Conímbriga: o passado romano de Portugal

Conímbriga abriga as maiores ruínas de uma cidade romana em Portugal e uma das mais importantes da Península Ibérica.

Embora a origem de Conímbriga seja celta, foi sob domínio do império romano que esta cidade teve seu auge, durante o século I d.C. Era um importante ponto estratégico entre as cidades de Lisboa e Braga, na época conhecidas como Olisipo e Bracara Augusta.

Me lembro de que quando fui ainda em criança, com uns 5 anos, achava tudo gigante. Quando voltei depois de adulta as coisas “diminuíram”. Será?!

Eu adoro ir lá, tenho certeza de que você também vai adorar!

Economia => Seguro Viagem Portugal (dicas + desconto)

roteiro Portugal

Conímbriga, Portugal

Veja abaixo tudo o que falaremos sobre Conímbriga, Portugal:

Índice:

Você teve algum problema com seu voo? Atrasos, cancelamentos, overbooking?

VOCÊ TEM DIREITO A UMA INDENIZAÇÃO!

Deixa na mão da AirHelp, que eles resolvem!

Onde fica Conímbriga

Conímbriga está a apenas 16 km de Coimbra, na freguesia de Condeixa-a-Velha.

Em relação às maiores cidades de Portugal, Conímbriga está praticamente a meio caminho, apesar de estar um pouco mais perto do Porto do que de Lisboa.

Veja no mapa abaixo onde fica Conímbriga:

conímbriga onde fica
Onde fica Conímbriga

Índice – TOPO

Como chegar a Conímbriga

Como Conímbriga é bem pertinho de Coimbra, não é difícil chegar. Você pode chegar a Conímbriga de carro alugado, transporte público, de excursão ou mesmo por carro de aplicativo.

Chegar a Conímbriga de carro:

A melhor maneira, sem dúvidas, é você estar de carro alugado, pois terá a liberdade de ir e vir quando quiser.

Saindo de Coimbra, é quase uma linha reta, pegando a IC3 e a N1 em direção a Condeixa-a-Nova por somente 20 minutos (veja o trajeto no mapa).

Saindo do Porto, também é praticamente uma linha reta, direto pela estrada A1, em 1:20h de viagem. Bem fácil, dá até pra fazer um bate volta (veja o trajeto no mapa).

E, partindo de Lisboa, apesar de demorar um pouquinho mais (1h55), você chega indo pela mesma A1, só que agora em direção norte, cerca de 200 km de viagem (veja o trajeto no mapa).

Chegando lá de carro, não tem problema com estacionamento, que tem bastante vaga e é gratuito.

Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real em até 12x sem juros, com isenção do IOF e com atendimento em português.

CLIQUE AQUI E CONFIRA


Índice – TOPO

Chegar a Conímbriga de ônibus:

Saindo de Coimbra há ônibus da empresa Transdev com destino a Condeixa-a-Nova, município onde fica Conímbriga. De onde o ônibus para até as ruínas são 2,5 km. Se tiver disposição, vá andando; se não, pegue um táxi até Conímbriga.

De qualquer forma, há outra opção: veja os horários dos ônibus que saem de Coimbra para Condeixa-a-Velha, pois eles param em Conímbriga.

Se você estiver em outra cidade, para chegar a Coimbra você deve pegar um ônibos da Rede Expressos.

Índice – TOPO

Chegar a Conímbriga de carro de aplicativo ou táxi

Esta opção é boa para quem já está em Coimbra – ou, quem chegar a Coimbra de ônibus vindo de outras cidades. Como vimos, são apenas 16 km ou 20 minutos de carro, então, se você pegar um uber, por exemplo, vai pagar cerca de 20 euros apenas.

Aproveite e combine a volta com o motorista.

Índice – TOPO

Chegar a Conímbriga de tour:

Existem empresas que fazem passeios guiados à Conímbriga, com tudo incluído: transporte, guia, ingressos etc.

Veja duas opções abaixo, compare as duas e faça a sua escolha:

Índice – TOPO

O que fazer em Conímbriga, Portugal

Bom, em Conímbriga você vai ver “o passado” muito bem preservado.

Ali foi uma cidade antiguíssima, construída e habitada antes mesmo da ocupação romana, com objetos encontrados que datam desde cerca de 1000 a.C.

Ela passou a ser de domínio romano cerca de 138-136 a.C., quando foi conquistada pela expedição de Décimo Júnio Bruto Calaico, recebendo, com o tempo, uma série de reorganizações econstruções pelos romanos, como um forum, termas, aqueduto e uma muralha.

As escavações após sua descoberta começaram por volta de 1898 e ela foi aberta ao público em 1930.

Desde então, milhares de pessoas percorrem suas trilhas por entre as fundações dos prédios, casas, mosaicos, pilastras e muito mais.

Ali você vai ver partes extremamente preservadas desta antiga cidade, mosaicos perfeitos, colunas inteiras. Vai ver o que eram as antigas termas, as antigas habitações, as áreas comuns e muito mais.

E os objetos que foram encontrados nas escavações ainda estão preservados e expostos no Museu de Conímbriga, ao qual você também terá acesso.

Tenha internet 100% do tempo em Portugal – clique e saiba mais

conimbriga
Fomos mais de uma vez a Conímbriga levando amigos para conhecer

Índice – TOPO

Como é a visita a Conímbriga

A visita pode se iniciar pelo pequeno Museu Monográfico de Conímbriga, logo na entrada, onde você compra os ingressos. Ali você conhecerá um pouco mais da história local e estará preparado para o que visitará em seguida.

Dali, você segue para a entrada das ruínas.

Já nas ruínas propriamente ditas, você segue um caminho pré-estabelecido, por onde seguirá podendo observar toda a ceidades, todos os seus espaços.

Você poderá observar as muralhas que outrora serviram de proteção da cidade, bem como um projeto urbanístico sofisticado, com aqueduto, fórum, termas e habitações.

As marcas das casas, ruas e demais pr+edios são muito bem definidas, pois, se as paredes ruíram, as fundações ficaram bem preservadas.

Que tal uma CONTA INTERNACIONAL gratuita com câmbio automático?

o que ver em Conímbrbiga Portugal
As marcas das casas e demais construções de Conímbriga estão muito bem preservadas

Uma das construções mais impressionantes – e típica das intervenções dos romanos – são as termas.

As termas datam do final do séc. I d.C, e são elaboradas em dois setores distintos, indicando a utilização simultânea por homens e mulheres. Há mais de um setor de termas em Conímbriga, incluindo termas públicas e termas privadas.

Faça um FREE TOUR por Coimbra – isso mesmo, gratuito!

termas romanas
Detalhe de um setor de termas em Conímbriga, Portugal

Uma parte também típica das construções do dia a dia de uma cidade romana é o Fórum, que em Conímbriga também se pode ver muito bem preservado.

A grande área que vemos era o Templo, o edifício central do Fórum, com 10,4 metros de comprimento por 7,5 de largura, onde existiam vários monumentos e era o centro da cidade romana.

conímbriga fórum
A extensa área por onde estava edificado o Fórum de Conímbriga, Portugal

Há uma área com ruínas de casas senhoriais – descobertos em 1899 durante sondagens arqueológicas -, onde o principal destaque fica com a “A Casa dos Repuxos”, com suas ruínas protegidas por uma cobertura.

Ali ainda podemos ver o chão todo feito em mosaico com rica composição policromática representando desenhos geométricos extremamente bem preservados.

Além disso, nesta construção existiam fontes e, hoje, essas fontes podem ser postas a funcionar com uma moedinha de 50 centavos de euros. É bonitinho.

Passeio => Excursão a pé pela Universidade de Coimbra

o que fazer perto de coimbra
As fontes funcionando
como chegar a conímbriga
Uma parte dos pisos de mosaicos bem preservados de Conímbriga

O parque arqueológico de Conímbriga não é muito grande, portanto, em pouco mais de uma hora você visita tudo tranquilamente.

É um passeio perfeito para que está de carro indo ou vindo do norte, pois fica a 20 minutinhos de Coimbra.

Leia também:

dicas de POrtugal
Mais uma visão dos mosaicos

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 20% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto, pix ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 20% de desconto, é só apertar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


Conímbriga, Portugal – Informações úteis:

  • Endereço: Conímbriga 3150-220 Condeixa-a-Velha
  • Horário: de terça a domingo, das 10h às 18h. Fechado em 1 de Janeiro, domingo de Páscoa, 1 de Maio e 25 de Dezembro
  • Preço: 8 euros
  • Site: https://www.conimbriga.pt/guias2

Saia do lugar comum e descubra este pedacinho do passado romano de Portugal!

Seguro Viagem Portugal com até 20% de desconto

Pesquisando viagem para Portugal?! Então, saiba que é preciso fazer um bom seguro viagem para lá e nossos leitores tem desconto especial comprando através do nosso link

FAÇA SUA COTAÇÃO AQUI

 

E, antes de embarcar, veja as diversas opções de excursões (os famosos day tours) que poderá fazer no país e leia todas as nossas dicas de Portugal já publicadas por aqui: são mais de 100 textos!

guia de LisboaAproveite para conhecer também o nosso guia, o “Roteiro de 7 dias em Lisboa e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitor do blog tem até 20% de desconto. Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO15.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser em quase todos os casos e ainda consegue os melhores preços.

10 comentários em “Conímbriga: o passado romano de Portugal”

  1. Ana, foi bom conhecer a informação sobre Conimbrega e que é perto de Coimbra.. Você tem algum Taxi de confiança para nos recomendar? Obrigado

    Responder
  2. Oi An, estamos indo à Coimbra do final do mês. Estamos querendo nos transferir da Alemanha para lá.
    O legal é que você me deu uma dica importante, sobre o inverno, pois tbém já ouvi que chove todos os dias e fiquei meio desanimada….Vou conhecer..

    Responder
  3. Que legal, Ana! Estou buscando diversas dicas de Portugal e o seu blog está sendo uma grande ferramenta para montar meu roteiro. Esse é um lugar que certamente irei!
    Aproveitando…como estarei de carro durante uns 10 dias, saindo de Lisboa e indo para o norte, você pode me informar como funcionam os estacionamentos nas cidades? vi num dos seus posts sobre Parquímetros. Isso funciona em todas cidades? E os locais de passeio, todos possuem estacionamento? É mais para saber o que fazer do carro nessas horas. Desde já, muito obrigada pela atenção. Valéria

    Responder
    • Em todos os lugares tem estacionamentos, claro, uns com parquímetros (nas ruas) e outros com máquinas para pagar no final (em geral são subterrâneos). Boa viagem! 🙂

      Responder
  4. Parabéns pelo blog, bastante esclarecedor, repassando agora para reservar hotel e pensar no almoço, fiquei com uma dúvida, no quarto dia, indo para Óbidos, Nazaré, Alcobaça, onde devo almoçar? Em Óbidos ou Nazaré?

    Responder
    • Oi Ana! Isso vai depender do tempo que irá se demorar em cada lugar. Não tenho como te dizer isso. Veja no dia. Boa viagem!

      Responder

Deixe um comentário