Paris com bebê

Paris foi o primeiro destino europeu da nossa #TuristaProfBaby. Começou bem, não?!

Para quem pensa que viajar com bebê é um estresse, está enganado. Quanto menores são, mais tranquilo é, ainda que exijam alguns cuidados redobrados e um bom planejamento, mas nada que possa ser usado como desculpa para não sair de casa.

Como é uma viagem para Paris com bebê?

Cheguei a ler em alguns lugares que Paris não era uma cidade amigável para crianças, muito menos para bebês, mas, sinceramente, acho que tais afirmações são um pouco exageradas. Para os que viajam com crianças maiores, não vi qualquer inconveniente. Aqui no blog temos até um post escrito por uma amiga minha que viajou com a filha de 3 anos, o “Paris com criança“.

Já com bebês, de fato existem alguns inconvenientes, mas nada absurdo e eu viajaria de novo para lá com nossa baby sem problema.

paris com bebê

– Nos transportes públicos

Neste quesito você pode ter ou não problema, dependendo do tipo de transporte que escolher.

Pensou em Paris, pensou em metrô, certo?! Bom, para quem viajar para lá com bebê, ou melhor, com o carrinho do bebê, precisa saber que a grande maioria das estações não tem elevador e nem mesmo escada rolante. A acessibilidade é bem reduzida, fato!

Como estávamos em dois, cada um pegava num lado do carrinho e subíamos ou descíamos as escadas (às vezes são muitas). Dependendo do modelo do carrinho, ele pode não passar pelas catracas de entrada da estação, mas não se preocupe: em todas elas há um portão mais largo para que quem está com malas grandes, cadeirantes ou carrinhos de bebê possam passar. Se esse portão for em frente ao guichê de venda de ticketes, basta fazer um sinal pedindo para abrir, caso não, há um interfone, então, toque e espere que abram. Mas, em ambos os casos, não esqueça de validar a sua passagem. Para grandes distâncias, mesmo com esses inconvenientes, o metrô continua sendo a melhor opção.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Já se a ideia é percorrer distâncias menores, ou fazer um passeio sem pressa, aconselho a pegar ônibus, porque esses, sim, são preparados para os bebês e, de quebra, você ainda vai admirando a beleza da cidade. No meio do ônibus (em frente à porta de saída) há uma área para “estacionar” os carrinhos, mas para isso há uma regra: só podem viajar 2 carrinhos abertos, se o seu for o terceiro, deverá ir fechado, então, ao meu ver, espere o próximo ônibus. Você deverá entrar pela porta da frente para validar a sua passagem, mas se o seu modelo for grande, o motorista abre a porta de trás. Nesse caso, deixe o carrinho travado e vá validar a passagem. É bem tranquilo, inclusive para entrar e sair, já que os ônibus têm o piso baixo.

dicas de paris

Para quem quiser táxi, saiba que os motoristas não podem se recusar a levar um passageiro com bebê. A criança viaja no colo dos pais, pois no caso dos táxis não é obrigatório o uso da cadeirinha (mas se você for alugar um carro, é) e, o carrinho, ou vai no porta-malas ou no banco da frente.

☛ Leia também: Paris: dicas de viagem e roteiro para quem vai a primeira vez

– Nos restaurantes

A maioria dos restaurantes é apertadinho, então, em muitos casos o carrinho terá que ficar fechado em algum lugar que o garçom irá te dizer, mas uma opção é pedir para retirar uma das cadeiras da mesa e estacionar o carrinho ali (isso se for um modelo pequeno/médio).

De um modo geral, fomos bem atendidos em todos os que entramos, sem qualquer cara feia, como havia lido. Inclusive em um deles, o Hippopotamus, trouxeram livrinho de colorir para ela e foram muito simpáticos. Nesse havia opção de menu infantil, cadeirão e até trocador no banheiro (apenas no feminino). Uma dica é tentar ir sempre em restaurantes de rede, pois neles é quase certo você encontrar tudo isso, já em bistrôs e restaurantes mais requintados, esqueça! Veja algumas boas opções aqui!

restaurante paris bebê

– Nas ruas e calçadas

Paris tem uma coisa muito boa: a cidade é quase toda plana. Claro, tem Montmartre, que é um sobe e desce só, mas, em geral, caminhar empurrando um carrinho não é um problema, além disso, as calçadas estão em bom estado, dificilmente apresentando algum tipo de obstáculo.

dicas paris

– Nas atrações

Neste aspecto a cidade está bem preparada, pois em geral há rampas (até mesmo por causa de cadeirantes) e elevadores.

Uma grande vantagem para quem está com o carrinho de bebê é que muitas vezes acabamos evitando muita fila, como foi o nosso caso no Louvre, pois tivemos prioridade para usar o elevador e isso nos poupou muito tempo. Mas atenção, não são todas as atrações que dão prioridade e existem as que não se pode entrar com carrinho, como é o caso das catacumbas (nem guardar eles guardam), então, tenha sempre uma segunda opção de passeio, caso haja algum imprevisto desse tipo.

dicas de paris

viagem com bebê

– Alimentação

Caso seu bebê já coma, saiba que é fácil comprar papinhas prontas. As principais marcas são: Nestlé, BabyBio, Hipp e Blédina, e você encontra, por exemplo, no Monoprix. Diferente do Brasil, não se vende papinhas em farmácias, apenas em mercados.

comida de bebê Paris

Outra opção é comprar frutas frescas. Já se você pensa em preparar a comida, terá que cogitar se hospedar em um apartamento de temporada, que tem cozinha, pois em hotéis dificilmente encontrará facilidades para isso.

Pesquise opções de hospedagem em Paris aqui!

– Amamentação em público

Amamentei muito nossa filha em público (restaurantes, museus, praças, ônibus, táxis…), até porque com 5 meses ela praticamente só mamava no peito e quase toda hora. Achei a situação tranquilíssima! Em absolutamente nenhum lugar me senti constrangida ou percebi olhares reprovadores. Claro que sempre que podia procurava um lugar mais discreto ou me posicionava de costas para as pessoas, mas apenas para manter o momento mais reservado e não por ser impelida a isso.

amamentando em Paris

– Hotel

Nesta nossa viagem ficamos hospedados no Mandarim Oriental, logo, não preciso dizer que foi tudo perfeito. Eles nos receberam com muito carinho! No quarto tinha um lindo berço de madeira, brinquedinho, produtos para bebê e até um pijaminha.

paris frança

Durante o café da manhã eu pedia sempre um pouco de água quente para preparar o mingau que ela estava começando a comer. Mas se já fosse maiorzinha, tinha um monte de coisas no buffet que poderíamos oferecer.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Na hora do banho, ou dávamos no chuveiro ou na banheira inflável que sempre levamos nas viagens. Se você pretende viajar bastante com o seu bebê, esse pode ser um bom item para levar na mala, pois é leve, pequenos e prático!

mala de viagem para bebê

– Como o povo recebe seu bebê

Neste quesito tivemos uma surpresa positiva, pois fomos super bem recebidos em todos os lugares e volta e meia alguma pessoa na rua ou no transporte público parava para brincar com ela, perguntava quanto meses tinha ou exclamava: “très jolie!”. Claro, não vou dizer que é o povo mais festeiro do mundo quando vê um bebê, mas definitivamente não posso reclamar de nada.

roteiro paris

Portanto, se você tem um bebê e Paris está nos seus planos de viagem, vá sem medo, pois agora já sabe um pouco do que te aguarda.

Não deixe de conferir todas as nossas dicas de Paris e dicas da Françae nem de verificar os ingressos e passeios que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

guia de ParisAproveite para conhecer também o nosso guia, o “Roteiro de 7 dias em Paris e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá,
    Vou para Paris em julho e meu bebe estará com 9 meses…. Dá para usar o carrinho de bebê em todos os lugares que formos?
    Dá para subir na torre Eiffel para almoçar também com ele? Sabe se Versalhes é tranquilo usar o carrinho?
    Obrigada!

    • Sim Rita. O único lugar que me lembro que não dá, é nas Catacumbas, de resto sim. Já sobre Versalhes, nunca fui com a baby, então, não sei, mas imagino que não tenha problema. Boa viagem!

  2. Oi Ana, se vc preparar papinhasem casa p levar
    p os passeios vc consegue esquentar n microondas? Nos restaurantes? Teve alguma dificuladade com isso ou vc sempre comlrava papinha pronta?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here