O que fazer em Jerusalém além do óbvio

Quando pensamos em o que fazer em Jerusalém, logo pensamos em uma viagem voltada para fé, religião e tudo mais que há de sagrado.

Apesar de a motivação dos turistas, na maioria das vezes, ser religiosa, uma viagem a Jerusalém pode te mostrar também uma cidade moderna, com experiências inovadoras e com um clima jovem e animado.

Segundo a revista internacional Condenast Traveler, Jerusalém não se resume em sagrado, antigo e solene. A cidade tem muito mais a oferecer e, se bem explorada, pode nos apresentar uma nova visão e nos surpreender.

Neste post, iremos explorar a “Terra Santa” por uma outra perspectiva, iremos nos aventurar em compras, restaurantes e passeios, entre outros.

Vem com a gente!

monte das oliveiras

O que fazer em Jerusalém além do óbvio

Não perca o Museu do Holocausto

Esse é um fascinante passeio, pois, diferente dos outros museus, ele traz uma experiência interativa com testemunhos de sobreviventes e também alguns objetos pessoais doados por eles próprios ao Yad Vashem, seu nome oficial. O museu é composto por vários memoriais como o memorial das crianças e a sala das memórias, entre outros.

museu do Holocausto

O lugar ocupa mais de 18 hectares, formando um grande complexo. A visita ao museu tem todo um caminho a ser percorrido de maneira cronológica, acompanhando a história, e ao final vai dar em uma espetacular vista das montanhas a Oeste de Jerusalém.

Visitar a German Colony

A German Colony é uma comunidade da elite e de muitos estrangeiros. Na rua principal, Emek Refaim, encontramos restaurantes, butiques sofisticadas e cafés, tudo para passar um dia incrível. A arquitetura do lugar é marcada pela fusão do estilo alemão misturado ao do Oriente Médio, o que traz um charme todo especial.

Mas, se preferir experimentar um jantar mediterrâneo ao som de música ao vivo, vá ao restaurante Colony, onde há o melhor da culinária Kosher. Você não vai se arrepender. Para completar o passeio, vá ao teatro Lev Smadar, onde você pode ter uma experiência com cinema experimental.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Antes, uma estação de trem, hoje um local de entretenimento

First é uma estação de trem que foi toda reformada e hoje é um lugar de encontros e passeios de bicicleta, pois a linha férrea se transformou em pista de caminhada.

A estação fica aberta 24 horas, o que é ótimo, pois podemos fazer outros passeios e depois ir curtir o fim de noite em um dos pubs, restaurantes ou sorveterias que existem no local. Você pode, até mesmo, curtir um pequeno parque de diversões. Ou, quem sabe, fazer as famosas compras de souvenires em um das lojas.

o que fazer em Jerusalém

O lugar é agitado e não para. Nos finais de semana tem feira de moda e design. Ali você se diverte e ainda pode interagir com os amigos sem hora para voltar. É uma ótima opção, se você estiver procurando o que fazer em Jerusalém!

Acabe-se nas compras

Mas, se você é daqueles que a viagem, para ser completa, tem que ter um dia só de compras, então o lugar certo para visitar é a rua Bem Yehuda. Lá você encontra várias lojas, desde as mais caras e sofisticadas, até lojas de preços acessíveis e boas pechinchas, souvenires e objetos religiosos. E também shoppings como o Manilla Mall, onde você encontra grifes israelenses e internacionais. Enquanto faz as compras, ainda fica com os sons e performances dos artistas de rua que se apresentam por lá.

o que ver em Jerusalém

Nahalat Shiv’a: assentamento artsy

Em Israel existem os Courtyards, pequenos assentamentos judeus que floresceram ao redor de um ponto de encontro em comum. Alguns se tornaram, hoje em dia, lugares fascinantes para passear.

Um dos Courtyards é o Nahalat Shiv’a, que cresceu em torno de uma localidade artsy com muitas galerias de arte e livrarias. Lá é possível, por exemplo, fazer compras de objetos de cerâmica na 8 Ceramists Together, uma loja cooperativa; comer no Tmol Shilshom, um restaurante que oferece, além do cardápio, eventos literários, ou fechar a noite no restaurante Zuni, que funciona de madrugada – da meia-noite às 7h.

Explore a Cidade Velha

A Cidade Velha é formada por quatro regiões: a Muçulmana, a Cristã, a Armênica e a Judaica. Desta forma, há muito o que explorar. É como ter uma aula interativa de História.

Na Torre de David tem o museu que apresenta um espetáculo que nos faz vislumbrar a história da cidade. E na Cidade Velha também é um lugar ideal para fazer compras de artefatos de couro, luminárias, artesanatos diversos, camisetas e, claro, as lembranças pra família toda!

roteiro Israel

Conheça mais sobre os shuks

Antes do Shabbat são feitas as compras e todo o preparo para o descanso, e essa é uma hora excelente para nós, viajantes, aprendermos mais um pouco dos costumes locais, através da observação. Para isso, o lugar ideal são os shuks, uma versão israelense dos souks (mercados tradicionais árabes). Dá para conhecer os costumes, a maneira como fazem os negócios e também conhecer o paladar do povo, pois esses mercados são repletos de carne, iguarias, especiarias e produtos frescos.

roteiro Jerusalém

Você pode também fazer um tour por padarias e restaurantes históricos. Mas, se quer realmente voltar para casa com receitas típicas, inscreva-se em aulas de culinária.

Pesquise opções de hospedagem em Jerusalém aqui!

Passeie pelo centro da cidade

O centro da cidade é um misto de novo e antigo e, sendo assim, você pode relaxar e ao mesmo tempo observar a história, como na Praça Zion, onde houve as manifestações no Mandado Britânico.

A cidade funciona durante 24h, então não importa a hora que você queira se divertir, alguma coisa vai ter para fazer, seja assistir artistas de rua, se aventurar em um Karaokê, fumar narguilé em um dos muitos pubs, ou até mesmo fazer as famosas compras e, depois, um jantar na rua Jaffa. Algumas dessas opções, com certeza vão te agradar!

o que fazer em Israel

Museu de Israel: arte judaica, arqueologia e Picasso

Não dá pra pensar o que fazer em Jerusalém sem incluir este museu, certo? Além do acervo histórico, como o Santuário do Livro, onde fica os Pergaminhos do Mar Morto, o Museu de Israel traz exposições com obras de Lipchitz e Picasso, além do Billy Rose Art Garden, que contém obras de arte contemporâneas. Conheça também um pouco mais sobre a arqueologia e arte judaica em sua visita.

Já para a gastronomia, o restaurante Modern, com um ar de bistrô, oferece o famoso brunch e o jazz ambiente.

Museu de Israel

Aprecie os artistas de rua

Como já falamos antes, uma ótima maneira de aprender a cultura de um lugar é estar próximo às pessoas e sua vida cotidiana. E uma excelente maneira de conseguir isso é com os artistas de rua. Existe em Jerusalém uma colônia de artistas: a Hutzot Hayotzer,  de onde saíram grandes artistas israelenses. A exposição dos trabalhos não fica apenas à mostra, mas os visitantes podem também comprar e interagir com seus criadores. São obras como pinturas, esculturas, bordados e muito mais.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Mas não acaba por aí: se depois deste passeio você quiser relaxar e conhecer mais lugares tranquilos e calmos, vá até os parques Sultan’s Pool e Teddy Park, que ficam próximos à colônia.

Essas foram as dicas de o que fazer em Jerusalém além do óbvio. Mas em nosso blog há muito mais dicas de Israel. Passa lá!

Boa Viagem!

✈ Vai para Israel? Então, leia também:

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here