Rota Verde do Café no Ceará

Lendo o título a “Rota Verde do Café no Ceará” provavelmente você pode estranhar. Afinal, o Ceará é conhecido turisticamente pelo seu litoral, suas lindas praias, sol e calor o ano inteiro.

Mas, sim, o estado também tem serras, como o Maciço do Baturité, com sítios arborizados e plantações de café por entre as grandes árvores.

Ali, é possível visitar um Ceará totalmente diferente do tradicional, fazer passeios aos sítios, aprender sobre o ciclo do café, acompanhar a colheita e ouvir muitas histórias de antigamente.

Não embarque sem um bom seguro viagem, mesmo no Brasil! Cote aqui com desconto!

A Rota do Café Verde – Ceará

A Rota Verde do Café é um projeto capitaneado pelo SEBRAE do Ceará, em Baturité. São quatro os municípios que fazem parte da Rota Verde do Café, todos localizados no Maciço de Baturité, a cerca de 100 km da capital, Fortaleza:

  • Baturité
  • Mulungu
  • Guaramiranga
  • Pacoti

E fazem parte da Rota Verde do Café os sítios:

  • Sitio São Luis
  • Sitio São Roque
  • Sitio Águas Finas e
  • Sitio Floresta
  • Nosso Sítio

Além dos sítios, outros locais também fazem parte:

  • o Mosteiro dos Jesuítas
  • o Museu Estação Ferroviária de Baturité (REFSA)
  • Antiquário Santa Demolição
  • Vale da Biodiversidade

Os sítios e demais estabelecimentos abrem suas porteiras e os visitantes podem entrar nas suas casas centenárias, observar a cultura e histórias envolvidas na produção do café.

Uma viagem ao tempo.

Café do Ceará

O Maciço do Baturité

No Maciço de Baturité, Ceará, existe uma Área de Preservação Ambiental (APA) de 32.690 hectares. Essa enorme área verde encobre a serra de Baturité e apresenta uma grande variedade de fauna e flora. Ele está a cerca de 100 km com acessos pela BR-020 com CE-253, CE-065 ou CE-060.

Veja aqui opções de hospedagem na Serra do Baturité

Por que Rota Verde do Café?

Lá no Maciço do Baturité o café é um “Café de Sombra” (ou Café Sombreado), ou seja, ele é cultivado abaixo das árvores, à sombra da mata. Desta forma, ele se protege do sol intenso e o solo permanece sempre adubado, rico em nutrientes, por conta das folhas das árvores e da palha do próprio cafezal.

Isso contribui para a preservação ambiental da Serra, sem prejudicar a plantação. O café é de ótima qualidade, é um café puro, 100% arábica, e livre de aditivos químicos. O sistema é sustentável e gera preservação ambiental, emprego e renda!

Rota do Café Verde no Ceará
Tá vendo essa mata? O café é plantado abaixo dela!

A nossa visita à Rota do Café Verde

De Fortaleza fomos direto conhecer a Rota Verde do Café! Fomos conhecer dois dos sítios que ainda produzem o café como antigamente.

Sítio Águas Finas

Nossa primeira parada foi em Guaramiranga, a uma distância aproximada de 105 km de Fortaleza, no Sítio Águas Finas.

Desde 1939, a Família Uchôa dá continuidade ao trabalho de seu patriarca, José Castelo Uchôa. Eles são produtores do café UCHÔA – café de origem 100% arábica, de montanha e cultivado na sombra das ingazeiras. No Sítio Águas Finas o café é colhido de forma seletiva, ou seja, apenas os grãos maduros são colhidos.

Café Uchôa na rota verde Ceará

Fomos recebidos pelo Coronel Francisco Uchôa e toda sua equipe, com direito, claro, a degustação do café por eles produzidos e seus quitutes.

Para quem é… assim… ‘viciada’ em café como eu, foi uma experiência dos deuses. Que café! E destaque para o bolo de banana com café!

Rota Verde do Café no Ceará

Mas a grande atração do sítio não é somente a degustação do café. Fomos conhecer a trilha do café. Percorremos aproximadamente 1500 metros em uma boa e linda caminhada no meio da Mata Atlântica, onde você revive a história do café e seus atrativos naturais.

O cafezal se expande terra adentro e vamos seguindo, guiados pelo Coronel Uchôa e o famoso seu Chiquinho, um encanto de pessoa, cheio de humildade e sabedoria, nos contando detalhadamente e com muito amor sobre a produção do café. Ao longo deste passeio, conhecemos o café desde a florzinha até a xícara.

Ceará Rota Verde do Café

Entre subidas e descidas, somos bombardeados de informações sobre a Rota Verde do Café, dadas pelos guias e por placas informativas, além de aromas e sons nativos.

Sons nativos?!? Não somente estes… numa breve parada para respirarmos, demos as mãos, meditamos um pouco, e eis que surge um som no meio da mata… uma apresentação de flauta! Pasmei!!! Linda, com aquele cenário, então… nossa… Amei!

O que fazer no Ceará

Missão cumprida – e muito bem cumprida, já que o sítio tem como meta, conforme palavras do Coronel, “encantar os turistas numa imersão no mundo do café, com muita paixão e paciência”.

Uma observação: quando você for, não se esqueça de ir com roupas e calçados adequados. Não recomendo para pessoas com dificuldade de locomoção, mamães e papais com crianças de carrinho (vai no colo ou no canguru). A trilha é bem íngreme, cheia de altos e baixos e obstáculos naturais.

Informações Úteis:

  • Endereço: Acesso pela CE 356 – Guaramiranga.
  • Horário de Funcionamento: Segunda a domingo e feriados – Trilhas às 10h, 11h30min, 13h30min e 15 horas.
  • Valor das visitas: R$ 35,00 (era 25,00 a partir de dezembro vai para 30,00)
  • Contatos: (85) 3221-1226 – casaraodosuchoa@hotmail.com
  • Site: https://cafeuchoa.negocio.site/

o que fazer no Ceará Café

Sítio São Luis

Nossa segunda parada foi no Sítio São Luís, um instituto cultural e histórico, localizado em Pacoti, no Ceará. Fomos recebidos pela Laura, uma das integrante da família, que nos explicou tudo sobre a fazenda e seus atrativos, como a bela arquitetura, a antiga produção de café e as ações atuais do Instituto Cultural e Histórico.

Sítio São Luís Ceará

Não tem como não se encantar pela história do sítio contada pela Laura, passada de geração para geração. A Casa do Sítio São Luís, na primeira escritura que faz referência a ela, datada do séc. XVII, dizia que era “uma casa grande construída de tijolo, cercada de colunas de alvenaria, com cinco portas de frente”.

o que ver no Ceará

A idade da casa, ninguém sabe ao certo, calcula-se de 150 a 160 anos, construída com uma mistura de arisco e cal cru utilizada como argamassa, feita para durar mesmo, com características muito simples para época, de baixo custo e manutenção.

Entrar naquela casa te faz voltar no tempo e se indagar como naquela época foram capazes de construir algo com uma arquitetura ímpar, confesso ser um dos locais mais bonitos que já visitei.

Como pôde ser construído já que nem estradas existiam? Imagina a produção manual de cada tijolo utilizado, o entalhar das madeiras utilizadas em seus telhados e portas, tudo que foi utilizado em sua construção foi produzido ali mesmo no sítio.

Ceará Rota do Café

Com varandas por todos os lados da casa, telhado em madeira, seus enfeites de ferro, e seus arcos, é um cenário paradisíaco. Para quem gosta de tirar fotos, fica uma excelente dica.

Mas não poderia deixar de dar como dica também, além da sua beleza e história, o fantástico café servido por eles. Tudo preparado ali mesmo na hora: café, pães, geleias, ricota… com muito carinho, na cozinha da casa.

Rota do Café Verde

Cozinha, aliás, que é outro cenário de destaque, com seu lindo fogão a lenha, panelas de barro, tachos de cobre, sem contar a mistura dos aromas e cheiros… pena que a receita do bolo ela não dá, é segredo de família guardado a sete chaves.

rota verde do café no Ceará

Atualmente, produzem uma pequena quantidade de café, são integrantes da rota pela sua história e beleza.

Mas, mesmo que não tenham grande produção comercial de café, vale a pena a visita.

Informações úteis:

  • Funcionamento: abre para visitação turística aos sábados e domingos, das 10 às 17 horas.
  • Visitas guiadas: as visitas guiadas acontecem em dois horários: pela manhã às 11 horas e na parte da tarde às 17 horas.
  • Custos: Visita com café: R$ 35,00 / Somente visita: R$ 20,00 / Somente café: R$ 25,00
  • Contatos: (whatsapp): 85 987290099 – Laura / 85 996226029 – Cláudia / 85 996865700 – Renata
  • Site: facebook.com/institutositiosaoluis

Como você pode ver, o Ceará tem muito mais do que belas praias. A história rica desta região da Serra do Baturité e da Rota Verde do Café tem que entrar no seu roteiro pelo Ceará!

Boa viagem!

O blog Turista Profissional viajou a convite da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), em parceria com o blog Papo de Turista.

👉 Leia também: 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here