Curso de francês em Aix-en-Provence, que tal?!

Este post foi carinhosamente escrito pela Natalia Itabayana do blog Destino Provence. Ela atualmente mora em Aix-en-Provence, mas foi sem falar nada do idioma e conta aqui a sua experiência de fazer um curso de francês em Aix-en-Provence, na França.

Curso de francês em Aix-en-Provence

– Sobre : Vim morar em Aix-en-Provence em março de 2010, por conta do trabalho do meu marido, que foi transferido pra cá. Cheguei sem falar nada além do trio básico de sobrevivência e cortesia no francês : Bonjour, Merci, Au revoir.

Sou psicóloga mas trabalhei durante alguns anos como professora de inglês, e lancei mão das técnicas que usei como ferramenta de trabalho para, desta vez, aprender, e acho que isso me ajudou um bocado enquanto eu esperei o primeiro curso de francês, que aconteceu em julho.

Não fiquei calada os 4 meses, tagarelei bastante, estudei sozinha em casa com exercícios de gramática, assisti muita tv, e comecei a ler, e acabei conseguindo me inscrever no nível intermediário do curso de verão.

Meu objetivo também me motivou muito a aprender relativamente rápido : eu queria me inscrever no mestrado para validar meu diploma de psicólogo e poder exercer minha profissão aqui.

dicas da França

Curso: Me inscrevi no curso de francês para estrangeiros oferecido pelo Serviço Comum de Ensino de Francês para Estudantes Estrangeiros (SCEFEE) da Aix-Marseille Université. Três brasileiros que vieram no mesmo programa de expatriação já estavam frequentando o curso anual, que tem início em setembro e vai até abril do ano seguinte, totalizando 26 semanas de curso (pra quem opta pelo módulo anual).

Todos os professores do curso são especializados em ensino de francês como língua estrangeira, ou seja, todos tem experiência em ensinar quem nunca estudou francês na vida, e gostei muito da didática deles, que é bem parecida com a que usei enquanto era professora.

Eu fiz dois cursos diferentes durante o curso de verão : francês e um estágio para professores de francês (porque numa conversa com a diretora do curso, disse que trabalhei como professora de inglês no Brasil, e ela me convidou pra participar do estágio porque eu já tinha o nível de francês necessário para me inscrever).

Optei pela fórmula de 80 horas ou 4 semanas de curso, que acabaram sendo duas semanas de curso e duas semanas de estágio (em 2010, paguei 560€, sendo 100€ referentes à inscrição e não reembolsáveis em caso de desistência), e as aulas aconteceram na parte da manhã, na faculdade de letras no campus de Aix-en-Provence. No período da tarde, passeios e excursões eram organizados, e deveriam ser pagos à parte (entre 10€ e 20€).curso de francês

Matrícula: Fiz minha matrícula pessoalmente em ambos casos, pois já morava aqui, mas é possível fazer a pré-inscrição por correios. Não há processo de seleção, apenas uma entrevista para avaliar o nível do aluno e inclui-lo no grupo apropriado. A entrevista é geralmente feita na semana que antecede o início das aulas.

Burocracia: Para o curso de verão, que tem duração máxima de 5 semanas, não há necessidade de visto, pois brasileiros tem direito de ficar 90 dias na União Europeia como turistas. Para o curso anual é necessário visto e para obtê-lo como estudante, é preciso inscrever-se no Campus France, mas não sei dar mais precisões sobre este aspecto pois meu visto é diferente, por isso vale consultar o site da Embaixada da França no Brasil.

Moradia: Meus colegas que ficaram em moradias universitárias, e são muitas em Aix. O site do SCEFEE indica hospedagem na Cité Universitaire, uma que fica logo bem perto do prédio de letras, no Parc Jourdan, e outra que fica perto da Coline de Cuques (colegas que ficaram lá falaram do inconveniente da distância do centro da cidade, realmente o local é um pouco isolado, tem ônibus, mas eles não circulam à noite). A mesma ressalva com relação à distância do centro pode ser feita sobre as residências estudantis Le California, são bem localizadas, perto de mercado e ponto de ônibus, mas à noite fica mais chato pra sair.

Outra opção são as residências estudantis Studéa, mais próximas ao centro, mas um pouco mais caras. Para hospedagem, vale contar entre 350€ e 600€ dependendo da moradia escolhida.

curso Aix de Provence

Transporte: Aix é uma cidade relativamente pequena, e a universidade fica muito perto do centro histórico, cerca de 15 minutos à pé.

Transporte público também é uma opção de deslocamento, e a rede de ôninus funciona muito bem. A tarifa é de 1€ por viagem, com direito à correspondências com outras linhas no intervalo de 1 hora após a primeira validação do ticket (comprado com o motorista, e validado no terminal no interior do ônibus e a cada viagem ou correspondência, deve ser guardado durante todo o trajeto para apresentação em caso de contrôle). Existem outros bilhetes com opções de tarifa mais atraentes para quem passa alguns dias ou mesmo temporada na cidade.

O bilhete 10 viagens, por exemplo, sai por 7€. O trajeto Aix-Marseille também pode ser feito de ônibus (5,60€ trajeto simples, 22€ bilhete de 6 viagens) e ainda de trem (boa alternativa em caso de perturbações no trânsito, bilhete sai por volta dos 7€ e pode ser comprado direto no guichet da estação de trem no centro de Aix ou na estação Saint-Charles em Marseille, de onde também sai o ônibus).

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%


– Custo de vida: Aix-en-Provence é uma das cidades com maior custo de vida do sul da França, mas não chega a ser cara como Nice – dizem os locais que é o preço que pagamos pelo sol – mas é possível viver de forma econômica por aqui (é uma cidade universitária, o que puxa pra cima o valor dos aluguéis, além de estar numa região bastante turística).

Existem opções econômicas de alimentação por toda a cidade – os snacks, onde podemos comer paninis e outros sanduíches por cerca de 3€, ou um pedaço de pizza por 2€ – e restaurantes com cardápios que tem bom custo/benefício – o Flunch é uma rede de restaurantes com preços excelentes e boa variedade de opções, desde lanches, sanduíches e pizzas até pratos com legumes e grelhados, no estilo monte seu prato, e fica bem no centro da cidade.

Quem vem estudar ainda pode beneficiar do restaurante universitário, comi muito bem lá por 3€ (salada, prato e uma fruta ou prato de queijos).

Outra opção são os mercados hard-discount que tem espalhados por toda a cidade (Dia, Ed, Aldi, Lidl) e onde podemos fazer uma boa compra da semana pra duas pessoas por 50€ (carnes, queijos, legumes e frutas, laticínios e produtos de limpeza e higiene pessoal). Não sei dizer exatamente

– Prós de estudar em Aix-en-Provence: por ser uma cidade que conta com uma universidade, a população jovem é bem grande, e as opções de entretenimento também, incluindo vida noturna movimentada com eventos/vantagens para estudantes.

A cidade é um charme, tem seus 22 séculos de história, atrações e eventos culturais ao longo de todo o ano. Pelo fato de ser relativamente pequena, a facilidade de deslocamento à pé, de bicicleta ou de ônibus é muito vantajosa, a localização geográfica contribui em muito pra deslocamento pra outros pontos da região, do país e mesmo da Europa, pois o aeroporto situa-se a 25km do centro, e a estação de trem TGV fica a 15km do centro, tendo uma linha de ônibus que liga o centro à ambas (assim, em 3 horas é possível ir de trem à Paris, que fica a mais de 700km daqui). Rotonde Jeanne d'Arc Aix-en-Provenceroteiro Provence

– Contras de estudar em Aix-en-Provence: tem como falar mal da cidade que escolhemos chamar de lar ? Difícil pra mim citar um contra, mas previno aos baladeiros de plantão que a vida noturna aqui é animada sim, mas bares fecham às 2h pontualmente, e boates no centro podem recusar sua entrada se não forem com sua cara, ou se não gostarem da roupa que está usando, e ainda se for homem desacompanhado. Atenção, disse podem, não é uma regra, mas é bom saber que acontece, então nada de ir de Havaianas pra balada !

– Além de estudar: Como já citei, Aix é uma cidade bem localizada (de carro, são 4 horas de Barcelona e 2h da Itália, de trem são 3h de Paris e 1h de Lyon, além de 30minutos de ônibus até Marseille, 25 até o aeroporto Marseille-Provence ou 15 até a estação de trem TGV) e bem servida em termos de transporte, então as escapadas pra outros lugares são possíveis.

O festival de música clássica que acontece em julho é uma atração à parte que transforma a cidade em capital da música durante todo o mês, e é aconselhável reservar os bilhetes antecipadamente. Quem não conseguir ingressos pros espetáculos desejados pode assistir as projeções ao vivo que são organizadas em parques e jardins da cidade, uma opção econômica também.

Além da riqueza em eventos e atrações culturais, a natureza que cerca a cidade convida constantemente à passeios : trilhas pela montanha, passeios de bicicleta, circuitos organizados por lojas especializadas ou pelo departamento de turismo da cidade, que também orienta com relação aos percursos caso prefira fazer por conta própria (nunca sozinho, é sempre aconselhável partir com um amigo). Dentre os passeios mais legais que já fizemos aqui vale destacar a subida da montanha Sainte-Victoire e as trilhas das Calanques entre Cassis e Marseille.

dicas FrançaCurso de francês em Aix-en-Provence

– Dicas extras: A maior riqueza que podemos levar de uma temporada na Europa é a vivência cultural e histórica. Visite monumentos, interesse-se pela história do lugar, leia sobre os cidadãos ilustres. Aix-en-Provence só existe graças às fontes de águas termais encontradas pelos romanos há mais de dois mil anos aqui, época em que as cidades que mais se desenvolviam estavam todas às margens de grandes rios, basta reparar em Londres, Berlim, Paris.

Na Provença, o maior rio é o Ródano, que banha Avignon e Arles, duas cidades de grande importância histórica na região, que valem ser incluídas nas visitas de quem pretende passar uma temporada por aqui!

Por Natalia Itabayana

Não deixe de conferir todas as nossas dicas de Paris e dicas da Françae nem de verificar os ingressos e passeios que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

guia de ParisAproveite para conhecer também o nosso guia, o “Roteiro de 7 dias em Paris e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

4 COMENTÁRIOS

  1. Gostei muito das dicas que voce deu. Gostaria de saber se você conseguiu exercer a profissão de psicologa na França. E se conseguiu se pode dar alguns passos para se conseguir. Muito obrigada

  2. Gostaria muito de fazer um curso de frances em Aix.
    Tenho 64 anos, aposentada, ativa, pinto e exponho, e gostaria de indicacao de uma agencia para um curso de frances. Falo um pouco, mas sou pessima de gramatica. Se for possivel combinar com um curso de historia da arte, ou historia da Franca, melhor ainda.
    Pensei na possiblidade de um curso em abril ou maio.
    Gostaria de ficar em casa de familia, pois acredito ser mais uma forma de aprendizado.
    Se puder obter alguma informacao, agadeco bastante.
    Atenciosamente, Simone.

    Desculpe a acentuacao, preciso formatar o computador.

    • Simone, além das informações que já tem no texto, qualquer outra você deve pedir direto com a escola que for estudar lá, ok?! 🙂

  3. “Para hospedagem, vale contar entre 350€ e 600€ dependendo da moradia escolhida.” Isso é valor de diária? semanal? mensal?? Fiquei na dúvida…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here