O que fazer em Israel: roteiro de 9 dias pelo país (com Petra)

Nos últimos tempos muita gente tem pesquisado aqui no blog por dicas de Israel e nos pedido para publicar o nosso roteiro de 9 dias pelo país (incluindo uma ida a Petra, na Jordânia).

Elas nos contam que ficam meio perdidas sobre o que fazer em Israel, como organizar o tempo, que lugares visitar, como se locomover, onde se hospedar, etc e tal.

Este post vai mostrar tudo o que fizemos, por onde passamos e dar muitas dicas de lá.

Bom, nós fizemos a nossa viagem toda de carro, pois dessa maneira poderíamos ir a lugares que de, outra forma seria quase impossível conseguir ir. O carro nos deu mais liberdade no roteiro e nos fez ganhar tempo, sem ficar dependendo de horário de ônibus, por exemplo.

Para começo de conversa, se você está planejando uma viagem para Israel, acho que vale a pena conferir os posts abaixo:

E, agora, vamos ao nosso roteiro em Israel, dia-a-dia!

O que fazer em Israel

Nós desembarcamos em Tel Aviv num dia à noite, quase 22h, por isso nem conto este como sendo o dia 1, pois só desembarcamos, pegamos o nosso carro alugado no aeroporto mesmo e dormimos num hotel ali perto (que nem ouso recomendar, pois era muito ruim 🙂 ).

Dia 1

Por volta das 8h pegamos a estrada rumo a Eilat, no extremo sul do país. A viagem até lá leva cerca de 4 horas e cruza boa parte do deserto de El Négev. Veja mais sobre a cidade neste post:

o que fazer em Israel

Chegamos perto da hora do almoço, passamos a tarde na cidade e, mais pro fim do dia cruzamos a fronteira da Jordânia. Deixamos o carro estacionado lá mesmo no posto de fronteira (pois não pode cruzar de carro, só a pé) e, ao chegar do outro lado, pegamos um táxi até o centro de Aqaba (+/- 8$). 

O táxi nos deixou na agência onde pegamos outro carro para seguir até Petra, que fica a mais ou menos 120 km de distância e é bem fácil de chegar, pois o caminho é bem sinalizado (nem usamos GPS). Já chegamos lá de noite e pernoitamos no hotel Petra Palace.

Veja mais sobre a nossa aventura por lá:

o que fazer em israel

Km rodados: 490 Km

Dia 2

Hoje realizamos um grande sonho que era conhecer Petra. O lugar é simplesmente fantástico!!!

dicas de petra

Como o nosso hotel era bem pertinho da entrada, fomos e voltamos a pé. Passamos a manhã e parte da tarde lá. No final da tarde voltamos e descansamos um pouco, pois de noite voltamos para o melhor espetáculo de todos, o Petra by Night, que contamos em detalhes no post abaixo:

como chegar a petra

Dia 3

Ainda em Petra, logo cedo pegamos o carro, voltamos para devolver o carro em Aqaba e atravessamos a fronteira de volta para Israel (sim, nosso carro estava bonitinho lá no estacionamento).

Seguimos por pouco mais de 2 horas até Ein Boket, uma das praias mais bonitas do Mar Morto, cheia de grandes hotéis (bem caros, diga-se de passagem!) e depois fomos pernoitar em Ein Gedi, um pouco mais adiante, no Ein Gedi Beit Sarah Guest House & Youth Hostel. 

mar mortoDá pra perceber o sal sobre as pedras e sob a água

Km rodados: 360 Km

Dia 4

Acordamos bem cedo para ver o sol nascer no Mar Morto, da varanda do nosso hotel. Lindo!

como chegar ao mar morto

Em seguida, retornamos um pouquinho (uns 15 km) para visitar as ruínas de Massada, uma fortaleza construída por Heródes para onde o rei Davi fugiu. Foi lá aconteceu um suicídio coletivo de judeus por conta da perseguição romana.

massada israel

Depois, já a caminho de Jerusalém, paramos nas cavernas de Qumrán onde foram encontrados os Manuscritos do Mar Morto.

roteiro israel

Quando chegamos em Jerusalém, seguimos direto para visitar o Museu de Israel, onde alguns manuscritos estão expostos.

manuscritos do mar mortoOs Manuscritos estão no museu em uma sala no subsolo, com luz e temperaturas controladas, embaixo desta cúpula. Infelizmente, não pode tirar fotos lá dentro…

Fizemos o check in no nosso hotel, o Christmas Hotel, e seguimos para uma caminhada pela Cidade Velha, entrando pelo portão de Damasco.

Nesse primeiro dia na cidade, conseguimos ir até o Santo Sepulcro, fazer parte da Via Dolorosa e ir até o Muro das Lamentações. Preciso dizer que são visitas emocionantes?!

dicas de israel

muro das lamentações

Km rodados: 90 Km

Pesquise opções de hospedagem em Jerusalém aqui!

Dia 5

Hoje tiramos o dia para ir até a Palestina visitar Belém e Jericó, mas como o nosso carro era de Israel, não poderia entrar lá. Daria para ir de ônibus, mas preferimos contratar um agência com guia para los levar em todos os lugares sem muita burocracia e foi uma ótima decisão.

Logo cedo o motorista veio nos pegar, mas o guia só encontramos lá, visto que ele não podia entrar em Israel (nem me pergunte sobre essas questões Israel x Palestina, porque é muito complexo).

Primeiro, visitamos Belém: a igreja da Natividade (onde Jesus nasceu), a Gruta de Leite (onde morou por 2 anos) e demos uma volta pela cidade.

dicas IsraelIgreja da Natividade, erguida sobre a gruta onde Jesus nasceu…

gruta de leite… e a imagem de Maria amamentando Jesus, dentro da Gruta de Leite.

Depois seguimos para Jericó, que, segundo o nosso guia, é a cidade mais antiga do mundo.

jeric'

Como chegamos por volta das 16h, ainda demos uma voltinha pela cidade antiga em Jerusalém.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Dia 6

No nosso último dia em Jerusalém tivemos uma agenda cheia.

Começamos visitando o túmulo do rei Davi e o Cénaculo (onde foi a última ceia). Ambos são praticamente no mesmo lugar.

rei davi israelFiéis rezando em frente ao túmulo do Rei Davi

turista profissionalNós no local onde foi realizada a Última Ceia

Depois, pegamos um táxi para ir até o Monte das Oliveiras, que além de um belo visual da cidade, ainda tem várias igrejas, entre elas, a que queríamos visitar: a igreja que tem o suposto túmulo de Maria.

dicas de israel

Depois voltamos para a cidade Antiga para visitar o Santo Sepulcro e o Muro das Lamentações de novo, fazer umas comprinhas, ir até a Torre de Davi, visitar a Pedra do Duomo e rodar outras partes da cidade onde ainda não tínhamos ido. Tudo isso a pé, pois é tudo perto.

Dia 7

Cedinho pegamos a estrada em direção a Jaffa e Tel Aviv. Em Jaffa (fundada pelo filho de Noé) batemos perna pela Old Jaffa e fomos até a Pedra de Andrômeda.

E na sequencia fizemos a orla de Tel Aviv: Alma Beach, Hilton Beach e Gordon Beach. Eu tinha a intenção de passar pela Rothschild Avenue, onde estão os edifícios da Bauhaus, mas não deu tempo.

dicas de israel

Sempre seguindo a costa, subimos o mapa para visitar o Caesarea National Park, que achei até muito bem conservado.

cesarea

caesareaCésar, ops!, Declev no Caesarea National Park

E, por fim, dirigimos até Tiberíades, onde ficamos por 2 noites.

Km rodados: 215 Km

Dia 8

Como estávamos hospedados em Tiberíades, a nossa primeira visita foi, claro, a famoso Mar da Galileia, que ficava bem em frente ao nosso hotel.

mar-da-galileia

Depois seguimos de carro para todas as demais visitas. A primeira parada foi em Yadernit, ou seja, numa parte do rio Jordão, onde Jesus foi batizado.

rio jordão israel

De lá seguimos para o Monte Tabor e a Basílica da Transfiguração de Cristo, que além de todo o simbolismo do local, ainda tinha uma ela vista.

israel-o-que-fazer

Já pela hora do almoço estávamos em Nazaré, onde o foco de nossa visita era a Basílica da Anunciação e a gruta que serviu como casa de Maria, pois a cidade como um todo não é exatamente o que podemos chamar de um local bonito.

nazare-israel

E poucos quilometros depois estávamos em Canãa (Kafr Kana), onde ocorreu o primeiro milagre de Cristo: a tranformação de água em vinho. Fomos visitar igreja das Bodas e aproveitamos para fazer a nossa renovação de votos lá.

Parece muita coisa para se visitar em um dia, mas a verdade é que todos esses lugares são próximos uns dos outros.

Km rodados: 90 Km

viagem de carro por Israel

Dia 9

Cedinho saímos de Tiberíades e seguimos até Tabgha, local onde teria ocorrido o milagre da multiplicação dos pães e peixes.

Poucos quilômetros a frente visitamos Carnafaum, que ainda tem um conjunto de ruínas relativamente grande e onde se pode conhecer a casa de Pedro.

Por fim, ainda nessa mesma região, subimos até o Monte das Bem-aventuranças ou Beatitudes, onde ocorreu o famoso sermão da montanha.

Desse ponto dirigimos em direção à costa a ao norte, fronteira com o Líbano, para visitar uma dos lugar muito bacana (que foge totalmente do tema religioso) e que recomendo muito: Rosh HaNikra.

o que visitar em israel

Depois começamos a descer o mapa em direção ao aeroporto de Tel Aviv, mas antes dando uma passadinha rápida pela cidade de Haifa, apenas para visitar o Jardins Bahá’í, já que não havia tempo para muito mais do que isso.

Km rodados: 200 Km

viagem-israel

Bom, como você viu, há muito o que fazer em Israel. Caso você não tenha tempo ou não queira fazer a visita à Petra, poderá perfeitamente fazer um roteiro de 7 dias em Israel, isso sim, se tirar Eilat, pois é o local mais fora de mão e que te obriga a ir e voltar uma longa distância, mas os demais locais são próximos e muitos passíveis de fazer um bate-e-volta.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Nesse caso, eu faria 2 bases no país, uma em Jerusálem e outra em Tiberíades, para não ter que ficar mudando de hotel toda hora. Por outro lado, caso você não vá alugar um carro, dessa cidades saem várias excursões de um dia para boa parte dos locais que visitamos.

E na hora de começar o seu planejamento, não deixe de conferir todas as nossas dicas de Israel.

Boa viagem!

Aperta o play e veja nossa participação no Porta Afora dando dicas de Israel:

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

23 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Ana!

    Excelentes dicas! =) Estou planejando minha viagem por Israel e achei curioso o seu Dia 4. Me parece MUITA coisa para um dia só. Masada+Qumran+Museu+Cidade Velha! Pq Masada me parece enorme, a perspectiva de visita são de 3h. Pretendo alugar um carro tb, mas mesmo assim me parece q fica apertado, não?

    Grato!
    Marcelo

    • Para mim ficou super tranquilo. Eu já estava hospedada do lado de Masada, que não é tão grade assim não, Qumran se visita super rápido, o museu demorei mais um pouco, mas no meio da tarde já estava na Cidade Antiga, que neste dia, fiz as primeiras visitas, já que fiquei mais dias em Jerusalém. Mas cada um sabe do seu ritmo, para o meu, foi ótimo!B oa viagem!

  2. Oi Ana, gostei do seu roteiro, gostaria de saber se vc sabe como eu consigo um guia falando portugues, em Israel, será que é possivel encontrar um, obrigada

    • Olá Sandra,

      Procure no Facebook por Guia de Turismo em Israel – David Salgado, cotei uns serviços com ele e ele foi bastante atencioso, só acabei não fechando, pois não conseguimos ajustar as datas.

      Olá Ana,

      Moro em Israel e receberei familiares para realizarem uns passeios por aqui, suas dicas estão ajudando bastante para montarmos um roteiro pra eles. Apesar de morar aqui, tem muita coisa que não conheço ainda.

  3. Oi Ana,
    Vou pra Israel em Maio por 12 dias, pesquisando na internet cheguei ate o seu blog. Parabens pelo trabalho, estou fazendo meu roteiro, usando o seu como base.
    Tenho 2 perguntas, me informe por favor se puder. Voce tem a informacao do guia que voce usou? Estacionamento em Jerusalem e Tel Aviv como e?
    Obrigada
    Telma

  4. Oi Ana.
    Sabe como funciona a entrada na jordania por via terrestre. Tenho pesquisado e a informaçao e contraditoria. Qual o preeço do visto de entrada na jordania, as taxas de saida de israel e taxas de saida da jordania.
    Obrigado e parabens pelo blog.
    Carlos

    • Carlos, tem um post aqui no blog exatamente sobre isso, já que fiz a travessia por terra. Dá uma olhadinha, 😉
      Boa viagem!

  5. Ola,estarei vizitando Jerusalem em maio/2017,gostaria de saber de algum guia la de ,os q geralmente atende a Brasileiros sao mais caros q os locais? Grato,Rafael.

  6. Oi Ana ! Muito obrigada por esse roteiro tão bacana! Você poderia nos listar quais os hoteis que vocês ficaram hospedados durante a viagem ?

  7. Boa Tarde!

    Mto interessante seus relatos, me ajudaram mto. Tenho 8 dias, acho q vc seguir seu roteiro qse na integra.

  8. Prezada Ana
    Lendo seu blog, esclareço que há vôos diretos Lisboa- Tel Aviv, 5 horas de duração com parceria El Al /TAP.
    Viajei em setembro de Lisboa em setembro último.
    Abraço e será uma boa retificação aos assinantes.
    Abraço e parabéns pelo blog.
    Eliene

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here