Roteiro de 10 dias na Itália (norte e centro)

A Itália é dos destinos “sonho de consumo” de muita gente e não é para menos, pois o país é de fato lindo, cheio de história e arte, com gastronomia e vinhos de primeira.

Neste roteiro de 10 dias (testado e aprovado), como o tempo é pouco para o muito que há para visitar, vamos focar no norte e centro do país, começando por Milão e terminando em Roma, mas, claro, você poderá fazê-lo em ordem inversa.

A ideia é que o roteiro seja todo feito de trem, pois o carro em alguns lugares pode ser um inconveniente, como em Veneza e Roma, mas sinta-se a vontade para escolher a sua melhor opção de transporte.

Para saber como funcionam os trens na Itália, não deixe de ler o post: “trens italianos: como usar o site da Trenitalia” (na minha opinião e experiência, não há qualquer necessidade de comprar passagens online, pois chegando lá você compra de véspera ou na hora, sem risco de não conseguir).

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Roteiro de 10 dias na Itália

DIA 1

Embora Milão seja uma cidade grande, a parte turística e que mais agrada aos turistas é pequena e basicamente toda concentrada, o que facilita que seja facilmente visitada em um dia (ou até uma tarde) e a pé. Ela poderá ser a sua opção de base para hospedagem por duas noites (opções aqui).

O que visitar: Duomo, Galeria Vittorio Emanuelle II, Piazza della Scalla (Teatro La Scalla), Pinacoteca de Brera, Castelo Sforzesco, Cenacolo Vinciano, Quadrilátero de Ouro…

Leia:

dicas de milão

DIA 2

Se ainda houver algo que queira muito visitar em Milão use a manhã ou o fim do dia para fazê-lo. Quem sabe umas comprinhas?! Mas reserve o dia – ou boa parte dele – para subir as montanhas e ir visitar o lindíssimo Lago di Como, que é o terceiro maior da Itália. De trem até lá você não irá demorar mais do que 50 minutos.

Como chegar: pegue o trem na estação Cadorno em Milão e desça na estação Como Nord Lago.

Leia:  Roteiro de 1 dia em Como

dicas da itália

DIA 3

Hoje é dia de dar adeus a Milão e pegar o trem rumo à Verona, a famosa cidade de Romeu e Julieta. A viagem até lá demora entre 1:20h e 1:55h e os preços variam entre 11,65 € e 21,50 €, dependendo do tipo de trem que irá pegar.

Chegando na estação de Verona deixe sua bagagem no guarda volumes (super seguro) e vá explorar a cidade. No final do dia pegue o trem e siga direto para Veneza, onde poderá passar as próximas 2 ou 3 noites (opções de hotel aqui). Este trecho de trem levará 1:10h ou 2h e custará algo entre 8,55 € e 19 €.

Como chegar em Verona: pegue o trem na estação Milano Centrale e desça em Verona Porta Nuova.

O que visitar em Verona: Piazza Brà, Arena, Piazza delle Erbe, Casa de Julieta, Piazza dei Signori, Torre dei Lambertini, e os túmulos medievais dos Scaligeri, Castelvecchio, Duomo, Giardino Giusti (um jardim do século XVI), Museo Archeologico,  Teatro Romano…

Leia: Roteiro de 1 dia em Verona (detalhado e com mapa)

Como chegar em Veneza: pegue o trem na estação Verona Porta Nuova e desça em Venezia Santa Lucia

>>> Seguro viagem Itália (tem que fazer?) <<<

roteiro de 1 dia em Verona

DIA 4

Como você já dormiu em Veneza, hoje deixe o seu dia inteiro para bater perna por esta pequena e singular cidade. Ela parece um labirinto, mas nem por isso tenha medo de se perder por suas vielas, pontes e canais, pois isso é visitar Veneza de fato.

O que visitar: Rialto (sua ponte mais famosa), Piazza San Marco, Basílica di San Marco, Palazzo Ducale, Museo Correr, Campanário, Torre dell’Orologio, Palazzo Ducale, Ponte dos Suspiros, Galeria dell’Accademia, Colezzione Peggy Guggenheim, Museo Correr…

Leia:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

DIA 5

Veneza é uma cidade que ela é, em si, a grande atração, então, ainda que você não entre em nenhum dos museus indicados, não se sinta culpado, pois o melhor está mesmo quase todo ao ar livre. Portanto, em um dia (ontem) você consegue ver tudo.

Hoje você tem a opção de visitar alguns dos lugares que não conseguiu ir ontem, mas eu aconselharia a se dedicar a conhecer as pequenas ilhas ao redor de Veneza, que são Murano, Burano e Torcello.

Outra opção é tirar o dia para conhecer alguns lugares próximos, num bate e volta rápido, tais como: Pádua, Vicenza, Bassano del Grappa, Treviso ou até mesmo Bologna.

Dependendo da sua opção de hoje e, portanto, do seu possível grau de cansaço, você pode dormir ainda esta noite e partir amanhã cedinho para Florença, ou poderá pegar o trem de noite e já dormir lá, o que eu acho que seria vantajoso, mas analise e decida.

Como chegar em Florença: pegue o trem na estação Venezia Santa Lucia e desça em Firenze Santa Maria Novella. Este trecho pode durar entre 2h e 3h.

Leia: Passeios de 1 dia a partir de Veneza

DIA 6

Florença – ou Firenze para os italianos – é o berço do Renascimento, então, além de ser uma cidade encantadora, é um lugar para ver muitas obras de arte que nos são tão familiares. Aqui será sua base de hospedagem por pelo menos 2 noites (opções de hotéis aqui).

O que visitar: Catedral Santa Maria del Fiori, Galeria Accademia, Capela dos Médices, Galleria Uffizy, Palazzio Vecchio, Ponte Vecchia, Igreja de Santa Croce…  

Leia: Roteiro de 1 dia em Florença
        Dicas para visitar a Galeria Uffizy (sem fila)

dicas de florença

DIA 7

Hoje você pode fazer um bate e volta para conhecer a torre torta mais famosa do mundo, em Pisa. Como a cidade é bem pequenininha, você ainda pode aproveitar para dar um pulinho na cidade murada de Lucca, que fica a apenas 25 minutinhos depois.

Como chegar em Pisa: pegue o trem na estação Firenze Santa Maria Novella e, mais ou menos 1 hora depois, por apenas 8 €, chegará na estação Pisa Centrale

Como chegar em Lucca: pegue o trem em Pisa Centralle e desça em Lucca. Custo de 3,40 

O que visitar em Lucca: Palazzo Ducale, Catedral de San Martino, Torre Ginigi, Torre delle Ore , Igreja de San Michele, Piazza dell’Anfiteatro …

Leia: Passeando por Pisa

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

DIA 8

Não há dúvidas que a região da Toscana é das mais bonitas da Itália e você poderia passar dias ali explorando-a. Mas se tempo não é algo que você tenha sobrando, no dia de hoje escolha uma de suas cidades para conhecer num bate e volta, tais como Siena ou San Gimignano, entre outras opções.

Depois, para ganhar tempo, parta hoje mesmo para Roma (numa viagem com duração de 1:30h nos trens mais rápidos) ou, se achar isso muito puxado, durma mais uma noite em Florença e vá amanhã cedinho, para poder aproveitar bem a capital italiana.

Como chegar em Siena: pegue o trem na estação Firenze Santa Maria Novella e desça em Siena (1:30h por 8,70 €),

Como chegar em San Gimignano: pegue um ônibus em frente a estação de Florença (a mesma Santa Maria Novella) A viagem até lá dura em média 1:30h e haverá uma troca de ônibus em  Poggibonsi. Ou pegue um trem até a estação de Poggibonsi e de lá um ônibus até a cidade. Confira os horários dos ônibus aqui

O que visitar em Siena: Piazza del Campo (onde acontece o Palio), Duomo, Museo Civico, Palazzo Pubblico…

 O que visitar em San Gimignano: perder-se por suas vielas medievais e admirar as suas 14 torres

DIA 9 e 10

Chegamos à reta final deste roteiro de 10 dias na Itália e os últimos dois dias serão inteiramente dedicados a Roma. Para escolher um hotel onde dormir nesta parte da viagem, confira aqui.

A cidade é grande e tem um mundo de coisas para visitar, mas com um pouco de organização é perfeitamente possível conhecer suas principais atrações turísticas em 2 dias.

Como chegar em Roma: pegue o trem na estação Firenze Santa Maria Novella e desça em Roma Termini

O que visitar em Roma: Coliseu, Fórum Romano, Arco de Constantino, Praça do Capitólio, Catacumbas, Museu do Vaticano, Basílica de San Pedro, Fontana de Trevi, Panteão…

Leia:

dicas de roma

roteiro de 10 dias na itália

Considerações finais

Se você dispuser de mais alguns dias, eu colocaria em primeiro lugar pelo menos mais 1 ou 2 em Roma e em seguida pelo menos mais 1 na região da Toscana, pois com certeza você ficará com vontade de conhecer outras cidades da região. Se tiver mais, melhor ainda.

Como eu disse antes, não há necessidade de comprar passagens de trem com antecedência. No máximo, em trechos maiores, como Veneza-Florença e Florença-Roma, compre de véspera. E tenha a atenção de nunca esquecer de validar a sua passagem antes de entrar no trem, pois se o fiscal te pegar sem essa validação você ganhará uma bela multa na hora e sem direito a reclamação.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagem

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da Yes Brasil tem planos de dados que funcionam quase no mundo todo e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagens para o EUA, Canadá ou México. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba 10% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Pense bem no número de noites que passará em cada cidade (aqui dei algumas sugestões), pois o ideal é que você já saia de casa com todos os seus hotéis reservados.

☛ Leia também: Qual a melhor época para viajar para a Itália?

Caso viaje no inverno, tenha em mente que o dia vai até umas 16:30h, então priorize passeios ao ar livre para o dia e lugares fechados para o fim. A grande vantagem de viajar nessa época é que as filas se reduzem radicalmente e os preços são mais em conta. Já para quem vai no verão, embora tenha a sorte de ter luz solar até às 21h, com certeza enfrentará filas enormes em determinadas atrações e pagará mais caro em algumas coisas, então, leve tudo isso em conta na hora de planejar a sua viagem.

Guia de Roma Turista Profissional

No mais, não deixe de ler todas as nossas dicas da Itália já publicadas aqui no blog, de conhecer o nosso Roteiro de 7 dias em Roma e Arredores e nem de aproveitar os ingressos e passeios com descontos em cidades como Roma e Veneza.

E aqui você encontra um índice de todos os posts sobre a Itália, pra facilitar a sua vida.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotel Seguro viagem chios de internetingressos e passeios guias de viagempassagens aéreas mais baratas Guia de viagem turista profissional

161 COMENTÁRIOS

  1. Olá Ana,boa noite:

    Super interessante suas dicas…estou planejando ir final de setembro e ficar 15 dias,viajem de mae e filha ..gostaria de saber
    Como é o clima nessa época … Seria melhor fechar aéreo e hotel separados ou fazer pacotes?

    Abraço

    • Nadia, eu nunca faço pacotes, mas isso é uma opção individual. Prefiro separar tudo. Sobre setembro, é fim de verão. Boa viagem!

    • Olá Nadia! Estou com um problema idêntico ao seu rs. Disseram que o ideal seria ir logo no início de setembro, pois depois venta muito em Veneza.
      E ainda não comprei/reservei nada 🙄 Meio louca sei…
      Boa sorte a nós!

  2. Oi Ana tudo bem?
    Preciso de uma ajuda. Quero ir para Itália em Out ou Nov/16 acha que irei pegar muito frio? É uma época ruim? Iria para Milão, Veneza e Florença. Já conheço Roma. Outra coisa vou viajar sozinha, não é a primeira vez, acho que sozinha descobrimos e aproveitamos mais a viagem.

    • Paola, com clima não dá para prever muito, mas outubro e novembro ainda é outono, então, nada muito frio, mas… Boa viagem!

  3. Ana, tudo bem?
    Gostaria de saber se viajar para a Itália no início de novembro (02/11) e voltar no meio (13/11) é uma boa? Nessa época chove muito? Li em alguns blogs que novembro era um mês de muita chuva. Isso é verdade? É preferível ir no início de dezembro então? Não me incomodo com o frio, contanto que tenha um solzinho para deixar a paisagem mais bonita. Risos!
    Desde já agradeço,
    Isabella

    • Não há regras com o clima, mas em geral, não é muito frio e sim chove, mas não acho que em quantidade que atrapalhe uma viagem. 😉

  4. Olá Ana. Parabéns pelo site. Começando a planejar uma viagem para a Itália em janeiro de 2017 a minha grande dúvida é quanto ao clima. Sei que é inverno e que estará frio, mas qual a temperatura média?
    Vi que o dia termina por volta de 16:30h, mas a que horas amanhece? Conseguimos começar as atividades às 9h?
    Obrigada.

    • A temperatura depende de cada região, mais frio no norte e beeeem menos no sul. O que indico é verificar um site de clima uma ou duas semanas antes da viagem, pois sobre clima tudo muda muito. Costuma amanhecer por volta das 7:30h. Boa viagem!

  5. Bom dia Ana,janeiro de 2017 será a minha primeira viagem a Itália.Gostaria de saber um bom hotel,pois ainda não fiz reservas,e um roteiro para 6 dias.

    • Quesia, todas essas informações ja estão aqui no blog, dá uma lidinha, que vai te ajudar bastante, 🙂

  6. Olá ANA. Gostei muito deste roteiro. Eu e minha esposa pretendemos ir em outubro/16 e ficar 2 semanas., entre Milao e Roma passando por Veneza e Toscana.

    Além das passagens e hospedagem, qual o gasto médio diário com refeições, passeios e deslocamentos seguindo mais ou menos suas sugestões?

    Agradeço sua atenção,

    Luiz

    • Luiz, esse tipo de cálculo não gosto de fazer, porque é muito relativo o tipo de gastos de cada um e se eu for parar para pesquisar cada um desses itens agora, seria um trabalhão, rsrsrs. Siga a média internacional de 60 euros por dia/pessoa, se for o caso. Boa viagem!

  7. Olá
    Na minha visão, um roteiro imperdível e bastante acessível para quem chega na Itália por Milão seria o Venêto.
    No caso de ser uma segunda ou terceira viagem para Itália.

    O Roteiro Veneto sugerido seria.
    -3 dias somente no Lago di Garda, contornando todo o Lago de Leste a Oeste.
    Os 3 dias lhe permitem conhecer Sirmione, Malcesine, Riva Del Garda, Limone Sul Garda, Desenzano del Garda, além das Vinicolas de Bardolino e Valpolicella e a fábrica de vinhos da Bolla.
    – 1 dia em Verona
    – 1 dia em Padova
    – 1 dia em Bassano del Grappa
    – 2 dias em Cortina D’Ampezzo, sendo que em um dos dias deve-se fazer uma visita ao Lagos Misurina e outros pequenos lagos Menores ao Norte.
    -2 dias em Veneza
    Não é possível ir ao Veneto, e não conhecer Veneza
    Para um roteiro de 10 dias, seria um passeio inesquecível.

  8. Oi, Ana! Eu e meu marido faremos nossa primeira viagem para a Itália em Junho, durante 12 dias, e as cidades base serão: Roma, Florença, Veneza e Milão. Porém, ainda não decidimos quanto tempo passaremos em cada cidade e que outras cidades visitaremos a partir destas. Somos muito tranquilos, gostamos de visitar vilarejos, não somos muito de badalação… Então, por favor, nos ajudem a montar esse roteiro. Agradecemos todas as sugestões!

    • Flávia, não temos como montar roteiros individuais, pois demanda imenso trabalho e recebemos esse tipo de pedido diariamente. Isso é algo que s
      o você poderá fazer,pois é quem sabe o que quer ver, quanto tempo quer ficar… Aquilo no blog temos várias dicas e sugestões, cabe a vc usá-las e adaptá-las para o seu roteiro, ok?! 😉
      Boa viagem!

  9. OI ANA CATARINA TUDO BEM
    VOU PARA PORTUGAL DIA 08 DE AGOSTO, 2017, LÁ JÁ ESTÁ QUASE TUDO PROGRAMADO, DEPOIS DIA 18 VOU PARA ROMA E FICO SOMENTE 9 DIAS, NÃO SEI EXATAMENTE QUAIS OS LUGARES PRINCIPAIS ONDE DEVO IR EM ROMA E QUAIS CIDADES TAMBÉM. ANDEI PESQUISANDO ESSE TREM, MAS ELE NÃO VENDE AINDA SOMENTE APÓS O MÊS DE MAIO, AVIÃO ACHEI UM POUCO CARO PARA VENEZA. E NAPOLIS E POMPEIA VALE A PENA CONHECER. DESDE JÁ MUITO OBRIGADA.

    • Trem na Itália você compra na hora ou de véspera, ok?! No mais, leia o blog, pois temos bastante dicas e sugestões de roteiros e passeios. 😉 Boa viagem!

  10. Olá Ana, estou amando suas dicas. Viajamos em junho para Portugal, Espanha e Itália, vc acha seguro comprar as entradas antes para os passeios e em qual site? os que vejo aqui as pessoas não deixaram nos comentários se deu certo ou não. desde já grata

  11. Post antigo, mas continua super actual! Estive 11 dias em Itália e o seu post fantástico serviu de base para o meu roteiro (ainda consegui incluir Cinque Terre!). Muito obrigada pelo seu óptimo trabalho, Ana! Saudações de Portugal

  12. Oi Ana, iremos para Turim dia 20/12 e dia 23/12 iremos parais alpes esquiar. Retornaremos dia 30/12 e ficamos até dia 05/01. Porém, minha agente quer me mandar pra Barcelona e eu gostaria de continuar na Itália. Vc consegue me ajudar montando um roteiro nas cidades vizinhas? Iremos eu, meu marido e minha filha de 8 anos. Obrigada

    • Giselle, não fazemos roteiros personalizados, pq se fizer para vc, terei mais 2.000 para fazer, rsrs. E tb, não conheço bem essa região. Veja com sua agente. Boa viagem!

  13. Olá, farei uma viagem para a Italia em 2018. A chegada será por Roma, no dia 31/03 e o retorno será´por Milão em 14/4. Li o roteiro Roteiro de 10 dias na Itália (norte e centro), o qual serve para mim, e gosteimuito, sendo que aplicando de forma inversa. Verifieuei que este roteiro foi publicado em 2014, então como não conheço o país (é minha primeira vez na Italia) pergunto se ainda é indicado seguir como apresentado o roteiro, ou se indica alguma mudança? Estamos também querendo fazer de carro, é aconselhado, ou melhor mesmo de trem?
    Abraços….

  14. Boa noite, Ana Catarina. Adorei seu roteiro de 10 dias pela Itália. Obrigado pela sua disposição em ajudar os amantes da viagem. Adoro fazer meus próprios roteiros (viajar por conta própria). Mas sempre fiz minhas viagens ao exterior priorizando, apenas, uma ou duas cidade. Já, na Itália, há muitas cidades a percorrer, e sempre viajo com minha filha (hoje com 11 anos) e minha esposa. Já fiz um levantamento prévio em duas agências de turismo, e me cotaram 10 dias, para três pessoas, em torno de 30 mil. Sei que consigo um preço bem mais baixo, planejando eu mesmo a viagem. Só que a minha preocupação e com a quantidade de “arruma e desarrruma” malas, pulando de cidade em cidade com minha filha menor. O que vc acha / qual a sua opinião ? Muito obrigado, abraço.

    • Olha, eu viajo com minha filha de 3 anos e uma bebê pulando de cidade em cidade sem problema, mas isso é muito pessoal, só vc sabe se está ou não a fim de fazer isso. 😉 E com certeza consegue essa viagem por menos de 30 mil. Boa viagem!

  15. Olá Ana, Estou planejando minha viagem para Itália e adorei esse roteiro. Tenho flexibilidade de dias, gostaria de saber o que vc acha/recomenda de eu incluir o passeio a Cinque Terras nesse roteiro. Que dia você acha melhor? Obrigada

    • Pode fazer, mas nenhuma dessa cidades é pertinho de lá. O melhor ponto seria ir de Gênova, mas neste roteiro, talvez de Florença ou Milão. Boa viagem!

  16. Olá Ana!
    Amei o seu roteiro e estou pensando em fazer este mesmo roteiro! Pois também tenho 10 dias para a Itália.
    Você consegue me dizer quanto custou estes 10 dias na Itália?
    Obrigada

    • Não faço ideia, rsrsrsr. Até porque isso é mega relativo, né?! Os gastos médios são de 6o euros dias + passagem e hospedagem. Boa viagem!

  17. Olá Ana, Legal suas dicas. Vou para Itália em SET-18, partindo de Málaga – ESP . tenho apenas 7 dias e retorno ao Brasil, vc tem alguma dica por onde começar, Gosto muito da Região da Toscana . Pelo que li nas suas dicas , meu roteiro também será de Trem . Acredito que volto por Roma, então o Vaticano também estaria na minha lista de lugares para conhecer. Por favor, me dê alguma dica de roteiro . Grato / Abraço

  18. Ola Ana, Adorei suas dicas. Certamente são muito valiosas, ainda mais para pessoas que nunca fizeram uma viagem internacional como no meu caso, sendo Italia o primeiro destino.
    Com esse historico de primeira viagem internacional, gostaria de saber uma media de Valor dessa viagem seguindo o roteiro que vc relatou acima. Voce pode me passar?

    • Ih Samara, isso é MEGA pessoal. Mas olha, em geral, usa-se uma conta de 50 euros por dia, excluindo passagem e hotel, mas pode ser bem menos (ou até mais), pois depende do seu perfil de gatos. 😉

  19. Vale a pena incluir Capri quando se tem 8 dias para ir de Milão a Roma passando por Veneza?

    • Capri é bacana, mas totalmente fora de mão para o roteiro que pretende fazer, com foco no centro-norte. Eu deixaria para outra época, pois 8 dias já é até pouco para o que pretende visitar. Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here