Onde ficar em Paris: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)

Atualizado em 09/05/2019

Escolher onde ficar em Paris não é tarefa fácil. Saber quais são os melhores bairros e ainda saber onde ficar em Paris, pagando barato e estando bem localizado, é ainda mais difícil, pois hospedagem em Paris é um quesito caro e, na maioria das vezes, verdade seja dita, o preço cobrado não faz jus ao que é oferecido.

Prepare-se para pagar por uma acomodação em Paris algo entre 100 e 150 euros de diária, em hotéis sem nada de especial e que sequer oferecem café da manhã – sim, isso é comum por lá!

Se você nunca esteve na cidade, quando começar a procurar onde se hospedar em Paris, pode ficar na dúvida de quais seriam os melhores e os piores bairros, o que é supernormal. Ou, ainda, pode não saber onde o bairro de fato está localizado apenas olhando o endereço do hotel.

>> Não embarque sem seguro viagem para a Europa, pois ele é obrigatório <<

Relaxe! Pode parecer um bicho de sete cabeças, mas na verdade é bem fácil resolver isso com um simples truque e algumas dicas.

Vamos a elas:

✓ Entendendo o mapa de Paris

✓ Como saber em qual bairro de Paris o seu hotel fica?

✓ Onde se hospedar em Paris: quais os melhores bairros?

✓ Dicas de hotéis em Paris para diferentes orçamentos

✓ Quais os piores bairros de Paris para se hospedar?

✓ Onde ficar em Paris perto do aeroporto Charles de Gaulle?

✓ Onde se hospedar em Paris perto do aeroporto Orly?

✓ Conclusão

Onde ficar em Paris

Onde ficar em Paris: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)
Nosso quarto no maravilhoso Mandarin Oriental

Entendendo o mapa de Paris

Para começo de conversa, é preciso entender a geografia da cidade. Paris é dividida em 20 distritos em formato de espiral, que eles chamam de arrondissements e que são numerados de 1 a 20.

A lógica é a seguinte: quanto menor for o número dele, mais perto do centro ele é – e uma dica para você se localizar é que o Museu do Louvre, por exemplo, fica no arrondissements 1, ou seja, é o centro de Paris.

Dê uma olhada neste mapa abaixo para entender o formato de espiral que falei e a numeração dos arrondissements:

mapa dos bairros de paris

Uma segunda coisa que deve ser levada em conta ainda no assunto geografia na hora de escolher onde ficar em Paris é em qual lado da margem do rio Sena o hotel pretendido fica, pois na margem direita (rive droite) as coisas em geral são mais caras, visto que é, digamos, uma das regiões de Paris mais chiques; mas isso não significa que a margem esquerda (rive gauche) seja ruim, muito pelo contrário.

A partir dessas informações, vem a primeira dica que posso te dar: hospede-se num arrondissement mais baixo, especialmente se for a sua primeira viagem para Paris.

Eu diria que escolher um hotel que fique entre o 1º e o 8º arrondissement (talvez pulando apenas o 2º, por ter um caráter mais business, e não por ser ruim, ok?!), pois nessas regiões você conseguirá visitar a pé a maioria dos pontos turísticos de Paris.

Se você quiser uma hospedagem em Paris perto das atrações, opte pelas áreas próximas ao Louvre, Torre Eiffel, Notre Dame ou Champs-Elysées, de um modo geral, mas os bairros de Le Marais e o Quartier Latin também são ótimas opções.

Já para quem quer uma dica de onde ficar em Paris barato e bem localizado, aqui vai: busque algo nas redondezas da Bastille e République.

Como saber em qual bairro de Paris o hotel fica?

Bom, você já sabe que a cidade é dividida em 20 regiões, mas deve agora estar se perguntando como saber em qual delas o hotel pretendido está, certo?!

Existe um truque muito simples para resolver esse “problema” e não escolher um lugar pensando que é outro: basta ver o número do CEP no endereço do hotel!

Todos os CEPs de Paris começam por 750 + o número do bairro, ou seja, se é 75001 é porque o hotel está localizado no 1º arrondissement, se é 75012 está no 12º e assim até o 20º. Simples, não?! Assim fica fácil saber onde ficar em Paris!

onde-se-hospedar-em-paris
As placas na rua já indicam em qual arrondissement você está!

Em nossa passagem mais recente pela cidade nos hospedamos no hotel Villa des Princes e o endereço dele é: 19 Rue Monsieur le Prince, 6º arr., 75006 Paris, França. Qual o bairro? Sim, o 6º (Saint Germain). Aliás, recomendo muito este hotel: moderninho, pequeno e muito bem localizado, um ótimo custo x benefício.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 210 países, e de voz para EUA, México, Canadá e Europa. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe o frete grátis

COMPRE SEU CHIP AQUI!

 

Onde se hospedar em Paris: quais os melhores bairros?

Isso é superpessoal, claro! Para mim, o melhor lugar para ficar em Paris é 5º ou 6º arrondissement, que compreendem o Quartier Latin e San German des Prés, mas também adoro 4º arrondissement, onde fica Les Marais… pensando bem, existem muitas regiões ótimas, é até difícil escolher e o que muitas vezes acaba ditando a escolha final do hotel é o preço, porque achar hotel com uma diária mais barata em Paris é bem difícil! 🙁

Como eu disse lá no começo do post, a grosso modo, eu indicaria ficar hospedado entre o 1º e 8º arrondissements, mas claro que isso não é rígido, pois, por exemplo, a região da Bastilha ou République, que está entre o 11º e 12º, também pode ser uma boa opção e eu mesma já fiquei lá mais de uma vez e gostei bastante.

Em nossa recente passagem pela cidade ficamos hotel Ibis Styles Paris République , que está no 10º, e gostamos muito. Simples (padrão Ibis, quem já ficou em um, sabe como é), mas bem localizado, com café da manhã e foi até um hotel barato em Paris, para o que ele oferecia.

Vamos então ao bairro a bairro, para você ter uma ideia melhor:

– 1º arrondissement

Como eu já disse, é o centro geográfico de Paris. Fica na margem direita (rive droit) do rio Sena e, estando ali, você poderá visitar a pé lugares como o Louvre, Jardin des Tuileries, museu Orangerie, Place de la Concorde, a superelegante Place Vendôme, Pont des Art, Palais Royalle, as rue de Rivoli e rue Saint Honoré e até mesmo caminhar pela Avenida Champs-Élysées até o Arco do Triunfo, ainda que ele faça parte de outro bairro.

Para quem está procurando hotel barato em Paris, já aviso que aqui vai ser difícil, pois é uma área supernobre. Hostels, até onde sei, não existem nessa região. Se você achar um bom, me avisa, ok?!

✓ Hotéis baratos em Paris
✓ Hospedagem em Paris com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis de Paris

Pesquise outros hotéis no 1º arrondissement de Paris

Onde ficar em Paris
Imagine conseguir uma hospedagem em Paris pertinho do Louvre?!

– 3º Arrondissement

É aqui que fica o Marais, bairro cool e gayfriendly de Paris, cheio de boutiques, ótimos restaurantes e bares da moda. Se está procurando um lugar onde ficar hospedado em Paris que seja perto de uma vida noturna bem animada, este é o bairro!

Entre as atrações que você poderá encontrar na vizinhança estão o museu Picasso e o museu Carnavalet, a Place des Vosges (tida com a mais bonita da Europa), a casa de Victor Hugo e, se gosta de fallafels, não deixe de comer um na rue des Rosiers.

Por que pulei o 2 arrondissement? É uma região segura e até muito bem localizada, mas o seu foco é mais business, tendo menos interesse turístico. Todavia, se achar algo bacana por lá, não descarte a possibilidade.

✓ Hospedagem boa e barata em Paris
✓ Hospedagem com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis

Pesquise outros hotéis no 3º arrondissement de Paris
Europa 2

– 4º arrondissement

Parte do Marais fica nesta região (sim, alguns bairros de Paris se espalham por 2 distritos diferentes) e é provavelmente uma das partes mais charmosas da cidade.

Aqui você poderá visitar, caminhando, o fantástico Centre Georges Pompidou, o Hôtel de Ville (não se trata de um hotel, mas da prefeitura de Paris, majestosa), a Catedral de Notre-Dame, a Saint Chapelle, a Île St-Louis…

✓ Hotéis baratos em Paris
✓ Hospedagem em Paris com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis em Paris

Pesquise outras opções de hotéis no 4º arrondissement de Paris

hospedagem em Paris
O Hôtel des Ville, que não é um hotel e sim a prefeitura de Paris. 😉
o-que-ver-em-paris
Notre Dame dispensa apresentações, não é?!

– 5º Arrondissement

Região que está na margem esquerda (rive gauche) do Sena e onde fica o Quartier Latin, bairro estudantil, cheio de livrarias fantásticas e onde está localizada a Sorbonne.

Para visitar, você tem o Panteão, o museu Cluny, Jardin des Plantes, Boulevard Saint-Michel… Além disso, é um bairro superboêmio e cheio de ótimos restaurantes, com preços bem acessíveis.

✓ Hospedagem boa e barata
✓ Hospedagem com bom custo x benefício em Paris
✓ Os melhores hotéis

Pesquise opções de hotéis no 5º arrondissement de Paris

roteiro de 7 dias em paris

– 6º arrondissement

Esta é a charmosa área de St. Germain des Prés, que já foi o ponto de encontro de intelectuais e boêmios. Ela foi toda revitalizada e tem muitos restaurantes, boutiques, galerias e alguns dos cafés mais famosos de Paris, como o Les Deux Magots, Café de Flore e Le Procope.

Como disse, ficamos hospedados nessa região em nossa última viagem e eu amei! Passear pelo Boulevard St. Germain é imperdível; além disso, ainda tem o Jardim de Luxemburgo, as igrejas Saint Sulpice e Saint Germain des Prés, a mais antiga de Paris.

✓ Hospedagem boa e barata em Paris
✓ Hospedagem com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis

Pesquise opções de hotéis no 6º arrondissement de Paris

café em Paris
Les Deux Magots, um dos cafés mais famosos de Paris fica pertinho do hotel Villa des Princes

– 7º arrondissement

É aqui que fica a atração mais famosa de Paris, quiçá do mundo, a Torre Eiffel. Por essa razão é fácil prever que a hospedagem neste distrito pode ser bem cara.

Outros lugares legais de visitar nessa região são o museu Rodin, Les Invalides (onde está o túmulo de Napoleão), o museu D’Orsay, o Museu de l’Armée, a Assembleia Nacional Francesa e, ainda, o museu du Quai Branly.

✓ Hospedagem boa e barata
✓ Hospedagem em Paris com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis
Roteiro em Paris
Quem resiste a esta clássica foto do carrossel com a Torre Eiffel logo atrás?!

Pesquise opções de hotéis no 7º arrondissement de Paris

– 8º arrondissement

Para quem quer bater perna pela charmosa Champs-Elysées, eis a sua região na cidade. Aqui o que não vai faltar são lojas renomadas e elegantes, restaurantes badalados e muita gente.

Para “turistar”, você terá o Arco do Triunfo (dá para subir nele) o Grand Palais, o Petit Palais, o Palácio Elysée (onde o presidente francês mora), a igreja da Madeleine, Parc Monceau e a Ponte Alexandre III.

Outra grande vantagem desta região é a Gare Saint Lazare, que é uma das principais estações de trem e de metrô de Paris, facilitando seu deslocamento para toda a cidade e ainda para fazer alguns bate e volta para lugares próximos.

✓ Hospedagem boa e barata em Paris
✓ Hospedagem com bom custo x benefício
✓ Os melhores hotéis

Aqui vale ressaltar que, por vezes, é possível encontrar hotéis superperto do Arco do Triunfo, mas que estão ou no 16º ou 17º arrondissement, como é o caso dos Stella Etoile e o Arc de Triomphe Etoile, por exemplo.

Pesquise opções de hotéis no 8º arrondissement de Paris

Arco do Triunfo de Paris

Onde ficar em Paris: quais os piores bairros para se hospedar?

Verdade seja dita que não existe um bairro realmente “pior”, mas… menos recomendados, digamos assim.

Por exemplo, Montmartre (18º arrondissement) é um bairro superturístico e gracinha, mas para ficar hospedado lá eu não sei se seria a melhor opção, pois ele fica distante de todas as demais atrações e nem sempre o transporte vai chegar até o seu hotel, o que te obrigará a muitas caminhadas, por vezes em ladeiras (mas se conseguir um pertinho de uma estação de metrô, ok!).

Por outro lado, é um bairro de vida noturna, cheio de sex shops e alguns pontos de prostituição, o que o torna um pouco vulnerável. Então, se você está em família, pode não ser uma boa opção; mas se você está a fim de cair na farra toda noite, aí será uma ótima escolha. 😉

Entre os principais pontos turísticos estão o Moulin Rouge, a Basílica de Sacré Coeur e a Place du Tertre.

✓ Hospedagem em Montmartre

Pesquise outras opções de hotéis em Montmartre

roteiro em Montmartre
Subindo a escadaria que leva até a Basílica de Sacré Coeur

Um lugar que não acho muito interessante para se hospedar em Paris é no 13º Arrondissement, pois é onde fica o bairro chinês. Ele tem pouco apelo turístico e é meio bagunçado.

Já os 16º e 17º são áreas bem grandes e residenciais – até bem bonitas -, mas um pouco fora de mão e com poucas opções de restaurantes (em especial o 16º). São mais indicados para quem está indo para a cidade pela 2ª ou 3ª vez e quer se sentir um pouco como se fosse morador.  No entanto, observe que, tecnicamente, o Arco do Triunfo fica no 16º, então, se conseguir um hotel ali perto, será ótimo!

Podendo evitar o 19º e o 20º, seria bom, pois são bairros bem menos interessantes e já muito nos limites da cidade.

Observe se o seu hotel fica perto das chamadas “Portas de Paris“, como a Porte de Clichy, Porte de la Villette, Porte de Montmartre…

Elas ficam em regiões limítrofes da cidade, portanto mais afastadas do centro e menos interessantes.

E, a não ser que seja uma questão de extrema necessidade de economizar, não fique fora dos limites da cidade, não apenas pela distância, mas porque eventualmente poderá parar em lugares nada interessantes.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Onde ficar em Paris perto do aeroporto Charles de Gaulle?

Se por acaso você precisa, por exemplo, pegar um voo muito cedo e quer já ficar hospedado próximo ao aeroporto, visto que ele é um pouco longe do centro, algumas sugestões boas ali pertinho são o Pullman Paris Roissy Cdg Airport, Ibis Styles ou o CitizenM..

Onde se hospedar em Paris perto do aeroporto Orly?

Embora o Orly seja mais próximo do centro da cidade, pode ser interessante se hospedar lá por uma noite e, neste caso, uma boa opção é o Novotel Paris ou Mercure Paris Orly Aéroportpois lá perto não há a mesma quantidade de ofertas, como no caso do Charles de Gaulle.

Mas atenção, ficar próximo aos aeroportos de Paris só vale a pena por uma noite, em caso de conexão longa ou horário de saída do voo. Não vale a pena se hospedar nessas regiões por vários dias, pois elas ficam longe da cidade e isso não é nada prático!

Resumo de onde ficar em Paris:

1. Se for a sua primeira vez na cidade, escolha um lugar entre 1º e 8º arrondissement;

2. Veja se há uma estação de metrô perto do hotel/hostel (quase com certeza sim, pois a cidade é bem servida nesse quesito);

3. Observe o cep do hotel para saber exatamente em qual arrondissement ele fica;

4. Selecionadas as opções de hotéis, leia críticas sobre eles, mas não as leve 100% a sério, pois o que é bom ou ruim para uns, pode não ser para você;

5. Se estiver indo para a cidade pela segunda ou terceira vez, ouse ficar num bairro menos turístico e mais residencial, assim poderá curtir um pouco o dia a dia de quem mora lá.

6. Preste atenção, pois por vezes um hotel fica oficialmente em outro arrondissement, que não entre o 1º e o 8º, mas muito perto de grandes atrações, como no exemplo que dei do Arco do Triunfo. Se perceber que ele fica bem pertinho, mesmo sendo o 15º, 17º ou outro arrondissement, pode valer a pena.

Abaixo, seguem alguns posts com mais dicas de onde ficar em Paris:

Não deixe de conferir todas as nossas dicas de Paris e dicas da Françae nem de verificar os ingressos e passeios, que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

guia de ParisAproveite para conhecer também o nosso guia, o “Roteiro de 7 dias em Paris e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia a dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotel Seguro viagem
chios de internet ingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

83 COMENTÁRIOS

  1. Olá! Quero te dá os parabéns pelo post, tem me ajudado muito. Irei pela primeira vez a Paris no ínicio de Janeiro e estava quase a desistir pelo medo de não saber onde ficar. Será uma viagem de casal e vamos conhecer o que der. Ficaremos 5 dias e optei por ficar onde você informou na zona 6º. Bom, é só para te agradecer mesmo. Achei bons os preços.

  2. Olá Ana, vou a Paris pela 2ª vez, 5 dias com o meu marido e filha de 12 anos, mas vou ficar pelo Airnbn perto de Versalhes,sei que se respira bem pois é uma zona sossegada e verdejante, pois vou para Orly. Sabe que tipo de passe posso usar uma vez que quero fazer o passeio de barco no sena o dia todo, visitar a DISNEY e andar pela zona da Opera e galerias lafayete e centro da cidade. Obrigada

    • Terá que comprar o que vai até a zona 5, que é onde fica a Disney. O Ticket t+ não dá direito a Versalles e nem Disney, que seria a opção mais em conta, então, no seu caso, acho que o Mobilis é o mais indicado. Em dias só entre Paris e Versalles compre para zona 4 e dia de Disney compre até a zona 5, ou a passagem do trem separadamente. Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here