Agora será possível tirar o passaporte no cartório

Você sabia que, agora, será possível tirar o passaporte no cartório? É verdade, isso está sendo implementado.

É uma ótima notícia, porque tirar ou renovar o passaporte atualmente é algo muito burocrático.

O órgão responsável pela emissão do documento é a Polícia Federal, mas muitas pessoas tinham o trabalho aumentado por conta de não ter um representante do órgão público nas suas cidades.

Era preciso então que os interessados fossem até a Polícia Federal mais próxima, o que muitas vezes implicava em viagens longas até municípios nem tão vizinhos assim.

Agora vai ficar mais fácil dar o primeiro passo para quem pretende realizar uma viagem internacional, já que os cartórios, que estão presentes em todas as cidades do Brasil, terão permissão para realizar o serviço de emissão e renovação do documento de viagem.

Passaporte no cartório

A medida administrativa que possibilita a atividade de emissão de passaporte no cartório foi anunciada no dia 26 de janeiro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Mas fique atento, somente as unidades com convênio firmado com a Polícia Federal é que estão permitidas.

☛ Leia também: Como tirar o passaporte brasileiro: as novas regras

passaporte no cartórioFoto de divulgação

☛ Leia também: Regras de bagagem despachada em viagens internacionais

Como tirar o passaporte no cartório

Primeiro, é preciso se certificar de que o cartório em questão já firmou convênio com a Polícia Federal. Como a medida ainda é recente, muitos estabelecimentos estão na fase de adaptação e validação do credenciamento junto à PF (assim que tivermos novidades quanto a isso, escreveremos).

Se o cartório já for autorizado a emitir o documento, é só ir até ele e efetuar o pedido, que está sujeito a taxas extras. Os dados serão enviados à Polícia Federal para fazer o cruzamento das informações.

Em matéria para a Agência CNJ de Notícias, o juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça afirma que a Polícia Federal ainda será a responsável por emitir o passaporte:

O convênio só permitirá o compartilhamento do cadastro de informações dos cidadãos brasileiros com os cartórios, que apenas colherão as digitais e confirmarão para a Polícia Federal a identidade de quem solicitar o documento”.

Após a emissão pela Polícia Federal, o documento é enviado ao cartório e é só o cidadão ir retirar. De acordo com a assessoria de comunicação da Corregedoria Nacional de Justiça, isso acontecerá na maioria dos casos, porém, alguns convênios específicos podem estipular que a retirada do passaporte seja feita na Polícia Federal.

Ainda neste caso, as novas regras já ajudam, pois pelo menos a ida à PF será somente uma vez, na retirada do documento, já que o pedido será feito no cartório.

Mas, atenção, a facilidade terá um custo extra que ainda não se sabe ao certo, pois as taxas cobradas pelos cartórios serão objeto de análise do Poder Judiciário.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%


Conclusão: passaporte no cartório é uma facilidade que já é realidade em muitas cidades brasileiras, mas é preciso verificar se a unidade que pretende ir já está realizando o serviço e que terão taxas extras.

Quanto aos documentos que precisará apresentar, são os mesmos que deveria levar para a Polícia Federal:  a carteira de identidade (ou certificado de naturalização), o CPF, a quitação de serviço militar obrigatório, o título de eleitor e comprovantes da última votação e o passaporte anterior (se tiver).

☛ Leia também: Como tirar o passaporte de um bebê ou criança

Boa viagem!

* Texto de Luciana Console

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here