O que fazer em Havana: principais pontos turísticos

Descubra conosco o que fazer em Havana, capital de Cuba, país que é conhecido por praias maravilhosas, charutos, rum e um sistema político socialista.

Havana é a principal cidade de Cuba e está localizada na parte ocidental da ilha. A primeira dica de viagem já começa antes de pisar no país: vá de mente aberta e sem preconceitos!

Prepare-se para dar de cara com uma enorme frota de carros antigos e prédios imponentes ao lado de construções que precisam de reforma, mas nem por isso são menos belas.

Havana é uma cidade única onde você sente que voltou no tempo, ao mesmo tempo em que cultura e arte vibram de uma forma que não se parece nada com o passado.

Saiba aqui conosco o que fazer em Havana!

☛ Leia também: 

O que fazer em Havana

Permita-se ‘errar’ as ruas e se perder em Habana Vieja, a parte velha da cidade, mas onde fica a maior parte das construções antigas e pontos turísticos de Havana, e caminhar observando a arquitetura e o dia a dia dos cubanos, em um país com um sistema político completamente diferente do resto do mundo.

Malecón

O Malecón é um dos principais pontos turísticos de Havana e nada mais é do que um extenso calçadão à beira-mar que vai dos bairros de Havana Velha até Vedado.

É um lugar bem bacana para se caminhar e, principalmente, ver o pôr-do-sol.

Durante a noite, os cubanos costumam se reunir no Malecón para ouvir música, dançar e curtir o tempo com os amigos. Se você estiver em dúvidas sobre o que fazer em Havana (o que é difícil), passar um tempinho no Malecón é sempre uma boa pedida!

pontos turisticos de cuba
Foto: Luciana Console

Plaza de la Revolución

O nome é de praça, mas na verdade não se parece muito com uma. É um ponto turístico no bairro de Vedado que vale a pena pela importância histórica e pelo simbolismo presente nela, pois é neste local que se encontram as grandes imagens no paredão de prédios de Che Guevara e Camilo Cienfuegos, importantes revolucionários.

Praça da Revolução Havana

Porém, a praça em si é um grande descampado de cimento, se parecendo muito mais com um espaço de estacionamento do que com uma praça. É na Plaza de la Revolución que também fica o Memorial José Martí.

  • Endereço: Avenida Paseo, Havana, Cuba

Memorial José Martí

O memorial José Martí – considerado o primeiro dos grandes revolucionários cubanos – é o prédio mais alto de Havana.

São 130 metros de altura, que podem ser subidos tanto de escadas quanto de elevador, proporcionando uma vista incrível da cidade. No lugar também tem uma estátua em homenagem à José Martí, junto com pensamentos do filósofo gravados em ouro no térreo do prédio.

memorial jose marti havana cuba
Foto: Luciana Console
  • Endereço: 41 Paseo | Plaza de la Revolución, Havana 10600, Cuba
  • Custo: 5 CUC + 2 CUC (caso suba de elevador)

Calle Obispo

É uma rua em Habana Vieja tão conhecida que você vai saber quanto estiver nela, já que é extremamente turística e tem que estar na sua lista de o que fazer em Havana.

Os carros não passam pela Calle Obispo, que é um ótimo lugar para apreciar restaurantes, arte, lojas de lembrancinhas e a cultura local.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


El Capitólio

Um dos símbolos de Havana, a imponente construção do Capitólio foi inspirada no Capitólio de Washington (EUA). Pelo tamanho, é vista de vários pontos de Havana, chegando a ser até uma referência caso você se perca pelas ruazinhas cubanas.

Roteiro em Havana

Foi durante muito tempo a sede do governo de Cuba até a Revolução em 1959. Desde então, ali funcionam a Academia de Ciências de Cuba e a Biblioteca Nacional de Ciência e Tecnologia. Foi recentemente restaurado e está aberto para visitação.

  • Endereço: Paseo de Marti, Havana 10200, Cuba

Museu da Revolução

Se a intenção é conhecer a Cuba histórica, o Museu da Revolução precisa estar no seu roteiro de o que visitar em Havana.

Toda a história da Revolução Cubana – desde os encontros antes da tomada do poder pelos revolucionários até as mudanças sociais feitas por Fidel Castro e seus companheiros – é retratada neste local, seja em objetos da época, seja em cartazes e fotos contando a história.

Além disso, o próprio edifício fez parte da Revolução, pois era o Palácio Presidencial e é onde o ditador Fulgêncio Batista estava quando foi deposto. É possível ver buracos de balas do conflito nas paredes.

Museu da Revolução em Havana
Foto: Luciana Console

Lá dentro há loja de souvenirs, mas evite fazer suas compras lá pois o valor é mais caro do que nas lojinhas de centro.

Plaza de Armas

Nos tempos coloniais, a praça era o local de desfiles militares e concertos musicais, mas atualmente é uma das diversas praças na cidade arborizadas e bem convidativas para uma paradinha em Habana Vieja.

Nela encontram-se edifícios antigos ao redor e, no centro, uma estátua de Carlos Manuel de Céspedes, considerado Pai da Pátria.

Paseo del Prado (Paseo de Martí)

Também chamado de Paseo de Martí, é um grande calçadão em estilo europeu feito com piso de mármore nas cores branco e vermelho.

Apesar de ser uma rua, suas características lembram uma praça, já que é arborizado e conta com muitos bancos ao longo do calçadão, além de várias esculturas. O lugar é bastante agradável para caminhadas, descanso e muitos cubanos usam o Paseo del Prado como praça mesmo. É comum se deparar com crianças andando de patins e idosos conversando.

Roteiro em Havana Cuba
Foto: Luciana Console

Callejón de Hamel

Próximo do bairro Vedado, o Callejón é um lugar de arte e cultura afro em Havana, onde apresentações de danças típicas religiosas acontecem aos domingos.

Em Cuba, é bem forte a presença das religiões de origem Yorubá e talvez você veja semelhança com o Candomblé. Se tiver a oportunidade, vá assistir às apresentações e dê uma caminhada na viela Callejón de Hamel para conhecer de perto esta parte da rica cultura cubana.

o que fazer em Havana

La Bodeguita del Medio

Se perguntar a qualquer cidadão de Havana qual o bar mais conhecido da cidade, o La Bodeguita del Medio será o que vai ouvir de primeira.

Ele está incluso até nos roteiros de bicitaxis. Isso porque foi neste bar que figuras como Fidel Castro, Salvador Allende e Ernest Hemingway costumavam frequentar. O local também é conhecido pelas paredes lotadas de assinaturas dos frequentadores e também por ser um dos lugares com o melhor mojito da cidade.

La Bodeguita del Medio, em Havana
Interior do La Bodeguita del Medio, em Havana
  • Endereço: Rua Empedrado, 207, entre San Ignacio e Cuba
  • Funcionamento: Diariamente, das 10:30h à meia noite

La Floridita

O famoso bar em Havana Vieja é onde surgiu o drink cubano “daiquirí” logo após a Primeira Guerra Mundial. Muitos vão até o bar para ver de perto o local de nascimento da bebida, que se popularizou nas mãos do escritor Ernest Hemingway e, por conta disso, o lugar é bem conhecido pelos turistas e também bastante cheio.

la floridita havana

Plaza Vieja

Outra praça bem grande, bonita e com ares históricos em Havana é a Plaza Vieja. Nela não há árvores e os prédios ao redor são, em sua maioria, restaurantes com mesinhas na calçada, o que faz da praça um ótimo lugar para um almoço ou descanso para tomar algo durante as andanças por Habana Vieja.

plaza vieja havana

Fortaleza de San Carlos de la Cabaña

É considerada uma das maiores fortalezas militares da América e é onde acontece todas as noites uma tradição que vem da época de sua construção, no século XVIII, quando a fortaleza era utilizada para proteger a cidade: o cañonazo. Soldados realizam um tiro de canhão pontualmente às 21 horas, igual era feito na época, quando o barulho simbolizava o toque de recolher em Havana.

fortaleza havana cuba

A construção funcionava também como local de fuzilamentos e prisão de muitos cubanos. Hoje em dia, além de ser um rico passeio histórico, a visita à fortaleza permite uma vista de toda a capital cubana.

Para chegar até lá, é preciso atravessar um túnel que passa por baixo do canal de Havana, ou seja, só de carro. A saída é combinar com algum taxista, que você não terá dificuldade de achar!

  • Funcionamento: Diariamente, das 8h às 23h
  • Custo: 6 CUC. Para o cañonazo, 8 CUC

Castillo de los Tres Santos Reyes Magos del Morro

Praticamente ao lado da Fortaleza de San Carlos de la Cabaña fica o Castillo de los Tres Santos Reyes Magos del Morro. Ele também foi construído com o intuito de proteção à cidade, porém, é mais antigo que a Fortaleza.

Seu destaque, além, claro, da arquitetura histórica, é o grande farol que funciona onde antes ficava uma antiga torre de observação. Ele fica do outro lado do canal e proporciona uma vista lindíssima do Malecón também.

Aproveite para fazer o passeio de uma vez só e visitar o Castillo junto com a Fortaleza, já que ambos ficam do outro lado do canal.

Castillo de los Tres Santos Reyes Magos del Morro

Praça de São Francisco de Assis

Localizada em frente ao porto de Havana, a Praça de São Francisco de Assis é bem ampla e com características da época antiga, com chão de paralelepípedo e construções de pedra ao redor, incluindo a Igreja e Monastério de São Francisco de Assis, que hoje funciona como museu e palco de concertos. Interessante local para admirar a arquitetura e dar umas voltinhas.

plaza sao francisco havana cuba
Foto: Luciana Console

Universidade de Havana

A Universidade de Havana é um ponto interessante de ser visitado por conta da arquitetura e da importância histórica. Só a imponente escadaria da entrada já é digna de uma pausa para apreciação.

universidade de havana
Foto: Luciana Console

Construída no século XVIII por monges, foi ali que Fidel Castro se formou no curso de direito. Lá dentro há um tanque de guerra capturado durante a Revolução Cubana e um museu de antropologia.

Fábrica de Arte Cubano

Uma das coisas entre o que fazer em Havana é conhecer a Fábrica de Arte e ficar por lá para a balada de noite. O local é literalmente uma fábrica desativada que virou centro de arte e ponto de encontro para curtir a noite e os amigos.

O lugar é grande e tem espaço para shows, pista de dança, bar e restaurante. O clima é bastante descontraído e a entrada é muito barata. Ela não funciona durante todos os dias do ano, portanto, cheque no site oficial as temporadas de funcionamento antes de ir!

  • Endereço: Calle 26, esquina 11
  • Funcionamento: Quinta a domingo, das 08h às 3h (lembre-se que à noite tem a balada).
  • Custo: 2 CUC
  • Site: http://www.fac.cu/

Pesquise opções de hospedagem em Cuba aqui

👉 Leia também: Hospedagem em casas particulares em Cuba

Club 1830

Há diversos clubes de salsa em Havana e alguns são “pega turista”, ou seja, caros, com banda ao vivo, mas praticamente sem ninguém dançar salsa de fato e lotado de estrangeiros.

clube de salsa havana

Mas se você quer conhecer e dançar salsa de verdade em Havana, vá para o Clube 1830, que fica no Malecón. O lugar é um restaurante com pista e shows de salsa ao ar livre e é bastante frequentado por cubanos. Para dançar bastante, procure ir nas sextas e sábados.

  • Endereço: Avenida Malecón y 22
  • Funcionamento: Terça a domingo, das 22h às 3h

👉 Saiba aqui Que moeda levar para Cuba

Sorveteria Coppelia

Se você estiver em Vedado, não deixe de ir à famosa sorveteria Coppelia, muito tradicional em Cuba. Vale a pena experimentar a sobremesa, mas não espere um sorvete magnífico. É um doce bom, mas o bacana mesmo é ter a vivência de ir em um dos locais frequentados pelos cubanos no dia a dia.

Há duas filas, uma para cubanos e outra para estrangeiros, só que não é muito organizado, então, não se preocupe caso pegue a dos cubanos.

  • Endereço: Calle 23 y L | Vedado, Havana, Cubal
Sorveteria Coppelia Cuba
Foto: Luciana Console

Viu como há muito o que fazer em Havana?

Mas é claro que Cuba não é só Havana, tem outras lindas cidades pra visitar, então, veja nosso post sobre qual a melhor época para viajar para Cuba e boa viagem!!

Texto: Luciana Console  – Fotos: arquivo pessoal e Shutterstock

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here