Home / Portugal / Coimbra / Quinta das Lágrimas em Coimbra: o cenário da história de amor entre Inês e Pedro

Quinta das Lágrimas em Coimbra: o cenário da história de amor entre Inês e Pedro

Existe um ditado popular que diz assim: “agora Inês é morta”, no entanto, o que a maioria das pessoas não conhece é a linda e trágica história de amor por trás dessa expressão.

Foi durante o século XIV que aconteceu em Portugal uma clássica história digna de ser imortalizada por Shakespeare, pois trata-se de um “Romeu e Julieta” lusitano.

Pedro era o filho do rei de Portugal, herdeiro do trono, e Inês uma aia que veio acompanhando a princesa espanhola D. Constança Manuel, futura esposa de Pedro. Mas, por acidente do destino, Pedro I e Inês de Castro acabam se apaixonando e iniciando um romance, dando início a um grande drama político.

ines e pedro

O rei não teve outra alternativa a não ser mandar exilar Inês no castelo de Albuquerque, na fronteira castelhana. Mas, apesar da distância entre o casal, o amor entre eles não se desfez. Algum tempo depois D. Constança faleceu durante o parto e então, viúvo, Pedro fez com que Inês regressasse e foi viver com ela na Quinta das Lágrimas em Coimbra, causando um grande escândalo na corte.

Coimbra dicas

dicas Coimbra

Juntos, Inês e Pedro tiveram quatro filhos, o que só agravava a situação política e o desagrado popular. O pai de Pedro tentou de diversas maneiras separar o casal, tentou inclusive arrumar um novo casamento para o príncipe, que recusou veementemente. Então, pressionado pela corte, o rei D. Afonso IV manda que executem Inês de Castro, para dar fim ao problema de uma vez por todas.

Foi durante uma viagem de caça de D. Pedro que o assassinato aconteceu. Reza a lenda que foram as lágrimas derramadas por Inês durante a sua morte que deram origem à Fonte dos Amores, localizada nos fundos da Quinta das Lágrimas, e a todas as lendas que envolvem essa história.

o que fazer em coimbra

o que visitar em Coimbra

Há ainda um fato bem curioso sobre essa história. Me lembro de que, quando eu era criança e ia brincar na Quinta das Lágrimas, existia um senhor bem velhinho que cuidava do jardim e gostava muito de contar a história de Inês. A minha parte favorita era quando ele chegava até à beira do pequeno lago que há lá e mostrava uns fungos vermelhos no fundo, jurando piamente que era o sangue dela que tinha ficado ali durante todos estes séculos. Lendas à parte, o fato é que estes ditos fungos já foram estudados por cientistas de diferentes universidades e, até onde se sabe, eles existem apenas ali nessa pequena parte do lago. Mistério!

o que ver em coimbra

Com a morte de Inês, aparentemente, a história do casal teria fim, mas na realidade, ela só estava começando. Algum tempo depois o próprio rei faleceu, tornando-se Pedro, então, o novo rei de Portugal. Após ser coroado, ele iniciou uma caçada aos assassinos de Inês, mas dos três algozes, ele só conseguiu capturar dois. Não satisfeito, Pedro, em uma última homenagem ao seu grande amor, mandou que desenterrassem Inês, que a vestissem com os trajes reais e a coroou rainha, mesmo depois de morta, obrigando que toda a corte beijasse a mão daquela que tanto desprezaram. Por isso a frase que até hoje persiste, pois diziam para ele: “Pedro, agora Inês é morta!”. Tal atitude só ajudou a aumentar a aura lendária em torno dessa história, que foi imortalizada pelo poeta Camões.

quinta das lágrimas coimbra

Depois disso, mandou que construíssem no Mosteiro de Alcobaça um magnífico túmulo onde seus restos mortais descansam até hoje. Ao visitar o mosteiro hoje em dia, é possível ver os dois túmulos, um em frente ao outro, para que, segundo a lenda, «possam olhar-se nos olhos quando despertarem no dia do juízo final.»

Para quem quiser conhecer o cenário dessa linda história de amor, não deixe de visitar a Quinta das Lágrimas em Coimbra. Hoje a propriedade tornou-se um hotel e, com algumas mudanças que foram feitas no local, acabou por perder uma boa parte da atmosfera misteriosa que tinha até há alguns anos, mas, ainda assim, é bom caminhar pelo jardim e ir até a beira do lago, tentando imaginar os fatos que ocorreram ali há mais de 650 anos.

Dizem os ditos populares que a alma de Inês ainda percorre os jardins a procura de Pedro, quem sabe você não a encontra?!

dicas de coimbra

Embora o palacete da Quinta hoje funcione como um hotel de luxo e não seja aberto para visitar, é possível dar uma escapada e ir até a frente dele para tirar uma foto na escadaria da entrada. Outro destaque é o jardim medieval que foi recentemente feito lá.

Informações úteis:

Endereço: Rua António Augusto Gonçalves, Coimbra

Como chegar:

Horário: de 3ª-domingo das 10h-19h

Preço: 2 euros

Site: http://www.quintadaslagrimas.pt/

E na hora de começar a organizar o seu roteiro, não deixe de ler todas as nossas dicas de Coimbra e dicas de Portugal, conhecer o nosso “Roteiros de 7 dias em Lisboa e Arredores” e nem de verificar os ingressos e passeios (a partir de Lisboa ou do Porto) que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

Boa viagem

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Mahone Bay, Nova Scotia

9 cidades pequenas no Canadá que você precisa conhecer!

Você quer viajar, mas ainda não sabe para onde ir? O Canadá é um país …

10 Comentários

  1. Mariana G.

    Esse tipo de história só faz aumentar minha vonta de conhecer certos lugares!
    Mto bom o post, adorei!!

  2. Mariana G.

    oops, *vontade de conhecer.. rs

  3. Cristiane Mota

    Linda história!

  4. Emely

    Olá Ana, tem como ver a Fonte das lágrimas? Vou em Portugal em dezembro e queria muito conhecer este lugar.

    • Ana Catarina Portugal

      Claro, está aberta para quem quiser visitar. Boa viagem!

  5. Valeria Cristine

    Adorei saber toda a história de Ines e Pedro! So conhecia as passagens retratadas por Camoes em os Lusiadas. FIquei com vontdae de voltra a Coimbra ! Ah o Mosteiro de Alcobaça é lindo!!!!!!

  6. Diana

    Mesmo sendo um hotel, eh possível visitar os jardins e a fonte, a qualquer dia/horário?

    • Ana Catarina Portugal

      Sim, está aberto a visitação normalmente. Boa viagem!

  7. Maria Ferreira de Jesus

    Fiquei simplesmente apaixonada pela história da Inês e Pedro. Gostaria muito de poder um dia conhecer Portugal, é um lugares que me fascina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *