Agora você pode trazer queijos, salames e outros alimentos do exterior

Você quer saber se pode trazer queijos, salames e outros alimentos do exterior?

Simples: pode, é só trazer!

O que antes era proibido – aliás, para mim sem nenhum sentido além de reserva de mercado brasileiro – agora foi liberado.

A ideia da proibição seria proteger a agropecuária no Brasil, do tipo não trazer problemas para a produção, doenças, sei lá.

Segundo as autoridades, o trabalho de inspeção e o controle evita a entrada de pragas que possam causar danos ao meio ambiente.

Mas, convenhamos, um bom e maravilhoso queijo da Serra português ou um queijinho francês fedorento e delicioso não vão trazer problema nenhum para a produção daqui, né?

baguetteTá vendo o recheio? Agora você pode trazer para o Brasil!!

O governo agora liberou para que viajantes e tripulantes tragam produtos de origem animal em suas bagagens, obviamente seguindo algumas regras.

Mas, esta notícia é maravilhosa para que viaja bastante – como nós – e adora estes produtos maravilhosos que encontramos em diversas partes do mundo: queijos, salames, doces de leite…

Hummm… nunca mais ter problemas para trazer doce de leite da Argentina? Nunca mais ter problema para trazer queijos de Portugal?

queijo da serra

Os produtos que agora estão autorizados são os seguintes, de acordo com os grupos:

  • Produtos cárneos industrializados: produtos esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne etc., destinados ao consumo humano;
  • Produtos lácteos industrializados: doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão etc;
  • Produtos derivados do ovo: ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada etc;
  • Pescados: salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente;
  • Produtos de confeitaria: mesmo os que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição;
  • Produtos de origem animal para ornamentação (tá, não sei muito bem o que é isso, se alguém souber, favor me contar. Seriam penas, por exemplo?).

Quem tomou esta decisão foi a ministra Kátia Abreu, do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), neste dia 10 de maio de 2016, através de uma Instrução Normativa.

Luis Rangel, que e o secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, esta liberação só não ocorria por falta de regulamentação. Com esta medida, também, haverá melhorias na fiscalização, que terá seu foco agora em produtos de maior risco para a agricultura e pecuária nacionais.

Aproveite e leia também:

Segundo o secretário: “Apenas os processados de origem vegetal eram liberados. Fizemos o alinhamento aos procedimentos internacionais de trânsito de bagagens. Isso não trará nenhum prejuízo para a defesa agropecuária.”

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 20% DE DESCONTO ATÉ DIA 15/07

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom FERIAS e ganhe mais 15%.


Regras para ingresso destes produtos no país

Pode trazer na mala, mas os produtos devem:

  • estar acondicionados em sua embalagem original de fabricação, com rotulagem que possibilite a sua identificação;
  • ter o limite de 5 quilos de produtos por pessoa (no conjunto).

Leia mais: Ministério da Agricultura

Então, agora, aproveite e nos fale sobre os achados que você fizer!

Boas viagens!

ATUALIZAÇÃO em 15/10/16:

Alguns leitores nos procuraram dizendo que, mesmo com a Lei, eles tiveram seus queijos apreendidos. Alguns, inclusive, sendo maturados.

Então, fomos procurar a Lei original, a qual disponibilizo em pdf, para quem quiser os detalhes, no link abaixo:

O mesmo pdf pode ser encontrado na internet neste link.

E, em contato com os Auditores Fiscais Federais Agropecuários do Serviço de Vigilância Agropecuária do MAPA, pelo Instagram, fiz algumas perguntas sobre essa questão (em uma das imagens) e obtive alguns direcionamentos, os quais copio com os prints abaixo:

importação de queijos

trazer queijos do exterior

importar queijos

Para além do print, aqui está o link da imagem onde fiz o comentário e obtive a resposta:

Quem quiser ficar inteirado a respeito, sugiro seguir o Instagram deles, que foram muito solícitos nas respostas: @affa.vigiagro.dsrj

Por fim, como podem ver, a questão não é simples. Mesmo com a Lei, eles acabam fazendo o que acham que é certo na hora de revistar a sua mala. Sugiro ter a certeza de que o queijo é de “Longa Maturação”.

Mas, para além de queijos, outros produtos podem ser importados. Veja a relação na lei inserida anteriormente.

Abraços, e boas compras a todos.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

53 COMENTÁRIOS

  1. Estava em viagem pela Europa e, muito alegre com a notícia da liberação da entrada de determinados produtos alimentícios no Brasil, comprei dois queijos, no Cantinho Regional da Serra da Estrela, no Shopping Amoreiras, em Lisboa.
    Caríssimos e deliciosos.
    Embalei-os conforme orientação do decreto e cheguei a Belo Horizonte, já pretendendo fazer convite a alguns amigos para uma degustação acompanhada de vinhos portugueses. Passei pelo radar da Alfândega e fui encaminhada para o posto do Ministério da Agricultura. Lá, para meu pasmo e consternação, os queijos foram detidamente examinados COM LUPA, depois de terem retirada a embalagem plástica, e como eram feitos de LEITE DE OVELHA CRU, foram recolhidos e incinerados. Os fiscais têm uma lista de produtos e me informaram que somente queijos DE MASSA COZIDA ou PASTEURIZADOS podem entrar no País. Quase chorei de desapontamento, além do grande prejuízo amargado. Fiz a compra no cartão de crédito – que ainda vou pagar. Estou partilhando a minha experiencia desapontadora, porque, pelo visto, nem tudo são flores no universo do sofrido turista brasileiro.

    • Bom dia , eu acabei de voltar de viagem e tive meus queijos apreendidos , apesar de estarem dentro das embalagens e sem danos. Não me informaram nada , apenas me confiscaram e me deram uma cartilha que pouco informa. Vi alguem que questionou os procedimentos dos fiscais neste site e teve a seguinte resposta ; http://www.consultaesic.cgu.gov.br/busca/dados/Lists/Pedido/Item/displayifs.aspx?List=0c839f31-47d7-4485-ab65-ab0cee9cf8fe&ID=503926&ContentTypeId=0x0100AE261DF45E46AD47A7DEBCBDF8776B88

      leiam é interessante, pois tenho a impressaõa que a tal normatina 11 de 10 de maio de 2016 é interpretada pelos fiscais como lhes convem.

      • Cara Sheila,
        Ridícula essa resposta do Médico Veterinário Fabrício Delgado Vidal, FFA. Falou, falou e nada justificou. Bem, agora pergunto eu: Para que uma instrução normativa se nem eles mesmo sabem que produtos podem ou não entrar no país? Pior, fica a critério de um fiscal aduaneiro que tudo decide na hora? No final da resposta, fica clara que continua o protecionismo da indústria alimentícia brasileira, que digamos, muitas delas de qualidade duvidosa, cometem os maiores absurdos contra nós cidadãos brasileiros. Eventualmente uma ou outra sofre uma pequena punição, mas continuam no mercado cometendo os mesmos absurdos dos quais foram punidas. Para que não pensem que eu estou dizendo asneiras, peguem um mesmo produto alimentício fabricado no Brasil e na Europa e vejam a diferença.
        No fundo, continuamos na mesma. Ficamos à mercê da in(competência) do fiscal aduaneiro. Será que essa tal Instrução Normativa deveria ter sido publicada pelo Ministério da Agricultura? Tenho minhas dúvidas!

      • Oi Denise, agora todos passam pelo radar( como pra sair), depois de passar pelo controle de passaportes temos que colocar tudo na esteira e eles marcam as malas que devem ser abertas; eu tinha 3 e so uma foi marcada eles so abrem aquela. Tive sorte, tinha queijos, presunto defumado, saucisson, etc mas estavam numa sacola térmica tipo sacola de tecido e ele levantava tudo e nao pegou ela; os patês e fois gras em latas e vidros passou, mas a pessoa que estava do meu lado teve tudo aberto e ungido com detergente!!! queijos, saumon fumé, etc!!! um estrago!!! vai saber , ele disse que o veterinario é que decidia!!!

    • Passei pela inspeçao este sabado e havia uma montanha de queijos da serra apreendidos. Segundo a inspetora, nao podem entrar pq sao queijos de maturaçao prolongada… ???? A instruçao normativa 11, K, diz que pode!!! Acho que a posiçao da VIGIAGRO é abusiva…

  2. Boa noite, eu so italiano, moro no Brasil e adoro esse Pais. A vezes porem, fico sem paravas quando eu vo ler certas coisas :”queijos DE MASSA COZIDA ou PASTEURIZADOS podem entrar no País” AI EU GOSTARIA DE SABER E APRENDER QUAL SOM OS QUEIJOS que vale a pena comprar ITALIANOS FRANCES O GREGOS PARA NAO FALAR DOS PORTUGUESES O DOS ESPANHOLS que som fabricados com leite pasteurizados o cozidos? Obrigados para quem pode me dar esclarecimentos.

    • Olá! Tudo bem? Estou indo para a Itália, e gostaria de saber se você sabe se posso entrar com comida congelada na Itália. É que meu filho tem alergia alimentar e pretendia levar a comida dela congelada. Você acha que consigo entrar com a comida?

      • Até onde sei, não pode, mas informe-se com a companhia aérea ou com o consulado italiano. Boa viagem!

  3. Acabei de voltar de portugal e tambem tive meus quijos apreendidos, querida catarina aproveite este seu blog que e um canal de grande audiencia principalmente para quem gosta muito de viajar e espalhe esta noticia, NAO ESTA liberada a e trada de queijos e chouricos, na verdade esta lei é um grande chamariz para as pessoas trazerem tudo e quando chegarem, terem seus produtos apreendidos, a maioria das pessoas nao sabem o que e queijo de longa maturacao e mesmo que seja quem determina o que e longa???quanto tempo 3, 4, 5,meses … ninguem sabe por isso ficam com o que quiserem, eu estava achando muita moleza essa nova lei, mas nao é bem assim como esta sendo divulgado, vi queijos lacrado a vacuo serem apreendidos e salames com mais de 3 meses de cura tb ficarem presos, eu passei pela experiencia e fiquei indignada, pedi para inutilizarem o queijo na mi ha frente e eles dizem que nao podem que sera icinerado depois, fiz questao de destruir o queijo com minhas proprias maos e causei um escandalo no aeroporto, todos deveriam fazer isto. Faca esta infotmacao ser divulgada para seus leitores. Obrigada e boas viagens!!!!!

    • Elizabete, na lei tem uma longa lista com tudo o que pode entrar, para os interessados, vale a pena ler cada artigo e até mesmo imprimir a lei levar na mala, para ter certeza se está acontecendo ou não algum tipo de arbitrariedade. Você não teve sorte, mas temos conhecimentos de muitas outras pessoas que entraram sem qualquer prejuízo, eu mesma, por exemplo. Mas obrigado pelo seu relato, que é bem importante para nós e demais viajantes.

  4. Isso é maravilhoso, vou trazer fois gras pro ano todo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Posso trazer sementes de legumes, tipo nabo de nancy, ruibarbo, peonias etc? Valeu pelo artigo, faz 40 anos que eu trago comida escondida, rs rs rs (eu e a torcida do corinthians) !!!!

  5. Galera, uma coisa até ajuda, va no final da reportagem onde diz “Leia mais, ministerio da agricultura”, a normativa esta toda la, eu vou imprimir e levar comigo, pois até iogurte pode. O negocio é todo mundo imprimir a lei e começar a falar grosso na chegada e fazer escandalo no aeroporto, se a coisa ficar viral eles vão se cansar de nos roubar (vamos e venhamos que eles adoram apreender).

    • É exatamente isso Fabiana! Hoje mesmo meus pais chegaram de Portugal e não tiveram qualquer problema, pois trouxeram apenas o que a lei nova permite. Eles viram, mas nada puderam fazer. Infelizmente, o ideal é mesmo imprimir a lei levar consigo na viagem, 🙁

      • Oi Ana Catarina, embarco para o Brasil em breve, gostaria que me tirasse uma dúvida! Posso levar esse bacalhau que compramos a granel, tipo aquele do pingo doce, devidamente embalado, se não, qual posso levar? Desde já agradeço aajuda.

  6. Obrigada Ana, vamos divulgar e compartilhar em nossos faces, porque infelismente no Brasil a coisa so anda com mexican soap drama, vamos deixar um pouco a “fina” de lado e defender o nosso realzinho mal tratado.

  7. tem que se ter cuidado, pois o pessoal da saúde sanitária, parece não saber o que se pode trazer, pois no dia 03 de setembro de 2016, regressei de Portugal e trouce salpicão industrializado, e resultado: fiquei sem nada, alegaram que tinha que ser cozido.

  8. Oi Ana Catarina,
    Vou esta semana, ia levar uns queijos e salames, mas agora lendo aqui já estou em dúvida.
    Você sabe me dizer se todos passam por raio x, e por isso detectam e encaminham para averiguação?
    Ou é aleatório?
    Grata.

  9. Olá,

    É lamentável o que vou dizer, mas trazer qualquer coisa que seja de comida ou bebida, por mais que haja uma suposta lei de permissão, é simplesmente uma falsa chamada para que nossas coisas fiquem na Alfândega! É uma espécie de encomenda de produtos internacionais que os tais auditores pegam para eles. Não vou correr esse risco. Já disse aqui: não me peçam vinhos, nem pasteis de nata, nem queijos, nada! Infelizmente, é o preço que se paga se não quisermos alimentar as despensas dos auditores que supostamente incineram (kkkkkk, vocês realmente acham que isso acontece?).

    Triste! Brasil sendo Brasil.

  10. Ola,
    aprenderam salmão defumado também e na lei está escrito que é permitida a entrada de pescados “defumado eviscerado”.

    Não deveria ser permitido??

  11. Me chama a atenção um fato nesses relatos. A ausência de questionamento ao MPF acerca da conduta dos agentes de fiscalização. Ora se a suspeita de conduta ilícita por parte desses servidores, por que ninguém toma as devidas medidas legais?

  12. Essa reportagem dando conta de que é possível entrar no Brasil com o Serra da Estrela não condiz com a realidade. Acabei de ter meu queijo Serra da Estrela retido na entrada no Brasil. Uma vergonha passar por isso. Vocês têm que rever isso para não orientar erroneamente seus leitores.

    • Walter, todos os dados do que pode ou não pode trazer estão no post e na portaria anexada ao texto, bastava dar uma olhada (há indicações de embalagem, tempo de curagem……). No mais, eu mesma já entrei várias vezes com queijo da Serra sem problemas, inclusive, bem recentemente, portanto, não há informação errada aqui. O que tem acontecido com frequencia é o azar de alguns (como talvez tenha sido o seu) de pegar agentes que nem sempre cumprem o que diz a portaria ou passageiros que não trazem as coisas que lá estão especificadas.

  13. Boa tarde, mas para trazer devemos colocar na mala de mão ou na mala que despachamos?

    Em maio viajei para Europa e trouxe bastante coisa na mala grande, mas a minha mala foi extraviada e os queijos chegaram na minha casa estragados. Presunto parma se manteve. Inclusive minha mala foi aberta e o cadeado quebrado, mas deixaram as coisas lá. Estou indo novamente e não sei o que fazer, mala de mão ou mala gde?

    Obrigada

  14. Olá, ou fazer uma viagem pra suica pra um congresso e gostaria de trazer chocolates. Achei a legislação omissa quanto a isso, qual é o limite que posso trazer? Família muito cheia de chocólatras kkkk

    • Para chocolate não sei se há uma quantidade específica, mas por via das dúvidas, não ultrapasse 12 unidades.

  15. Apesar dos comentários sobre apreensão de queijos, trouxe agora em outubro de 2017 queijos da europa na mala despachada, chegando por Brasília. Como não precisei passar pela máquina de Raio-X ao chegar em Brasília, fiquei com meus queijos sem problemas!

  16. Ana, uma duvida, volto da Holanda em 2 semanas e estou levando salames, vc menciona que sempre esses itens deve ir na bagagem despachada, mas uma duuvida, quando vc faz o e-dbv vc declara esses itens?

  17. Acabei de voltar da Europa e o chato de trazer queijo é que de qualquer forma vc terá que abrir a mala para mostrar o queijo e ver se passa pelos critérios (que são muitossss), achei muito desgastante e dá proxima prefiro nem trazer os queijo. Tb me deram um folheto em espanhol aiaia…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here