Por: Ana Catarina Portugal - Atualizado em 18/11/2020

Ruas de pedras, edificações com arquitetura histórica e preciosas paisagens naturais: conhecer Paraty é fazer uma viagem no tempo. Te fará reviver o período colonial no Brasil. E há muito o que fazer em Paraty!

Localizado na região chamada de Costa Verde, o município de Paraty fica a aproximadamente 250 km da capital carioca e também está a poucos quilômetros do estado de São Paulo.

Se você está planejando conhecer esse precioso lugar no litoral sul do Rio de Janeiro, vai adorar conhecer nesse post a história e a cultura do povo paratiense, além de saber tudo o que fazer em Paraty e região.

Vem com a gente!

Importante => Por que contratar um seguro viagem? (dicas + desconto)

Paraty: sua história

paraty rio de janeiro como chegar - O que fazer em Paraty
Venha descobrir o que fazer em Paraty

Caminhar pelas ruas de pedras em Paraty te dará a sensação de ter voltado alguns séculos atrás. Nesse pequeno município do Estado do Rio de Janeiro, a história se faz presente e apesar de ser tão rico culturalmente, nem só de histórias passadas vive esse lugar tão lindo, preservado e que hoje é Patrimônio Mundial da Unesco.

Aliás, não é à toa esse título concedido a Paraty. A bela cidade colonial, que preserva até os dias atuais encantos arquitetônicos e paisagens de séculos atrás, recebe turistas um tanto quanto interessados na sua história diariamente. Todos famintos por conhecer além do que os olhos veem e as mãos tocam. Vão de coração aberto para viajar no “túnel do tempo”.

Paraty, fundada em 1667 em torno à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, grande foi a sua importância econômica perante os engenhos de cana-de-açúcar, que eram, em média, 250 engenhos.

Ocorre que, no século XVIII, Paraty se destacou por servir como porto para que o ouro que vinha de Minas Gerais saísse de lá diretamente para Portugal. Infelizmente, esse “boom” não durou muito tempo e isso fez a cidade se isolar economicamente durante muitos anos.

Devido a esse acontecimento, você vai encontrar em Paraty, por exemplo, o “caminho do ouro”, que se revela em uma estrada construída pelos escravos entre os séculos XVII e XIX por onde o ouro era transportado.

Mais tarde, na década de 70, após a construção da Rodovia Rio-Santos, Paraty passou a ser bastante frequentada pelos turistas nacionais e internacionais. Tudo isso aconteceu graças a preservação dos patrimônios históricos – culturais e também às suas belezas naturais.

É verdade que em 50 anos muita coisa mudou, mas Paraty preserva cenários ricos e natureza exuberante.

Confira => Passeios em Paraty e arredores

tuurista profissional paraty - O que fazer em Paraty
Pelas ruas de Paraty…

Paraty: Flip

A Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP) é um evento que acontece anualmente desde 2003, com o intuito de reunir um grande número de escritores com programações recheadas de muita arte e cultura para se conectarem com os visitantes e moradores nos espaços públicos de Paraty.

Por serem eventos realizados em espaços públicos, a maioria das programações da Flip são gratuitas, porém as Mesas Literárias, que acontece no Auditório da Matriz, é a única programação que há cobrança de ingresso no valor de R$ 55,00 (inteira) e R$ 27,50 (meia entrada) e podem ser adquiridos no site http://flip.byinti.com/#/ticket/ e na bilheteira do evento.

Este ano a FLIP realizará a sua 18ª edição que acontecerá de 29 de julho a 02 de agosto de 2020.

Então se você está planejando a sua viagem para esse período, não deixe de participar da Festa Literária Internacional de Paraty.

Leia também: Como chegar a Paraty

flip paraty - O que fazer em Paraty
“Paraty 15 2” by maria thereza do amaral is licensed under CC BY-NC 2.0 

Dicas de viagem para Paraty

Qual a melhor época para ir para Paraty?

Para escolher a melhor época do ano para ir para Paraty é importante ter em mente que a cidade é bastante turística, isso significa dizer que será impossível fugir da lotação e de preços mais elevados das hospedagens nos meses de férias e de feriados prolongados, como é o caso do Carnaval.

Saiba, desde logo, que não vão te faltar opções sobre o que fazer em Paraty, uma vez que a cidade possui particularidades para cada época do ano, então, cabe a você escolher o melhor período de acordo com as suas possibilidades e preferências. Vale ainda ressaltar que durante todo o ano acontecem vários eventos culturais que também podem influenciar na sua escolha.

Dica => Transfer do Rio de Janeiro para Paraty

como chegar a paraty 1 - O que fazer em Paraty

Verão em Paraty:

A alta temporada acontece de dezembro a março e é o período em que Paraty recebe o maior número de visitantes, porém, mesmo sendo verão e com temperaturas elevadas, nessa época do ano costuma chover bastante na cidade e pode ocasionar alguns transtornos oriundos das chuvas, como alagamentos em alguns pontos da cidade.

Esse período é ideal para quem não abre mão de curtir o calor e não se importa de frequentar praias, pousadas e restaurantes mais lotados.

Alguns dos eventos que acontecem nesse período: Viva Verão (nos finais de semana do mês de janeiro), Pré Carnaval e Carnaval de Paraty e o Aniversário da Cidade de Paraty (28 e 29 de fevereiro).

Outono:

Se você prefere viajar em épocas mais tranquilas, com mais calmaria e menos movimento, os meses de março a junho é o período ideal. As chuvas não irão atrapalhar o seu passeio por Paraty nessa época do ano, porém como nem tudo é perfeito, nesses meses a temperatura costuma baixar fazendo o dia ficar menos quente, mas se dias quentes não são fundamentais para você, então pode planejar sem medo a sua viagem para algum desses meses.

Encontro de Ceramistas, Paraty Yoga Festival, Festa do Divino e Festa de São Pedro e São Paulo são alguns dos eventos que acontecem nesses meses do ano.

Imperdível => Passeio de Lancha até o Saco do Mamanguá

paraty rj - O que fazer em Paraty
Entardecer em Paraty

Inverno em Paraty:

Os meses de junho a setembro são os mais secos do ano em Paraty e com isso a temperatura tende a baixar consideravelmente, fazendo com que seja mais difícil realizar alguns passeios na região, porém, para curtir o charme do centro histórico de Paraty com preços mais atraentes, pode ser uma boa escolha programar a sua viagem para essa época do ano.

É também nesse período que acontece a Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), um dos maiores e mais importantes eventos da cidade, então, vale sinalizar que no período em que acontece o evento, Paraty costuma receber milhares de visitantes do mundo inteiro, com isso, os restaurantes e pousadas também elevam os preços para aproveitar a alta demanda.

Se a sua intenção é visitar Paraty e também participar da FLIP, programe a sua viagem com mais antecedência possível para evitar maiores problemas com a hospedagem, já se a sua intenção é correr do período de lotação, a dica é ficar ligado para não programar a sua viagem para os dias do evento que podem ser diferentes a cada ano.

Primavera:

Com a aproximação do verão, no final de setembro a dezembro a temperatura começa a subir e também não existem grandes incidências de chuvas na cidade, especialmente nos meses de setembro e outubro. Além disso, nesse período os preços dos estabelecimentos costumam ser bastante atrativos, pois não é uma época muito visitada pelos turistas. Calmaria, preços baixos, menos possibilidade de chuva e menos frio, se tudo isso é ideal pra você então não deixe de programar a sua viagem para Paraty na primavera.

Festival Gastronômico de Paraty, Festa de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário e Encontro de Cultura Negra são alguns dos eventos que acontecem nesse período.

Para visualizar o calendário com todos os eventos do ano em Paraty basta acessar o site http://www.paraty.com.br/calendario.asp e ficar por dentro da programação no período da sua viagem!

paraty praias - O que fazer em Paraty
Os barquinhas de pescadores são outra marca registrada de Paraty

Onde comer em Paraty

Com uma grande variedade de restaurantes, decidir onde comer em Paraty pode não ser uma tarefa fácil. São inúmeros estabelecimentos que vão dos mais sofisticados até hamburguerias, são opções que atendem a todos os bolsos e gostos.

A boa noticia é que a grande maiorias dos restaurantes estão localizados no Centro Histórico ou bem pertinho dele. Então não precisa andar muito para encontrá-los.

Veja abaixo as nossas dicas de onde comer em Paraty:

Restaurante Banana da Terra: com um ambiente acolhedor e pratos sofisticados e com opções vegetarianas, veganas e sem glúten, podemos encontrar no cardápio do restaurante Banana da Terra pratos da culinária brasileira e de frutos do mar, além de drinques e sobremesas.

  • Localização: Rua Dr. Samuel Costa, nº 198, Centro Histórico

Restaurante Quintal das letras: outra opção sofisticada e que oferece pratos da culinária brasileira, frutos do mar e contemporânea, o Quintal das Letras é um dos restaurantes mais frequentados dessa categoria, é uma excelente opção para jantares românticos.

  • Localização: Rua do Comércio, nº 58, Centro Histórico

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 16% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 16% de desconto com o cupom TURISTAPROFISSIONAL, é só clicar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


Margarida Café: aberto para café da manhã, almoço e jantar, com opções de self-service, prato do dia e prato kids, esse restaurante possui no cardápio uma mistura da culinária brasileira, frutos do mar e culinária italiana. Também é possível curtir uma boa música ao vivo enquanto saboreia os deliciosos pratos do Margarida Café.

  • Localização: Praça do Chafariz, R. Cel. José Luiz, Centro Histórico

Oui Paraty: com opções de crepes e pratos da culinária tradicional francesa, o Oui Paraty possui pratos com faixa de preço moderada de R$ 28,00 a R$ 100,00 e pode ser uma excelente experiência gastronômica para quem está em Paraty. Além disso, o restaurante também possui no seu cardápio boas opções de drinques, como a nossa famosa caipirinha.

  • Localização: Rua Santa Rita, nº 190 (Rua lateral à Igreja de Santa Rita)

Piratas Burguer: entre as opções mais baratas e acessíveis, o Piratas Burguer oferece variedades de hambúrgueres artesanais, sanduíches, batatas fritas, sucos, milk shake e cervejas com uma faixa de preço de R$ 12,00 a R$ 25,00.

  • Localização: Rua Lourival Valentim dos Santos, nº 487, Loja 1

Sabor da Terra: outra opção bastante acessível é o self service do restaurante Sabor da Terra. Com um delicioso tempero caseiro, o restaurante oferece opções da culinária brasileira como peixe, frango e carne. O ambiente simples, mas bem acolhedor. O Buffet funciona no almoço e no jantar.

  • Localização: Av. Roberto Silveira, nº 180
o que ver em Paraty - O que fazer em Paraty
Reflexos em Paraty, em suas ruas sempre com água

Onde ficar em Paraty

Assim como existem inúmeras opções de onde comer e o que fazer em Paraty, não é diferente quando o assunto é onde se hospedar. Paraty é uma cidade extremamente turística, então, as opções de hospedagens são inúmeras, para todos os gostos e bolsos.

A maioria dos hostels, pousadas e hotéis encontram-se no Centro Histórico e na Estrada Paraty-Cunha, mas também existem opções mais próximas das praias e da natureza. Com certeza vai existir a hospedagem perfeita pra você, que atenda as suas necessidades, preferências e claro, o quanto você pode pagar.

Veja abaixo as nossas dicas de onde ficar em Paraty:

Pousada do Ouro: uma das pousadas mais antigas em Paraty, a Pousada do Ouro oferece estacionamento, café da manhã, possui quartos climatizados e com decoração estilo campestre, Wi-Fi e, além disso, possui piscina ao ar livre, sauna e bar à disposição dos hóspedes. Há quartos com capacidade para até 4 adultos.

Preço médio da diária para 2 adultos: R$ 400,00

Localização: Rua Dr. Pereira, nº 145, Centro Histórico

Pousada do Príncipe: com uma arquitetura estilo colonial e ficando a apenas 3 minutos a pé do centro, a Pousada do Príncipe oferece café da manhã, estacionamento, Wi-Fi, piscina, bar estilo inglês e acomodações amplas e confortáveis e fica a apenas 700 da rodoviária de Paraty.

Preço médio da diária para 2 adultos: R$ 270,00

Localização: Av. Roberto Silveira, nº 801, Centro Histórico.

Pousada Antares de Paraty: localizada a apenas 11min a pé da rodoviária e a 15min a pé do Centro Histórico, a pousada Antares de Paraty oferece quartos climatizados, café da manhã, Wi-Fi e estacionamento. Existem opções de quartos para a família e um diferencial é que aceitam pets. Se você curte se locomover com bicicleta, a pousada também oferece aluguel para os hóspedes.

Preço médio da diária para 2 adultos: R$ 130,00

Localização:  Rua Geraldo Antunes Vasconcelos, nº 251.

Hostel Sereia do Mar: para quem gosta de economizar uma excelente opção são os hostels, o Sereia do Mar é um dos hostels mais bem avaliados de Paraty. Lá os hospedes encontram dormitórios mistos climatizados e com 10 ou 6 camas. O ambiente é rústico e tem acesso direto para a praia de Jabaquara. O hostel oferece café da manhã, cozinha de uso comum, um pizza-bar e Wi-Fi.

Preço médio da diária para 1 adulto: R$ 44,00

Localização: Av. Jabaquara, nº 33, Jabaquara.

Booking Paraty – reserve aqui

paraty rio de janeiro - O que fazer em Paraty
As antigas casinhas coloridas de Paraty são sua marca registrada

O que fazer durante o dia

Não vão faltar atrações ou atividades para fazer na cidade. Dependendo de quantos dias você irá passar, talvez precise voltar em outra oportunidade para conseguir curtir tudo o que Paraty tem a oferecer.

Separamos algumas atividades que você poderá fazer durante o dia:

Conhecer o Centro Histórico: as ruas de pedras do centro histórico podem ocasionar certa dificuldade para caminhar, porém, olhando pelo lado positivo, isso faz com que você caminhe calmamente por essas lindas e históricas ruas. Então aproveite um dia para apreciar cada detalhe do Centro Histórico de Paraty.

Visitar alambiques: a região paratiense foi uma importante produtora de pinga no período colonial e atualmente existem 7 alambiques na cidade, sendo o mais antigo entre eles o Alambique Coqueiro. Todos são abertos diariamente das 10h às 17h para visitação, degustação e compras. Para quem gosta, vale muito à pena escolher no mínimo um deles para conhecer.

Conhecer o Caminho do Ouro: vale a pena uma caminhada pela preservada estrada que foi construída pelos escravos, rica em histórias e com um belo cenário natural. Para a visitação é necessário a companhia de um guia autorizado, neste link você poderá obter os contatos dos guias e agendar uma visita.

Visitar a Casa da Cultura: já citamos anteriormente nesse post que Paraty possui eventos e programações culturais durante todo o ano e a Casa da Cultura possui diversas atrações e exposições sobre a cultura do povo paratiense. São programações para toda a família, pois tem atividades para as crianças também! No site da instituição é possível conferir todos os eventos http://www.casadaculturaparaty.org/.

Noite em Paraty

A noite em Paraty consegue ser ainda mais agitada e charmosa. As luzes da cidade encantam e dão um toque mais especial na história, os restaurantes e bares com uma boa diversidade de culinária, bebidas e até mesmo vários estilos de música ao vivo, é ou não é um belo convite para curtir a noite da cidade?

Para quem deseja um jantar mais tranquilo e até mesmo romântico, a dica é escolher entre um dos restaurantes localizados no Centro Histórico ou próximo dele. Por ali também existem inúmeros bares onde é possível tomar uns bons drinques ou uma cerveja local sentado nas mesas que ficam nas ruas enquanto observa o movimento da cidade.

Já para quem deseja algo mais agitado, a dica é escolher entre os bares da Praça Matriz, onde é um mais animado que o outro!

Roteiro de 3 dias em Paraty

Para quem vai ficar por 3 dias em Paraty, temos um roteiro para você aproveitar os principais pontos turísticos e os passeios mais tradicionais.

1º dia: O ideal para o dia da chegada em Paraty é não reservar nenhum passeio para o período da manhã, pois nunca sabemos se haverá imprevistos e atrasos no deslocamento. Então, para o primeiro dia procure se familiarizar com a cidade, fazendo caminhadas pelo Centro Histórico e se possível conheça praia do Pontal, a mais próxima do centro.

como chegar a parati - O que fazer em Paraty

Após o almoço, aproveite para conhecer as cachoeiras e um alambique. Do centro, leva apenas 20min de carro para chegar até o local e dá para fazer as duas atividades no mesmo período, pois a cachoeira do Tobogã e o Poço do Tarzan ficam bem em frente à cachaçaria Engenho D’Ouro.

2º dia: para o segundo dia reserve um passeio de barco em uma das agências de turismo no centro, são inúmeros cenários espetaculares que esse passeio proporciona. O mais procurado leva os visitantes para conhecer as ilhas mais próximas, a praia Vermelha e praia da Lula. São realizados em escunas e tem duração de aproximadamente 6h.

3º dia: reserve o último dia para conhecer Trindade que está a apenas 30 km do centro de Paraty. Lá conheça a pequena Vila, a praia do Meio e aproveite para ir de barco ou por trilha (de baixa dificuldade) até a Piscina Natural do Cachadaço, um dos pontos mais famosos de Trindade. Se ainda houver disposição, por outra trilha é possível chegar até a Praia do Cachadaço, uma bela praia cercada pela mata Atlântica.

Dica => Passeio de Barco com Mergulho de Snorkel

o que ver em Parati - O que fazer em Paraty
Na maré cheira, é fácil ver várias ruas cheias de água em Paraty…

O que fazer em Paraty

Centro Histórico de Paraty

No Centro Histórico de Paraty estão localizados os pontos mais culturais e históricos da cidade. O acesso as ruas do Centro Histórico somente é permitido para pedestres, logo percebemos que há várias correntes impedindo a passagem de carros.

Por lá, além de apreciar as arquiteturas surpreendentes, você pode conhecer as 4 igrejas da cidade: da Matriz, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Rosário e São Benedito e a Igreja Santa Rita.

Não deixe de visitar a Casa da Cultura e suas exposições culturais, e a Praça da Matriz onde existem várias atrações ao seu redor.

A nossa dica é usar somente calçados confortáveis, como tênis ou sandálias baixas, para não ter maiores problemas ao caminhar pelas ruazinhas de pedra.

dicas de Paraty rio de janeiro - O que fazer em Paraty

Praias de Paraty

No geral Paraty dispõe de 61 praias, mas claro, algumas bem afastadas do centro. O que não podemos negar é que cada uma delas reserva um encanto particular e deixam os visitantes encantados!

Algumas praias de Paraty possuem acesso somente por escunas, barcos e lanchas e outras somente por trilhas.

Veja abaixo as nossas dicas das melhores praias para se conhecer em Paraty:

Praia do Pontal e Praia Jabaquara: São as duas praias que ficam mais próximas ao centro e são possíveis de acessar a pé. A primeira é de onde saem os passeios e possui boas estruturas de barzinhos. Já a Jabaquara é ideal para quem gosta de praias sem ondas, para quem está com crianças e para quem curte praticar o Stand Up Paddle.

Praia do Sono: Essa paradisíaca praia é considerada uma das mais bonitas de Paraty, basta conhecê-la pessoalmente para certificarmos que não é exagero. A junção do azul cristalino da água, das areias branquinhas e do verde da mata chama a atenção dos visitantes. Por estar localizado numa área ambiental, o acesso à praia é feito por uma trilha de nível médio onde o trajeto dura em torno de 1h30, ou através de barco onde a travessia dura aproximadamente 15min.

Entretanto, primeiro é necessário chegar, de ônibus ou carro, até a Vila Oratório. Do centro de Paraty para Vila Oratório são aproximadamente 26 km.

Imperdível => Excursão de 6 horas para a Praia do Sono

Praia de Ponta Negra: Por estar razoavelmente próxima da Praia do Sono, é comum aproveitar para conhecer a isolada e pequena praia de Ponta Negra, onde também há uma Vila de mesmo nome, onde habitam cerca de 200 pessoas em casinhas que ainda têm muito da cultura caiçara. Mesmo pequena, a praia é dona de uma beleza sem igual, com águas tranquilas e transparentes e há uma boa estrutura para receber os turistas por lá.

Saindo a Praia do Sono é possível chegar até a Praia de Ponta Negra através de barco ou por trilha que dura em torno de 1h30.

Praia Vermelha: é uma das praias mais conhecidas em Paraty, mas o acesso é somente por escuna, por isso essa bela praia de areias com tons avermelhados faz parte do roteiro de quase todas as agências nos passeios. Com água super agradável, é possível mergulhar e encontrar muita vida marinha, com certeza alguns peixinhos vão sair na sua foto!

Praia da Lula: também é parada obrigatória para grande parte dos passeios de barco, essa praia é mais um espetáculo natural da região paratiense. Apesar de não ter estrutura de barracas, é ideal para quem busca relaxar e tomar banho nas águas de misturados tons verdes e azuis.

Reserve o seu hotel ou Pousada em Paraty aqui

o que fazer em Parati - O que fazer em Paraty
A natureza está presente em Paraty

Cachoeiras

Além de praias e ilhas, Paraty também reserva algumas cachoeiras em meio à mata. Umas bem fáceis de serem acessadas e outras que oferecem certa dificuldade, mas que fazem valer à pena qualquer esforço.

Cachoeira do Tobogã: a mais tradicional e mais visitada pelos turistas, a cachoeira do tobogã está bem próxima ao centro de Paraty. Com uma enorme pedra lisa onde escorre a água, alguns turistas se aventuram escorregando sentados até caírem numa piscina natural. Para quem prefere não se aventurar, assistem as perigosas, mas impressionantes, habilidades dos moradores paratinenses, que escorregam em pé na grande pedra.

Para chegar até a cachoeira do tobogã é preciso seguir por aproximadamente 8 km em direção a Cunha, fazer uma pequena trilha que tem início próximo ao Centro de Informações Turísticas do Caminho do Ouro. Pertinho da cachoeira também está o Poço do Tarzan, onde os visitantes aproveitam para tomar um bom e refrescante banho.

Cachoeira da Pedra Branca: considerada a mais bonita entre as cachoeiras de Paraty e por estar localizada numa propriedade particular, é cobrada uma pequena taxa de R$ 5,00 a R$ 8,00 por pessoa para ter acesso. Nessa cachoeira os visitantes podem nadar e curtir as quedas d’água. Fazendo uma trilha de 10min, chega-se ao Poço da Usina, menos freqüentado que a cachoeira da pedra branca, é ideal para relaxar e tomar banho.

Para chegar à cachoeira basta seguir pela estrada Paraty-Cunha, depois é preciso deixar o carro no estacionamento e fazer uma trilha ou contratar o passeio de Jeep Tour, onde falaremos melhor no próximo tópico.

Outras cachoeiras em Paraty, porém mais distantes do centro são: Cachoeira da Grauna, Cachoeira do Iriri, Cachoeira Taquari e a Cachoeira da Praia Grande da Cajaíba.

Que tal? => 3 horas a cavalo pela Floresta Tropical c/ Cachoeira

Jeep Tour

Para quem quer realizar alguns passeios com mais conforto, existem diversas agências em Paraty que realizam o chamado Jeep Tour, que leva os visitantes para conhecer algumas cachoeiras, alambiques, restaurantes e o Marco do Caminho do Ouro em carros 4×4 sempre em companhia de guias especializados.

Com saídas diárias, a duração do passeio é de aproximadamente 6h e geralmente o seu ponto de partida é na própria agência responsável pelo serviço. O preço médio por pessoa é de R$ 100,00.

o que fazer em Paraty - O que fazer em Paraty
As ruas pacatas de Paraty

Trindade

Um dos pontos mais visitados para quem vai à Paraty é o pequeno bairro de Trindade, lugar que reserva belíssimas praias e cachoeiras. Por estar localizado a cerca de 25 km de Paraty, os visitantes aproveitam para fazer um bate volta e conhecer a charmosa Vila e os seus cenários naturais.

Para quem deseja passar mais de um dia em Trindade, existem uma boa estrutura e variedades de hospedagens e restaurantes, mas é importante saber que por lá não existe nada muito sofisticado.

Para chegar à Vila é possível ir de carro, por agência de turismo ou de ônibus urbano, basta pegar a linha Paraty-Trindade na rodoviária.

Vale a pena => Viagem a Trindade saindo de Paraty

trindade paraty - O que fazer em Paraty
“Praia Trindade” by Flabbergast ED is licensed under CC BY-NC-ND 2.0 

Veja abaixo dicas do que fazer em Trindade:

Praia Brava: com acesso somente por uma trilha de dificuldade mediana, a Praia Brava fica numa região afastada e não possui estrutura para receber os visitantes, porém vale à pena fazer um esforço para conhecer essa belíssima praia de ondas fortes rodeada pelo verde da mata.

Praia do Meio: você com certeza já deve ter visto uma foto dessa praia ao pesquisar sobre Trindade na internet, a Praia do Meio é uma das que recebem mais cliques por causa do seu cenário, para muitos o mais bonito de Trindade. Com ondas não muito fortes a praia e ideal para quem está indo com crianças.

Praia do Cachadaço: para ter acesso a essa praia basta seguir por uma trilha que sai da Praia do Meio. Apesar de encantadora é preciso ter cautela para tomar banho no mar, pois é bastante agitado. Existe apenas uma estrutura para receber os turistas, onde é possível comer e beber.

Na Praia do Cachadaço também é possível acessar por trilha as piscinas naturais do cachadaço, lugar que encanta os turistas pela tranquilidade e por existirem muitos peixinhos fazendo companhia para os banhistas.

Cachoeira dos Codós e Pedra que Engole: a cachoeira dos Codós possui uma queda d’água muito pequena e com capacidade para apenas uma pessoa por vez tomar banho. A cachoeira está bem próxima da Vila e dá para chegar a pé sem maiores dificuldades, mas com cuidado.

Logo acima da cachoeira está a famosa Pedra que Engole, uma abertura nas pedras por onde o fluxo da água passa, os corajosos que se arriscam a descer por essa abertura são “engolidos” e saem do outro lado numa pequena piscina natural.

Leia também: Trindade RJ (seu guia completo de dicas)

Cidades e atrações próximas à Paraty

Como Paraty também está próximo de outros lindos lugares, aproveite para combinar sua viagem para este pequeno município localizado ao sul do Rio de Janeiro com outros pontos turísticos também.

A título de exemplo, está Trindade, pois conforme mencionado acima, encontra-se a apenas 25 km de distância de Paraty.

A partir de Paraty, você também pode conhecer Ilha Grande e Angra dos Reis. Vejamos:

Angra dos Reis: para completar sua lista de lugares incríveis, aproveite para conhecer Angra dos Reis. Assim como Paraty, aqui a história e o presente se encontram! Não são apenas praias, mas também rica cultura colonial. Então, pegue um ônibus na rodoviária de Paraty com destino a Angra dos Reis, pois são aproximadamente 95 km que separam uma cidade a outra, em média apenas 2 horinhas de viagem e a passagem custa cerca de R$ 20,00 e tem saídas diárias.

Ilha Grande: Uma vez em Angra, não deixe de conhecer Ilha Grande! Para acessar esse paraíso de águas cristalinas, você pode ir de barca pelo Cais da Lapa em Angra ou de barcos rápidos. As embarcações dos barcos rápidos têm saídas regulares todos os dias para a Vila do Abraão. No barco rápido a viagem dura de 30 min e na barca dura em média 1h30min. A tarifa da barca é em média R$ 20,00 por pessoa e do barco rápido em média R$ 60,00.

Confira => Translado de Paraty para Ilha Grande

Como observado, há muito o que fazer em Paraty e região. Independente da época do ano que você decidir ir, prepare-se para se encantar com a beleza exuberante que apenas a região litorânea combinado com rica história tem para te oferecer.

Comente aqui embaixo a sua experiência.

Boa viagem!

Leia mais:

-----------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitor do blog tem até 16% de desconto. Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPROFISSIONAL.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana Catarina Portugal
Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *