O que fazer em Rotorua: principais pontos turísticos

Várias pessoas nos perguntaram o que fazer em Rotorua, acreditando que esta cidade na Nova Zelândia, conhecida principalmente como a capital das atrações geotérmicas do país, só tinha isso como atração turística.

Mas eis um grande engano: tem muita coisa para visitar e fazer por lá, para além de ver gêiseres, acredite!

Localizada na Ilha Norte, Rotorua é um lugar onde o contato com a natureza e a cultura maori podem ser bem intensos! É claro que são diversos lugares de visitação relacionados a vulcões e águas termais, mas, além disso, há esportes radicais (estamos falando de Nova Zelândia, lembra? Isso não poderia faltar) e outras atrações.

Leia também: Roteiro de 9 dias pela Nova Zelândia

O que fazer em Rotorua

Wai-O-Tapu

Em Maori, língua nativa neozelandesa, Wai-O-Tapu significa “águas sagradas” e elas ficam dentro do Waiotapu Thermal Wonderland, maior parque geotermal do país, a cerca de 30 km do centro de Rotorua.

A atração é uma depressão vulcânica ainda ativa na região e considerada um dos lugares mais surreais do mundo! É muito diferente de tudo o que você já viu.

Wai-o-tapu

São três tipos de passeios que podem ser feitos ali, desde o mais completo que roda o parque todo (que foi o que fizemos), até um menor que só se visita uma pequena parte (mas o valor do ingresso é o mesmo, independente do circuito que escolha fazer).

Entre as atrações, há a visitação de fontes borbulhantes de água vulcânica, chamada Champagne Pool e o Lady Knox Geyser, nascente termal que jorra água pontualmente pela manhã (às 10:15h). Essa é uma atração ‘obrigatória’ em Rotorua.

  • Endereço: 201 Waiotapu Loop Road, RD 3, Rotorua
  • Funcionamento: Inverno – das 8:30h às 17h. Verão – das 8:30h às 18h.
  • Custo: Adulto $32.50
  • Site: https://www.waiotapu.co.nz/

Geiser na Nova Zelândia

Te Puia

Outro parque geotérmico bastante famoso e grande na Nova Zelândia é o Te Puia. Neste local, além da lama fervente e fontes de água quente jorrando das crateras (incluindo uma que se chama gêiser Pohutu), entra-se em contato com a rica cultura Maori, já que o lugar funcionava antigamente como fortaleza dos nativos.

O Instituto Maori fica ali mesmo, com apresentações culturais, além das Escolas Nacionais de Talha e Tecelagem de Madeira.

O Te Puia é outra atração que não pode ficar fora do seu roteiro de o que fazer em Rotorua!

  • Endereço: Te Puia, Hemo Road, Tihiotonga, Rotorua Central, Rotorua
  • Funcionamento: Verão – das 8h às 18h. Inverno – das 8h às 17h
  • Custo: a partir de $54.00 para adultos
  • Site: https://tepuia.com/
te puia rotorua
Situado dentro da cidade de Rotorua, dá pra ver os gases saindo da terra…

Vila Whakarewarewa

A vila Maori Whakarewarewa é onde você vai poder ter um rico contato com a cultura Maori de verdade, já que a vila é uma aldeia real e não construída para os turistas.

Performances acontecem duas vezes ao dia, artistas locais fabricam artesanato nativo e a gastronomia local também se faz presente nesta experiência.

  • Endereço: 7 Tryon Street, Whakarewarewa Village, Rotorua
  • Funcionamento: Diariamente, das 8:30h às 17h.
  • Custo: a partir de NZ $40,50 para adultos
  • Site: https://www.whakarewarewa.com

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Redwoods & Whakarewarewa Forest

Mais conhecida somente como Redwoods, a atração é uma enorme floresta com mais de 5600 hectares de natureza, incluindo árvores exóticas e vegetação nativa em perfeito estado.

O lugar é muito utilizado por conta das trilhas de mountain bike e caminhada, sendo uma região perfeita principalmente pra quem curte contato com natureza.

O destaque vai para as enormes árvores da espécie Californian Redwoods, que possuem alturas imensas, tornando o passeio pela floresta impressionante!

o que fazer em Rotorua Nova Zelândia

Uma das principais atrações do parque é caminhar no alto das árvores, no Reedwoods Treewalk. Foram construídas passarelas a 12 metros acima do solo interligando 22 dessas imensas sequoias, num total de 553 metros, sendo possível passear por elas tanto de dia quanto de noite, quando, ainda, o local recebe uma iluminação especial.

Nós fomos à noite, mas confesso que talvez fosse mais interessante de dia. A iluminação é bonita em certos pontos, mas você não consegue ver o esplendor da floresta.

  • Endereço: Redwoods I-Site & Visitor Information Centre; Long Mile Road, Rotorua
  • Funcionamento: Verão – das 8h às 18h. Inverno – das 8h às 17h
  • Custo: a entrada na floresta é grátis. Para o Reedwoods Treewalk: $25 adulto; $15 crianças (de 5 a 15 anos). Se quiser passear de dia e de noite, sai a $35 e $22, respectivamente.
  • Site: https://redwoods.co.nz/ / http://www.treewalk.co.nz/

o que fazer em Rotorua Nova Zelândia

Waimangu Volcanic Valley

Localizado a 25 km de Rotorua, o Waimangu Volcanic Valley é outra opção de passeio geotermal na Nova Zelândia, que lembra, em parte, o Wai-O-Tapu.

A região vulcânica teve sua formação baseada nas 5 erupções do vulcão Terawera que ocorreram nos últimos 18 mil anos, principalmente a mais recente, ocorrida em 1886. Essa erupção modificou totalmente a região, destruindo todo ser vivo que estava a um raio de 6 km do vulcão e moldando o Waimangu Volcanic Valley como ele é hoje.

Um dos destaques de visitação é o lago Inferno Crater, com uma coloração azul impressionante!

  • Endereço: 587 Waimangu Road, Rotorua, Off State Highway 5
  • Funcionamento: diariamente das 8:30h às 15:30h (última entrada)
  • Custo: a partir de NZ$ 40
  • Site: www.waimangu.co.nz

👉 Se você gosta de aventuras, veja esses 18 motivos para visitar a Nova Zelândia

Lagos de Rotorua

Rotorua é um destino na Nova Zelândia onde lagos vulcânicos não vão faltar. São onze lagos pela região, que fazem parte da chamada Zona Vulcânica de Taupo.

Os mais conhecidos são Blue Lake (Lago Azul) e Green Lake (Lago Rotokakahi), sendo o último considerado sagrado e intocável. Destaque também para o Lago Rotorua e o Lago Tarawera, que fica dentro do Waimangu Volcanic Valley.

blue lake rotorua
Blue Lake… infelizmente, o tempo não estava bom e estava frio. Mas a água é transparente!

Government Gardens

O Government Gardens compõe um lugar às margens do lago de Rotorua, onde antigamente muitas batalhas Maori foram travadas; portanto, é um lugar historicamente muito importante.

A região contava com piscinas geotérmicas terapêuticas que foram cobertas por mato que, posteriormente, foram transformados nos belos jardins de hoje.

Atualmente, o Government Gardens conta com um museu e também com a Blue Baths, casa de banho onde as pessoas podem se beneficiar das águas termais da região.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Ohinemutu e a Igreja Saint Faith’s

A primeira atração é uma aldeia Maori às margens do Lago Rotorua, lar da tribo Ngāti Whakaue, que viajou para a Nova Zelândia por volta de 1350 d.C. O local foi escolhido por sua localização à beira do lago e pela abundante energia geotérmica, usada para cozinhar, tomar banho e aquecer.

Já a Igreja de Santa Fé foi construída em 1914, com o exterior em estilo europeu, mas com o interior em estilo Maori.

igreja maori rotorua nova zelandia

Esse pedacinho de Rotorua é um bairro Maori de verdade, ou seja, um lugar onde eles moram e não uma parque turístico.

Nós entramos, passeamos, tiramos fotos e apreciamos as construções. Para entrar, é gratuito.

aldeia maiori nova zelândia

Velocity Valley (Rotorua Adventure Park)

Antigamente conhecido como Agroventures Adventure Park, o Velocity Valley é uma atração em Rotorua onde a aventura radical – e com muita adrenalina – predomina.

Resumidamente, é um parque de diversões com algumas atrações muito legais, como o Free Fall Extreme, Agojet, bungy jump e outros. Um passeio diferente para dar uma pausa entre lagos e vulcões.

  • Endereço: 1335 Paradise Valley Road, Ngongotaha, Rotorua
  • Funcionamento: abre todos os dias, mesmo com chuva
  • Custo: a partir de $30 para adultos
  • Site: https://velocityvalley.co.nz/

Veja aqui opções de hospedagem em Rotorua

OGO

Cansou de ver águas termais e não sabe mais o que fazer em Rotorua?

Que tal testar a experiência de rolar uma colina dentro de uma bola inflável gigante? Ogo vai te proporcionar isso!

A atividade começou em 1997 na região pode-se dizer que é inédita. São três opções de caminhos com a bolha gigante – um caminho reto de 250 metros e dois com curvas, de 350 metros. Escolha o seu e boa sorte!

Nós fizemos o caminho com curvas e foi hilariante! Literalmente, pulamos para dentro da bola por um buraco e, lá dentro, tem água quente (afinal, era inverno…). Enquanto a enorme bola desce a ribanceira, nós rolamos lá dentro quase morrendo de tanto rir, nunca sabendo qual será o próximo movimento do nosso ‘veículo’!

  • Endereço: 525 Ngongotaha Road, Fairy Springs, Rotorua
  • Funcionamento: Das 8h às 17h
  • Custo: a partir de $40 para adultos
  • Site: https://ogo.co.nz/

O que fazer em Rotorua: OGO

Agrodome Sheep

Em 1970, o campeão mundial de ovelhas Godfrey Bowen foi convidado a produzir um show para representar a Nova Zelândia em uma exposição no Japão. O “Sheep Show” foi um sucesso tão grande que Godfrey e seu colega agricultor George Harford decidiram criar um lar permanente para ele.

O Agrodome abriu suas portas para turistas em 1971. São 350 hectares que há mais de 40 anos funciona como local de contato com animais de fazenda, principalmente as fofas ovelhinhas. É uma atração perfeita para quem viaja com crianças.

  • Endereço: 141 Western Road, Ngongotaha, Rotorua
  • Funcionamento: Das 8h às 17h
  • Custo: a partir de $36,50
  • Site: https://www.agrodome.co.nz/

👉 Aproveite e veja como foi o nosso Roteiro de 9 dias pela Nova Zelândia

Skyline (Gondola)

Entre as opções de o que fazer em Rotorua, está o tranquilo passeio no Skyline. É um teleférico que te leva a 487 metros acima do nível do mar, para o alto do Monte Ngongotaha, proporcionando vistas panorâmicas da cidade de Rotorua e do Lago Rotorua.

Lá em cima tem restaurante e café, e diversas outras atividades que podem ser feitas na região, além do próprio passeio de gôndola até lá.

  • Endereço: 178 Fairy Springs Road, Rotorua
  • Funcionamento: Das 9h até o horário de fechamento do restaurante Stratosfere
  • Custo: a partir de $31
  • Site: https://www.skyline.co.nz

Como você pode ver na foto abaixo, nós não tivemos muita sorte com o tempo para fazer esse passeio… mas, se você tiver por lá com tempo bom, não deixe de ir!

o que fazer em rotorua

Aqui apontamos algumas opções sobre o que fazer em Rotorua, que são os pontos turísticas de maior destaque, mas ainda existem outras atividades na cidade ou ali nos seus arredores.

Nós separamos 2 dias para visitar Rotorua, mas acabamos achando que foi pouco tempo, quando nos demos conta de que teriam muitas outras coisas legais para visitar e curtir, então, se você tiver mais disponibilidade saiba que não vai faltar o que fazer, 😉

E para começar a planejar a sua viagem, não deixe de ler o nosso post com várias dicas da Nova Zelândia para quem vai a primeira vez e nem todos os demais posts já publicados aqui no blog.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here