Dicas para visitar Londres com bebê

Confesso que quando estávamos para embarcar para Londres fiquei um pouco – ou muito – receosa de como seria a recepção de um bebê por lá. Fiquei imaginando que o povo seria muito frio, mas tivemos uma grata surpresa!

Para quem pensa que viajar com bebê é um estresse, está enganado. Quanto menores são, mais tranquilo é, ainda que exijam alguns cuidados redobrados e um bom planejamento, mas nada que possa ser usado como desculpa para não sair de casa.

Mas vamos aos fatos: como é uma viagem para Londres com bebê?

Londres com bebê

roteiro londres

– Nos transportes públicos

De um modo geral, o transporte londrino é bem amigável para quem viaja com bebês.

O metrô é, em geral, a melhor opção para circular pela cidade, pois a sua malha é enorme e muito eficiente. Para nós, que andamos sempre com o carrinho da baby, foi bem tranquilo, pois quase todas as estações que usamos tinham elevador (normalmente eles ficam em uma das extremidades da estação). Mas, claro, existem algumas que não tem, 🙁 . Nessas situações, a opção é usar a escada rolante ou, infelizmente, a escada normal. Como estávamos em dois, cada uma pegava numa ponta do carrinho e íamos. Mas isso não aconteceu muitas vezes. Para ter certeza de que a estação tem ou não, basta ver no mapa do metrô se tem o símbolo de cadeira de rodas.

Dentro de quase todos os vagões existe uma área para estacionar o carrinho e o povo é bem educado. Assim que você entra, se tem alguém ali, logo se retira.

metrô de londres

viagem com criança

viagem com bebê londres

Não quer correr o risco de ter que subir/descer escadas?! Use o bom e velho ônibus, pois neles a coisa fica um pouco mais fácil, pois são baixinhos e entrar e sair é muito fácil. Lá dentro também há uma área reservada para estacionar até 2 carrinhos abertos, então, se por acaso você for o terceiro, ou você espera outro ônibus ou terá que fechar o seu e viajar com o bebê no colo.

viagem com bebê

Se for usar o trem, também pode ficar tranquilo, porque os vagões são espaçosos e em alguns há uma área em que o carrinho também pode ficar aberto, mas, em geral, viajamos com ele fechado e com nossa baby no colo.

Já os famosos táxis pretos são totalmente adaptados, então, se quiser, poderá viajar até com o carrinho aberto dentro deles.

táxi em londres

– Nos restaurantes

De um modo geral eram espaçosos (ao menos os que fomos), os garçons retiravam uma cadeira da mesa para que pudéssemos colocar o carrinho ali e eram sempre muito atenciosos.

Normalmente os banheiros femininos tinham trocador, fator fundamental.

Uma questão que é preciso ficar atento é sobre o jantar, visto que alguns restaurantes não aceitam crianças à noite por causa da venda de bebidas alcóolicas (é uma lei local e não frescura), então, se você faz questão de ir a algum lugar específico, o melhor é ligar para lá e confirmar se o/a baby pode ou não ir.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


– Nas ruas e calçadas

Não preciso dizer que as calçadas são impecáveis e há rampas de acesso em quase todas, não é?!

O bom é que Londres é uma cidade bastante plana, portanto, caminhar com o carrinho é uma tarefa bem tranquila. Há uma ou outra parte com algumas subidas, mas, definitivamente, não é a regra.

Na hora de atravessar a rua, fique sempre bem atendo com a questão da mão inglesa. Parece bobagem dizer isso, mas o nosso piloto automático tende a olhar para o lado contrário, então, redobrar a atenção não custa nada.

o que visitar em londres

o que fazer em londres

abbey roadA clássica travessia na Abbey Road!

– Nas atrações

Em praticamente todas as atrações que fomos (e foram muitas) havia acessibilidade, como rampas e/ou elevadores. Às vezes não estão muito visíveis, mas basta perguntar para algum funcionário que eles dizem onde ficam.

Se houver fila, é possível que você passe na frente, como nos aconteceu na London Eye. Entramos na longa fila, como todo mundo, mas em dado momento um funcionário nos chamou para passar para uma outra filinha menor e logo entramos.

londres com bebê

Banheiros de família, áreas de brincadeiras e até lugares específicos para guardas as coisas das crianças e estacionar o carrinho são comuns de encontrar, ou seja, percebemos que há uma grande preocupação em facilitar a visita de quem viaja com bebês e crianças. Nota 10!

museu britânicoNo Museu Britânico

dicas de londresAproveite os lindos e numerosos parques de Londres

– Alimentação

Não tivemos muita preocupação com isso. No café da manhã do hotel sempre tinham coisinhas que ela poderia comer, mas, em geral, apenas pegávamos água quente para preparar o mingau dela, que levamos de casa.

Para dar de comer no almoço ou jantar, optamos pela papinha pronta (ela tinha 6 meses nessa viagem, ainda comia bem pouco e nada sólido), que é super fácil de encontrar em mercados. Ela gostou muito de uma linha orgânica da Hipp, mas, de todo modo, levamos de casa vários potinhos dos sabores que ela gostava.

londres dicas

– Amamentação em público

Amamentei muito nossa filha em público (restaurantes, museus, praças, ônibus, táxis…), até porque com 6 meses ela praticamente só mamava no peito e quase toda hora. Achei a situação tranquilíssima! Em absolutamente nenhum lugar me senti constrangida ou percebi olhares reprovadores, até porque os ingleses são discretos demais para isso. Claro que sempre que podia eu procurava um lugar mais discreto ou me posicionava de costas para as pessoas, mas apenas para manter o momento mais reservado e não por ser impelida a isso.

o que ver em londresPode não parecer, mas ela estava mamando!

– Hotel

Nesta nossa viagem ficamos hospedados em dois hotéis diferentes, primeiro no Langorf, que ficava numa região mais residencial, e depois no The Westbury Mayfair, no burburinho de Londres, pois era bem pertinho da Trafalgar Square. Em ambos colocaram um berço e nos receberam com muito carinho.

Na hora do banho, ou dávamos no chuveiro ou na banheira inflável que sempre levamos nas viagens. Se você pretende viajar bastante com o seu bebê, esse pode ser um bom item para levar na mala, pois é leve, pequenos e prático!

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


– No aeroporto

Aqui encontramos um atendimento super especial. Além de banheiros familiares super funcionais, na hora de passar pelo sistema de segurança – o famoso raio-x – não fomos junto com todos os demais passageiros, pois existe uma área especial apenas para quem está viajando com crianças.

Quem viaja com bebês e crianças sabe que carregamos uma tranqueira, então, nesse espaço reservado, que é bem menos movimentado, temos todo o tempo do mundo para passar tudo com calma. Os funcionários são super simpáticos e carinhosos com as crianças (imagino que sejam escolhidos a dedo) e bem cuidadosos na hora de pedir para testar (em umas máquinas) as comidinhas e possíveis líquidos das mamadeiras.

– Como o povo recebe seu bebê

Para nossa maravilhosa surpresa, recebem muito bem!

Como eu disse no começo, estava meio receosa quanto a isso, mas a reação das pessoas foi muito positiva. Várias pessoas paravam para falar com ela (fosse no ônibus, na rua, restaurantes, hotel…), perguntavam nome, idade, faziam gracinhas ou no mínimo abriam um sorriso.

Teve um situação no Greenwich Park em que um grupo de senhoras tipicamente inglesas fez uma grande festa para ela e até pediram para tirar fotos. Foi engraçado!

londres de viagem

Como puderam ver, a nossa experiência de Londres com bebê foi muito boa, ainda melhor do que em Paris (sem querer causar rivalidades!). Uma dica extra é levar sempre uma capa de chuva para o carrinho, pois a probabilidade de você pegar algum momento chuvoso é bem grande.

E na hora de começar a planejar a sua viagem, não deixe de ler todas as nossas dicas de Londres e da Inglaterra já publicadas aqui no blog e nem de conferir os ingressos e passeios que poderá comprar com descontos e outras vantagens antes de embarcar para lá.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here