Metrô de São Paulo: tudo o que você precisa saber para usá-lo!

Atualizado em 01/06/2019

A capital paulista é uma das maiores metrópoles do mundo e a maior cidade do Brasil. O metrô de São Paulo deveria ser igualmente grande, mas infelizmente deixa muito a desejar.

Apesar de ser um dos principais transportes públicos utilizados, a malha ferroviária de São Paulo é pequena em relação ao tamanho da cidade e da população. A expansão do metrô ocorre há anos, mas de forma bem lenta.

De forma geral, o metrô de São Paulo é limpo e tem uma boa infraestrutura. Os trens não demoram para passar, porém atrasos ocorrem com frequência (seja porque um vagão não conseguiu fechar a porta por excesso de lotação ou por conta de “objetos” na via).

Algumas estações, principalmente as maiores, têm terminais de ônibus também, o que é ótimo, já que o metrô não atinge toda São Paulo. Aliás, dificilmente você irá utilizar só ele para se locomover pela cidade. A integração com o ônibus é muito comum e há tarifas específicas para isso.

Leia também:

Linhas do metrô de São Paulo

São cinco linhas identificadas por cores e números e algumas estações fazem integração com as linhas de trem, que geralmente levam para lugares mais distantes, como a periferia da cidade ou outros municípios.

– Linha 1 Azul: Tucuruvi – Jabaquara

– Linha 2 Verde: Vila Madalena – Vila Prudente

– Linha 3 Vermelha: Palmeiras/Barra Funda – Corinthians/Itaquera

– Linha 4 Amarela: Butantã – Luz

– Linha 5 Lilás: Capão Redondo – Largo Treze

Estação da Luz
A famosa Estação da Luz

Funcionamento e acessibilidade do metrô de São Paulo

De domingo a sexta, o metrô funciona das 4h40 até meia-noite. Sábado, das 4h40 até 1h.

Fique atento aos finais de semana, pois algumas estações/linhas, tanto do metrô quanto de trem, fecham para reformas/expansão.

Quanto à acessibilidade, praticamente todas as estações possuem escadas rolantes e elevadores. O metrô disponibiliza o detalhamento da acessibilidade de cada estação no site:

Tarifas do metrô em São Paulo

O metrô funciona com o ticket unitário, que pode ser comprado nas cabines dentro das estações, ou então com o Bilhete Único, que é um cartão que você carrega com o valor ou tipo de cota desejada e usa nos ônibus, trens e metrôs.

Se for utilizar só o metrô, o ideal é comprar tickets unitários no valor de R$4,30 cada, pois assim você consegue ter um controle de quantas viagens ainda pode fazer. O Bilhete Único Comum pode até ser mais prático por ser um cartão só, mas para checar o saldo você teria que colocá-lo nas máquinas das estações, que nem sempre funcionam.

metrô de São Paulo

Bilhete Único: como funciona?

Servindo tanto para ônibus quanto para metrôs e trens, o Bilhete Único é usado pela grande maioria dos usuários de transporte público em São Paulo.

A sua principal vantagem está em seu uso nos ônibus, pois permite que, com uma única tarifa, você consiga usar mais de um ônibus durante um período que pode ser de até 4 horas.

Em relação ao metrô, o uso do Bilhete Único só dá uma vantagem, que é um desconto caso você use metrô + ônibus (ao invés de pagar R$4,30 em cada um, o valor dos dois juntos fica em R$ 7,48). Ou seja, se você for utilizar ônibus e metrô em sua estada na capital paulista, adquira um Bilhete Único. Todavia, se for usar só o metrô, prefira os tickets individuais.

Há uma outra opção, que também só é vantajosa caso vá usar muito o metrô ou o trem em um dia, que é o “Bilhete Único 24 HORAS Exclusivo Trilhos” e custa R$ 16,40. Esse valor dá direito a viagens ilimitadas pelo período de 24 horas, a contar da hora/minuto da primeira utilização, expirando automaticamente assim que completar 24 horas de uso. O bilhete é personalizado com sua foto, nome e RG, portanto o uso por outras pessoas é considerado fraude. Detalhe para as regras de tempo entre uma utilização e outra:

– 30 minutos, se o usuário embarcar na mesma linha e estação diferente do embarque anterior;

– 60 minutos, se o usuário embarcar na mesma linha e mesma estação do embarque anterior;

– 60 minutos em estações integradas com o trem ou Linha 4 Amarela.

O Bilhete Único pode ser carregado em bancas de jornais, nas estações de metrô e em terminais de ônibus. Nas estações e terminais, geralmente, há opções tanto de cabine com atendente quanto máquinas, mas não são todas. As cabines só aceitam dinheiro.

Metrô São Paulo

Algumas atrações turísticas atendidas pelo metrô de São Paulo

Linha 1 Azul

  • Estação Luz: Pinacoteca do Estado e Museu da Língua Portuguesa.
  • Estação São Bento: Rua 25 de Março, Mosteiro de São Bento, Mercado Municipal.
  • Estação Carandiru: Parque da Juventude.
  • Estação Liberdade: bairro da Liberdade.
  • Estação Ana Rosa: Parque do Ibirapuera, Museu de Arte Moderna de São Paulo.
  • Estação Tiradentes: Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Linha 2 Verde

  • Estação Trianon/Masp: Parque Trianon, MASP.
  • Estação Consolação: Avenida Paulista, Conjunto Nacional, Rua Augusta.
  • Estação Vila Madalena: região de barzinhos da Vila Madalena, Beco do Batman.
  • Estação Brigadeiro: Casa das Rosas.
  • Estação Clínicas: Museu do Futebol.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Linha 3 Vermelha

  • Estação Anhangabaú: Teatro Municipal, Viaduto do Chá, Praça do Patriarca, Prefeitura de São Paulo.
  • Estação República: Praça da República, Galeria do Rock.
  • Estação Palmeiras/Barra Funda: Memorial da América Latina, Parque da Água Branca, Estádio do Palmeiras.
  • Estação Sé: Praça da Sé/Catedral, Pateo do Collegio.
  • Estação Corinthians/Itaquera: Estádio Arena Corinthians.

Linha 4 Amarela

  • Estação Fradique Coutinho: bairro Vila Madalena.
  • Estação Luz (atende tanto a amarela quanto a azul): Memorial da Resistência.
  • Estação Paulista: Rua da Consolação, Rua Augusta, Avenida Paulista, Cine Belas Artes.
  • Estação Faria Lima: Largo da Batata. 

Pesquise aqui passeios para fazer em São Paulo

o que fazer em São Paulo
Interior do MASP, uma das atrações atendidas pelo metrô de São Paulo

Dicas extras para andar de metrô em São Paulo

– Evite a todo custo utilizar o metrô de São Paulo em horário de pico (das 6h30 às 8h e das 17h às 19h, aproximadamente). Como São Paulo é a maior cidade do Brasil, já imaginou como é que ficam as estações nessas horas, né? Tem determinados destinos em que você não consegue nem entrar no vagão.

– Apesar de ser considerado seguro, furtos podem ocorrer, portanto fique de olho em bolsas, mochilas e bolsos.

– Mulheres, fiquem atentas a tentativas de assédio. Infelizmente, ocorrem com frequência nos momentos em que os vagões estão mais cheios. Caso presencie algo, denuncie ao segurança da estação.

– Procure comprar os tickets com dinheiro trocado. Evite notas de valor alto.

– Algumas estações têm exposições artísticas. Consulte a programação no site do metrô para saber mais detalhes.

mapa do metrô de São Paulo

Aplicativos para celular

Metrô de São Paulo Oficial: aplicativo oficial do metrô, informa em tempo real o status de operação das linhas, trajeto mais rápido, tempo gasto, mapas da rede, estações e linhas com horários, tarifas e telefones.

Google Maps: você pode digitar origem e destino para saber opções de trajeto que incluem ônibus, trem e metrô; o aplicativo ainda informa o tempo aproximado do percurso.

Boa viagem!

* Texto de Luciana Console

Fotos Shutterstock

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

3 COMENTÁRIOS

  1. Acrescente os acessos às rodoviárias Tietê, Barra Funda e Jabaquara. Além da integração com o trem para o aeroporto de Guarulhos.

  2. Olá, muito boas as dicas!
    O Bilhete Único 24 HORAS Exclusivo Trilhos, pode ser adquirido na hora ou precisa fazer um cadastro prévio?
    Estarei turistando em São Paulos nos próximos dias e me parece bastante útil essa opção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here