Dicas de Genebra para quem vai a primeira vez

Atualizado em 24/10/2019

Se liga nessas dicas de Genebra! Você já parou pra pensar que a cidade pode entrar em seu próximo roteiro pela Europa? Afinal, são vários os atributos que a cidade tem pra oferecer.

Pra começar, é uma das cidades de melhor qualidade de vida do mundo; é super fácil de chegar, com centenas de voos e de trens vindos de diversos destinos e, chegando lá, o aeroporto fica a apenas 6 km do centro da cidade.

No mais, Genebra no inverno é uma cidade muito interessante, onde você vai encontrar as atividades típicas desta estação: esportes (fica pertinho de várias estações de esqui), passeios românticos, locais aconchegantes, atrações internas (museus, etc.), gastronomia típica de lugares frios. Além disso, a cidade é conhecida por ser um bom lugar para compras, relojoaria e de uma beleza natural fascinante.

A cidade é pequena e, apesar de ter atrações para muito mais, é um destino perfeito para passar um fim de semana. No mais, hospedando-se em um hotel na cidade, você tem o transporte público oferecido gratuitamente.

Como pode ver, motivos não faltam pra conhecer Genebra. Vamos às dicas!

Economia=> Segura Viagem Suíça (dicas + desconto)

Dicas de Genebra

Como chegar a Genebra?

Muito próxima da França, da Alemanha e dos Alpes, Genebra é uma ótima porta de entrada da Suíça, pois ali chegam voos e trens de diversas partes. Para quem voará a partir do Brasil, saiba que com apenas uma conexão é possível chegar lá.

Já para quem está em algum ponto da Europa, ofertas não faltam, até porque empresas low cost como a Easy Jet têm uma variedade imensa de lugares que voam para a cidade, além de todas as grandes companhias aéreas.

Só pra ter uma ideia, chegam na cidade mais de 1.440 voos a partir de 112 destinos por semana e mais de 570 trens por dia, incluindo conexões de alta velocidade ligando a Paris e Milão em apenas 3 horas.

o que fazer em genebra

Como ir do aeroporto de Genebra para o centro da cidade?

O aeroporto de Genebra fica muito próximo ao centro, cerca de 6 km, e oferece várias opções de transporte, inclusive um trem gratuito. Isso mesmo, trem gratuito até o centro!

Mas tem que prestar atenção numa coisa: assim que você pegar a sua mala – mas antes de passar pela alfândega – é preciso pegar a passagem numa máquina, pois depois não tem mais como fazer isso.

Essa passagem tem a duração de 80 minutos e te permite usar não só o trem, mas todo o sistema de transporte público da cidade (bonde, ônibus e táxi aquático).

Outra coisa, a viagem até o centro dura cerca de 8 ou 9 minutos e você precisa descer na primeira estação, a Gare Cornavin, que é a estação central de Genebra. Dali, dependendo de onde for o seu hotel, ou siga a pé ou pegue outro transporte.

Confira => Passeios em Genebra e arredores

aeroporto de genebra

Também há, obviamente, a opção de ônibus, que leva cerca de 15 minutos para chegar ao centro.

As linhas 5, 10, 23 e 28 ligam o aeroporto a diferentes partes da cidade, então, se for o caso, verifique com o seu hotel qual o melhor para você. Ah, aquela mesma passagem que você pega perto da bagagem serve para usar neste ônibus 😉

Se preferir pegar um táxi por uma questão de comodidade, prepare-se para pagar algo em torno de 45 francos suíços, aproximadamente R$ 150,00.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


Como é o clima e quais as melhores épocas para visitar Genebra?

Genebra é uma cidade para se aproveitar o ano todo, em todas as estações, em todos os climas. Cada época tem seu charme e a cidade muda de acordo com elas, as atrações vão se adaptando.

Com um clima relativamente ameno, as temperaturas variam de cerca de 3ºC no mês mais frio (Janeiro) até cerca de 23ºC no mês mais quente (Julho). A pluviosidade é alta o ano inteiro, com uma diferença de apenas 30 mm entre o mês que menos chove (Abril, com 66 mm) para o mês que mais chove (Novembro, com 96 mm).

Veja os gráficos abaixo, com as médias anuais:

clima genebraMédias anuais. em Genebra, da pluviosidade (barras azuis) e de temperatura (linha vermelha)

clima em genebraTemperaturas durante o ano, em Genebra

Então, as nossas dicas de Genebra servem para quem gosta de curtir um friozinho, pois dá pra aproveitar para fazer esportes de inverno, saborear a gastronomia típica do inverno, curtir um clima romântico em hotéis maravilhosos e românticos, sem congelar em temperaturas negativas.

E, no verão, aproveitar a cidade com um clima mais alegre e festivo, com as pessoas passeando e fazendo pique-niques (com vinho, claro!) nos cerca de 20 parques que se espalham pela pequena cidade.

Como se locomover pela cidade?

Genebra não é uma cidade ‘enorme’ e muitas das atrações são próximas umas das outras. Isso convida a fazer muitos passeios a pé, especialmente se você estiver hospedado em um hotel central.

De qualquer forma, o transporte público é gratuito para quem se hospeda em qualquer hotel por lá. É sério! Se você fica em um hotel na cidade, não paga o transporte, ganha o passe com duração equivalente ao número de dias que ficará na cidade. Muito bom, né?!

A cidade é bem servida de tram (bonde) e ônibus, mas que em geral você os usará apenas para visitar atrações mais “distantes”, como a ONU ou o museu da Cruz Vermelha, por exemplo.

O que fazer em Genebra?

Genebra tem atrações para todo tipo de turista: quem procura gastronomia, compras, relógios, para quem viaja em família, casais, para quem gosta de natureza, esportes ou atividades fechadas, como museus. Enfim, é uma cidade que agrada a todos.

=> Leia também: O que fazer em Genebra em 2 dias (roteiro)

o que fazer em Genebra

Vejamos uma lista com alguns dos principais pontos turísticos de Genebra:

  • Lago Lémam ou Lago Genebra (Lake Geneve)
    • o Jato de Água (Jet d’Eau)
    • Cruzeiro no Lake Geneve
    • Monumento Brunswick
    • Bains des Paquis

Uma curiosidade: em um ponto da margem do lago há uma placa indicativa do local onde a Sissi, famosa imperatriz austríaca, foi assassinada. Nós já escrevemos por aqui sobre o Palácio da Sissi, em Viena.

  • Jardin Anglais
  • Relógio Florido
  • Carouge  (local de alma italiana, gastronômica e artística)
  • A Cidade Antiga
    • St. Peter’s Cathedral
      • Torre e a vista de 360º da cidade
      • Museu arqueológico
    • Casa de Jean-Jacques Rousseau
  • Parque dos Bastiões (Parc des Bastions) e o Muro dos reformadores (muro que faz uma homenagem a líderes protestantes, com esculturas), construção feita pelo mesmo arquiteto do Cristo Redentor no Rio de Janeiro, Paul Landowski
  • A Ópera de Genebra (Grand Théâtre de Genève)

muro dos reformadoresAlguns dos reformadores retratados no Muro 

Há diversos museus interessantes:

  • MAMCO – Modern and Contemporary Art Museum
  • Maison Tavel Museum
  • Geneva’s Art and History Museum
  • Patek Philippe Museum

E, também, Genebra é a capital mundial da paz e da diplomacia, sede de diversos organismos mundiais, como a ONU, OMS, Cruz Vermelha e entidades científicas. Portanto, há uma série de prédios e organizações que podem ser visitadas, como :

  • O Palais des Nations – Sede da ONU na europa
    • Broken Chair (enorme escultura que fica na Place des Nation, em frente ao Palais)
    • Parc des Nation (parque anexo ao Palais)
  • Museé Internationale de la Croix-Rouge et du Croissant-Rouge (Museu da Cruz Vermelha)
  • CERN – The Globe of Science and Innovation
  • Prédio da World Meteorological Organisation

+++ Confira ingressos e passeios em Genebra que poderá comprar com antecedência

dicas de genebra

Onde ficar em Genebra?

O melhor local para se hospedar em Genebra, especialmente para quem estiver a pé, é na região central, pois como a cidade é pequenininha, dá pra fazer quase tudo a pé.

Para as atrações mais distantes você tem o passe livre de transporte, quando se hospeda em um hotel.

+++ Confira aqui opções de hospedagem em Genebra +++

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Quanto tempo é necessário para visitar Genebra?

Embora Genebra não seja muito grande, diríamos que 2 dias seja o tempo mínimo para se dedicar a conhecer suas atrações. Mas se tiver mais tempo, melhor, já que uma coisa que a cidade tem de muito bom é a localização.

Uma vez que a faça de base da sua viagem, você poderá fazer uma série de passeios bate e volta (no mesmo dia) para cidades próximas a Genebra, evitando ficar mudando de hotel toda hora e carregando mala para lá e para cá, o que acaba roubando muito tempo da sua viagem.

relógio floresO famosos relógio de flores

Vale a pena => Excursão de 1 Dia a Chamonix Mont-Blanc saindo de Genebra

Quais os principais passeios bate e volta de Genebra?

Como já falamos, Genebra tem uma localização super privilegiada. Fica “na pontinha” da Suíça, ao lado dos Alpes, colado à França e pertinho da Itália.

Por conta disso, é local que serve de base para diversos passeios interessantes, para além de tudo o que a própria cidade já tem a oferecer. Veja alguns:

  • Mont-Salève – subida de teleférico até 1.100 metros. Apesar de estar na França, oferece uma maravilhosa vista de Genebra
  • Vinhedos de Lavaux – região maravilhosa de vinhedos cultivados em terraços, entre Lausanne e Montreux, pertinho de Genebra
  • Gruyères – pequena cidade suíça de 1.600 habitantes, a 120km de Genebra
  • Lausanne – cidade suíça às margens do Lago Léman, a cerca de 60km. Não deixe de visitar o Museu Olímpico
  • Montreaux – outra cidade ao lado do Lago Léman, a cerca de 90 km, super conhecida pelo seu Festival de Jazz
  • Chatêau de Chillon – monumento histórico mais visitado da Suíça, é um dos castelos mais conhecidos do mundo, situado em uma micro ilha no Lago Léman, a 100km de Genebra
  • Cailler-Nestlé – primeira fábrica de chocolate da Suíça, que fica em Bule, a 150km de Genebra

Quais são as estações de esqui perto de Genebra?

Para quem quer esquiar ou praticar outros esportes de inverno, Genebra também pode ser uma ótima opção de cidade base, já que ela fica perto de várias estações de esqui, algumas a apenas 30 minutos de distância, o que te permite conhecer uma diferente por dia, se quiser.

Estação de esqui Genebra

Só para citar algumas das opções viáveis, temos:

  • La Clusaz (50km/60min)
  • Megeve (70km/60min)
  • Morzine (70km/70min)
  • Chamonix (82km/60min)
  • Villars (110km/90min)
  • Verbier (150km/130min)
  • Zermatt (230km/180min)

O que e onde comer em Genebra?

Genebra é uma cidade com uma farta variedade de bons – ótimos – restaurantes. Para quem gosta de boa gastronomia e sofisticação, está no lugar certo.

São vários estabelecimentos, por exemplo, premiados com Estrelas Michelin. Veja alguns exemplos:

  • Auberge de Floris – duas Estrelas – chef Claude Legras – cozinha francesa
  • Bayview – uma Estrela – chef Michel Roth – cozinha francesa
  • Domaine de Châteauvieux – duas Estrelas – chef Philippe Chevrier
  • Il Lago – uma Estrela – chef Saverio Sbaragli – cozinha italiana
  • La Bottega – uma Estrela – chefs Paulo Airaudo e Francesco Gasbarro – cozinha italiana
  • Le Chat Botté – uma Estrela – chef Dominique Gauthier – cozinha francesa
  • Le Cigalon – uma Estrela – chef Jean-Marc Bessire – frutos do mar
  • L’Auberge du Lion D’Or – uma Estrela – chefs Gilles Dupont et Thomas Byrne – cozinha francesa
  • Vertig’o – uma estrela – chef Jerôme Manifacier – cozinha francesa
  • Le Flacon – uma estrela – chef Yoann Caloué – cozinha francesa

No dia a dia, outros restaurantes oferecem comidas mais em conta, mas nem por isso menos saborosas. Na Place du Bourg-de-Four, que é a praça mais antiga, na cidade antiga, você pode encontrar vários e ficam todos lotados. Uma refeição simples sai por volta de 30 francos.

Não se esqueça: a gastronomia local faz parte da viagem e conhecer – ou reconhecer – novos sabores é fundamental.

Então, estando lá, mais uma das boas dicas de Genebra é: não deixe de provar alguns pratos típicos da cidade e da Suíça , como a Batata Rostie, também conhecida como Batata Suíça; o Fondue de Queijo (especialmente no friozinho… rs), e, claro, as tentações do chocolate.

dicas de genebra

Alguns restaurantes que podem ser encontrados por ali são:

  • Les 5 Portes – estilo bistrô
  • Chez Ma Cousine – especializado em frango
  • Edelweiss – bom pra provar o fondue de queijo
  • Café de Paris – prato tradicional: salada verde, filé com molho de manteiga e ervas e fritas;
  • Gilles Desplanches – bom lugar para se deliciar com o chocolate suíço

Por fim, neste quesito, você também pode usufruir de um dos pacotes especiais citados anteriormente, o chamado Gourmet Weekend, (a partir de 140 francos) que te dá direito a uma noite de hotel com café da manhã, o transporte e um jantar no sábado à noite no restaurante Parc des Eaux-Vives.

Veja mais informações sobre onde comer em Genebra no Café Viagem:

Onde fazer boas compras em Genebra?

Para quem gosta de turismo de compras e busca grandes marcas de luxo, relógios (que tal fazer um workshop de relojoaria?!), canivetes e chocolates, entre outras coisas, Genebra pode ser o paraíso!

As lojas de grife se concentram, em especial, nas rue de Rhônes, rue de Rive e rue Crux D’Or, uma região bem charmosa, ótima para caminhar, onde tem a maior concentração de lojas de luxo por km² da Suíça (muitas com atendentes que falam Português).

Outra rua interessante e que vale a pena colocar no roteiro é a rue du Marché.

compras em genebra

A Bongénie é uma loja de departamentos e em Genebra está a maior da Suíça (rue du Marché 34), uma parada obrigatória para os amantes das compras.

Para souveniers, um bom local é a loja de departamentos Manor (rue Cornavin 6) que tem 5 andares e ainda oferece comida, chocolates, utensílios domésticos, roupas, perfumaria, papelaria e ainda tem um restaurante panorâmico.

Outra loja no mesmo estilo que vale a pena conhecer é a Globus (rue du Rhône 48), ótima também para comprar vinhos.

Já no subsolo da Gare Cornavin (a estação central de trem) há muitas opções, que vão desde Chanel até H&M e lojas de souveniers.

Para chocolates, bom, esses estão por toda parte, mas se quiser um chocolate artesanal, dois lugares que você deve conhecer são a La Bonbonnière (rue de Rive 11) e Philippe Pascoët (rue Saint-Joseph 12, em Carouge), onde podem ser feitos workshops, que são atividades bem divertidas.

E, por fim, os famosos relógios! Há lojas por toda a parte, como já é de se imaginar. Algumas são multimarcas, como a Bucherer (rue du Rhône 45), mas se quiser ir nas lojas de marcas famosas, você tem, por exemplo, a Patek Phillippe (rue du Rhone 41) e Swatch (rue du Mont Blanc 19, entre outros endereços).

Veja mais aqui informações sobre compras em Genebra.

=>Leia também: A rota dos relógios em Genebra

Como usar o Geneva Pass?

Uma de nossas dicas de Genebra é adquirir o Geneva Pass é, como o nome já indica, um passe que dá acesso a várias atrações turísticas, tours, atividades culturais e transporte de graça, além de vários descontos; ou seja, é uma tremenda mão na roda e uma baita economia, pois se for comprar cada entrada individualmente, gastará muito mais.

Ele está disponível para uso em 24, 48 ou 72 horas e o preço custa, respectivamente, 26, 37 e 45 francos suíços.

geneva pass

Entre as atrações e atividades que saem de graça, estão: o ônibus turístico, um walking tour pela Old Town, passeio de barco pelo lago, o teleférico em Mont-Salève, o museu da Cruz Vermelha, o Museu Patek Philippe, o MIR (Museu Internacional da Reforma) e vários outros museus.

Veja aqui mais informações e como comprar o GENEVA PASS. E não deixe de seguir a hashtag #visitgeneva nas mídias sociais!

E então, gostou das nossas dicas de Genebra? Animado para embarcar logo para lá?! 🙂

Boa viagem!

* Este texto foi feito em parceria com o Geneva Tourism, site oficial da cidade, onde poderá encontrar várias dicas de viagem para lá.

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

 

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelchios de internet
Seguro viagem
ingressos e passeiospassagens aéreas mais baratas

4 COMENTÁRIOS

  1. Eu e meu marido vamos final do ano para Genebra.
    Gostaríamos de fazer dois bate e volta: Um para Chanomix e outro para Montreux (mais especificaficamente para o Glacier 3000). Alguma dica de como ir de Genebra para as cidades vizinhas? Compra-se passagem ou já está incluso no cartão que retiramos ao se hospedar?

    • O cartão é para transportes na cidade e não para outras. Sobre comprar antes, não acho que haja necessidade. Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here