Dicas de Machu Picchu com criança

Ver o sol nascer em Machu Picchu. Experiência incrível, de uma energia ímpar, que tive há três anos atrás, quando visitei o Peru. Tão sensacional que, desde então, eu alimentava o desejo de levar o meu menino e mostrar a ele o quanto aquele lugar é especial para mim. Queria que ele sentisse a energia que senti, e pudesse avaliar através de suas próprias sensações todo o espetáculo que é estar ali.

Acordamos às quatro da manhã para o nosso dia de aventura e partimos para o ponto onde param os ônibus com destino a Machu Picchu, para pegar logo um dos primeiros. A maioria das pessoas prefere dormir até mais tarde; então, se você não tem problemas em acordar cedo, esta é uma boa dica: vá bem cedinho, porque o lugar fica mais vazio e você consegue excelentes fotos, sem o tumulto que se instala quando toda a turistada chega.

☛ Leia também: Como chegar a Machu Picchu (e outras dicas)

dicas machu picchu

o que fazer em Machu Picchu

Machu Picchu com criança

Henrique está acostumado a acordar cedo para estudar; e, neste dia, especialmente eufórico com a visita que faríamos, ele pulou da cama sem a menor reclamação.

Quando chegamos, já estava claro, mas o sol ainda não surgira por trás das montanhas. Ficamos, então, aguardando sua chegada. E quando o sol nasceu, o espetáculo foi indescritível…

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Já iluminados pela luz do astro rei, nos dirigimos ao ponto de onde se tem a visão clássica de Machu Picchu. E quando lá chegamos, Henrique não conseguiria esconder sua satisfação, mesmo que quisesse: ela estava estampada em seus olhos, em seus lábios… ele era todo alegria. E a mamãe, também. Claro, não é? Ver um filho feliz, poder realizar um de seus sonhos é, sem margem de dúvidas, uma das maiores felicidades para nós, pais. E Machu Picchu foi um sonho que sonhamos juntos.

Machu Picchu com criança

Henrique ficou com a máquina pequena e foi fotografando tudo o que lhe chamava mais atenção. Ele também fez uma filmagem, como a que fez no sobrevoo das Linhas de Nasca, e foi mais uma vez narrando o que via. É uma delícia agora, para mim, mamãe-coruja, depois que a aventura passou, ouvir sua voz cheia de emoção ao contar tudo o que via em Machu Picchu! Deixar uma máquina com ele foi uma das melhores coisas que fiz durante toda a viagem!

Fizemos muitas fotos. Olha só algumas que selecionamos (eu e ele, juntos) para essa postagem:

roteiro Peru

dicas do Peru

o que ver em Machu Picchu

Peru dicas

Lindas imagens, não é?

O guia que nos conduziu foi excelente. Tinha muita paciência com pequenos brasileirinhos fanáticos por fotos! Mas o meu pequeno fotógrafo não tinha muita paciência para o guia… só queria andar pelo lugar, explorar o máximo possível cada cantinho e, claro, fazer muitas fotografias. E o guia estava definitivamente atrapalhando seus planos (rsrs)! No início, até que o Henrique parou para ouvir um pouco o que o rapaz tinha a dizer. Mas logo perdeu a paciência e se desligou de toda aquela informação, que nós, adultos, absorvíamos avidamente.

Ele ficava perto de nós, ia acompanhando o grupo, mas curtiu o lugar à sua maneira, sem se prender às explicações. Eu deixei que fizesse assim porque, afinal de contas, sabia desde o início que ele queria sentir a energia de Machu Picchu.

Entre uma explicação e outra, eu ia parando para registrar os momentos do meu pequeno naquele lugar mágico, que tanto amo.

o que visitar no Peru

Depois que o guia terminou suas explicações, aí, sim, nós ficamos livres para andar pelo lugar, conhecer e… “explorar”, como Henrique tanto queria desde o início.

Pesquise aqui hospedagem para ir a Machu Picchu

Ele amou andar livremente por lá e deu um cansaço em todos nós, adultos. A pilha dele não acabava nunca! Subia e descia as escadarias, já completamente adaptado à altitude (como já estivéramos em regiões muito mais altas do Peru durante a viagem, a altitude de Machu Picchu já não fazia mais nem cócegas nele, mas ainda era uma boa altitude para nós, adultos) e botou todos nós no chinelo.

Num dado momento, resolveu parar para meditar (pelo menos “brincar” de meditar)…

dicas de Machu Picchu

Mas quem disse que conseguiu ficar ali parado? Queria era andar mais, explorar mais…

Para andar desse jeito, é preciso beber muita água. Nunca se esqueça disso: se você vai a Machu Picchu com seus filhos, leve bastante água para consumir durante a caminhada. O calor por lá é muito intenso, as escadarias são muitas, há o problema da altitude, e a garganta da gente fica constantemente seca. Fiz com que o Henrique levasse uma garrafa de Gatorade pendurada no pescoço, mas também levei duas garrafas de água na mochila. Hidratar o corpo é muito importante numa jornada como esta!

Não se esqueça de levar, também, um chapéu de abas largas (você pode comprar chapéus para as crianças em Águas Calientes, elas adoram os coloridos que existem por lá), um bom bloqueador solar e óculos escuros. Não custa nada se proteger dos raios nocivos do sol enquanto a gente se diverte, não é mesmo?

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


E não leve muito peso na mochila. Ao longo do dia, mesmo a mochila mais leve vai começando a ficar pesada. Então, leve o mínimo possível. É bom que ela esteja vazia, também, porque você e as crianças vão “descascar as cebolas”: se vão cedinho, como sugeri no início desse post, precisarão de bons casacos, porque sentirão bastante frio; mas, ao longo do dia, depois que o sol surge, o calor é insuportável e vocês vão começar a tirar toda a roupa que puderem. Então, o ideal é que todos estejam com uma camisa de mangas curtas por baixo, para que esta seja a roupa final da aventura. Mochilas vazias vão ajudar até nessa hora: vocês vão enchê-las com os casacos que, certamente, vão tirar.

Uma coisa que meu filho amou no final do passeio: o carimbo de Machu Picchu no passaporte. Na hora da saída, não se esqueça de pedir esse carimbo. A molecada adora… e nós, adultos, vamos confessar… também!

Terminamos nosso passeio por volta de meio-dia, para tomar o ônibus e retornar a Águas Calientes, de onde partiríamos para Cusco.

Mas aquela manhã em Machu Picchu ficará guardada para sempre em nossas fotos e em nossos corações.

viagem com criança

O que você está esperando? Visite o Peru! Vá a Machu Picchu!!!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

19 COMENTÁRIOS

  1. Olá. Adorei sua dica. Em que mês que você foi? pois o dia estava lindíssimo! E qual a idade do seu filho? Pois o meu tem 5 anos e gostaria muito de levá-lo a passeios assim, mas meu marido acha loucura…

  2. Também queria saber época que vc foi e idade do seu filho? Foi por conta própria ou pacote? Meu filho tem 6 anos. To pensando em ir no Carnaval? Que acha?

  3. Olá, Gisele! Fizemos a viagem no mês de julho, que é a estação de seca lá na região de Machu Picchu. No verão chove muito; então, se quiser fotos lindíssimas com o céu bem azulzinho, você pode pensar em ir no inverno.
    Quando viajamos, Henrique estava com 9 anos. Contei toda a experiência que tivemos em nossa jornada pelo Peru nos posts anteriores, com boas dicas para viajar com crianças. Não deixe de ler!

  4. Olá, Delma! Fechei todo o roteiro com uma empresa de Cusco, que recomendo muito bem! Já viajei com essa empresa duas vezes e as duas experiências foram sensacionais! O link com a indicação do site está no meu primeiro post sobre o Peru. Dá uma olhada e, se interessar, faz contato com eles.
    Abraços!

  5. Oi Evelyn,
    achei super legal as dicas de viagem com crianças.
    Irei com meu filho de 10 anos e gostaria de saber o que acha de fazermos o passeio de um dia saindo de Cusco para Machu Picchu? A agência que vc indica nos pegaria no hotel ou teríamos que ir até a estação de trem?
    Abraços,

  6. Oi Evelin, sou de Jacarei e irei para o Machu Picchu em setembro. Estou interessada também no passeio para conhecer as linhas de Nazca. Queria pedir sua opinião sobre o quanto de dinheiro que posso levar para ficar 5 dias (para comida e lembrancinhas). Vc usou dólares ou a moeda local? Estou com dificuldade de encontrar casas de cambio que trabalhem com a moeda do Peru. Obrigada!!

  7. Prezada Evelyn.
    Primeiramente parabenizo pelo post realizado sobre a viagem com criancas para Machu Picchu, porque vi que muitos brasileiros tem ainda esse medo de viajar com seus filhos e felizmente eu já teve essa sorte de ajudar e receber muitas familias com criancas.
    Gente se alguém esta precisando de dicas para viajar ao Peru e sobre os destinos é somente pedir que eu estou para ajuda-las com muito carinho, como também eu foi recibido no Brasil.
    Att Juvenal Rondan

    • Olá estarei indo para Machu Picchu em julho. Seremos 7 adultos e 1 criança de 1 ano e uma criança de 2 anos e 10 meses. Eu que estou planejando nossa viagem. Iremos de carro aqui do Brasil. Gostaria de saber se tem lugares que se pode deixar o carro em Cusco ou Allontaytambo. Pretendemos pernoitar 1 noite em Aguas Calientes. E pretendemos fazer a trilha em Machu Picchu, é tranquilo com criança?

      • Sim, pode deixar até na rua, no hotel… Cuzco é uma cidade bem desenvolvida. Já sobre a trilha, você quer dizer, o caminho Inca? Se for isso, até onde sei, criança não pode ir, mas se for só visitar Machu Picchu, não tem problema. Boa viagem!

    • Ola,
      Queria saber o que vc acha de ir com minha bebe de 2 anos? Fico com receio da altitude. Pra subir meu marido levara no bebe conforto (um ergo baby resistente).

  8. Olá. Vc fez a trilha de onde se vê Machu Picchu do alto? Gostaria de saber se dá pra fazer com aqueles carrinhos, estilo guarda-chuva. Tenho uma bebê de 1 aninho e um de quase 3.

    • Não dá para ir com carrinho e criança nem pode ir, é uma trilha bem puxada e tem um número diário limitado de pessoas que podem fazê-la. Boa viagem!

  9. Para as pessoas que estão percorrendo a Trilha Inca e Trilha Salkantay levem um cantil ou até mesmo garrafa pet, pois é de extrema importância estar hidratado durante toda a viagem, seja na trilha Inca ou na Salkantay. Em alguns trechos há pequenos riachos onde você pode encher seu recipiente; portanto leve também um purificador de água (líquido ou em pastilhas – do tipo Hidrosteril). Isso não faz volume, não custa caro, não pesa e pode evitar uma diarréia!
    Durante a noite geralmente é frio, ainda mais na época das geadas, que é muito frio próximo aos nevados, registrando temperaturas abaixo de 0, sendo assim é importante ter um saco de dormir. Se você não quiser levá-lo (por causa do peso e volume), pode contratar com a sua agência ou operadora por que normalmente já costumam alugá-los, dá pra pechinchar pedindo para incluir no que você vai pagar. Eu levaria o meu, acho uma coisa meio pessoal – risos. Dificilmente você vai conseguir alugar um de “primeira mão”. Boa Viagem!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here