial, coma bomba atômica, não é?

Mas hoje ela é uma cidade linda, totalmente reconstruída, vibrante, cheia de atrações.

É claro que muitos de seus pontos turísticos estão ligados a sua história, e não deixamos de fazer o roteiro pelos monumentos e museus:

  • Genbaku Domu
  • Monumento da Paz das Crianças
  • Cenotafio
  • Hiroshima Peace Memorial Museum

Todos eles estão perto um dos outros, em uma grande praça, o que facilita bastante a visita.

Veja todos os passeios e experiências em Hiroshima que você pode fazer

O Duomo (Genbaku Domu) é um prédio que fazia parte da antiga prefeitura e foi uma das poucas construções que ficou com uma parte inteira, resistindo à bomba. ele não foi restaurado e está tal qual ficou após a explosão, sendo hoje um marco na cidade.

Nós fomos em um bate e volta saindo de Kyoto e fizemos um roteiro de um dia em Hiroshima, o que deu para ver e conhecer bem a cidade toda e seus principais atrativos.

Ah, e ainda conseguimos conhecer a pequena ilha de Miyajima. É nesta ilha que fica o famoso tori flutuante e, assim como Nara, nela encontramos muitos “bambis”, que são super amigáveis, mas às vezes tentam roubar a sua comida…

Se você, ao contrário da gente que fez um bate e volta, quiser se hospedar lá – o que eu acho que vale a pena – pesquise aqui o seu hotel em Hiroshima.

Vale a pena => Excursão a pé em Arashiyama, cidade da Floresta de Bambus

como chegar em hiroshima - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
O Cenotáfio, em primeiro plano, e a sede da prefeitura ao fundo.

Takayama

Existe o Japão moderno e tecnológico, como encontramos em Tóquio e Osaka; existe o Japão tradicional e histórico como em Kyoto, e existe o Japão tradicional e clássico do interior, como Takayama.

A cidade de Takayama mantém as tradições do Japão mas diferentemente da imponência dos templos de Kyoto, é uma cidade pequena, nas montanhas, de arquitetura simples e muito antiga, casas de madeira, ruas estreitas e onde encontramos boa parte das tradições culturais japonesas.

Takayama ficou por séculos isolada do resto do país, nas montanhas, com clima bem frio, vivendo da exploração de madeira e produção de papel e saquê. O que vemos hoje em dia é quase um espelho do que era nos séculos 17 a 19.

Para sentir bem o clima do Japão antigo e de suas tradições, nós fomos a Takayama especialmente para nos hospedar em um hotel daqueles bem tradicionais (o ótimo Takayama Ouan), em que a gente tinha que tirar os sapatos pra entrar, usar kimono e tomar banho em um onsen (banhos termais típicos do Japão). Se eu fosse você, faria o mesmo.

Takayama é bem pequena e pudemos visitar tudo a pé em apenas um dia, passando por suas ruas tradicionais.

De lá, ainda fizemos um half day tour para Shirakawa-Go,  uma aldeia japonesa tradicional, com suas casas de telhados feitos de palha. O lugar é uma gracinha e uma das grandes atrações do Japão. Vale a pena!

takayama dicas - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
Casas tradicionais em Takayama

Nagoya

Nagoya está na região central do Japão, entre Tóquio, a leste, e Kyoto, a oeste, sendo a terceira cidade mais rica do país, atrás apenas de Tóquio e de Osaka.

Entre os principais pontos turísticos de Nagoya estão:

  • Castelo de Nagoia (名古屋城 Nagoya-jō)

Castelo construído em 1612 que foi totalmente destruído durante a Segunda Guerra Mundial, tendo restado somente a sua base de pedra. Ele foi reconstruído conforme o original em 1959.

  • Santuário xintoísta de Atsuta (熱田神宮 Atsuta Jingū).

Este é o segundo santuário mais venerado do Japão, ode se encontra uma das três relíquias imperiais do Japão, a espada sagrada kusanagi no mitsurugi (草薙神剣). Mas não é só isso, neste santuário estão guardados mais de 4.400 tesouros nacionais que representam mais de 2 mil anos de história!

Experiência gastronômica persolizada em Nagoya

castelo de nagoia japao - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
A arquitetura do Castelo de Nagoia, no Japão.

Veja quais são os melhores hotéis em Nagoya

Quais são as maiores cidades do Japão

O Japão é conhecido pelas suas grande densidades habitacionais, ou seja, as cidades do Japão são superpopulosas, apesar de não serem grandes em extensão territorial.

Mesmo sendo um país pequeno em tamanho, o Japão tem uma população estimada em quase 130 milhões de habitantes. O país é o décimo-primeiro mais povoado do mundo.

Isso faz com que as cidades do Japão sejam enormes. O Japão, por exemplo, tem 12 cidades com população maior do que um milhão de habitantes!

E essas são as maiores cidades do Japão:

  1. Tóquio                 – 13.704.569
  2. Yokohama          – 3.676.188
  3. Osaka                  – 2 640.702
  4. Nagoya                – 2 253.979
  5. Sapporo              – 1.914.631
  6. Kobe                    – 1.544.215
  7. Kyoto                   – 1.467.461
  8. Fukuoka              – 1.445.257
  9. Kawasaki             – 1.376.886
  10. Saitama               – 1.227.365
  11. Hiroshima           – 1.169.894
  12. Sendai                  – 1.036.294

Melhores cidades do Japão para morar

Isso, claro, é uma questão muito particular e depende do que a pessoa está procurando.

Mas, em geral, as maiores cidades do Japão são as melhores cidades do Japão para morar. Isso porque, apesar de cidades grandes, elas são limpas, seguras, tudo funciona, os transportes são eficientes, os salários são altos, enfim, a qualidade de vida é muito boa.

Algumas das melhores cidades do Japão para morar são:

1º lugar: Tóquio

Tokyo, a capital do Japão, com certeza é a melhor cidade do Japão para morar, para trabalhar e estudar. Ela oferece uma ótima qualidade de vida, os serviços públicos são super eficientes, ela é super segura, organizada, limpa…

Nós ficamos muito bem impressionados quando fomos e até pensamos: “é, aqui dá pra morar facilmente!” rs.

2º lugar: Osaka

Osaka, a terceira cidade mais populosa do Japão, é conhecida por ter o povo mais sociável e acolhedor do país.

Tem um custo de vida mais barato que Tóquio, mas também com muitas oportunidades para estudar e trabalhar.

3º lugar: Kyoto

Em Kyoto se encontram algumas das mais renomadas instituições de ensino do mundo.

É uma cidade que harmoniza espaços modernos e tradição, tem uma economia bem desenvolvida e uma ótima qualidade de vida.

caminho dos filosofos quioto - Cidades do Japão: 10 destinos imperdíveis!
O Caminho dos Filósofos em Kyoto

E então, já escolheu o seu roteiro pelo Japão?

Agora que você conhece as principais cidades do Japão fica mais fácil escolher, não é?

Dica extra: Seguro Viagem Internacional

Nós temos indicado a todos para contratar um seguro viagem internacional quando for viajar para fora do Brasil. Sabemos que nem sempre é uma prática comum, mas existem alguns motivos fortes e grandes vantagens em contratar um seguro viagem.

É preciso pensar que não estamos livres de contratempos, como algum problema de saúde, algum acidente, ou mesmo a perda de bagagens e outros.

Um seguro viagem pode te ajudar em qualquer destes casos. Com um seguro, por exemplo, se acontecer algo de saúde você poderá ser atendido por um médico ou clínica particular, sem depender de hospital público em nenhum lugar do mundo!

Além disso, o valor é muito, mas muito baixo. O custo x benefício, neste caso, é muito vantajoso.

Cotação de Seguro Viagem com Desconto

Passagens aéreas internacionais

Se você está buscando passagens aéreas internacionais, se liga nesta dica!

Procure sua passagem em um comparador de passagens aéreas, porque ele vai te dar  as melhores passagens em todas as companhias aéreas ao mesmo tempo!

É muito, mas muito fácil de achar a melhor passagem e de fazer a compra, inclusive parcelada!

Pesquisar passagens aéreas internacionais

Boa viagem!!

Deixe um comentário