Dicas de Petra para quem vai pela primeira vez

Quem assistiu ao filme “Indiana Jones e a Última Cruzada” deve ter ficado com muita vontade de conhecer Petra, o sítio arqueológico (fascinante!) que foi o cenário de parte da aventura.

Eu sempre alimentei o desejo de ir lá, embora acreditasse que isso iria ficar só na vontade, afinal, “como eu iria conseguir viajar até o interiorzão da Jordânia para ver aquilo de perto?!”

Fato é que eu cheguei e nem foi tão difícil assim, por isso, preparei este post com algumas dicas de Petra, para que você também possa começar a organizar a sua ida até lá, porque olha, o lugar vale MUITO a pena!

Dicas de Petra

dicas de Petra
Sonho realizado!

Como chegar em Petra?

A cidade base para se visitar Petra é Wadi Nusa. A partir de Aman são aproximadamente 3 horas de viagem, já de Aqaba (sul do país) umas duas.

No nosso caso, estávamos em Israel, atravessamos a fronteira a pé e alugamos um carro em Aqaba para ir e vir. Acho que foi uma escolha muito acertada!

Mas, independente de onde será o seu ponto de partida, as opções, além do carro, podem ser o táxi (custos entre US$ 75,00 e US$100,00 – ou menos, se você for um bom negociador); excursões; ou o ônibus VIP (ao custo de 8,00 JOD). Existem uns ônibus locais, mas que só saem quando lotam.

dicas de Petra - Jordânia
Chegar ao fim do desfiladeiro, depois de quase 2 km de caminhada e, de repente, dar de cara com o Tesouro é muito emocionante!

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Escolha a melhor opção de seguro para você aqui e ganhe 5% de desconto com o cupom TURISTAPRO5. E quem pagar com boleto, ganha mais 5%.


Quanto tempo é necessário para se visitar Petra?

No mínimo um dia inteiro, pois de fato a área de Petra é enorme, mas aconselho fortemente a você dormir por lá ao menos uma noite, pois uma ida e volta no mesmo dia pode ser muito puxado.

Além disso, se estiver lá nas noites do Petra by Night, ainda poderá aproveitar esse evento, que eu achei fantástico. Se tiver mais tempo, então, dois dias seria o ideal.

dicas petra

Qual a melhor época para se conhecer Petra?

Eu fui em pleno mês de janeiro e achei acertadíssimo, pois é a época que tem o céu mais azul e que o parque arqueológico não fica tão mega lotado (mas estava cheio). Além disso, por ser inverno não sofremos tanto com o sol e o calor.

Como é uma região de deserto, o que se observa é frio de noite (nada demais) e calor de dia, mas sem ser escaldante. Fiquei me perguntando o inferno que aquilo ali deve ser em julho ou agosto, em pleno verão e com lotação máxima. Resuno da história: podendo, evite o verão e priorize outono e primavera, caso o inverno seja inviável para você.

Petra

Quanto custa uma visita à Petra?

Depende de quantos dias você ficará por lá. O ingresso para uma dia custa 50,00 JOD, 2 dias 55,00 JOD e 3 dias 60,00 JOD, ou seja, entre US$ 70,00 e US$ 85,00.

dicas da jordania

Qual o clima na região durante o ano?

Esse gráfico resume tudo: a linha vermelha é a variação de temperatura e as barras azuis, a quantidade de chuva.clima em Petra

Que tipo de roupa vestir para se visitar Petra?

A mais confortável possível. Lembre-se que você irá caminhar muito, então garanta um sapato que já esteja amaciado, roupas leves, algo para a cabeça (pois o sol pode castigar) e sempre leve um casaquinho, pois em alguns lugares fechados ou com muita sombra pode ficar bem fresquinho.

Embora seja um país muçulmano, eles não exigem trajes especiais para os turistas, mas, claro, isso não significa que as mulheres devam usar shorts curtinhos ou mini blusas, pois há que se ter bom senso. Ah, embora não seja roupa, outra dica: leve com você uma garrafinha de água.

dicas de petra

Onde se hospedar para visitar Petra?

Como disse no começo, a cidade base para se visitar Petra é Wadi Nusa, então, procure por lá. Existe uma grande oferta de hotéis bem perto da entrada de Petra, o que te permite ir e vir a pé. A nossa opção foi o Petra Palace Hotel, que recomendo muito.

Pesquise opções de hospedagem em Petra aqui!

É um passeio cansativo? Pode ser feito por qualquer pessoa?

Sim, pode ser bem cansativo, porque de fato se caminha muito. Só para chegar até o Tesouro (o cartão postal de Petra), que é o começo da visita à cidade em si, anda-se 2 km, mais tudo o que se caminha lá dentro (sobe e desce morros) e, ainda, refazer tudo isso na volta. Um certo preparo físico cai bem.

Mas, por outro lado, existe a oferta de aluguel de burrinhos, camelos e carroças que funcionam como um táxi local e que seria uma boa opção para quem tem algum tipo de dificuldade com locomoção.

dicas jordania

O que é o Petra by Night?

Para mim, foi a melhor surpresa de Petra. É um evento que acontece apenas 3 vezes por semana. Todo o caminho até o Tesouro é iluminado à luz de velas e, quando se chega lá, além de mais centenas de velas (única fonte de iluminação), há um show de música local. A atmosfera que se cria é indescritível. Para saber mais detalhes dessa visita fantástica, leia o post “Petra by Night: uma experiência mágica e inesquecível“.

o que visitar na jordaniaDicas extras

  • Capital da Jordânia: Amã
  • Idioma: árabe
  • Moeda: dinar jordâniano
  • Tamanho: 89.342 km²
  • População: 6 milhões
  • Clima: o inverno vai de dezembro a março e o verão de junho a setembro
  • Documentação necessária: passaporte com validade mínima de 6 meses. O visto é concedido na hora e paga-se JD 20, no entanto, quem chega no país pela cidade de Aqaba está isento da taxa
  • Telefones de emergência: 196 (polícia turística em Petra) – 191 (polícia em Wadi Musa)
  • Eletricidade: 220 v
  • Tomada: dois ou três plugues redondos
  • Fuso horário em relação à Brasília: + 5 horas
  • Embaixada brasileira: 17 Al Iskandarounah Street – Abdoun – Amã – telf: (962) 6 592 3941
  • Informações turísticas: http://pt.visitjordan.com/
  • Boa viagem!

E não deixe de ler todas as nossas outras dicas da Jordânia.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

10 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde Ana!

    Gostaria de saber a respeito do visto! Vou sair de tel aviv pela viator.com e vamos passar pela fronteira. Eles vão me dar um visto de turista na entrada da Jordania? Posso deixar carimbar meu passaporte com o visto de Israel?

    Obrigado!

    att,

    Humberto Marcilio

    • Humberto, leia o post que escrevi aqui no blog sobre a travessia da fronteiro Israel-Jordânia, que va te ajudar. Boa viagem!

  2. Olá Ana! Tudo bem?
    Primeiramente, gostaria de te dar os parabéns pelo site! Ele está excelente!!! Muito bem escrito e muito boa as fotos! Está ajudando muito para o planejamento da minha viagem.
    Eu vou fazer uma viagem com a minha esposa (sua meia xará, rs) em Mar/Abr de 2017 pelo Egito, Jordânia e Israel. Já li todos os seus posts sobre esses lugares.
    O mais difícil está sendo a Jordânia. Já fizemos várias viagens por conta própria para Europa, Peru, Bolívia e México. Sabemos dos benefícios de não fazer os passeios com agências de turismo. A minha esposa, no entanto, está com muito medo de fazermos os passeios pela Jordânia por conta própria. Estamos olhando com empresas de turismo locais, mas estou achando todos os preços muito altos!!!
    Gostaria de saber sua opinião sobre a segurança lá. Em algum momento vocês ficaram preocupados ou tensos com alguma coisa? Você indicaria fazer por conta própria?
    Desde já agradeço sua resposta.
    E mais uma vez parabéns pelo site! Estarei acompanhando vocês!

    • Olá Tiago,

      Em setembro estamos indo para os mesmos lugares que vc (Israel, Egito e Jordânia – talvez Dubai também). A esta altura do campeonato (09/06/2017) acredito que vc já tenha voltado. Gostaria de deixar meu e-mail (diosf@bol.com.br) e se vc puder fazer a gentileza de mandar alguma informação que vc julgue relevante (dicas, o seu roteiro, contato do guia, agência, etc). Não sei o quão tensa está a situação no Egito. Não sei se precisa ou não de visto para entrar na Jordânia (se tira o visto na hora ou não e quanto custam essas taxas de entrada e saída do país). Desde já fica o meu agradecimento. ass: Diógenes Fernandes

  3. Ana,

    Voce tem o site da empresa que voce alugou o carro?

    Pesquisei em algumas dessas mais famosas e nao encontro carros em aqaba.

  4. Oi Ana
    Você falou do aluguel de burrinhos lá dentro de Petra você se recorda qto era por dia ou por hora?
    Voce nao tem informacoes sobre uma noite com os beduinos?O que vc acha?

    DEsde já muito obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here