Dicas de viagem em Bucovina – Romênia

Atualizado em 25/10/2017

Aqui vai mais uma dica de viagem, desta vez mandada pelo meu primo querido: João Pedro Portugal, também muito viajado e que agora está passando uma temporada na Romênia, terra do Conde Drácula. Aí vai:

“A maneira mais simples de chegar a esta região é através do comboio da Compania Natională de Căi de Ferate – CRF – cerca de 447km em seis horas por 20€ desde Bucuresti, a capital romena. É possível também chegar de avião, por pouco mais de uma hora, pela TAROM, por cerca de 130€, mas o gozo da paisagem perde-se pelo caminho…

Suceava é a cidade capital da Bucovina. Como grande parte das cidades romenas, desenvolve-se principalmente ao longo da estrada nacional, transformada numa imensa avenida. Os edifícios são escuros e degradados, quase todos construídos ainda do tempo de Ceaucescu, que numa tentativa de modernização da cidade mandou demolir grande parte dos edifícios antigos.

GetAttachmentEscaparam algumas das belas igrejas e mosteiros ortodoxos que pontilham toda a cidade e que são visita obrigatória, como o MănăstireaSf. Ioan cel Nou e a sua basílica, a Biserica Sf. Gheorghe din Mirauti, Biserica Sf. Dumitru ou o Mănăstirea Zamca, entre outras. Desde há dois anos a cidade tem recebido fortes investimentos privados que a vão dotando de modernos edifícios habitacionais e dois centros comerciais, Shopping City Suceava e o Iulius Mall Suceava, onde se podem encontrar as modernas marcas mundiais. Tradicionalmente, como toda a Roménia, os habitantes ainda fazem as suas compras no bazar: enorme, caminhos estreitos e apinhados, sortido com tudo, mesmo – um passeio a não perder.

Junto com a Cetatea de Scaun (ou a Cidadela do Trono), cujas ruínas proporcionam fantásticas vistas sobre a cidade e mesmo com os Muzeul Satului Bucovinean e o Muzeul de Etnografie Hanul Domnesc, óptimos museu etnográficos da região, todos estes antigos edifícios nos transportam ao tempo de Stefan Cel Mare şi Sfânt (Estêvão o Grande e Santo), que viveu no séc. XV, canonizado pela Igreja Ortodoxa Romena e considerado como o maior romeno de todos os tempos, e que é invocado em cada rua, em cada igreja por toda a região.

GetAttachment4O autocarro é um meio de transporte económico a considerar dentro da cidade, apesar o aspecto decrépito de alguns deles.

Mas Suceava tem que ser apenas um ponto de partida. O melhor será alugar um automóvel e partir à descoberta desta região de paisagens verdes e amplas, que lhe valeram o apelido de “a Suíça romena”.

Nas estradas é comum encontrar as típicas barcaças de quatro rodas puxadas a cavalo, sempre carregadas com madeira, areia, ferro velho, palha (quase tudo), e nas povoações não raro se encontram os típicos aldeãos de gorro de pele de ovelha enterrado até às orelhas e de pesada samarra de lã, ou as garridas ciganas de saiões muito coloridos e tranças compridas. Os campos são roliços e muito amplos, com plantações de cereais até perder de vista, bordejados lá muito atrás pelas famosas florestas de faia que deram o nome a esta região.

Para a descobrir, cumpra-se o circuito dos mosteiros pintados da Bucovina: Modovita, Voronet, Humor, Arbore, Patrauti e Probota, inscritos na lista do Património da Humanidade da UNESCO, entre outros que por si só merecem uma visita prolongada pela magnificência das suas pinturas interiores e exteriores, e devem servir de guia para percorrer a região.

Em Suceava, onde aconselho a regressar ao final de cada dia de passeio, pode procurar alojamento no Hotel Bucovina Severin (dez andares de quartos, de luxo durante o regime comunista, mas actualmente bastante decaídos) por cerca de 25€ por quarto duplo, incluindo um bom pequeno-almoço. O hotel tem restaurante, mas aproveite para conhecer o Latino ou o La Fitze, onde encontra os pratos da gastronomia bucoviana e as populares pastas e pizzas italianas. À noite, após um copo na disco Arena Club, é altura de retemperar forças de modo a começar o passeio do dia seguinte bem cedo, pois por aqui os dias são muito curtos.”

Por João Pedro Nogueira Portugal

GetAttachment1 GetAttachment2 GetAttachment3

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

 

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelchios de internet
Seguro viagem
ingressos e passeiospassagens aéreas mais baratas

7 COMENTÁRIOS

  1. Achei muito interessante sua experiência. Estou querendo fazer intercâmbio, mas estou tendo grande dificuldade em conseguir material que fale sobre a Romênia. Tenho uma dúvida, qual a média de custo de vida lá durante 1 mês?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here