Home / Dicas de Viagem / Curiosidades / Comidas típicas da Itália: onde comer as originais

Comidas típicas da Itália: onde comer as originais

Quais são as comidas típicas da Itália? Onde comer as originais? Você sabe?

Não seria legal poder comer um macarrão à bolonhesa em Bolonha, uma pizza napolitana em Nápoles ou, ainda, um bom bife à milanesa em Milão?!

A Itália é famosa por muitas coisas e a gastronomia é uma delas, mas cada um dos famosos pratos típicos são originários de uma cidade ou região diferente, e o barato é poder experimentá-los em seus locais de origem, fazendo um verdadeiro turismo gastronômico.

Sempre que estamos em viagem pela Itália tentamos fazer isso, mas nem todo mundo sabe que tal cidade ou região é a criadora de determinado prato, então, aqui vai uma ajudinha para você não perder a oportunidade quando for lá.

Comidas típicas da Itália

Pizza Napolitana

Provavelmente, é a comida italiana mais famosa no mundo, embora sua origem na verdade seja egípcia, acredita?! Mas foi em Nápoles que ela ganhou a versão que tem hoje: formato arredondado, tomate e outras delícias em cima. E foi também nesta cidade que sabores como a marguerita e marinara foram criados, as verdadeiras pizzas napolitanas.

Reza a lenda que a primeira pizzaria do mundo seja a Antica Pizzeria Port`Alba, aberta desde 1830 e ainda em funcionamento. Se você for a Nápoles, dê um pulinho lá: ela fica na Via Port`Alba, 18.

típica pizza napolitana

Risotto alla Milanese

Desnecessário dizer que ele tem sua origem na cidade de Milão, não é?! Este risoto é dos mais simples e seu principal ingrediente é o açafrão, que lhe garante o tom amarelado. Além disso, ele tem um outro ingrediente “secreto”: medula de boi.

Em Milão há um lugar especializado em risotos, de uma forma geral, e claro que este está no topo da lista; trata-se da Casa Fontana-23 Risotti. Se quiser enfrentar a fila para comer lá, vá até a Piazza Carbonari, 5.

risoto milanes viagem italia

Bife a Milanesa

Mais um prato de Milão, mas que você irá encontrar na maioria dos cardápios com o nome “cotoletta alla milanese”, que é a versão original, na qual a carne vem com osso. Mas em muitos lugares já é possível comer o “biffi alla milanese”, que é como conhecemos. Esse bife passado no ovo e na farinha de rosca também ultrapassou fronteiras e é bem comum em países como a Argentina e o Chile, por exemplo.

Estando em Milão, opções de lugares para comer um bom bife a milanesa não faltam, mas uma dica é tentar o Ristorante in Galleria Biffi na Galleria Vittório Emanuele II; mas prepare o bolso, porque não é barato! 😉

comidas típicas da Itália: bife milanesa

Panini

Pensou que já saímos de Milão? Não, pois os panini também são de lá, 😉

Trata-se de sanduíches prensados recheados com queijos e embutidos. Bem pertinho do Duomo de Milão você pode encontrar uma variedade enorme de recheios para experimentar, no Al Panino (Via Agnello, 6).

panini comidas típicas italianas

Macarrão à Bolonhesa

Agora partimos para a Bolonha (ou Bologna) para nos deliciarmos com o seu prato mais famoso: o macarrão com molho à bolonhesa. Lá, esse molho se chama ragù e a massa indicada para acompanhá-lo é o tagliatelle e não o espaguete, como normalmente fazemos, sabia?!

Ele parece fácil e prático de fazer, mas para o verdadeiro molho à bolonhesa chegar ao ponto certo ele fica no fogo por mais de 4 horas!

Estando em Bolonha, procure aqueles restaurantes menores, bem caseiros, pois é neles que você vai comer o melhor tagliatelle com ragù. Se encontrar em algum cardápio um “spaghetti alla bolognese”, pode ter certeza que está num lugar “pega turista” e estará longe de comer o melhor da comida italiana. Fuja de lá!

molho bolonhesa culinária italiana

Lasanha

Esse prato é original da região da Emilia Romana, onde fica Bolonha, servido com o molho bolonhesa, mas outras partes da Itália substituíram esse molho por outros de suas regiões, como do molho pesto, da Ligúria, e a ricota, carne e queijo da região da Campânia.

Seja lá com que versão de camadas for, ela é sempre um sucesso. Mas fique atento onde comer a sua autêntica lasagna, pois conosco aconteceu uma vez, no Lago di Como, de nos servirem lasanha congelada… sim: daquelas de supermercado! Ela até estava razoável, mas foi uma decepção total quando vimos o garçom passando com as embalagens. Como a fome era muita e já era tarde, ficamos por ali mesmo, mas se não fosse esse o caso, acho que eu teria ido para outro restaurante.

lasanha italiana

Macarrão à Carbonara

Se estiver em Roma, este será o seu prato! Basicamente trata-se de massa servida com um molho de ovos, queijo pecorino, pimenta preta e toucinho. Uma delícia! Uma variação dele é o Matriciana que, ao invés de ovo, leva tomates.

Fuja um pouco das proximidades com as atrações turísticas de Roma e procure um boa trattoria. Entre as que servem um dos melhores carbonaras da cidade está o Da Danilo, na Via Petrarca, 13.

pasta carbonara

Bistecca alla Fiorentina

Em Florença, coma como os florentinos, então, não saia de lá sem experimentar uma boa bisteca assada e, segundo os locais, o melhor lugar para comer é na Trattoria Sontanza, na Via del Porcellana, 25 r, conhecida como “Il Troia” e servindo desde 1869. O espaço é pequeno e simples, mas o sabor da comida… hum!

bistecca alla fiorentina comida típica italiana

Carpaccio

Eu adoro carpaccio, este prato maravilhoso que surgiu no Harry’s Bar, em Veneza. O prato foi criado na década de 50 por causa de uma cliente que estava com anemia e devia comer, por ordem médica, carne crua. Como a carne foi fatiada muito fina, obteve uma coloração semelhante a que vemos nos quadros do pintor Vittore Carpaccio. A história é curiosa, então, se você quiser comer um bom carpaccio em seu lugar de origem, o Harry’s Bar fica pertinho da Piazza San Marco, na Calle Vallaresso, 1232.

carpaccio dicas da itália

Molho Pesto

Se estiver de passagem pela região da Ligúria, em especial na cidade de Gênova, experimente um “trenette al pesto“, ou mesmo um spaguetti. Embora o manjericão, base do molho pesto, exista por toda a Itália, nessa região ele tem um sabor um pouquinho diferente.

molho pesto gastronomia italiana

Tiramisú

E, depois de tanta comida, chegou a hora da sobremesa! 🙂

É de Siena, na Toscana, que vem a sobremesa mais famosa do país, o Tiramisú. Era um doce que as cortesãs gostavam, pois dizem que tem propriedades afrodisíacas. Será?! Ela é uma torta à base de biscoito (ou pão de ló) embebido em café, com camadas de um creme feito com queijo mascarpone, açúcar e ovo.

Não há restaurante ou café italiano que não tenha esta opção no cardápio. Experimente!

comidas típicas da itália tiramisú

Gellato (sorvete)

O gelatto italiano é considerado o melhor sorvete do mundo e eu tendo a concordar com isso: é muito bom! Ele nasceu na Roma antiga e era originalmente uma sobremesa feita com neve. Embora a gente chame “tudo” de sorvete, o gelatto é um pouco diferente, pois leva mais leite na receita, o que lhe confere um creme mais encorpado. Na Itália há um rixa entre as cidades para saber quem faz o melhor gellato e uma amiga que mora em Ferrara diz que é lá… mas o título de melhor sorvete do mundo pertence, oficialmente, à Gellateria Dondola na pequena San Gimignano (Piazza Cisterna, 4).

sorvete-italiano

Limoncello

Embora não seja uma comida, eu não poderia fechar este texto sem o limoncello, um licor feito a base de casca de limão, que é normalmente servido após as refeições, como um digestivo. Sua origem? A ilha de Capri, mais especificamente no hotel Casa Mariantonia (via G. Orlandi, 180). Não seria bom poder tomar um in loco?

limoncello itália

Esta lista poderia continuar por muitas mais palavras, mas por hoje acabo aqui, pois já estou com água na boca. E você, quais comidas típicas da Itália mais gosta?

Antes de embarcar para lá, não deixe de conferir todas as nossas dicas da Itália que temos publicadas aqui no blog em mais de 50 posts.

guia de roma

Boa viagem!

Acho que vai gostar de ler:

* Fotos Shutterstock

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Coliseu de Roma

Como visitar o Coliseu de Roma: dicas práticas

O Coliseu de Roma é uma das atrações turísticas mais visitadas da Itália, um Patrimônio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *