Fortaleza de Santa Cruz, Niterói

Atualizado em 20/05/2019

O que fazer em Niterói é o que não falta. Praias, boa gastronomia, shoppings, mirantes, trilhas, fortes e fortalezas. E a Fortaleza de Santa Cruz é um desses passeios imperdíveis.

Para quem não sabe, é em Niterói que nós moramos e temos o nosso escritório. E nem sempre é fácil escrever (ao menos com isenção) sobre seu próprio local… rs

Mas sempre estaremos trazendo pra vocês dicas de passeios em Niterói, pode deixar!

Se você quer outras dicas e ver fotos diárias, siga também o nosso Instagram: TuristaProf

Hoje, fiquem com esta dica de Niterói: a Fortaleza de Santa Cruz.

Pra chegar lá você passa por uma boa parte da orla da cidade, como São Francisco, Charitas e Jurujuba. Então, só a ida pra lá já é um ótimo passeio, vendo paisagens lindas.

> Seguro Viagem Nacional: é necessário fazer? <

o que fazer em niterói

o que ver em NiteróiDuas das praias que vemos pelo caminho até a Fortaleza de Santa Cruz

Fortaleza de Santa Cruz, Niterói

A Fortaleza de Santa Cruz é uma das atrações turísticas mais visitadas em Niterói.

Sua história remonta à época da colonização portuguesa, quando era necessário defender a entrada da Baía de Guanabara dos possíveis invasores.

Fortaleza de Santa Cruz

Aliás, esta não é a única fortaleza ou forte na entrada da Baía.

Apesar de ser a principal estrutura de defesa dos períodos da Colônia e do Império no Brasil, ela ainda conta com diversas outras construções que serviam para lhe dar apoio.

Dentre elas estão o Forte de Gragoatá, o Forte do Imbuí (em Niterói), a fortaleza de São João e o Forte Tamandaré da Laje (no Rio de Janeiro).

> Leia também: O que fazer em Niterói, Rio de Janeiro <

o que ver no Rio de Janeiro
Alguns dos fortes e fortalezas na Baía de Guanabara que podem ser vistos da Fortaleza de Santa Cruz

Sua história começa em 1555, quando Villegaignon iniciou sua construção. Dois anos depois, Mem de Sá tomou o poder e a ampliou, assim como também o Vice-Rei Conde de Cunha, que a reformou e ampliou seu poder de fogo, para que pudesse proteger o embarque do ouro vindo de Minas Gerais.

E, de fato, ela foi importante aos portugueses, impedindo invasões francesas e holandesas.

Ela também serviu de presídio, tanto para inimigos de guerra capturados, como de presos políticos, dentre eles José Bonifácio e Euclides da Cunha.

Hoje em dia, a Fortaleza ainda é utilizada para fins militares (não mais presídio), sendo a sede da Artilharia Divisionária da 1ª Divisão de Exército.

> Leia também sobre o MAC – Museu de Arte Contemporânea de Niterói <

onde ir em Niterói Fortaleza de Santa Cruz

Visita à Fortaleza de Santa Cruz

A fortaleza está aberta à visitação pública e atrai, em média, dois mil visitantes por mês.

Afinal, não é pra menos, porque a sua localização, ao mesmo tempo em que é estratégica militarmente, é belíssima. Ela foi eleita, em votação popular, uma das 7 maravilhas de Niterói.

A fortaleza está construída na “esquina” da Baía de Guanabara, em um enorme rochedo onde, de um lado, temos a Baía, do outro o mar aberto. E, de quebra, ainda vemos o Pão de Açúcar, um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro, bem à nossa frente.

É o ponto mais próximo entre as duas cidades: Niterói e Rio de Janeiro.

> Visite também o Parque da Cidade, em Niterói <

roteiro Rio de Janeiro

Com uma área construída de 7,153 metros quadrados, a visitação percorre um roteiro definido e restrito. Em determinadas áreas é proibido entrar e até mesmo fotografar, por estar em atividades militares.

A visita é guiada por um militar que dá todas as informações – todas mesmo! Às vezes chega a ser um pouco de informação demais, mas é interessante saber das coisas.

Quando fomos, estava um sol de rachar a cabeça e eles nos oferecem sombrinhas (que na chuva seriam guarda-chuvas 🙂 ) para nos proteger.

Depois de passar pelo relógio de sol construído em mármore português, a visita começa pela Capela de Santa Bárbara, de 1612. Segundo as informações fornecidas, é a igreja mais antiga de Niterói.

> Você conhece o Caminho Niemeyer em Niterói? <

roteiro Niterói

Rio de Janeiro dicas

Ali, conhecemos a lenda sobre a jovem Iracema, filha do capitão Potyguara.

Ela, apaixonada por um reles cabo, foi impedida pelo pai de viver seu amor. Por conta disso, cometeu suicídio jogando-se ao mar, ali mesmo, em 1906.

Numa das paredes da igreja encontram-se os túmulos dela e de sua melhor amiga, Lais, que morreu em 1924.

Niterói o que fazer

A visita segue até a bateria de canhões, com dois andares: um a céu aberto (o ponto mais próximo do Pão de Açúcar e um local ótimo para tirar umas fotos) e outro na parte de baixo, coberta.

turista profissional

A bateria de canhões foi construída na segunda metade do século XIX e denominada de Bateria de Santa Tereza, em homenagem à imperatriz Tereza Cristina.

Os canhões são enormes e, obviamente, estão apontados justamente para a boca da Baía, a quem estavam ali para defender.

> Hotel em Niterói: dicas de onde é melhor se hospedar <

o que fazer no Rio de Janeiro

dicas de Niterói

niterói dicas Fortaleza de Santa Cruz

É naquele local que podemos ver, também, os diversos fortes e fortalezas que estão espalhados pela entrada da Baía de Guanabara, tanto no Rio de Janeiro quanto em Niterói.

Dali, passamos pelas antigas celas que serviram para conter prisioneiros de guerra e também presos famosos, como (além dos já citados) Bento Gonçalves e Giuseppe Garibaldi, líderes da Revolução Farroupilha.

Você teve algum problema com seu voo? Atrasos, cancelamentos, overbooking?
Deixa na mão da Resolvvi, que eles resolvem!

Clica aqui e veja como a Resolvvi funciona!

Essa parte impressiona, porque vemos celas que serviam de solitária, onde os presos ficavam em absoluta escuridão, em local super úmido, em piso de pedra, sem local apropriado nem mesmo para as necessidades orgânicas. E muitos prisioneiros eram, depois de semanas na escuridão, colocados ao sol para que ficassem cegos.

dicas do Rio de Janeiro
Solitária, que é absolutamente escura, iluminada pelo flash da câmera

E, em outros pontos, tem umas celas bem baixas, onde os presos não podiam ficar de pé.

dicas de Niterói Fortaleza de Santa Cruz

Ali termina a visita.

O passeio dura de 45 minutos a 1 hora. Durante todo o trajeto, o guia vai contado causos, lendas, histórias e fatos ligados à Fortaleza. É uma visita interessante que une História do Brasil com uma paisagem incrível.

Nós estávamos com a Turistinha Profissional e andamos de carrinho o passeio inteiro. Em uma única parte havia uma pequena escada, onde tivemos que carregar. E, em outra parte, a descida era um pouco íngreme e irregular.

Para um cadeirante, provavelmente eles devem ter caminhos alternativos.

roteiro em Niterói Fortaleza de Santa Cruz

Fortaleza de Santa Cruz – Informações úteis:

  • Endereço: Estrada General Eurico Gaspar Dutra, sem número, 13 km – Jurujuba
  • Como chegar: A melhor forma, é de carro (táxi ou uber). Mas, se não for possível, dá pra ir de ônibus. Saindo do Centro da cidade, do terminal de ônibus que fica ao lado da estação das barcas, pegue o ônibus 33 da Expresso Miramar. Veja neste link os horários. Nem todos os ônibus desta linha vão até a fortaleza. Alguns param em Jurujuba e aí teria que ir a pé por um bom pedaço. Pergunte antes.
  • Funcionamento: De terça a domingo, das 10h às 17h
  • Custo: 
    • R$ 10,00 – entre 22 e 59 anos de idade;
    • R$ 5,00 – pessoas até 21 anos de idade, estudantes, militares e familiares diretos (que não do Exército);
    • Gratuito – até 12 anos; a partir de 60 anos; Militares e seus familiares diretos (do Exército); pessoas com necessidades especiais.
  • Telefone: (21) 2710-7840
  • Observações: Não é permitido fazer a visitação sozinho, só com o guia, com horários determinados. As visitas têm intervalos de 30 minutos e duração de cerca de uma hora.
  • emails para agendamentos:

Não deixe de ir a outros pontos turísticos da cidade, nem de ver todas as nossas dicas de Niterói.

Se estiver no Rio de Janeiro e quiser conhecer Niterói com conforto e segurança, existe a possibilidade de fazer uma excursão de um dia em Niterói.

Ou, se preferir e estiver em grupo, você pode alugar um carro e rodar Niterói todo em um dia.

Boa viagem!

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

2 COMENTÁRIOS

  1. gostaria de levar meus alunos do ensino medio e fundamentalII,para conhecer o forte ,sou professorade historia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here