Por: Turista Profissional - Atualizado em 01/08/2019

Quando estávamos organizando a nossa viagem para o Japão confesso que ficamos meio perdidos sobre o que fazer em Tóquio (ou Tokyo), pois a cidade é e-nor-me e logo percebemos, que mais do que pontos turísticos clássicos, o barato da cidade são seus bairros, suas ruas lotadas de pessoa, os painéis iluminados… Mas claro, há muito o visitar em Tóquio.

Localizada na maior ilha do arquipélago japonês, Tóquio é a capital do país e, apesar de ser uma das metrópoles mais populosas do mundo, oferece excelente qualidade de vida.

A cidade consegue misturar a tradição nipônica com a modernidade e tecnologia e se torna um destino de viagem bastante atrativo no quesito cultura e organização.

Então, venha conhecer um pouco desta capital que nos conquistou.

Leia também:

O que fazer em Tóquio

O que fazer em Tóquio

Mercado Tsukiji

É um mercado de peixes famosíssimo na cidade e não é à toa, já que é considerado um dos maiores do mundo!

Por dia, a quantidade de peixes que circula por lá é inacreditável e o local também abriga um grande leilão de atum, que acontece no final da madrugada e é bastante disputado, até pelos turistas. Se quiser assistir, acorde de madrugada e chegue cedo (antes das 5h), pois são apenas 120 lugares.

O Mercado Tsukiji se torna uma atração turística pela grandiosidade e qualidade, mas não se esqueça de que é um mercado, portanto…espere encontrar muvuca e funcionários apressados, além de, claro, muitos frutos do mar fresquinhos!

  • Endereço: 5 Chome-2-1 Tsukiji, Chūō, Tokyo
  • Funcionamento: De segunda à sábado das 5h às 14h. Fechado aos domingos e algumas quartas-feiras específicas.
  • Como chegar: Estação Tsukiji Shijo, linha Oedo
pontos turísticos de Tóquio
Imagem Shutterstock

Santuário Meiji Jingu

Fundado em 1920, o templo Meiji Jingu é relativamente novo se formos considerar as datas de construção dos demais templos. Ele foi construído em dedicação ao imperador Meiji e sua esposa imperatriz Shoken. O imperador subiu ao trono em 1867, durante o Japão moderno e foi em seu reinado que o país iniciou o caminho junto das grandes potências mundiais.

O santuário é bastante arborizado e até trilhas podem ser feitas pela região. A título de curiosidade, as árvores da pequena floresta foram levadas especialmente para lá, ou seja, a floresta foi “montada” pelo homem.

  • Endereço: 1-1 Yoyogikamizonocho, Shibuya, Tokyo
  • Funcionamento: O santuário abre diariamente, mas o horário se modifica mensalmente de acordo com o pôr do sol. Confira no site oficial: http://www.meijijingu.or.jp/english/map/4.html
  • Custo: 500 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Meiji Jingu Mae ou Harajuku

dicas do Japão

Takeshita Dori

Quando estiver planejando o que fazer em Tóquio deve incluir uma passada na Rua Takeshita Dori. É onde a cultura pop japonesa pode ser vista da melhor forma.

É aquele estereótipo de japoneses de cabelos coloridos, roupas diferentes para os padrões e os chamados cosplay (pessoas que se vestem de personagens de filmes e desenhos).

A rua é bastante frequentada por jovens e lojas de todos os valores podem ser encontradas por ali. Vale a pena visitar nem que seja somente para conhecer e observar os japoneses no seu dia a dia dessa cultura.

  • Endereço: 1 Chome-19 Jingūmae, Shibuya-ku
  • Como chegar: Estação Harajuku

o que visitar em Tóquio

Palácio Imperial

É a residência da família imperial do Japão desde 1888, quando o palácio foi transferido de Kyoto para Tóquio, a arquitetura é a clássica japonesa, com os telhados típicos.

Logo de cara, duas pontes que levam até a entrada do Palácio chamam atenção e é possível fazer uma visita guiada pelo seu interior, mas que precisa ser agendada com bastante antecedência.

o que fazer em Tóquio

Caso não consiga fazer a visita guiada, visite ao menos os Jardins Leste do Palácio, pois eles são abertos ao público.

pontos turísticos de Tóquio

Templo Senso-ji

Também chamado de Templo Asakusa Kannon, a construção é um dos templos budistas mais conhecidos na cidade. As cores presentes nele chamam bastante atenção e são um dos atrativos do templo, que não deve ficar de fora do seu roteiro em Tóquio.

Concluído no ano de 645, o santuário é dedicado à deusa da misericórdia Kannon e é o mais antigo da capital japonesa. O local é considerado um refúgio dentro da agitada capital e impressiona pela arquitetura.

  • Endereço: 2-3-1 Asakusa, Taito-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Diariamente das 6h às 17h
  • Custo: Grátis
  • Como chegar: Estação Asakusa

dicas de Tóquio

Parque Ueno

O parque Ueno fica no centro de Tóquio e é um ótimo lugar para relaxar.

O terreno era antigamente parte do Templo de Kaneji, que foi danificado durante a Guerra Civil em 1868. Após o conflito, a região se tornou oficialmente um parque público e foi aberto à população em 1873.

Lá dentro, além de contato com a natureza, há diversas atrações como museus, templos, monumentos e até um zoológico, que é uma das principais atrações do Parque Ueno, juntamente com o Museu Nacional de Tokyo.

Pesquise opções de hospedagem em Tóquio aqui!

– Museu Nacional de Tokyo

Criado em 1972, é o maior e mais antigo museu nacional do país. Originalmente ficava no Santuário Yushima, mas depois foi transferido para o Parque Ueno.

São cerca de 114 000 itens no acervo de obras de arte asiática em áreas como pinturas, caligrafia, escultura, artes decorativas e arqueologia. Estão divididas em 10 áreas de exposição, incluindo objetos que são Propriedade Cultural do Japão e Tesouros Nacionais.

  • Endereço: 13-9 Uenokoen, Taitō, Tokyo
  • Funcionamento: De terça à quinta, das 9:30h às 17h. Sextas e sábados das 09:30h às 21h. Domingos das 09:30h às 17h.
  • Custo: Adultos 620 (520) yen
  • Como chegar: Estação Ueno da linha JR + cerca de 10 minutos a pé.
  • Site: http://www.tnm.jp/

museu em Tóquio

– Ueno Zoo

Assim como o museu dentro do parque é o mais antigo do Japão, o zoológico Ueno também é o mais antigo do país, tendo sido fundado em 1882. Atualmente abriga 3 mil animais de 400 espécies diferentes.

  • Endereço: Ueno Zoo, 9-83, Ueno Park, Taito-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Terça à domingo das 09:30h às 17h.
  • Custo: 600 yen
  • Como chegar: Estação Ueno

Edo-Tokyo Museum

Este museu é bastante interessante para quem quer conhecer a história do Japão desde a época Edo, que vai do ano de 1603 até 1869. até atualmente. O modo de vida, a política, economia e arquitetura das épocas são apresentadas em desenhos e modelos da cidade que ficam na exposição permanente do museu. Há também exposições temporárias, sempre relacionadas à cidade.

  • Endereço: 1-4-1 Yokoami, Sumida-ku, Tokyo
  • Funcionamento: Terça à sexta e aos domingos das 9:30h às 17:30h. Sábados das 9:30 às 19:30h.
  • Custo: 600 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Ryogoku
  • Site: http://www.edo-tokyo-museum.or.jp/en

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Cruzamento de Shibuya

Ir ao cruzamento Shibuya é uma das coisas que tem que estar na sua lista de o que fazer em Tóquio. Isso porque é o cruzamento mais movimentado do mundo e, com certeza, você já viu essa cena em algum vídeo. Ao se abrir os 8 sinais verdes para os pedestres, o cruzamento de 5 ruas, que ainda estão ao lado de estações de metrô, fica tão lotado que é quase impossível enxergar o chão.

Porém, existe ali outra atração para além do cruzamento muvucado. É a estátua do cão da raça Akita que ficou famoso em um filme com o ator Richard Gere, “Sempre ao seu lado”. Baseado em fatos reais, a história do cachorro chamado Hachiko emocionou e ainda emociona muita gente, tanto é que existe a estátua em homenagem ao animalzinho bem ali em frente à estação de trem de Shibuya.

Ele ficou conhecido por ir todos os dias na saída da estação para esperar o dono voltar do trabalho, porém, o dono já havia morrido e Hachiko continuou indo à estação por nove anos para esperá-lo, até que finalmente, chegou a hora do cãozinho partir também. Conseguir tirar uma foto com a estátua dele é quase uma missão impossível, dada a quantidade de gente quer quer fazer o mesmo, rsrsrrs.

  • Como chegar: Estação Shibuya

estátua Hashiko em Tóquio

Leia também: 25 curiosidades do Japão

SEGURO VIAGEM ÁSIA COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Escolha a melhor opção de seguro para você aqui e ganhe até 10% de desconto usando o cupom TURISTAPRO5.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


O que visitar em Tóquio: mirantes

Tokyo Skytree

O nome traduzido da torre significa literalmente “árvore do céu”, portanto, já dá pra imaginar que é uma atração com uma vista bastante agradável.

A torre, na verdade, é de transmissão de canais televisivos em Tóquio e tem 634 metros de altura, sendo a estrutura mais alta do Japão. È possível acessar dois decks de observação, um na altura de 350 metros e outro 100 metros acima.

  • Endereço: 1 Chome-1-2 Oshiage, Sumida, Tokyo
  • Funcionamento: Diariamente das 8h às 22h
  • Custo: Há tipos de ingressos diferentes de acordo com o que se pretende ver, os valores vão de ¥1,030 até ¥4,000 para adultos.
  • Como chegar: Fica entre as estações Tokyo Skytree e Oshiage
  • Site: http://www.tokyo-skytree.jp/en/

Sky Tower em Tóquio

Tokyo Tower

Se Paris tem a Torre Eiffel, Tóquio tem a Tóquio Tower. Aliás, a versão japonesa é mais alta que a francesa e é, inclusive, considerada a maior torre em estrutura de aço do mundo. São 333 metros que representam a ascensão do Japão como potência mundial no período pós-guerra.

Assim como a Tokyo Skytree, a Tokyo Tower permite o acesso até dois mirantes, um que fica à 150 metros do chão e outro à 250. Dá pra subir de elevador e também por escada (mas prepare-se para enfrentar 600 degraus!). E o passeio não acaba aqui, pois na base da torre tem várias lojinhas, restaurantes, cafés e até um parque de diversões!

  • Endereço: 4-2-8 Shiba-Koen, Minato-ku
  • Funcionamento: Observatório principal (150 m) – 9h às 23h. Observatório especial (250 m) – 09h às 22:15h
  • Custo: 900 ¥ para observatório principal ou 2800 ¥ para os dois observatórios
  • Como chegar: Estação Onarimon, Akabanebashi ou Kamiyacho
  • Site: https://www.tokyotower.co.jp/en.html

Metropolitan Government Building

É um edifício do governo que pode ser uma ótima opção para quem não quiser gastar com os ingressos para Tokio Tower e Tokyo Skytree, afinal, nesta atração a vista é de graça. Este foi o primeiro lugar que visitamos quando estivemos na cidade.

Os decks de observação já passaram pela lista de os mais atos de Tóquio e, apesar de atualmente terem perdido o posto, valem a visita, principalmente para quem quiser economizar!

O prédio em si tem 243 metros de altura e há cafés e lojas de souvenirs nos decks. Apesar de gratuito, só há um detalhe para entrar: por ser do governo, é preciso passar por medidas de segurança na entrada como verificação de bagagem, por exemplo.

o que ver em Tóquio

Leia também: Roteiro de 12 dias pelo Japão

Parques da Disney no Japão

Ainda que não fique exatamente em Tóquio, o complexo Disney fica ao lado, na cidade de Urayasu, mas que é facilmente acessível por transporte público da capital japonesa.

Tokyo DisneySea

Localizado dentro do Disney Resort, o Tokyo DisneySea é um parque cujo tema são lendas marítimas, exclusivo do Japão. O castelo, ao invés de ser da Cinderela, é da Pequena Sereia. 🙂

O parque é dividido em sete regiões: Porto Mediterrâneo, Ilha Misteriosa, Lagoa das Sereias, Costa Árabe, Delta do Rio Perdido, Porto do Descobrimento e Forte Americano. O diferencial deste parque é que ele tem muitas atrações para adultos e conta com uma ótima gastronomia.

dicas Tóquio

Tokyo Disneyland

É outro parque que fica dentro do complexo japonês da Disney, em Urayasu, porém, mais parecido com o Magic Kingdom de Orlando (basicamente uma cópia), ou seja, baseado nos desenhos famosos mundialmente. Foi o primeiro parque da Disney fora dos EUA e possui também sete áreas temáticas.

Para quem já foi na Disney de Orlando e só tem um dia para visitar a Disney do Japão, aconselho a visitar o primeiro parque, o DisneySea, já que ele só existe lá e é bem bonito. Mas prepare-se para as filas: enormessssss!

  • Endereço: 1-13 Maihama, Urayasu, Chiba Prefecture
  • Funcionamento: Diariamente das 8h às 22h geralmente, mas o horário pode variar, portanto, cheque no site oficial antes de ir.
  • Custo: 7400 yen para adultos
  • Como chegar: Estação Maihama
  • Site: http://www.tokyodisneyresort.jp/en/tdl/

Como deu para perceber, não falta o que fazer em Tóquio. Mas além desses (e outros) pontos turísticos, desbrave os diferentes bairros da cidade, como Shibuya, Shinjuku, Harajuku, Odaiba, Akihabara, Ginza e muitos outros.

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Turista Profissional
Este texto foi escrito por mais de um ou mais membros da equipe do Turista Profissional, com supervisão e edição final de Ana Catarina Portugal e Declev Reynier.
Um comentário
  1. Tóquio é um mundo, sem dúvida uma das minhas grandes cidades favoritas (e a comida nem se fala!). Além das suas sugestões, recomendo bastante a visita a bairros mais tradicionais como o bairro vintage Shimokitazawa (veja aí, para ter uma ideia do quero dizer). Tem um ambiente completamente distinto do resto da cidade, que eu adoro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *