Dicas de Madri para quem vai a primeira vez

Se você está planejando uma viagem para a capital da Espanha, com certeza vai precisar de algumas dicas de Madri.

Nada melhor para aproveitar ao máximo um destino do que já sair de viagem carregando algumas dicas, para não se perder por lá nem deixar de fazer algo que seja importante.

Neste caso, apresentamos a vocês coisas básicas, mas que são fundamentais pra chegar na cidade um pouco mais preparado e poder aproveitar melhor o que Madri tem a oferecer.

Confira, então, as principais dicas de Madrid aqui com a gente!

dicas madri

Dicas de Madri

Como chegar em Madri?

Avião: do Brasil para Madri a opção é ir de avião, com voos partindo das principais capitais brasileiras. As companhias aéreas mais comuns que trabalham com o destino são Iberia e Latam com voos diretos, além da Tap, Air France, KLM, Swiss Air e Avianca com conexões. Para quem já está na Europa, dá pra pegar aqueles voos internos baratos, das chamadas companhias low cost.

PASSAGEM AÉREA BARATA PARA MADRI
Passagens aéreas saindo de

 

Trem: quem já está na Europa também tem a opção de ir de trem, transporte muito utilizado em todo o continente. Chamartin e Atocha são as estações de Madri que recebem os trens de outras cidades.

Ônibus: também é possível ir de ônibus pra quem já estiver no continente europeu. A rodoviária de Madri chega a receber ônibus de países como Portugal, Inglaterra e França.

trem MadridEstação Atocha de trem, em Madrid

Como ir do aeroporto até o centro de Madri?

Madri é uma cidade com um ótimo metrô, então, a dica de Madri pra sair do aeroporto com certeza é usar o metrô, opção boa e barata.

O metrô é ligado ao aeroporto, portanto, não precisa andar muito pra achá-lo, é só seguir as placas e comprar o bilhete nas máquinas automáticas que ficam no Terminal 4. Pra entender melhor como funciona os tipos de bilhetes, dá uma olhada na nossa matéria sobre o metrô de Madri que já publicamos aqui no blog:

☛ Metrô de Madri: tudo o que você precisa saber para usá-lo

Se você estiver com muitas bagagens ou até mesmo cansado demais pra se aventurar no metrô após longa viagem, opte por pegar um taxi. A corrida custa em média € 30,00 até o centro.

Outra opção é tentar o Uber. Este aplicativo e seus motoristas são sempre uma boa opção.

madri dicasDormindo o aeroporto de Madri, esperando o voo para casa

☛ Leia também: Saindo do aeroporto de Madri

Qual a média de temperatura por lá?

A Espanha é conhecida por seus verões bem fortes, com direito até a pessoas passando mal de tanto calor. Pois é, compete com o Brasil mesmo, com temperaturas passando dos 30°C às vezes. Então, se não gosta de calor, a dica é fugir do verão, que também é a época mais cheia, já que são as férias escolares europeias.

O início da primavera pode ser frio para os brasileiros, com média de 12°C no início da estação, porém, mais próximo do verão a temperatura fica em torno de 21°C e é a estação das chuvas. No outono, as temperaturas são em torno de 15°C e, no inverno, chegam a 6°C no mês de janeiro, que é o mais frio.

dicas de viagem para Madri

Quais são as principais atrações turísticas de Madri?

A gente dá aqui as dicas de algumas atrações turísticas e as estações de metrô mais próximas delas. Muitos pontos são próximos um do outro e uma caminhada pela região já faz com que se veja tudo, sem ser necessário pegar transporte. Mas, de qualquer forma, anote a estação, caso precise!

Plaza Mayor: estação Sol

Plaza de La Puerta del Sol: estação Sol

Plaza de Oriente: estação Opera

Museo del Prado: estações Banco de España ou Atocha

Museo de La Reina Sofia: estação Atocha

Museo Thyssen-Bornemisza: estações Banco de España ou Atocha

Gran Vía: estações Plaza de España, Santo Domingo, Callao ou Gran Vía

Parque de El Retiro: estação Retiro

Puerta de Alcalá: estação Retiro

Estádio do Real Madrid: estação Santiago Bernabéu

Palácio Real: estação Opera

Mercado de San Miguel: estação Opera

Catedral de la Almudena: estação Opera

Las Ventas: estação Ventas

☛ Leia também: O que fazer em Madri: as principais atrações turísticas

real madrid

Onde ficar em Madri?

Capital do país, Madri tem muitos bairros, cada um com sua identidade. Pra escolher melhor onde ficar, dê uma olhada nas principais características das regiões e veja qual o seu objetivo. Se quer mais muvuca, se quer andar menos, até quanto quer pagar e etc.

– Sol: localizado no centro histórico, bairro onde fica a Puerta del Sol, por isso o nome. A localização é ótima, perto dos principais pontos turísticos, bares e restaurantes, mas, por conta disso, o valor da hospedagem é mais alto, além da movimentação poder incomodar durante a noite na hora de dormir. Pesquise aqui.

– Callao: próximo da famosa Gran Via, avenida mais conhecida da cidade, também é bem localizado e turístico. Pesquise aqui.

– Salamanca: não é um bairro turístico, mas traz a tranquilidade das ruas com casas tradicionais. É o bairro mais chique e com maior concentração de comércio luxuoso de Madri. Pesquise aqui.

– La Latina: bairro boêmio, muito frequentado por turistas e também população local. Cheio de bares e restaurantes, conta também com feirinhas aos finais de semana e o Mercado El Rastro. Os preços são mais baratos por aqui, mas a bagunça aumenta por ser um bairro boêmio. Pesquise aqui.

– Atocha: a estação de trem (e metrô) Atocha fica neste bairro, ou seja, a localização é ótima principalmente pra quem vai utilizar muito o transporte público ou visitar cidades próximas. Pesquise aqui.

– Lavapiés: bairro tradicional, tem bons preços de hospedagem e restaurantes. Pesquise aqui.

– Chueca: a cena LGBT está representada neste bairro. Baladas, cafés e lojas alternativas estão por toda a parte. Fica próximo à Puerta del Sol. Pesquise aqui.

Pesquise outras opções de hospedagem em Madri aqui!

madri - Dicas de Madri para quem vai a primeira vez

Quantos dias são necessários para visitar Madri?

Como toda cidade grande, quanto mais tempo ficar, melhor vai conseguir ver as atrações com calma, desfrutar dos parques e museus, apreciar a gastronomia e adentrar na cultura e estilo de vida local. Mas, se você não tem muito tempo e quer dar um giro por Madri, em três dias é possível passar pelos principais pontos turísticos e curtir bem.

☛ Leia também: Roteiro de 1 dia em Madri

Como se locomover em Madri e qual o preço do transporte público?

O transporte público em Madri é bom, principalmente o metrô, que é o mais usado pelos turistas (use e abuse dele). A cidade também propicia que seja conhecida a pé, por conta das proximidades das atrações entre si.

metrô de Madri

O metrô funciona das 6:30 da manhã até 1:30 da madrugada, todos os dias, e há várias opções de bilhetes. O valor mínimo de uma passagem é de 1,50 euros e cobre 5 estações.

☛ Leia também: Seguro viagem para a Europa (é obrigatório?)

Quais são os melhores passeios de um dia a partir de Madri (bate e volta)?

Uma boa dica de Madri são os famosos bate-voltas. Afinal, a cidade é muito privilegiada no quesito localização. Há várias opções de visitação ao redor da capital espanhola que podem ser feitas em um dia, possibilitando conhecer outras cidades numa mesma viagem.

Aqui vão algumas dicas de visitas aos arredores da cidade:

Toledo

A pequena cidade de Toledo foi palco da mais harmoniosa convivência entre cristãos, judeus e mouros (árabes) da região. Os resquícios desse período de tolerância, que foi até meados de 1642, são vistos na arquitetura da cidade. Visite a Catedral, Sinagoga del Tránsito e a Mesquita do Cristo da Luz.

Para chegar até Toledo, pegue um trem na estação Atocha, com trajeto que dura meia hora, e, ao desembarcar na estação de Toledo, pegue um ônibus que vai te levar até o centrinho.

Segóvia

Não tão popular quanto Toledo, o que é bom pra quem prefere mais tranquilidade e não curte muito cidades cheia de turistas, Segóvia também tem misturas arquitetônicas pela sua história. Lá você encontra um aqueduto romano, um palacete árabe e até uma catedral gótica.

Para chegar em Toledo, pegue o trem em Madri que sai da estação Chamarín (o trajeto dura meia hora), desça na estação Segovia Guiomar e lá pegue um ônibus que leva até o centrinho.

Segóvia: bate e volta de MadriVisual de Segóvia

Córdoba

Localizada na região de Andaluzia, Córdoba só é possível de ser visitada em bate-volta de Madri graças ao trem de alta velocidade AVE. Você tem que pegá-lo na estação Atocha e o trajeto dura cerca de 1:45h. A atração principal da cidade é a Mesquita, que atualmente funciona como a Catedral de Córdoba.

☛ Leia também: 7 cidades para conhecer num bate-volta saindo de Madrid

Compre aqui passeios de um dia e ingressos de atrações (e evite filas!)

O quê e onde comer em Madri?

Influenciada pela região mediterrânea, a gastronomia espanhola tem muitos frutos do mar e azeite nas receitas. Uma das comidas famosas se chama Tapas, que são petiscos feitos de vários ingredientes diferentes como presuntos crus, azeitonas, queijos, etc.

dicas de Madri

Tem também o cocido madrileno, um tipo de ensopado com verduras, carne e embutidos, e a famosa paella, feita com arroz, açafrão e frutos do mar.

Segue uma lista com alguns lugares interessantes para comer em Madri, mas nada como caminhar pela cidade e entrar onde te chamar atenção ou perguntar aos locais… eles sempre vão saber indicar um ótimo lugar para comer!

– Cervecería 100 Montaditos: existem várias pela cidade e é um ótimo lugar para comer Tapas por um ótimo preço.

Chocolateria San Ginés: muito tradicional na cidade e famosa pelos churros com chocolate. Endereço: Pasadizo de San Gines, 5.

La Catedral: próxima a Puerta del Sol, é um restaurante com decoração antiga bastante agradável. Endereço: Carrera de S. Jerónimo, 16.

Lateral: uma rede de bares espalhados por Madri com comida boa e preço justo.

Taberna La Bola: inaugurado no ano de 1870, bom pra quem quer experimentar o famoso Cozido Madrileno. Endereço: Calle de la Bola, 5.

Sobrino de Botín: se você achou que o La Bola era antigo, espere pra conhecer o Sobrino. Sua fundação data de 1725 e o restaurante é famoso pelo Cochinillo (leitão) e cordeiro assados no forno a lenha. Endereço: Calle de los Cuchilleros, 17.

Com estas e outras dicas de Madri que temos aqui no blog você está mais animado para conhecer a capital espanhola? 😉

Boa viagem!

Texto de Luciana Console

Fotos arquivo do blog e Shutterstock

✈ Se vai viajar para a Espanha, leia também:

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here