Home / Itália / Metrô de Roma: tudo o que você precisa saber para usá-lo

Metrô de Roma: tudo o que você precisa saber para usá-lo

Andar no metrô de Roma não é muito difícil, afinal, são pouquíssimas linhas, o que faz com que seja um dos metrôs menos extensos da Europa.

Um dos motivos para isso é peculiar, mas óbvio: cada vez que tentam aumentar a malha ferroviária, um novo sítio arqueológico é encontrado. É sério! Roma é um lugar com tanta história que muita coisa ainda não foi descoberta e seu território guarda inúmeras relíquias a serem encontradas.

Então, é preciso ter cuidado na hora de escavar a terra para a construção do metrô e as obras estão sempre sendo interrompidas.

As questões históricas e arqueológicas nos levam a outra situação: o centro histórico de Roma até tem estações do metrô que levam a boa parte de suas grandes atrações, apesar de tudo, mas o melhor jeito de visitar a cidade é mesmo a pé.

O ideal, então, é ir até um determinado ponto de metrô e dali seguir seu roteiro por Roma caminhando. 😉

metrô de Roma mapa

As linhas do metrô de Roma

Elas são identificadas por letras e cores. As linhas A e B são as principais. Há as linhas:

  • Linha A Laranja (Battistini a Anagnina);
  • Linha B Azul (Rebibbia a Laurentina);
  • Linha B1 Azul (Jonio a Laurentina); e
  • Linha C Verde (Lodi a Monte Compatri/Pantano).

☛ Leia também: Roteiro de 2 dias em Roma

guia de roma

Atrações atendidas pelo metrô de Roma

Usando a Linha A (Laranja) você consegue chegar até estas atrações:

  • Estação Ottaviano San Pietro: Basílica de São Pedro, Vaticano e Castelo de Sant’Angelo
  • Estação Spagna: Piazza di Spagna e Villa Borghese
  • Estação Barberini:  Fontana di Trevi, Praça Navona, Via Veneto e Panteão
  • Estação Flaminio: Piazza del Popolo e Villa Borghese
  • Estação Repubblica: Piazza della Reppublica e Via Nazionale
  • Estação San Giovanni: Basílica di San Giovanni in Laterano

Já fazendo uso da linha B (Azul), você tem estas atrações aqui:

  • Estação Colosseo: Coliseu, Fórum Romano, Palatino e Arco de Constantino
  • Estação Basilica S. Paolo: Basilica di San Paolo Fuori Muri
  • Estação Piramide: Piramide de Caio Cestio
  • Estação Circo Massimo: Circo Massimo, Termas de Caracalla e Boca della Veritá

☛ Leia também: As principais atrações turísticas de Roma

roteiro Roma

Acessibilidade e horário de funcionamento

O metrô de Roma não é dos mais acessíveis. Tem muitas escadas e nem sempre há elevadores nas estações.

As linhas funcionam todos os dias da semana. Em geral, os horários são: de domingo a quinta-feira, das 5:30h às 23:30h; e sexta-feira e sábado, das 5:30h às 1:30h. Mas tem uns horários que mudam conforme a linha.

Veja mais detalhes no site: https://www.metropolitanadiroma.it/

Tarifas do metrô de Roma

Há vários tipos de bilhetes e todos eles também podem ser usados nos ônibus, mas fique atento porque o mesmo bilhete, em alguns casos, só pode ser usado uma vez no metrô. Procure calcular o quanto você vai usar esse transporte pra escolher o melhor tipo pra você.

Dá pra comprar as passagens nas bilheterias das estações, em bancas de jornal, tabacarias, algumas lojinhas e cafés também. As opções são:

  • BIT: € 1,50 – vale pelo período de 100 minutos a partir da primeira validação (primeiro uso). Viagens ilimitadas de ônibus, mas permitida somente uma de metrô.
  • Roma 24H: € 7 – dura um dia inteiro e dá direito a viagens ilimitadas tanto de ônibus quanto metrô. Válido até meia noite do dia.
  • Roma 48H: € 12,50 – vale pelo período de 48 horas (2 dias) a partir da primeira validação. Dá direito a viagens ilimitadas tanto de ônibus quanto metrô.
  • Roma 72H: € 18 – vale pelo período 72 horas (3 dias) e dá direito a viagens ilimitadas tanto de ônibus quanto metrô.
  • CIS: € 24 – vale pelo período 7 dias, a partir de sua validação e dá direito a viagens ilimitadas tanto de ônibus quanto metrô.

Romapass

Pode ser uma opção interessante dependendo das atividades culturais que você for fazer, pois ele dá descontos em alguns serviços turísticos, museus e exposições. Há dois tipos de Romapass:

  • Romapass 48 HORAS: custa € 28,00 e dá direito a entrada em um museu, descontos ou preços reduzidos em eventos, exibições e serviços turísticos e acesso ilimitado ao metrô e ônibus. A validade é de 48 horas.
  • Romapass 72 HORAS: custa € 38,50 e tem os mesmos benefícios do de 48 horas, com a diferença de um museu a mais e a validade ser de 72 horas.

☛ Compre aqui passes e entradas para as atrações de Roma (sem filas)

dicas de Roma

Aplicativos para celular

Eles podem te ajudar a passear por Roma de forma mais fácil.

  • ATAC: Disponível para Iphone e Android. Com ele você pode verificar trajetos, horários, tempo de espera e ainda realizar outras coisas como carregar o cartão e pagar estacionamento online.
  • Muoversi a Roma: Outro aplicativo que mostra o mapa da cidade e calcula o trajeto pra você, informando horários, tempo de espera e notícias em tempo real sobre a situação do transporte.

☛ Pesquise aqui opções de hospedagem em Roma

Dicas extras

– SEMPRE valide seu ticket nas máquinas antes de entrar no metrô ou ônibus ao fazer a primeira viagem do dia.

– A máquinas de bilhete não dão mais que € 10 de troco, portanto, tenha sempre uns trocadinhos com você.

– Guarde sempre o ticket com você e VALIDADO. Fiscais às vezes passam pra conferir se você pagou a passagem mesmo e, se não estiver com o ticket validado em mãos, uma multa será cobrada.

Boa viagem!

* Texto de Luciana Console

✈️ Continue sua viagem para Roma aqui:

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Turista Profissional

Este texto foi escrito por mais de um membro da equipe do Turista Profissional, ou pela nossa estagiária Luciana Console, com supervisão e edição final de Ana Catarina Portugal e Declev Reynier.

Leia também

Coliseu de Roma

Como visitar o Coliseu de Roma: dicas práticas

O Coliseu de Roma é uma das atrações turísticas mais visitadas da Itália, um Patrimônio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *