10 dicas de Colônia para quem vai pela primeira vez

Atualizado em 17/05/2019

Este post foi carinhosamente escrito pelo leitor Eduardo Schlup, que nos dá aqui algumas dicas de Colônia, Köln em alemão, já que morou lá por um tempo. Aproveitem!

“Colônia é a quarta maior cidade alemã e a maior cidade do oeste alemão. De colonização romana, possui muita história.

O povo de Colônia é muito alegre e multicultural, sendo chamada de a mais brasileira das cidades alemãs, não somente pela maior quantidade de brasileiros em uma cidade na Alemanha, como também pelo seu Carnaval, o maior do país.

Mas, se Colônia é o que é hoje, muito se deve aos três Reis Magos.

Como assim? Veremos daqui a pouco!

Agora vamos às dicas de Colônia que tenho para você organizar a sua viagem!

+++ Seguro Viagem para a Alemanha com desconto +++

Dicas de Colônia

onde ficar em colônia

1. Qual a melhor época do ano para visitar Colônia?

O Inverno certamente não é uma das melhores épocas para se visitar Colônia, uma vez que escurece muito cedo e geralmente é uma estação chuvosa. Mas se você for visitar Colônia em dezembro, terá a oportunidade de visitar as maravilhosas feiras natalinas, as quais destacaria as feirinhas de Neumarkt e do Dom (esta última só pelas fotos, pois fica muuuuito cheio).

Se passar em Colônia em Novembro, especificamente no dia 11/11 às 11h11, poderá ver a abertura do Carnaval, que é considerado por aqui a 5ª estação do ano (Verão, Outono, Inverno, Primavera e Carnaval, isso mesmo!!!), que dura até a quarta-feira de cinzas, onde eles aqui queimam um boneco de palha (Nubel), que é o “responsável” por todos os pecados que foram cometidos no Carnaval…

O Carnaval é, então, uma boa época do ano para se visitar a cidade, já dando a dica que você tem que estar fantasiado, não importa com o que, pelo menos algo colorido ou de fantasia. Eu estava de manhã indo trabalhar com uma peruca verde-amarela, meio sem saber se era real a história da fantasia, quando passou por mim, às 6h30 da manhã, uma “zebra” de bicicleta, aí percebi que é real mesmo…

o que fazer em Colônia - dicas

Na primavera e no verão, pode-se aproveitar o maior tempo de sol para passear até mais tarde e tomar uma Kölsch (cerveja local) em um biergarten. O importante é: visite Colônia, pois vale a pena!

2. Quanto tempo é necessário para conhecer Colônia?

A cidade é bem grande e tem vários pontos turísticos, mas como sempre o tempo é apertado. Eu acho que em 2 dias bem utilizados, consegue-se ver o essencial de Colônia.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 210 países, e de voz para EUA, México, Canadá e Europa. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe o frete grátis

COMPRE SEU CHIP AQUI!


3. Qual a média de temperatura em Colônia?

Colônia é, assim como a parte Norte do vale do Reno, uma das regiões mais quentes da Alemanha. É claro que no Inverno as temperaturas beiram zero grau, ou algo negativo, mas no Verão passam dos 30ºC.

Em geral, a temperatura é agradável, mas leve sempre um casaco para uma eventualidade, pois o tempo vira com facilidade. Ah, não se esqueça do guarda-chuva, pois chove e para de chover muito rápido, e você pode ser surpreendido!!!

+++ Confira aqui passeios que poderá fazer em Colônia

 4. Quais são as principais atrações turísticas de Colônia?

A principal atração turística da cidade é a Catedral de Colônia, ou em alemão: der Kölner Dom (http://www.koelner-dom.de). Uma construção gigantesca, que demorou séculos para ser construída no estilo gótico e que “resistiu” aos bombardeios aliados durante a Segunda Guerra Mundial (sete bombas atingiram a Catedral mas não foram capazes de abalar sua estrutura).

Catedral de Colônia - Alemanha

Suas gigantescas torres de 157 metros são as segundas maiores da Europa (perdendo apenas para a de Ulm, também na Alemanha). Nela estão guardados (ou pelo menos acredita-se), desde o final do Séc XII, graças ao Kaiser Friedrich Barbarossa, os restos mortais dos 3 Reis Magos. E isso tem atraído peregrinos e turistas desde a Idade Média para a cidade.

A visitação é gratuita e pode-se ainda fazer uma visita guiada (inclusive em português, em alguns horários), quando terá que se pagar algo (maiores detalhes no site).

Vale a pena subir os 527 degraus: pagam-se 3 euros e pode-se desfrutar de uma bela vista da cidade. Maaaas, se você não é do tipo atlético, ou não quer perder tempo, ou não quer subir esse monte de escadaria, tem uma solução que também é muito legal: o prédio Köln Triangle (http://www.koelntriangle.de) oferece uma vista muito bonita da cidade, talvez mais bonita até que a do Dom, por estar do outro lado do Rio Reno. A subida de elevador custa os mesmos 3 euros e tem apenas alguns degraus depois do elevador até a vista panorâmica.

dicas de colonia - koln
Kölner Dom – difícil fazer caber ele todo em uma foto!

Outra atração turística que vale a pena e que fica ao lado da Catedral é o Römisch-Germanisches Museum (Museu Romano-Germânico). A cidade foi fundada pelos romanos (Colonia Claudia Ara Agrippinensium), e em todo lugar onde se escava na cidade encontram-se ruínas ou restos arqueológicos da época, que estão reunidos neste museu.

Se o seu objetivo for cultural, logo ao lado tem o Ludwig Museum, que possui diversas obras de arte e, para quem é apreciador, é realmente recomendado.

Ludwig Museum

Não menos interessante é o Museu do Chocolate (Schokolade Museum) da Lindt. Localizado no centro e próximo ao Reno (10 minutos a pé da Catedral), mostra a história do chocolate, como o chocolate Lindt é fabricado, uma degustação e no final uma loja, que mais parece um supermercado, com chocolates da marca.

Eis mais uma de minhas dicas de Colônia: o preço do chocolate, em geral, é mais barato que o do supermercado, mas se você resolver ir para Aachen, não deixe de visitar a Fábrica da Lindt, onde existe realmente uma megaloja da Lindt, com descontos muito interessantes.

Colônia é ainda conhecida pela Água de Colônia. Você encontrará várias lojas da marca 4711 (próximo ao Dom) e, é claro, o Museu do Perfume (http://www.farina-haus.de) (a primeira marca e original é a Farina, embora a 4711 seja a mais conhecida atualmente).

dicas de Colônia

Caso você não tenha muito tempo e não vá fazer outro passeio de barco pelo Reno, uma sugestão é um passeio de 1 hora pelo Reno, onde se podem ver belas imagens da cidade. Os barcos saem próximo ao Museu do Chocolate e a empresa mais conhecida e tradicional é a K-D (https://www.k-d.com/de/panoramafahrten/koeln/).

hotel em Colônia

5. Dicas de Colônia: passeios bate e volta

Uma cidade quase vizinha de Colônia, a que se pode ir inclusive de metrô ou em um trem regional em meia-hora, é a antiga capital alemã: Bonn. Também de colonização romana, a cidade natal de Beethoven é uma simpática cidade. Eu destaco em especial o Museu da História Alemã pós II GM (Haus der Geschichte der Bundesrepublik Deutschland – http://www.hdg.de/bonn/ ). O Museu é moderno, interativo e em inglês/alemão. E, o melhor de tudo, a entrada é gratuita e existe uma estação de metrô em frente ao museu.

Outro passeio muito interessante é a ida para Königswinter (cerca de 45 minutos de trem), onde se pode subir o Drachenfels, uma ruína de um antigo forte. Tem-se uma vista linda do Rio Reno, onde se podem observar, com tempo bom, Bonn e Colonia. Na descida, pode-se passar pelo palácio (castelo) de Drachenburg. Para subir/descer existe um trenzinho, mas quem quiser pode ir a pé (é uma bela subida). Eu particularmente sempre subia de trem e descia a pé.

Outra bela cidade e cheia de história, próxima de Colônia, é a cidade de Aachen. A cidade tem uma catedral onde foram coroados os Kaisers (imperadores) do Império Franco-Germânico, após Carlos Magno (Karl der Große ou Charlemagne). Pode-se encontrar um grande acervo sobre o mesmo na cidade. A cidade abriga ainda a Fábrica de Chocolates da Lindt, que possui um “Shopping” de chocolates da marca no local.

6. Como se locomover em Colônia?

Em Colônia anda-se muito a pé, principalmente se estiver no centro (Innenstadt). O ticket é interligado (trem, metrô e ônibus).

Caso queira ver como se vai de um lugar para outro com o sistema de transporte público, basta acessar o site http://www.kvb-koeln.de e digitar os endereços (existe um app com o mesmo nome para o celular).

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


7. Se tiver apenas 1 dia em Colônia, o que priorizar (minirroteiro)?

Em 1 dia em Colônia, deve-se iniciar o passeio, é claro, pelo Dom. Lá você irá gastar uns belos 45 minutos ou, se fizer um passeio com guia, de 1 a 2 horas.

A seguir, uma visita ao Römisch-Germanisches Museum é indicada, onde se pode ver um pouco da história Romana na Alemanha.

o que visitar em Colônia

De lá, você pode fazer um passeio a pé até as margens do rio Reno e encontrar a Hohenzollerbrücke, uma grandiosa ponte que cruza o Reno. Esta ponte está cheia de cadeados (foi aqui que surgiu esta tradição muito difundida na Europa, onde os casais colocam os chamados cadeados do amor em uma ponte e jogam a chave no Rio).

Após umas fotos, vale uma visita ao Museu do Chocolate, que fica às margens do Rio Reno. Nesse momento, você já deverá estar com fome e a dica é um dos diversos restaurantes ou brauereis (não se esqueça de pedir uma Kölsch, cerveja típica da região) que existem próximos à estação de trem de Heumarkt.

Após o almoço, passeie um pouco pelo Rio Reno e aprecie a vista. Você deve decidir qual o ponto de vista para apreciar a cidade de cima: ou o Dom ou o Köln Triangle.

Umas comprinhas no centro são sempre indicadas, em especial na Galeria Kaufhof, Karstadt ou Primarkt.

À noite, pode-se passear pela Kyffhäuser Straße e região, cheia de barzinhos e local dos estudantes. Próximo a essa rua, pode-se jantar no Oma Kleinman (https://www.beiomakleinmann.de) (a especialidade são os Schnitzel – bife de porco empanado e frito – uma delicia!)

O que fazer em Colônia

8. Quanto custa o transporte urbano?

Para não ter erro, uma de minhas dicas de Colônia é consultar no site http://www.kvb-koeln.de/german/tarif/index.html – o site oferece linguagem em inglês, francês, italiano, holandês e espanhol.

9. Qual o preço médio da alimentação?

O preço médio de uma refeição, por pessoa, é cerca de 8 a 12 euros. Esse preço apenas para a refeição. Um copo de Kölsch costuma custar 2 Euros, mesmo preço de um refrigerante. Não é necessário pagar 10%, nem existe preço de mesa (ou algo do tipo, como na Itália), mas é normal dar uma gorjeta (trinkgeld em alemão).

 Leia também: Qual a relação entre o Tratado de Schengen e seguro viagem Europa?

10. Onde é melhor se hospedar em Colônia?

Não tenho muita experiência quanto à hospedagem em Colônia, uma vez que morei lá, onde aluguei apartamento. Por conta de experiência na Europa, qualquer acomodação indicada em sites (booking.com) ou algo do tipo, e que fique no centro ou próxima a alguma estação de trem/metrô, está indicada.

Caso não tenha café da manhã no hotel, não se preocupe: as padarias (Bäckereis) na Alemanha são ótimas e abrem aos domingos também. Ah, e aí fica a última dica: na Alemanha, quase todos os comércios fecham aos domingos. Pouquíssimas coisas ficam abertas. Lojas, praticamente nenhuma.”

=> Leia também: Onde ficar em Colônia, na Alemanha: dicas de hotéis e melhores bairros

Por Eduardo Schlup

Gostou dessas dicas de Colônia? E não deixe também de ler os nossos outros posts com dicas da Alemanha.

Boa viagem!

✈ Vai para a Alemanha? Então, leia também:

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

24 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite. Pelo meu roteiro visitarei Colônia justamente em 3 de outubro. Pode me informar se terei dificuldades para encontrar restaurantes abertos? Muito obrigada!

  2. Oi!! adorei as dicas! Estarei em Amsterdã em Setembro e estamos planejando passar dois dias em Colonia!! Estamos pensando em ir de carro, pois foi a forma mais barata que encontramos.. é difícil estar de carro por lá? (estacionar e tal?) Ou vc sabe se existe uma forma mais barata e prática de ir de Amsterdã? Muito obrigada

    • Nunca fui de Amsterdam para lá, então, não sei te dizer se o carro é ou não a forma mais barata. A mais prática seria o trem, pois carro em algumas partes do centro histórico é complicado. Mas, se seu hotel tiver estcaionamento, deixe-o parado lá e visite tudo (ou quase) a pé. Boa viagem!

  3. Olá! Eu moro em Amsterdam e gostaria de passar o feriado da Páscoa em Colonia. Você acha que é arriscado não encontrar nada aberto, como bares e restaurantes? Acha que a cidade fica muito ‘morta’ por ser uma feriado? Obrigada!

    • Rebeca, nunca estivemos lá na Páscoa, mas até onde eu sei, é vida normal, pois cidades que vivem de turismo aproveitam justamente essas datas, né?! Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here