O que fazer em Queenstown: principais pontos turísticos

Rodeado por montanhas e situada às margens do cristalino Lago Wakatipu na ilha sul da Nova Zelândia, fica a cidade de Queenstown.

Apesar de todo o país, em geral, ser conhecido pelas atividades radicais, Queenstown tem um destaque no assunto: foi o local de nascimento do bungee jump, em 1988.

Mas uma das maiores cidades da Nova Zelândia tem muito mais a oferecer do que só os esportes radicais. Nós mesmos não somos adeptos e não nos aventuramos em (quase) nada, mas, ainda assim, adoramos Queenstown e achamos a cidade mais bonita entre todas as que visitamos.

A cidade é uma gracinha e cercada de lugares lindos, então, confira aqui algumas das opções de o que fazer em Queenstown!

>>> Seguro viagem para esporte radical <<<

O que fazer em Queenstown

o que fazer em queenstown nova zelandia

☛ Leia também:

Skyline Gondola

A Skyline de Queenstown é um teleférico de gôndola (aqueles vagões que levam várias pessoas de uma vez) considerado o mais íngreme de todo o Hemisfério Sul!

Não é pouca coisa!

teleferico de queenstown

Até o topo, chamado Bob’s Peak, são 450 metros de altura acima do lago Wakatipu. Dá pra subir também por trilha, caso tenha disposição e não queira ir pelo Skyline, e lá em cima existem restaurantes com comida típica e também internacionais.

Além disso, lá do alto dá para pular de bungee jump e descer a montanha de “Luge”, que é uma espécie de carrinho de rolimã, que me pareceu bem divertido. Nós não fizemos por conta de estarmos com as Turistinhas Profissionais…

  • Endereço: Brecon Street
  • Funcionamento: diariamente, das 9h às 21h
  • Custo: a partir de $39 para adultos
  • Site: https://www.skyline.co.nz

queenstown nova zelandia

Kiwi Birdlife Park

Os kiwis são pássaros nativos da Nova Zelândia e no Kiwi Birdlife Park é possível observar a espécie, que está em extinção, de pertinho.

Além dela, mais de 20 animais selvagens nativos do país também se encontram neste santuário animal.

kiwi nova zelandia
Como o Kiwi tem hábitos noturnos, ele fica em um viveiro com luz especial

O lugar não é um zoológico, mas, sim, um centro de preservação das espécies nativas. É também bastante interessante pra quem quiser relaxar no meio da cidade grande e conhecer um pouco mais sobre a vida selvagem na Nova Zelândia.

Eles têm horários específicos para a alimentação dos kiwis, quando podemos vê-los melhor; então, veja no site a melhor hora pra você chegar.

  • Endereço: Brecon Street
  • Funcionamento: Diariamente, a partir das 8h
  • Custo: a partir de $49 para adultos
  • Site: https://www.kiwibird.co.nz

kiwi nova zelandia turista profissional

Pular de Bungee Jump

A Nova Zelândia é conhecida por ser a capital dos esportes radicais e quando se fala no assunto, o bungee jump (na Nova Zelândia se escreve bungy jump) sempre vem à mente, afinal, saltar com uma corda amarrada nos pés não é para medrosos!

Queenstown possui diversos pontos de salto de bungee jump, incluindo um estilo de salto diferentão, chamado de swing jump, que é como se fosse um “balanço” nas alturas, ao invés de somente um salto. Confira os principais locais onde poderá se aventurar:

  • Kawarau Bridge Jump: Primeiro do mundo, na questão de serviço, é também o único de Queenstown que acontece em uma ponte.
  • The Ledge Bungy: Fica no alto do Bob’s Peak (aquele da gôndola). Além de ficar no alto da montanha, esse salto permite acrobacias por conta do jeito que a corda é presa ao corpo, possibilitando mais liberdade.
  • The Ledge Swing: É uma opção de bungy jump noturna!
  • The Nevis Bungy: Um dos mais altos do mundo, localizado em um vale perto de Queenstown.

Ah, se for praticar esportes, não esqueça do seu seguro viagem para esportes radicais, com cláusulas específicas para os amantes de adrenalina.

aventura na Nova Zelândia
A capital mundial dos esportes radicais

Lago Wakatipu

Terceiro maior lago do país, chama atenção pela beleza e pelo formato, que lembra um raio. A explicação geológica é que as águas ocuparam o espaço de uma trilha criada por uma geleira da região.

O interessante do Lago Wakatipu é que ele altera o nível da água em 10 cm a cada meia hora, como se fosse uma pequena maré no lago. Uma lenda Maori diz que isso ocorre por conta de um monstro que vive no fundo das águas.

Dá pra curtir o Lago fazendo um cruzeiro ou aproveitando as praias das margens. As estradas que margeiam o lago são, claro, absolutamente lindas.

lago de queenstown nova zelandia

Milford Sounds

É um dos principais cartões postais do país e a atração mais visitada de todas.

Milford Sounds são fiordes que fazem parte do Fiordland National Park. Dá pra fazer passeios que misturam viagem por terra e por água, saindo de Queenstown, permitindo que se aproveite ao máximo a beleza do lugar.

o que fazer na nova zelandia queenstown

Na verdade, não é só chegar aos fiordes que é o passeio, mas sim o caminho até lá, pois trata-se de uma das estradas mais bonitas do mundo. São duas horas até Te Anau e, de lá, mais umas três horas até Milford Sounds – e é este trecho que é deslumbrante, te obrigando a fazer várias paradas para tirar fotos.

☛ Leia também: Dirigir na Nova Zelândia: dicas práticas!

roteiro de 9 dias na nova zelandia

Para quem gosta de fazer caminhadas, aqui ficam algumas das melhores trilhas da Nova Zelândia e é tudo muito bem demarcado.

Se você não puder fazer esse passeio de carro, que foi a nossa opção, saiba de diariamente partem de Queenstown excursões para lá, com duração média de 12 horas ida e volta.

Veja aqui alguns passeios que poderá comprar com antecedência:

Old Cromwell Town

É uma pequena vila que foi fundada por garimpeiros ainda no século XIX. Porém, só uma parte dela pode ser observada, já que a criação de uma represa na década de 90, por conta da instalação de uma usina local, fez com que a vila original precisasse ser inundada.

Os principais edifícios foram transferidos ou reconstruídos em um lugar mais alto para preservar a memória de Old Cromwell Town. A visitação acontece nessa parte.

O que fazer em Queenstown

Antigas minas de ouro na área incluem Bannockburn e Bendigo, onde você encontrará  também ruínas das casas dos mineiros.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Arrowtown

Outra opção de o que fazer em Queenstown é visitar ali ao lado a pequena e fofa Arrowtown, cidadezinha ligada à corrida do ouro.

Fundada em 1862, a vila cresceu bem rápido por conta da mineração na região e até hoje é possível apreciar os edifícios da época. Tem até casinhas chinesas, por conta dos mineradores chineses que se instalaram no país.

o que fazer em queenstown arrowtown

Ela fica bem pertinho, cerca de 20 minutos de carro e tem um centrinho que parece cenário de filmes do Velho Oeste e, de quebra, com ótimos restaurantes.

arrowtown queenstown

Gibbston Valley, a Rota dos Vinhos

O Vale Gibbston, também conhecido com o “Vale das Videiras”, está localizado na Central Otago, região da Ilha do Sul da Nova Zelândia. É onde se encontram diversas vinícolas, que fabricam ótimos vinhos premiados.

O lugar está a 25 minutos de Queenstown e oferece sala de degustação e um centro de aluguel de bicicletas que permite passeios por trilhas em Central Otago, onde se pode apreciar a rota dos vinhos neozelandeses.

vinícolas na Nova Zelândia

As vinícolas encontradas no Gibbston Valley são: Peregrine Wines, Waitiri Creek Wines, Chard Farm Winery, Gibbston Valley Winery, Mt Rosa Winery, Brennan Wines, Coal Pit Wine e Amisfield Winery & Bistro.

O Vale Gibbston é conhecido também pelo seu queijo feito de leite de ovelha.

Estações de esqui

Você sabia que entre as opções de o que fazer em Queenstown está esquiar? Pois é… a cidade é circundada por alpes altíssimos, proporcionando a chance de, além de esquiar, praticar snowboard ou só brincar na neve. E isso a uma curta distância, tornando-a uma cidade base para os amantes dos esportes de inverno.

Quando caminhamos pelo centro da cidade no fim da tarde, o que mais vemos são pessoas carregando seus esquis e vestidos com roupas de neve, pois estão voltando do dia nas estações que tem ali nos arredores.

A apenas a 25 minutos de carro fica Coronet Peak Ski Area, na montanha mais próxima da cidade. Já um pouquinho mais longe, a 35 minutos de carro do centro de Queenstown, se encontra The Remarkables Ski Area.

dicas da nova zelândia

Ambas as estações podem ser acessadas por um serviço de ônibus que sai de Queenstown e leva diretamente até elas, é o Snowline Express.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Passear de Jet Boat

Uma outra invenção neozelandesa que você não pode perder é o Jet Boat.

É um barco a jato criado para que fosse possível a navegação em águas bem rasas, já que a quantidade de rios e lagos na Nova Zelândia é enorme e muitos deles não são profundos. A criação acabou virando uma atividade turística também de muita adrenalina (pela velocidade do barco) e beleza!

o que fazer em Queenstown

Bater perna pelo centro

Pode parecer bobagem escrever sobre isso, mas a cidade é muito mais do que uma base para fazer os passeios acima, ou outros, pois ela tem um centrinho muito bonitinho, cheio de lojas, restaurantes e cafés charmosos.

Vale a pena bater perna por lá meio que sem rumo, caminhar pela beira do lago e pelo Queenstown Gardens. O nosso hotel, o Earnslaw Lodge, era até pertinho de lá e, de quebra, ainda tínhamos uma vista linda para o lago e as montanhas.

Viu como há muito o que fazer em Queenstown?! Se há uma cidade que tem que estar no seu roteiro pela Nova Zelândia, é esta. Acredite em mim!

Não deixe de ler as nossas dicas da Nova Zelândia que já publicamos aqui, ok?!

Boa viagem!

Aventura

☛ Leia um pouco mais sobre o país:

Imagens: acervo pessoal e Shutterstock

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here