O que fazer em Tóquio: 15 principais pontos turísticos

Quando estávamos organizando a nossa viagem para o Japão confesso que ficamos meio perdidos sobre o que fazer em Tóquio (ou Tokyo), pois a cidade é e-nor-me e logo percebemos, que mais do que pontos turísticos clássicos, o barato da cidade são seus bairros, suas ruas lotadas de pessoa, os painéis iluminados… Mas claro, há muito o visitar em Tóquio.

Localizada na maior ilha do arquipélago japonês, Tóquio é a capital do país e, apesar de ser uma das metrópoles mais populosas do mundo, oferece excelente qualidade de vida.

A cidade consegue misturar a tradição nipônica com a modernidade e tecnologia e se torna um destino de viagem bastante atrativo no quesito cultura e organização.

Então, venha conhecer um pouco dos pontos turísticos de Tóquio, esta capital que nos conquistou.

Importante => Seguro Viagem Japão (dicas + desconto)

O que fazer em Tóquio: pontos turísticos

O que fazer em Tóquio

1. Mercado Tsukiji

É um mercado de peixes famosíssimo na cidade e não é à toa, já que é considerado um dos maiores do mundo!

Por dia, a quantidade de peixes que circula por lá é inacreditável e o local também abriga um grande leilão de atum, que acontece no final da madrugada e é bastante disputado, até pelos turistas. Se quiser assistir, acorde de madrugada e chegue cedo (antes das 5h), pois são apenas 120 lugares.

O Mercado Tsukiji se torna uma atração turística pela grandiosidade e qualidade, mas não se esqueça de que é um mercado, portanto…espere encontrar muvuca e funcionários apressados, além de, claro, muitos frutos do mar fresquinhos!

  • Endereço: 5 Chome-2-1 Tsukiji, Chūō, Tokyo
  • Funcionamento: De segunda à sábado das 5h às 14h. Fechado aos domingos e algumas quartas-feiras específicas.
  • Como chegar: Estação Tsukiji Shijo, linha Oedo

Confira => Passeios em Tóquio e arredores

pontos turísticos de Tóquio
Imagem Shutterstock

2. Santuário Meiji Jingu

Fundado em 1920, o templo Meiji Jingu é relativamente novo se formos considerar as datas de construção dos demais templos. Ele foi construído em dedicação ao imperador Meiji e sua esposa imperatriz Shoken. O imperador subiu ao trono em 1867, durante o Japão moderno e foi em seu reinado que o país iniciou o caminho junto das grandes potências mundiais.

O santuário é bastante arborizado e até trilhas podem ser feitas pela região. A título de curiosidade, as árvores da pequena floresta foram levadas especialmente para lá, ou seja, a floresta foi “montada” pelo homem.

  • Endereço: 1-1 Yoyogikamizonocho, Shibuya, Tokyo
  • Funcionamento: O santuário abre diariamente, mas o horário se modifica mensalmente de acordo com o pôr do sol. Confira no site oficial: http://www.meijijingu.or.jp/english/map/4.html
  • Custo: 500 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Meiji Jingu Mae ou Harajuku

Desfrute =>Excursão aos Templos e Santuários de Tóquio

dicas do Japão

3. Takeshita Dori

Quando estiver planejando o que fazer em Tóquio deve incluir uma passada na Rua Takeshita Dori. É onde a cultura pop japonesa pode ser vista da melhor forma.

É aquele estereótipo de japoneses de cabelos coloridos, roupas diferentes para os padrões e os chamados cosplay (pessoas que se vestem de personagens de filmes e desenhos).

A rua é bastante frequentada por jovens e lojas de todos os valores podem ser encontradas por ali. Vale a pena visitar nem que seja somente para conhecer e observar os japoneses no seu dia a dia dessa cultura.

  • Endereço: 1 Chome-19 Jingūmae, Shibuya-ku
  • Como chegar: Estação Harajuku

o que visitar em Tóquio

4. Palácio Imperial

É a residência da família imperial do Japão desde 1888, quando o palácio foi transferido de Kyoto para Tóquio, a arquitetura é a clássica japonesa, com os telhados típicos.

Logo de cara, duas pontes que levam até a entrada do Palácio chamam atenção e é possível fazer uma visita guiada pelo seu interior, mas que precisa ser agendada com bastante antecedência.

o que fazer em Tóquio
Um dos principais pontos turísticos de Tóquio

Caso não consiga fazer a visita guiada, visite ao menos os Jardins Leste do Palácio, pois eles são abertos ao público.

pontos turísticos de Tóquio

5. Templo Senso-ji

Também chamado de Templo Asakusa Kannon, a construção é um dos templos budistas mais conhecidos na cidade. As cores presentes nele chamam bastante atenção e são um dos atrativos do templo, que não deve ficar de fora do seu roteiro em Tóquio.

Concluído no ano de 645, o santuário é dedicado à deusa da misericórdia Kannon e é o mais antigo da capital japonesa. O local é considerado um refúgio dentro da agitada capital e impressiona pela arquitetura.

  • Endereço: 2-3-1 Asakusa, Taito-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Diariamente das 6h às 17h
  • Custo: Grátis
  • Como chegar: Estação Asakusa

dicas de Tóquio

6. Parque Ueno

O parque Ueno fica no centro de Tóquio e é um ótimo lugar para relaxar.

O terreno era antigamente parte do Templo de Kaneji, que foi danificado durante a Guerra Civil em 1868. Após o conflito, a região se tornou oficialmente um parque público e foi aberto à população em 1873.

Lá dentro, além de contato com a natureza, há diversas atrações como museus, templos, monumentos e até um zoológico, que é uma das principais atrações do Parque Ueno, juntamente com o Museu Nacional de Tokyo.

Pesquise opções de hospedagem em Tóquio aqui!

7 – Museu Nacional de Tokyo

Criado em 1972, é o maior e mais antigo museu nacional do país. Originalmente ficava no Santuário Yushima, mas depois foi transferido para o Parque Ueno.

São cerca de 114 000 itens no acervo de obras de arte asiática em áreas como pinturas, caligrafia, escultura, artes decorativas e arqueologia. Estão divididas em 10 áreas de exposição, incluindo objetos que são Propriedade Cultural do Japão e Tesouros Nacionais.

  • Endereço: 13-9 Uenokoen, Taitō, Tokyo
  • Funcionamento: De terça à quinta, das 9:30h às 17h. Sextas e sábados das 09:30h às 21h. Domingos das 09:30h às 17h.
  • Custo: Adultos 620 (520) yen
  • Como chegar: Estação Ueno da linha JR + cerca de 10 minutos a pé.
  • Site: http://www.tnm.jp/

museu em Tóquio

8 – Ueno Zoo

Assim como o museu dentro do parque é o mais antigo do Japão, o zoológico Ueno também é o mais antigo do país, tendo sido fundado em 1882. Atualmente abriga 3 mil animais de 400 espécies diferentes.

  • Endereço: Ueno Zoo, 9-83, Ueno Park, Taito-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Terça à domingo das 09:30h às 17h.
  • Custo: 600 yen
  • Como chegar: Estação Ueno

Imperdível => Excursão ao Monte Fuji com Lago Kawaguchi

9. Edo-Tokyo Museum

Este museu é bastante interessante para quem quer conhecer a história do Japão desde a época Edo, que vai do ano de 1603 até 1869. até atualmente. O modo de vida, a política, economia e arquitetura das épocas são apresentadas em desenhos e modelos da cidade que ficam na exposição permanente do museu. Há também exposições temporárias, sempre relacionadas à cidade.

  • Endereço: 1-4-1 Yokoami, Sumida-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Terça à sexta e aos domingos das 9:30h às 17:30h. Sábados das 9:30 às 19:30h.
  • Custo: 600 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Ryogoku
  • Site:http://www.edo-tokyo-museum.or.jp/en

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupomTURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto.

COMPRE SEU CHIP AQUI!


10. Cruzamento de Shibuya

Ir ao cruzamento Shibuya é uma das coisas que tem que estar na sua lista de o que fazer em Tóquio. Isso porque é o cruzamento mais movimentado do mundo e, com certeza, você já viu essa cena em algum vídeo. Ao se abrir os 8 sinais verdes para os pedestres, o cruzamento de 5 ruas, que ainda estão ao lado de estações de metrô, fica tão lotado que é quase impossível enxergar o chão.

Porém, existe ali outra atração para além do cruzamento muvucado. É a estátua do cão da raça Akita que ficou famoso em um filme com o ator Richard Gere, “Sempre ao seu lado”. Baseado em fatos reais, a história do cachorro chamado Hachiko emocionou e ainda emociona muita gente, tanto é que existe a estátua em homenagem ao animalzinho bem ali em frente à estação de trem de Shibuya.

Ele ficou conhecido por ir todos os dias na saída da estação para esperar o dono voltar do trabalho, porém, o dono já havia morrido e Hachiko continuou indo à estação por nove anos para esperá-lo, até que finalmente, chegou a hora do cãozinho partir também. Conseguir tirar uma foto com a estátua dele é quase uma missão impossível, dada a quantidade de gente quer quer fazer o mesmo, rsrsrrs.

  • Como chegar: Estação Shibuya

Descubra => Excursão privada às joias escondidas e destaques de Shibuya e Harajuku

estátua Hashiko em Tóquio

Leia também: 25 curiosidades do Japão

SEGURO VIAGEM ÁSIA COM DESCONTO

? Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Clique aqui para encontrar os melhorespreços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 20% de desconto com o cupom TRANQUILO, é só clicar no botão abaixo:

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


O que fazer em Tóquio: mirantes

11. Tokyo Skytree

O nome traduzido da torre significa literalmente “árvore do céu”, portanto, já dá pra imaginar que é uma atração com uma vista bastante agradável.

A torre, na verdade, é de transmissão de canais televisivos em Tóquio e tem 634 metros de altura, sendo a estrutura mais alta do Japão. È possível acessar dois decks de observação, um na altura de 350 metros e outro 100 metros acima.

  • Endereço: 1 Chome-1-2 Oshiage, Sumida, Tokyo
  • Funcionamento: Diariamente das 8h às 22h
  • Custo: Há tipos de ingressos diferentes de acordo com o que se pretende ver, os valores vão de ¥1,030 até ¥4,000 para adultos.
  • Como chegar: Fica entre as estações Tokyo Skytree e Oshiage
  • Site: http://www.tokyo-skytree.jp/en/
  • Ingresso antecipado (pula fila)

Sky Tower em Tóquio

12. Tokyo Tower

Se Paris tem a Torre Eiffel, Tóquio tem a Tóquio Tower. Aliás, a versão japonesa é mais alta que a francesa e é, inclusive, considerada a maior torre em estrutura de aço do mundo. São 333 metros que representam a ascensão do Japão como potência mundial no período pós-guerra.

Assim como a Tokyo Skytree, a Tokyo Tower permite o acesso até dois mirantes, um que fica à 150 metros do chão e outro à 250. Dá pra subir de elevador e também por escada (mas prepare-se para enfrentar 600 degraus!). E o passeio não acaba aqui, pois na base da torre tem várias lojinhas, restaurantes, cafés e até um parque de diversões!

  • Endereço: 4-2-8 Shiba-Koen, Minato-ku
  • Funcionamento: Observatório principal (150 m) – 9h às 23h. Observatório especial (250 m) – 09h às 22:15h
  • Custo: 900 ¥ para observatório principal ou 2800 ¥ para os dois observatórios
  • Como chegar: Estação Onarimon, Akabanebashi ou Kamiyacho
  • Site: http://www.tokyotower.co.jp/en.html
  • Ingresso antecipado

13. Metropolitan Government Building

É um edifício do governo que pode ser uma ótima opção para quem não quiser gastar com os ingressos para Tokio Tower e Tokyo Skytree, afinal, nesta atração a vista é de graça. Este foi o primeiro lugar que visitamos quando estivemos na cidade.

Os decks de observação já passaram pela lista de os mais atos de Tóquio e, apesar de atualmente terem perdido o posto, valem a visita, principalmente para quem quiser economizar!

O prédio em si tem 243 metros de altura e há cafés e lojas de souvenirs nos decks. Apesar de gratuito, só há um detalhe para entrar: por ser do governo, é preciso passar por medidas de segurança na entrada como verificação de bagagem, por exemplo.

o que ver em Tóquio

Leia também: Roteiro de 12 dias pelo Japão

Parques da Disney no Japão

Ainda que não fique exatamente em Tóquio, o complexo Disney fica ao lado, na cidade de Urayasu, mas que é facilmente acessível por transporte público da capital japonesa.

14. Tokyo DisneySea

Localizado dentro do Disney Resort, o Tokyo DisneySea é um parque cujo tema são lendas marítimas, exclusivo do Japão. O castelo, ao invés de ser da Cinderela, é da Pequena Sereia. 🙂

O parque é dividido em sete regiões: Porto Mediterrâneo, Ilha Misteriosa, Lagoa das Sereias, Costa Árabe, Delta do Rio Perdido, Porto do Descobrimento e Forte Americano. O diferencial deste parque é que ele tem muitas atrações para adultos e conta com uma ótima gastronomia.

Garanta seu ingresso antecipado aqui e evite fila

dicas Tóquio

15. Tokyo Disneyland

É outro parque que fica dentro do complexo japonês da Disney, em Urayasu, porém, mais parecido com o Magic Kingdom de Orlando (basicamente uma cópia), ou seja, baseado nos desenhos famosos mundialmente. Foi o primeiro parque da Disney fora dos EUA e possui também sete áreas temáticas.

Para quem já foi na Disney de Orlando e só tem um dia para visitar a Disney do Japão, aconselho a visitar o primeiro parque, o DisneySea, já que ele só existe lá e é bem bonito. Mas prepare-se para as filas: enormessssss!

  • Endereço: 1-13 Maihama, Urayasu, Chiba Prefecture
  • Funcionamento: Diariamente das 8h às 22h geralmente, mas o horário pode variar, portanto, cheque no site oficial antes de ir.
  • Custo: 7400 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Maihama
  • Site: http://www.tokyodisneyresort.jp/en/tdl/

Dica => Ingresso antecipado para a Disney e evite fila

Como deu para perceber, não falta o que fazer em Tóquio. Mas além desses (e outros) pontos turísticos, desbrave os diferentes bairros da cidade, como Shibuya, Shinjuku, Harajuku, Odaiba, Akihabara, Ginza e muitos outros.

Boa viagem!

Leia também:

1 comentário em “O que fazer em Tóquio: 15 principais pontos turísticos”

Deixe um comentário