20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul

Quais são os principais pontos turísticos da Coreia do Sul é o que vamos te mostrar hoje.

Trazemos aqui 20 pontos turísticos em diversas cidades da Coreia do Sul, para que você, em seu planejamento, não fique somente em Seul.

É verdade que a Coreia do Sul, em geral, não está na lista de destinos prioritários do turistas, mas confesso que o país nos surpreendeu.

Adoramos, nos sentimos bem, seguros, impressionados com a mistura entre as tradições milenares e a tecnologia, os hábitos e a cultura bem diversa da nossa.

Se você está planejando um roteiro de viagem pela Ásia, faça como nós: aproveite a viagem e visite diversos países, já que é bem longe e caro.

Neste sentido, que tal conhecer um pouco mais sobre a Coreia do Sul e, por que não, inseri-la em seu roteiro?

Pensando nisso, preparamos esta lista com 20 pontos turísticos da Coreia do Sul, atrações às quais você não pode perder quando visitar o país.

VIAJE SEGURO => Seguro Viagem Internacional – como fazer?

viagem para Seul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Descubra um [antigo] mundo novo na Coreia do Sul

20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul

Nós já contamos pra vocês o que fazer em Seul, mas acredite: a Coreia do Sul tem vários pontos turísticos incríveis!

E o melhor: são ainda pouco conhecidos dos turistas ocidentais. Em geral, você ai encontrar poucos ocidentais, mas muitos turistas orientais por lá. Os coreanos até te olham com curiosidade… rs

Mas saiba que lá existe uma das civilizações mais antigas do mundo, com tradições milenares e construções históricas que se mesclam com perfeição com a arquitetura moderna, a tecnologia de ponta, praias e parques de diversão… Curioso?

Então, siga a leitura e conheça 20 desses pontos turísticos. Aqui vamos te mostrar:

  1. Parques da Coreia do Sul
  2. Gyeongbokgung e demais Palácios de Seul
  3. Bukchon Hanok Village (Seul)
  4. Riacho Cheonggyecheon (Seul)
  5. Namsan Seoul Tower (Seul)
  6. Ilha de Jeju
  7. A Zona Desmilitarizada (DMZ)
  8. Praias da Coreia do Sul
  9. Gamcheon Culture Village (Busan)
  10. Templo Haedong Yonggung (Busan)
  11. Conjunto de Templos de Gyeongju
  12. Daereungwon Tomb Complex (Gyeongju)
  13. Caminhada na Ilha Saryangdo
  14. Seoraksan National Park (Sokcho)
  15. Templo budista Sinheungsa (Sokcho)
  16. Templo Tap-Sa no Maisan Provincial Park (Jinan)
  17. Parque Nacional de Jirisan
  18. Festival de Lama de Boryeong
  19. Phoenix Snow Park (Pyeongchang)
  20. Fortaleza de Hwasong (Suwon)

 

1 – Parques da Coreia do Sul (em cidades diversas)

Aqui, na verdade, não temos apenas uma atração da Coreia do Sul, mas uma dica de vários pontos turísticos do país, que são os seus parques de diversões.

Talvez justamente algumas das atrações mais concorridas da Coreia do Sul sejam os seus parques… existem inúmeros e incríveis parques espalhados por todo o país.

Eles têm até um parque dedicado ao cocô, acredita?? É o PooPoo Land.

Um dos mais conhecidos é o Everland, que nada mais é do que o 3º maior parque temático do mundo, que tem, dentro de seus limites, um grande zoológico e muitos brinquedos e montanha-russa.

Outro que achei incrível foi o Lotte World, simplesmente o maior parque indoor do mundo! Um parque quase todo coberto! Dentro de sua fantástica construção a gente encontra um imenso parque de diversões, shopping centers, hotéis de luxo, uma ilha artificial, cinemas, a maior pista de patinação no gelo do pais, o Lotte World Aquarium e muito mais.

Veja uma pequena lista com mais alguns parques da Coreia do Sul:

  • Seoul Land
  • Gyeongju World
  • Petit France
  • E-World
  • Eco Land Theme Park
  • Seoul Children’s Grand Park
  • Jeju Loveland – Parque dedicado ao sexo na Ilha Jeju

Se você quiser saber detalhes de cada um, confira o post que fizemos sobre os Parques da Coreia do Sul.

Confira => Passeios em Seul e arredores

Seul com crianca - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Lotte World, o maior parque indoor do mundo

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 10% de desconto com o cupom TURISTAPRO5, é só clicar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


2 – Gyeongbokgung e demais Palácios de Seul

Mais um item que, em realidade, são diversos pontos turísticos de Seul: seus palácios.

Existem diversos palácios em Seul, mas se tivesse que escolher um, o principal, seria o Palácio Gyeongbokgung.

Visita obrigatória em Seul, o Palácio Gyeongbokgung tem mais de 600 anos e foi uma das residências da família real na dinastia Joseon (1392-1910), sendo utilizado como local de descanso do Rei e da família real.

Com uma área total de 495 mil m², o palácio sofreu destruições e reconstruções nesses 6 séculos de idade.

Sendo construído em 1395, tendo, à época, mais de 7 mil quartos, sofreu com um incêndio nos anos 1500 e ficou quase 300 anos abandonado. Em 1867, porém, foi reconstruído pela Dinastia Joseon (1392-1897).

Se não bastasse isso, o palácio ainda foi destruído pelo Japão no começo do século XX.

Finalmente reconstruído como era originalmente, é um dos pontos turísticos de Seul mais visitados, e o maior palácio real da capital coreana.

Ah, um aspecto interessante da visita é ver as pessoas, em geral mulheres, vestindo tradicionais trajes típicos coreanos para fazer sessões de fotos.

Mas, como dissemos, existem outros Palácios Reais em Seul, grande parte construído durante a mesma Dinastia Joseon.

São 6 Palácios Reais em Seul:

  • Gyeongbokgung
  • Changdeokgung
  • Deoksugung
  • Changgyeonggung
  • Gyeonghuigung
  • Jongmyo Shrine 

Este último é um templo, um santuário que tem como principal atração um Jardim Secreto.

Vale a pena => Em Seul: Passeio de Ônibus Hop-On Hop-Off 1 e 2 dias

O que visitar em Seul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Nós no Gyeongbokgung em Seul

Sobre hotel em Seul:

Nosso hotel em Seul foi o President Hotel, muito bom, ótimo custo benefício e bem em frente à prefeitura. Dá pra fazer muita coisa  a pé e é super fácil pegar transportes.

Mas, se quiser ver outros para comparar, procure aqui o seu hotel em Seul.

3 – Bukchon Hanok Village (Seul)

Esse ponto turístico da Coreia do Sul também fica em Seul e, pra quem quer conhecer um pouco da história e tradição arquitetônica da Coreia do Sul, é simplesmente imperdível.

Era neste vilarejo – localizado entre os palácios Gyeongbokgung, Changdokkgung e o santuário Jongmyo – que, durante a Dinastia Joseon, moravam os funcionários de alto escalão do governo e da nobreza.

O ambiente de cerca de 600 anos foi inteiramente preservado com seus becos, moradias, escadas, ladeiras e atmosfera única.

Atualmente, a Bukchon Hanok Village abriga, além das residências de muitos moradores de Seul, restaurantes, galerias de arte, lojas de chás e cafés.

Para você ter uma ideia de como é legal, uma pesquisa da prefeitura de seul (de 2011) mostrou que essa era a 4ª melhor atração turística de Seul para os visitantes, recebendo mais de 300 mil turistas anualmente.

Nós ajudamos nesse número… 🙂

Imperdível => Excursão de 1 dia pela cidade de Seul e opção de vila folclórica de Nanta

Bukchon Hanok Village Seul 1 - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Uma das casinhas centenárias perfeitamente preservadas

4 – Riacho Cheonggyecheon (Seul)

Um riacho em Seul é uma atração turística??

Sim, se você conhecer a história dele! Eu simplesmente AMEI conhecer!

Ele antes de 2005, quando foi revitalizado, era em partes um esgoto a céu aberto e em partes subterrâneo, coberto pelo concreto da cidade grande. Como acontece com praticamente todos os rios urbanos no Brasil, não é?

Mas ele foi revitalizado, ressurgindo da escuridão e se transformando em um lindo rio urbano de águas límpidas, com mais de 10 km de extensão, com peixinhos, áreas arborizadas, local para passeio, passarelas, cascatas, espaços de lazer, descanso e adornado com esculturas e obras de arte.

E isso bem no centro de Seul! Simplesmente INCRÍVEL!

Confira => Passeios em Seul e arredores

dicas de Seul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
É IN-CRÍ-VEL o que eles fizeram, revitalizando esse rio no meio da cidade…. que inveja!!

5 – Namsan Seoul Tower (Seul)

Conhecida também como N Seoul Tower, a torre de cerca de 237 metros de altura transmite, de Seul, sinais de comunicação para toda a Coreia do Sul.

Sua presença na cidade é imponente, vista de diversos pontos de Seul, ficando ainda mais linda à noite, com sua iluminação especial.

Para os turistas, a torre – aberta ao público em 1980 – oferece ainda uma vista de 360º para a cidade de Seul.

E, ainda, outra atração são os Cadeados do Amor, comuns  em pontes por outros cantos do mundo, só que ali são presos nas grades da torre. Eles simbolizam a união de casais apaixonados, que prendem o cadeado e jogam fora suas chaves, simbolizando o amor eterno.

São milhares de cadeados!

Quem sabe você não sela também o seu amor por lá? Existem até vendedores nos arredores.

Leia também: Dicas de Seul (o seu guia completo)

N Seoul Tower - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
A N Seoul Tower com sua iluminação noturna

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


6 – Ilha de Jeju

Um dos principais pontos turísticos da Coreia do Sul é a Ilha de Jeju, pra onde vão muitos coreanos, aproveitando os voos baratos vindos de Seul.

A ilha fica no extremo sul da Coreia do Sul, sendo uma ilha vulcânica com praias e paisagens com crateras e pedras de lava.

É lá que fica o Monte Hallasan, um vulcão inativo com 1.950 metros de altitude bem no centro da ilha e que é o ponto mais alto da Coreia do Sul.

Ele é palco de caminhadas e trekkings, para quem gosta de ecoaventura.

Mas, um bônus: as antigas erupções do Hallasan formaram um sistema de tubos de lava que se assemelham a cavernas. Chamado de Geomunoreum, nesse complexo  encontra-se a caverna Manjanggul, com 7 quilômetros de extensão.

E, outra atração da Ilha de Jeju é o Parque Jeju Loveland (já citado lá em cima), um parque inteiro dedicado ao amor e ao sexo (não para “fazer” sexo, mas um parque de diversões cujo tema é o sexo).

ilha de jeju - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Halla Mountain na Ilka de Jeju – Foto Wikimedia

7 – A Zona Desmilitarizada (DMZ)

Essa é, definitivamente, um dos principais pontos turísticos da Coreia do Sul.

A DMZ é a conhecida Zona Desmilitarizada, a região que fica entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul. É desmilitarizada, mas é TENSA… rs

Apesar do nome, é a fronteira mais fortificadas do mundo.

Mas é possível conhecer em alguns dos DMZ Tours, que custam em média de U$50 por pessoa, quando você pode ver a fronteira em si, ir a um mirante de onde se vê as torres com as bandeiras dos dois países e, de quebra, visitar um antigo túnel militar, da época da guerra, que unia os dois países por baixo da terra.

Se quiser saber exatamente como foi o nosso passeio, tudo o que vimos e mais detalhes, veja nosso post sobre a Zona Desmilitarizada da Coreia.

Confira => Empresas que fazem o passeio para a DMZ

turista profissional - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Nós com a Turistinha em frente à estação de trem Dorasan, na DMZ.

8 – Praias da Coreia do Sul

Sim, é verdade, existem muitas boas praias na Coreia do Sul, sabia?

E elas ficam absolutamente lotadas durante o verão. Claro, os coreanos aproveitam a estação do calor, já que o inverno e bem rigoroso por lá.

Entre os locais e praias mais famosos da Coreia do Sul, estão:

Praia de Sokcho

A cidade de Sokcho fica a cerca de 160 km de Seul, cerca de 2 horas de carro alugado ou ônibus.

A Praia de Sokcho tem águas cristalinas margeadas por uma areia branquinha.

Além da praia de mesmo nome da cidade, em Sokcho tem outras atrações e outras praias lindas, então, para quem gosta, é um destino interessante.

Em Sokcho há dois grandes lagos que se ligam ao Mar do Japão: Yeongrangho e Cheongchoho.

Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português.

CLIQUE AQUI E CONFIRA.


Praia de Naksan (em Yangyang-Gun)

Outra praia famosa da Coreia do Sul fica na cidade de Yangyang-Gun, a qual está a cerca de 155 km de Seul.

Aliás, a cidade de Yangyang-Gun está a apenas 15km de Sokcho. São duas vizinhas.

A Praia de Naksan é ideal para aproveitar com a família, também com águas limpas, cristalinas, e uma ótima infraestrutura para turistas.

Praias em Em Gangneung-Si

Seguindo o litoral do Mar do Japão, logo após Yangyang, a gente chega a Gangneung-Si, cidade litorânea que também tem ótimas praias.

Lá você encontra praias como a Anmok Beach, a Gyeongpo Beach, a Jumunjin Beach e muitas outras.

Praias de Busan

Em Busan, cidade a 330 km de Seul, também tem diversas praias, como Gwangalli, Haeundae e Songjeong.

E, acredite, não são somente essas, a Coreia do Sul ainda tem muitas praias balneáveis em seu extenso litoral.

praias da coreia do sul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Gwan-an-ri Beach em Busan. – Foto: Daniel Lee

9 – Gamcheon Culture Village (Busan)

Falando em Busan, essa famosa cidade do país tem alguns dos melhores pontos turísticos da Coreia do Sul.

Um deles é a Gamcheon Culture Village, um vila localizada no alto de um morro feita de milhares de casinhas coloridas.

Localizada em local bem íngreme, a Vila Gamcheon – que para mim, sem desmerecimento, parece uma favela brasileira colorida – ela já foi chamada de “Santorini da Coreia” ou ” Machu Picchu de Busan”.

Mas o fato é que, com ruas e vielas tortuosas como labirinto, as casas super coloridas – que foram restauradas – e uma boa infraestrutura turística, este é um ponto turístico da Coreia do Sul que, se você estiver em Busan, não poderá deixar de ir.

Apesar de ser bem estruturada para receber turistas, lá você viverá uma imersão na cultura coreana, com comidas típicas e artesanato.

Ache aqui o seu hotel em Busan

Gamcheon Culture Village - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Gamcheon Culture Village – Foto de bryan…

10 – Templo Haedong Yonggung (Busan)

E, continuando em Busan, outra atração da cidade que tem que estar em seu roteiro é o Templo Haedong Yonggung.

Esta atração é uma surpresa, porque, diferentemente dos outros templos da Coreia, que em geral são construídos nas montanhas, ele está na costa, à beira do mar.

Ele foi construído pela dinastia Goryeo, em 1376, ricamente decorado, rebuscado, colorido e ornamentado com diversas estátuas de Buda feitas em ouro.

Pela sua localização privilegiada, ele costuma ser um dos locais mais concorridos em Busan para ver a passagem do Ano Novo, onde as pessoas fazem seus votos e ficam até o dia raiar para apreciar o nascer do sol.

Aproveite => Passeios em Busan, Coreia do Sul

templo busan - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Templo em Busan à beira mar – Foto: cezzie901

11 – Conjunto de Templos de Gyeongju

Gyeongju fica a uma hora de Busan, se você estiver de carro alugado. Para quem quer conhecer a Coreia a fundo, sua história, sua cultura, seus tesouros… essa cidade é imperdível!

Entre os séculos VII e IX, Gyeongju foi a capital do Reino de Silla (57 a.C – 935 d.C), então ela tem uma importância histórica incrível.

Por conta disso, diversos monumentos foram erguidos e ainda hoje estão lá preservados.

Desta forma, uma vez lá, não deixe de conhecer, entre seus diversos pontos turísticos:

> o Templo de Bulguksa – simplesmente o templo mais antigo da Coreia do Sul!

> o Palácio Donggung (Anapji) – às margens da lagoa artificial Wolji , de 674 d.C.

Ache aqui os melhores hotéis em Gyeongju

Bulguksa temple korea - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Templo Budista Bulgusksa, na Coreia do Sul – Foto: Roderick Eime

12 – Daereungwon Tomb Complex (Gyeongju)

E é em Gyeongju que  está um dos mais incríveis pontos turísticos da Coreia do Sul, que é o Daereungwon Tomb Complex.

O local é um complexo de tumbas de reis, rainhas e nobres da alta classe do antigo reino de Silla.

Existem 23 túmulos, entre os quais os principais são o Hwangnamdaechong e o Cheonmachong.

A Tumba Cheonmachong, que foi escavada em 1973, consiste em um caixão de madeira colocado dentro de uma câmara subterrânea com pedras e terra, caracterizada como uma tumba típica de classe alta do período Silla.

Ela é incrível, com uma altura de 12,7 m e um diâmetro de 50 m, e é constituído por uma camada de rochas recolhidas em riachos.

Abaixo da camada rochosa encontra-se uma câmara de madeira com 6,5 m de comprimento e 2,1 m de largura, atingindo 2,1 m de altura, com o caixão de madeira no centro.

E grandes descobertas foram feitas dentro da tumba, cerca de 11.526 artefatos, incluindo Cheonmado, uma obra de arte considerada altamente valiosa, pois é a primeira obra de arte da Coreia a ser escavada de uma tumba antiga.

Busan: Aula de culinária tradicional coreana para pequenos grupos

pontos turisticos da coreia do sul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Daereungwon Tomb Complex – Foto: Caroline et Louis VOLANT

13 – Caminhada na Ilha Saryangdo

Mais uma ilha ao sul da Coreia, em Tongyeong… aliás, o sul da Coreia do Sul é um litoral super recortado, com milhares de pequenas ilhas, algumas mais habitadas e urbanizadas do que outras.

Ela é conhecida pela longa caminhada – cerca de 5 horas – ao longo da grande montanha que domina a ilha, passando por escadarias, pontes, subidas e descidas, com um visual de tirar o fôlego.

Essa caminhada vem com uma dose extra de adrenalina, com escalada para cima / para baixo / sobre rochas, ‘trilhas’ estreitas com quedas em ambos os lados, pontes suspensas unindo picos escarpados e descidas de escada e corda que farão seu coração disparar.

Veja este hotel na ilha: Saryangdo Dandihae Pension

Ilha Saryangdo Coreia do Sul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Uma das passarelas da Ilha de Saryangdo – Foto: Flickr

14 – Seoraksan National Park (Sokcho)

Já falamos acima das praias de Sokcho, cidade a cerca de 160km de Seul, no litoral do Mar do Japão.

Mas nem só de praias vive Sokcho, mas também de montanhas, matas, templos e muito mais.

Lá você vai encontrar, por exemplo, o Parque Nacional de Seoraksan. No parque você vai encontrar montanhas, trilhas, cachoeiras e vistas lindíssimas para o mar. É lá que se encontra a 3ª maior montanha da Coreia do Sul.

Ele é um dos locais mais preservados da Coreia, com uma grande variedade de fauna e flora nativos, sendo até considerada, pela UNESCO, Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade.

Veja aqui os melhores hotéis de Sokcho

parque nacional coreia do sul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Seoraksan National Park – Foto: Tasmanian.Kris

15 – Tempo budista Sinheungsa (Sokcho)

E aí, fechando sua visita a Sokcho, além das praias e de uma imensa área natural, vale também visitar o Templo Budista Sinheungsa.

E será fácil, porque este templo se situa nas encostas de Seoraksan, dentro do Parque Nacional de Seoraksan.

O templo foi construído em 1648 sendo, sendo hoje um ponto turístico da Coreia do Sul bastante popular.

Lá se encontra o Buda da Grande Unificação, um Buda em bronze dourado de mais de 14 metros de altura e que fica no topo de um pedestal de mais de 4 metros.

Esta estátua representa o desejo de reunificação do país pelo povo sul coreano e, diz-se, dentro dela (ela é oca) estão três peças do sari do Buda , restos coletados após sua cremação – doados pelo governo de Myanmar – e o Tripitaka, que são as escrituras budistas originais.

Aproveite => Saindo de Seul: Excursão a Seoraksan, fortaleza e bronze gigante de Buda

buda gigante coreia do sul - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
O Grande Buda da Unificação – Foto: Chris and Katie Howell

16 – Templo Tap-Sa no Maisan Provincial Park (Jinan)

A cerca de duas horas de carro ao sul de Seul (195 km) encontra-se Jeonju, de onde você poderá partir visitar o Parque Nacional Maisan, situado no condado de Jinan.

Maisan’ significa ‘Montanha da Orelha de Cavalo’, que são imensas pedras – semelhantes a duas orelhas de cavalo – feitas de algum tipo de rocha vulcânica semelhante a pedra-pomes com imensos buracos.

E entre as ‘orelhas de cavalo’ formadas pelas montanhas do parque, situa-se um dos mais bonitos e incomuns templos da Coreia do sul, o Tap-Sa.

Este templo têm milhares de mini torres de pedras empilhadas por todo canto. Tudo se iniciou com o Lee Gap Yong, um leigo que passou 30 anos (de 1885 a 1915) empilhando pedras para formar imensos pagodes de pedra.

Mesmo sem nenhuma argamassa, apenas empilhando as pedras, 80 desses pagodes existem até hoje, inclusive dois imensos, os principais. Outros foram construídos pelos curiosos que visitavam o templo.

De Seul: viagem de um dia à vila de Jeonju Hanok

templo tap sa coreia - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Os grandes pagodes de pedras empillhadas do Templo Tap-Sa, na Coreia do Sul – Foto: theaucitron

17 – Parque Nacional de Jirisan (sul da Coreia do Sul)

Jirisan é a 2ª montanha mais alta da Coreia do Sul, com  1.952 metros, perdendo só pra montanha na Ilha de Jeju, o que faz dela a montanha mais alta na parte continental.

O Jirisan National Park foi o primeiro parque nacional na Coreia do Sul, sendo formado em 1967 e é também o maior parque nacional do país.

A montanha é visitável durante o ano todo, mas é no verão e no outono que fica mais cheio, com coreanos e outros turistas em buscas de suas 10 vistas panorâmicas e seus 7 templos budistas.

jirisan national park - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Templo no alto da montanha Jirisan – Foto: Kyle Magnuson

18 – Festival de Lama Boryeong (Boryeong)

Boryeong (também chamada de Daecheon) é uma cidade situada a oeste do país, no litoral do Mar Amarelo, a 150 km de Seul.

É nesta cidade que acontece um dos festivais mais famosos da Coreia do Sul, o Festival de Lama!

O festival ocorre todos os anos em julho e, segundo eles mesmos…

“O Brasil tem o Carnaval do Rio e a Espanha tem La Tomatina, mas e a Coréia? Que bom que você perguntou! Temos algo ainda melhor: o Boryeong Mud Festival“.

A cidade ferve durante o verão coreano, com milhares de pessoas tomando banho de lama enquanto assistem show de música, brincam em um parque aquático à beira do mar, usam produtos de beleza… tudo à base e na base da lama.

Ah, claro, uma lama limpa, especial e com propriedades terapêuticas!

Hotéis em Borueong (cidade do Festival de Lama)

festival de lama - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Boryeong Mud Festival – Festival de Lama – Foto: Jirka Matousek

19 – Phoenix Pyeongchang (Pyeongchang)

Na verdade, há muito mais do que um Parque de Neve e um Parque de Águas.

O Phoenix Pyeongchang é um complexo de resort com o Phoenix Snow Park, hotéis e condomínios, Phoenix Country Club e Phoenix Blue Canyon.

Phoenix Snow Park foi designado como um dos locais para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. São 21 pistas para todos os níveis de dificuldade.

E o WaterPark Blue Canyon é um parque aquático temático com piscinas de lazer, com vários salões e instalações de diversão, tendo uma parte indoor e outra externa, escorregadores, rios e águas termais saudáveis para qualquer pessoa com pele sensível, de crianças a adultos.

Saindo de Seul: Tour pela estação de esqui Yongpyong (com pacote de esqui opcional)

estacao de esqui na coreia - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Phoenix Stnow Park, local de competições do snowboard e esqui alpino nos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, na Coreia do Sul. Foto: Abelardo Mendes Jr

20 – Fortaleza de Hwasong (Suwon)

Suwon fica a 30 km ao sul de Seul e é a capital da província de Gyeonggi-do, onde fica Seul – sendo que, a capital do país foi separada da província em 1946, tornando-se uma cidade especial.

A Fortaleza de Hwaseong (ou Hwasong) foi construída entre os anos de 1794 e 1796 pelo Rei Jeongjo da Dinastia Joseon e tornou-se Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1997.

As muralhas têm 6 quilômetros de uma construção maciça super preservadas, envolvendo parte da cidade e com torres de observação e vigia, bastiões para armas de fogo, farol, portas secretas, casamatas, postos de comando e outros.

Mas Suwon ainda tem uma surpresa: ela é a sede da Samsung. A empresa nasceu em Seul em 1938, mas a Guerra da Coreia fez com que suas atividades fossem paralisadas e fundar a “Samsung Electronics” em 1969, em Suwon.

Melhores hotéis de Suwon

Hwasong fortaleza - 20 Pontos Turísticos da Coreia do Sul
Suwon Fortress – Foto: Jason Reibold

Ufa!, viu quanta coisa dá pra se fazer pela Coreia do Sul? Não é a toa, pois o país é secular e com uma história incrível, que faz parte da própria história da humanidade!

São realmente inúmeros pontos turísticos da Coreia do Sul, então, não precisa ficar só em Seul.

Planeje sua viagem para a Coreia escolhendo algumas destas atrações. Veja aquelas que são mais próximas uma das outras e aproveite a ida para visitar mais de uma.

Dica extra: Seguro Viagem Internacional

Nós temos indicado a todos para contratar um seguro viagem internacional quando for viajar para fora do Brasil. Sabemos que nem sempre é uma prática comum, mas existem alguns motivos fortes e grandes vantagens em contratar um seguro viagem.

É preciso pensar que não estamos livres de contratempos, como algum problema de saúde, algum acidente, ou mesmo a perda de bagagens e outros.

Um seguro viagem pode te ajudar em qualquer destes casos. Com um seguro, por exemplo, se acontecer algo de saúde você poderá ser atendido por um médico ou clínica particular, sem depender de hospital público em nenhum lugar do mundo!

Além disso, o valor é muito, mas muito baixo. O custo x benefício, neste caso, é muito vantajoso.

Cotação de Seguro Viagem com Desconto

Passagens aéreas internacionais

Se você está buscando passagens aéreas internacionais, se liga nesta dica!

Procure sua passagem em um comparador de passagens aéreas, porque ele vai te dar  as melhores passagens em todas as companhias aéreas ao mesmo tempo!

É muito, mas muito fácil de achar a melhor passagem e de fazer a compra, inclusive parcelada!

Pesquisar passagens aéreas internacionais

Boa viagem!

Deixe um comentário