O que fazer em Malta: principais pontos turísticos

Oficialmente chamada de República de Malta, o pequeno país europeu encontra-se cercado pelo Mar Mediterrâneo.

Isso mesmo, o país é na verdade um arquipélago ao sul do continente e bem próximo da Itália; porém, é o inglês que se fala na ilha, conhecida por suas belíssimas paisagens!

Apesar de ser um país europeu, a proximidade com a África faz de Malta um lugar onde a cultura árabe pode ser facilmente observada, principalmente na arquitetura.

Malta é dividido em três ilhas: Malta (a maior e também sede da capital Valletta), Gozo e Comino.

>> 14 benefícios de um seguro viagem (+ 10% de desconto) <<

Prepare-se para o calor, tranquilidade, templos antigos, águas azuis e muitas igrejas, afinal, é um país bastante religioso: são 365 construções religiosas em todo o país (que não é nem um pouco grande). Agora, veja o que fazer em Malta!

☛ Leia também:

O que fazer em Malta

O que fazer em Malta
Window Azure, um dos cartões postais de Malta – que não existe mais, infelizmente!

Valletta

Considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, é a capital do país e fica na ilha maior, Malta.

Sua história tem ligação com a ordem religiosa e militar Cavaleiros de Malta e só nela é possível encontrar quase 40 igrejas.

Valletta possui muitas ladeiras, então, um elevador foi instalado na cidade, próximo ao porto. Outros pontos de interesse são o Palácio das Armaduras, os jardins Upper Barrakka Gardens e o Palácio do Governo.

dicas de Malta

Citadella em Gozo

Gozo é a segunda maior ilha, depois de Malta, e só é acessada de barco. A cidade mantém uma das muralhas militares mais bem preservadas de toda a Europa e teve sua construção iniciada ainda nos tempos neolíticos. Ao longo dos séculos, sempre foi utilizada e sofreu aperfeiçoamentos e mudanças de acordo com os povos que passavam por Gozo.

É na citadela que se encontram a Catedral de Victoria, Catedral de Gozo e também o templo monolítico de Tal-Ġgantija.

o que fazer em Malta

Mdina

Mdina é conhecida como a “cidade silenciosa”, e ao chegar ao local logo se entende o porquê. São menos de 500 pessoas que moram na cidade, tornando-a bastante tranquila e com pouco barulho, daí o nome.

Somente os moradores são autorizados a entrar com carros na pequena cidade, que fica na ilha de Malta e já foi capital do país durante uma época.

Mdina Malta

Mdina foi cenário da série televisiva Game of Thrones, com suas construções representando o Porto Real na trama.

Entre o que fazer em Malta também está conhecer a Catedral de São Paulo em Mdina, que foi até o século XVI a única do país.

>> Pesquise aqui opções de hospedagem em Malta <<

Rabat

Rabat fazia antigamente parte de Mdina, mas foi separada pelos árabes e atualmente é considerada outra região.

Foi em Rabat que, segundo dizem, o apóstolo Paulo viveu depois de sofrer um naufrágio na ilha. A região é bastante religiosa, tendo sido em Rabat o local onde franciscanos e demais ordens religiosas se estabeleceram.

Um dos pontos turísticos de Malta é a Gruta de São Paulo, um grande complexo de catacumbas; há também o Museu de Antiguidades Romanas, os Jardins Buskett, o Palácio Verdala e os Penhascos Dingli, o ponto mais alto de toda a ilha de Malta.

Rabat Malta

Popeye Village

Que tal conhecer o set de filmagem do musical de um dos personagens mais famosos dos quadrinhos mundiais?

A Vila do Popeye fica em Malta e foi utilizada para as gravações do filme na década de 80. A Vila é um parque de diversões, mas também um museu e espaço para eventos. Se tiver dúvidas sobre o que fazer em Malta, dá uma conferida da Vila do Popeye e se encante com as casinhas coloridas da aldeia do famoso personagem fã de espinafre!

  • Endereço: Anchor Bay,Triq Tal-Prajjet, Il-Mellieħa, Malta
  • Funcionamento: Novembro a março, das 09:30h às 16:30h; Abril a junho e setembro e outubro, das 09:30h às 17:30h. Em julho e agosto, das 09:30h às 19h.
  • Site: https://popeyemalta.com/

Popeye Village Malta

Marsaxlokk

A pequena vila de pescadores situada na parte sul da ilha de Malta é conhecida principalmente por seu famoso mercado de peixe aos domingos! Junto a isso, inúmeros restaurantes de frutos do mar não deixam dúvidas: o lugar é para se comer peixe, e muito bem!

Fora a gastronomia, passear pelas ruazinhas de casas coloridas e pitorescas faz de Marsaxlokk um ponto turístico maltês até para os próprios malteses.

Marsaxlokk em Malta

Os Templos Megalíticos de Malta

Hagar Qim e Mnajdra

Hagar Qim e Mnajdra são dois templos megalíticos, ou seja, grandes construções de pedra sobrepostas, localizadas na ilha de Malta e datados entre 3600 a.C. e 3200 a.C.

Estudos indicam que os responsáveis pela construção do Templo Hagar Qim entendiam bastante de astrologia, já que uma das aberturas do templo faz com que os raios de sol do primeiro dia de verão passem por ele, iluminando todo o cômodo.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Bem próximo de Hagar Qim fica também o Templo Mnajdra, que é alguns séculos mais recente e sofreu mais agressões ao longo do tempo. Ambos os templos são cobertos por uma estrutura que os protege das influências externas.

  • Endereço: Triq Ħaġar Qim, Qrendi
  • Funcionamento: Abril a setembro – diariamente, das 9h às 18h. Outubro a março – diariamente, das 09h às 17h.
  • Custo: €10 para adultos nos dois templos.
  • Site: http://heritagemalta.org/museums-sites/hagar-qim-temples/

Mnajdra Malta

Hal Saflieni Hypogeum

Localizado em Paola e datado em 4 mil a.C., o complexo de câmaras subterrâneas Hal Saflieni Hypogeum é um cemitério/santuário de três níveis, escavado em rocha calcária.

Pinturas nas paredes podem ser observadas no passeio em seu interior, que ocorre em pequenos grupos devido à influência na deterioração do local.

Algumas das câmaras, que são interligadas, mostram a arquitetura complexa do local, pois parecem ter sido cortadas em imitação da arquitetura dos templos megalíticos encontrados acima do solo.

  • Endereço: Burial Street, Paola PLA 1116
  • Funcionamento: Diariamente, das 9h às 16h
  • Custo: €35 para adultos
  • Site: http://heritagemalta.org/museums-sites/hal-saflieni-hypogeum/

Hal Saflieni Hypogeum

Ggantija

Na cidade de Gozo fica outro templo megalítico de Malta, o Ggantija, que tem este nome devido ao fato de a população local acreditar que foi construído por gigantes. Estudos apontam que é o templo mais antigo de toda a ilha!

  • Endereço: John Otto Bayer Street, Xagħra – Gozo
  • Funcionamento: De outubro a maio – diariamente, das 9h às 17h. De junho a setembro – diariamente, das 9h às 18h.
  • Custo: €9 para adultos
  • Site: http://heritagemalta.org/museums-sites/ggantija-temples/

Ggantija em Malta

Templo Tarxien

Localizado na parte sul de Malta, Tarxien é uma cidade bem pequena e uma região com indícios de habitação desde tempos pré-históricos.

Os Templos Tarxien formam um complexo de quatro estruturas datadas entre 3.600 a.C. e 2.500 a.C. e que contam com um diferencial: estátuas e imagens de animais são vistas em todo o templo; algumas estátuas chegam a quase 3 metros de altura!

Além do templo, entre as atividades incluídas em o que fazer em Malta, mais precisamente em Tarxien, está a Igreja “Ta ‘l-Erwieħ” ou, traduzindo, “das almas”. O nome é devido ao fato de a Igreja ficar próxima aos templos e também existir perto dali um cemitério com diversos vestígios pré-históricos.

  • Endereço: Neolithic Temples Street, Tarxien, Malta.
  • Funcionamento: Diariamente, das 9h às 17h
  • Custo: €6 para adultos
  • Site: http://heritagemalta.org/museums-sites/tarxien-temples/

Tarxien em Malta

Blue Lagoon

Uma praia de águas azul-turquesa e areias brancas é o que você encontra em Blue Lagoon, na menor ilha do arquipélago, Comino.

Devido ao tamanho do lugar, a infra-estrutura é bem básica e só há um hotel, mas o suficiente para se passar um dia maravilhoso na praia paradisíaca.

Para chegar lá é somente de barco, que pode ser os de excursões fechadas, que incluem também outros pontos turísticos, ou por conta própria pegando alguma embarcação direto para Blue Lagoon.

Blue Lagoon pontos turísticos de malta

Gruta Azul

Também somente acessível de barco, a Gruta Azul é uma pequena caverna localizada na parte sul de Malta, relativamente próxima ao Templo Hagar Qim, onde a luz do sol penetra pelos vãos das rochas e torna as águas da gruta incrivelmente belas e azuis em dias de sol, principalmente no período da manhã.

Ela é chamada de por lá de Blue Grotto e, para visitá-la, o passeio é feito em pequenos barquinhos que comportam menos de 10 pessoas, conduzidos por pescadores da região, no valor de €8 para adultos .

Blue Grotto em Malta

Geralmente, os passeios acabam incluindo outras grutas também, mas procure fazer a atividade em dias ensolarados. Por mais que o azul das grutas sejam incríveis naturalmente, a diferença de um dia nublado para um dia de sol é bastante!

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


St Peter’s Pool

Fica próximo da vila de Marsaxlokk, ao sul de Malta e é, como o próprio nome indica, mais uma das piscinas naturais em meio às rochas calcárias da ilha. A diferença é que, devido à localização um pouco mais afastada, ela é mais frequentada pelos locais e tem menos turistas, logo, é um ponto mais tranquilo, com mais chances de encontrar espaço para curtir a beleza natural do local.

A formação natural de St Peter’s Pool se deve ao fato de uma falésia de calcário ter se rompido, fazendo com que o local tenha forma semi-circular e se pareça, de fato, com uma piscina. Ao redor, as rochas acabam fazendo o papel da areia nas praias: pessoas tomam sol e observam a beleza das águas, além de praticarem alguns saltos!

St Peters Pool em Malta

Viu como tem muito o que fazer em Malta?! Aposto que não imaginou que tivesse tantos lugares bacanas para visitar. E olha, tem muito mais por lá, você vai se surpreender!

Veja aqui alguns passeios que poderá fazer por lá:


Boa viagem!

Fotos Shutterstock

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here