Home / Itália / Costa Amalfitana / Roteiro de 10 dias pelo sul da Itália: Costa Amalfitana, Sicília e Roma

Roteiro de 10 dias pelo sul da Itália: Costa Amalfitana, Sicília e Roma

Já foram muitas as nossas viagens pela Itália, cada vez com um roteiro diferente, ainda que alguns na mesma região. Mas desta vez resolvemos explorar o sul do país, parte que ainda não tínhamos estado, pois o máximo que já tínhamos descido no mapa foi até Sorrento, porta de entrada da Costa Amalfitana.

Neste post vou apresentar de forma bem esquemática o nosso roteiro de 10 dias pelo sul da Itália, com chegada e partida através do aeroporto de Roma e destaques para a Costa Amalfitana, as ilhas de Capri e Sicília e, claro, mais uma vez Roma!

Então, vamos ao roteiro?!

roteiro itália de carro

Costa Amalfitana

DIA 1

Desembarcamos em Roma de manhã cedinho e no aeroporto mesmo já pegamos o nosso carro alugado. Ainda ali pelos arredores percebemos que o nosso GPS não estava funcionando, mas num acesso de loucura e aventura, resolvemos continuar assim mesmo, seguindo placas e o velho e bom mapa de papel. Essa história em detalhes conto no post: “De Roma a Sicília de carro (sem GPS)“.

o que visitar na Itália

De Roma fomos direto para as ruínas de Pompeia. Ainda que eu já conhecesse, estava com amigos que nunca tinham ido e, afinal, voltar lá não era nenhum sacrifício. Depois almoçamos ali mesmo, já no meio da tarde, e seguimos então para o nosso destino final de hoje, a pequena cidade de Maiori, uma das últimas da Costa Amalfitana e onde ficaríamos hospedados em um apartamento que alugamos (falo dele neste post) pelas próximas 3 noites.

como chegar em pompeia

roteiro itália

Apesar da distância em quilômetros ser pequena, demoramos quase 2 horas para chegar, pois em parte do caminho já era noite e, como a estrada é bem estreita e com muitas curvas, toda atenção era necessária. Nem querendo seria possível andar com muita pressa!

Km rodados: 300

Sabia que o seguro viagem é obrigatório na Itália?! Cote o seu aqui!

DIA 2

Hoje tiramos o dia para explorar as 3 principais cidades da Costa Amalfitana: Ravello, Amalfi e Positano. Como todas são bem pequenas e umas próximas às outras, foi muito tranquilo. Como estávamos no inverno e não íamos fazer praia, o nosso tempo era só para bater perna mesmo.

Por um questão geográfica, nossa primeira parada foi em Ravello, que fica bem no alto das montanhas a 9 km de distância. Como chegamos por volta das 9hs, foi tranquilo conseguir estacionamento.

A cidade é minúscula e uma graça. Explorá-la a pé é muito tranquilo e foi o que fizemos. Ficamos ali por mais ou menos 1:30h.

roteiro Itália

Ravello Costa Amalfitana

Depois seguimos para Amalfi (mais 6 km), que foi a cidade que mais gostei.  Como já era um pouco mais tarde, conseguir um estacionamento demandou mais tempo, mas conseguimos.

Assim como Ravello, ela é bem pequena. O seu destaque, além das casas “penduradas” nas pedras, é o Duomo, imponente catedral do século IX. Percorra suas vielas sem rumo, pois é impossível se perder, mas há boas surpresas para encontrar.

o que fazer na Itália

italia roteiro

Mais 18 km e chegamos ao nosso destino final do dia: Positano, considerada a jóia da Costa Amalfitana. Ao se aproximar você já vê muitos carros estacionados à beira da estrada, na entrada da cidade, e logo se desespera e pensa: “onde vou estacionar?” Relaxe! Entre na cidade e vá, literalmente, descendo em direção ao mar, pois, no caminho você passará por vários pátios de estacionamento, inclusive alguns bem perto do centrinho.

Foi em Positano que almoçamos, num restaurante bem lá embaixo, na beira da água. Se fosse verão, essa seria a hora de curtir uma prainha, mas como estávamos em pleno 31 de dezembro (inverno), ficamos só no passeio. E antes que você ache uma loucura ir para lá no inverno, eu digo que não é, pois o “frio” é pouco, as cidades ficam menos lotadas (mas ainda cheias) e menos caras, ou seja, ótimo para quem quer relaxar e curtir o lugar menos muvucado.

Positano dicas

como chegar em positano

No fim da tarde voltamos para Maiori, curtindo um belo pôr do sol na estrada, que é linda! Como era véspera de ano novo, tínhamos que preparar a nossa própria ceia e comemoração. Como estávamos numa cobertura alugada, pudemos ver a queima de fogos na praia, sem precisar descer: nossa “mini Copacabana”. Foi divertido!

Km rodados: 60 (ida e volta)

pôr do sol em capri

ano novo na itália

DIA 3

Apesar de termos ido dormir mais tarde, acordamos cedo e dirigimos até Sorrento (38 km), onde pegamos o barco que leva para Capri. Ele sai do porto da cidade e a viagem até lá leva 20 minutos.

A chegada a Capri é linda! Assim que desembarcamos pegamos o funicular que leva até o alto da ilha. Dali começamos a nossa exploração a pé. Ainda estava tudo bem calmo, pois como chegamos cedo (considerando que era um pós reveillon), a maioria das pessoas estava dormindo. Já pela hora do almoço o movimento começou.

A nossa ideia era fazer na parte da tarde o passeio de barco que roda a ilha e vai até a famosa Gruta Azul, mas por falta de condições no mar os barcos não tinham autorização para sair do porto, então, muito decepcionados, resolvemos ir embora e aproveitar o resto do dia em Sorrento, que é uma cidade muito bonitinha.

Km rodados: 76 (ida e volta)

ilha de capri

Sicília

DIA 4

Era hora de partir rumo a Sicília e como a viagem é bem longa, saímos, mais uma vez, cedo. Demos ainda uma voltinha por Maiori, nossa casa nestes dias, para tirar mais algumas fotos, e dirigimos até Salerno, a última cidade do Costa Amalfitana.

Salerno já é uma cidade “grande” para a região. Lá visitamos o Duomo e fomos até a beira mar. Não tínhamos o objetivo de visitar de fato a cidade, mas só de dar uma olhadinha nela, já que estava no nosso caminho.

Depois foram 430 km até próximo de Reggio Calabria, bem no sulzinho da Itália (a ponta da bota). Era de lá perto, na Villa San Giovani que saía a balsa que faz a travessia dos carros para a cidade de Messina, já na Sícilia. A travessia demorou uns 20 minutos e custou 46 euros (carro e pessoas).

como chegar na Sicília

Pensou que já chegamos no nosso destino final?! Não! Ainda faltavam 96 km para a Catânia, que serviu como a nossa cidade base durante os 3 dias que ficamos na Sicília.

Lembra que estávamos sem GPS? O “x” da questão era como encontraríamos o nosso hotel, o Ideal Hotel Catania Ogninajá que a Catânia é uma cidade grande. Bom, paramos num posto de gasolina para perguntarmos (isso seria o básico, né?!) e perguntamos a um senhor, que não conhecia, mas pegou o seu celular e telefonou para saber onde era. Para nossa sorte este senhor estava indo na mesma direção do hotel, então, ele nos disse para ir seguindo o carro dele e alguns minutos depois estávamos lá direitinho. Foi ou não foi um anjo?!

Km rodados: 550

DIA 5

Logo cedo começamos nossas visitas pelo Monte Etna, o maior vulcão da Europa e ainda ativo. Apesar de ser bem perto da Catânia, chegar até lá ainda demanda um tempo, pois a subida é longa e com muitas curvas. Para chegar ao alto do Etna fomos seguindo as placas que diziam Etna (claro) e Zafferana Etnea. Depois, uma vez circulando a montanha, seguimos tudo o que indicava para Etna Sud.

Ao chegar na base do vulcão ainda é preciso subir um teleférico. Infelizmente, na hora que chegamos lá no alto formou-se um grande nevoeiro, atrapalhando bastante a nossa visão, mas valeu a aventura assim mesmo!

Monte Etna vulcão

monte Etna

Depois dirigimos até a cidade de Taormina, considerada a mais bonita da Sicília e, sim, ela é linda!

A atração turística principal da cidade é o seu super bem conservado Teatro Grego, pendurado no alto da montanha e a beira mar, o que acaba por garantir uma vista espetacular para o Golfo de Naxos e para o Monte Etna.

Itália dicas

No mais, basta se perder por suas ruas, passando pelo Corso Umberto I, Piazza Vittorio Emanuele e Piazza del Duomo, ou ainda descer de teleférico até a base da montanha, onde fica a praia de Mazzarò.

Para quem for de carro, como nós, saiba que o carro não pode circular no centro histórico, mas logo que você deixa a estrada irá encontrar um estacionamento. Pare aí, que eles mesmos têm uns mini ônibus (gratuitos) que te deixam na porta da cidade. Bem tranquilo!

Km rodados: 170 (ida e volta)

DIA 6

Hoje dirigimos 165 km até a cidade de Agrigento para visitar o famoso Vale dos Templos (Valle dei Templi), uma área com mais de 1,3 mil hectares que um dia foi a cidade grega de Akragas.

A principal atração é o Tempio della Concordia, um dos mais bem preservados templos gregos existentes. Ele é impressionante e super fotogênico, por isso, acabamos tirando milhares de fotos dele, em diferentes ângulos.

o que ver na Itália

Vale dos templos

Depois demos uma voltinha pelo centro da cidade, cuja rua principal e de referência é a Via Atenea.

Na volta para a Catânia demos uma paradinha no Sicilia Outlet Village, que tínhamos visto na ida para Agrigento.

Km rodados: 330 (ida e volta)

DIA 7

No nosso último dia na Sicília, percorremos 66 km até a cidade de Siracusa, cidade onde nasceram Pitágoras e Arquimedes. Para mim, que tinha recém me formado em filosofia, era uma visita imperdível. Além disso, a cidade tem como principal atração Parco Archeologico della Neapolis (maior cidade do mundo antigo), onde se encontra o Teatro Greco, ainda maior que o de Taormina e onde foram encenadas muitas peças do dramaturgo grego Ésquilo. Como alguns leitores sabem, teatro foi a minha primeira formação universitária, logo, esta cidade tinha tudo a ver comigo.

roteiro itália

o que visitar em siracusa

Como é uma área bem grande, esta visita te toma um bom tempo. Depois disso, demos uma volta por uma região chamada Ortigia, que é a parte insular da cidade  e cujo coração é a Piazza Archimede.

No começo da noite demos uma paradinha no Ikea para umas comprinhas e depois devolvemos o nosso carro no aeroporto e pegamos um voo para Roma, onde terminaríamos nossa viagem.

Km rodados: 130

Roma

DIA 8 e DIA 9

Em Roma ficamos no hotel Des Artistes, que recomendo muito. Como já estivemos na cidade várias vezes, tínhamos um roteiro mais livre, ainda que conosco estivessem pessoas que nunca haviam visitado a cidade e precisávamos mostrar o básico.

Seguimos basicamente o roteiro de 2 dias, que já publicamos aqui no blog, com algumas pequenas varáveis, como uma visita a Catacumba de São Sebastião (onde fica, inclusive, o túmulo do santo), ao invés da catacumba San Calisto, que estava fechada.

Roteiro de 2 dias em Roma

Outra atividade diferente que fizemos foi participar da audiência com o Papa Francisco: simplesmente emocionante, mesmo para os não religiosos como eu. Escrevemos detalhes neste post: Como conseguir ingressos para a audiência com o Papa.

Roma dicas

DIA 10

No nosso último dia de manhã demos uma fugidinha para visitar a cidade medieval de Orvieto, a 1 hora de trem. O ideal seria ter passado o dia todo lá, pois ela merece, mas começou a chover bastante, o que atrapalhou muito a visita e, por outro lado, como era nosso último dia, tínhamos que voltar para pegar o nosso voo de volta para casa.

guia de roma

No mais, não deixe de ler todas as nossas dicas da Itália já publicadas aqui no blog, de conhecer o nosso Roteiro de 7 dias em Roma e Arredores e nem de aproveitar os ingressos e passeios com descontos em cidades como Roma e Veneza.

E aqui você encontra um índice de todos os posts sobre a Itália, pra facilitar a sua vida.

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Coliseu de Roma

Como visitar o Coliseu de Roma: dicas práticas

O Coliseu de Roma é uma das atrações turísticas mais visitadas da Itália, um Patrimônio …

60 Comentários

  1. Carla

    Boa tarde, Ana. Farei esse roteiro ao contrário (Taormina-Positano) entre o Natal e o Reveillon e tenho algumas dúvidas: Você acha q vale a pena ir de carro? Pois achamos algumas passagens bem baratas de avião e estamos na dúvida se a viagem de carro vale a pena. Como são as estradas da costa à noite?
    Outra dúvida: ficaremos apenas 2 noites na Costa Amalfitana. Você acha que vale ir até Capri? Obrigada!

    • Ana Catarina Portugal

      A viagem de carro só vale a pena se for parar pelo caminho, caso contrário, não. As estradas são bem “estranhas”: muitas curvas a beira do precipício. Se só tem 2 noites, acho que ficará puxado, mas se quiser dar um pulo lá de uma tarde, é possível. Boa viagem!

  2. Oi Ana,
    Nada como uma viagenzinha básica para o sul da Itália, né? A comilança é garantida (e o panorama maravilhoso também!).
    Só foi uma pena que dessa vez não deu para você visitar a Gruta Azul em Capri. Bem, a entrada da gruta é bem estreita e se o mar está agitado é impossível entrar mesmo. De qualquer forma, compartilho com você outras atrações da ilha além da gruta azul. Assim fica para a próxima vez que você passar por aqui: http://bit.ly/16-atracoes-Capri
    Um abraço da Itália,
    Barbara

    • Antonio

      Ana você não perdeu nada a Gruta Azul não tem nada de mais. Temm esmo fama mas la dentro você se decepciona.

    • Soraia Cristina Pires

      Ana a Gruta Azul é maravilhosa. Tem os barquinhos, a entrada é estreita, e quando entra é fantástico… aquela água azul é enebriante, e pra abrilhantar ainda mais, os “barqueiros (?) começaram a cantar”… Foi mágico. Nunca vou esquecer esse dia… Super indico.

  3. Este seu blog esta muito bom, e como eu conheço muito bem a Sicília, gostei de suas fotos, e da próxima vez que visitar Siracusa não se esqueça de visitar tambem as catacumbas.

  4. Maiara

    Oi!!!
    Eu estou indo para a Itlaia agora em abril, fico 20 dias lá. É minha primeira vez na Italia, vou sozinha. Estou montando o meu roteiro. Tudo pra mim é interessante, mas ainda estou em dúvida se vou conseguir dar um giro em toda a Italia ou se foco no Sul ou no Norte. Como é minha primeira vez tudo é novidade e tudo me agrada, não tenho nenhuma preferencia. Pretenedo fazer as viagens de trem.
    Tem alguma dica de roteiro? Quais cidades e quanto tempo em cada? Eu vejo que no norte 1 ou 2 dias em cada cidade basta, ams não fica muito corrido? O Sudeste é mais interessante que o Sudoeste?
    Agradeço se puder me passar algumas informações, os guias estão me deixando mais confusa…. 🙂

    • Ana Catarina Portugal

      Maiara, há várias opções de roteiros pelo país aqui no blog, se inspira neles. Boa viagem!

  5. Nathalie

    Muito show sua viagem… já conheço a Costa Amalfitana, mas numa próxima ida à Italia pretendo conhecer a Sicília. Como o carro atravessa pra Sicília? Existe uma ponte??

    • Ana Catarina Portugal

      Não, atravessa de balsa. Boa viagem!

      • Flavio Guberman

        Ana,
        a balsa entre Reggio e Messina, tu compraste na hora ou reservaste antes? E qual foi a companhia?

        • Ana Catarina Portugal

          Na hora mesmo e foi na que estava saindo na hora, 🙂

  6. Fabricio Reis

    Olá Ana,
    descobrimos o seu site ao procurar informações sobre a Itália, e já anotamos várias dicas dos seus posts. Passaremos 18 dias em Abril/Maio, e estamos com dúvidas sobre roteiros… vc acha viável, colocar na mesma viagem Toscana, Cinquenterre, Roma, Costa Amalfitana (com Capri) e Sicilia (Reggio Callabria)??
    Desde já, agradeço sua atenção e parabenizo pelo belo site.

    • Ana Catarina Portugal

      Viável é, meio corrido, mas se conseguirem se organizar bem, por que não?! Boa viagem!

  7. Ana Lúcia

    Boa tarde, Ana!

    Gostei das suas dicas sb a Costa Amalfitana e Sicília, bem práticas e objetivas!
    Em final de abril, iremos em dois casais p/ Roma (cidade que já conhecemos, mas pretendemos matar as saudades pelo menos durante uns 3 dias) e depois a idéia seria alugarmos um carro e percorrer essa região chegando até Siracusa…A nossa dúvida é se vale realmente alugar um carro em Roma ou irmos de trem até Sorrento e aí fazer a nossa base p/ visitar Nápoles, Pompéia, Amalfi e Positano, além de balsa p/ Ana Capri permanecendo ali por uns 2 dias. Vôo p/ Sicília, aluguel de carro no aeroporto e lá seguir um roteiro mais ou menos próximo àquele sugerido por vc… Gostaria da sua opinião a respeito e, desde já, agradeço a sua amabilidade.

    • Ana Catarina Portugal

      Ana, fiz tudo de carro, pois saía mais barato e me dava mais liberdade para ir onde queria, pois transporte na Costa Amalfitana, por exemplo, não é uma boa opção. Boa viagem!

  8. joao orlando siqueira quadros

    Sra. Ana

    Adorei seus comentários a respeito de sua viagem pela costa amalfitana, gostaria se saber qual o custo de sua viagem com acompanhante.

  9. Samyra

    Oi Ana,

    Adorei o seu roteiro, pretendo fazer um igual nas minhas férias..quero ficar 10 dias tb e agora com suas dicas acho que vou alugar um carro e ter essa comodidade de fazer tudo no meu tempo.. vc poderia me dar a dica de quanto devo juntar para esta viagem?? não estou conseguindo fazer este cálculo com o aluguel de carro, então se puder falar um valor geral eu agradeço. Obrigada e boa viagem!!

  10. Pedro

    Ola Ana!!!
    Estarei na Italia de 01 a 17 de janeiro. Já estive de na parte Norte. Foi na primavera! Agora devo ir para a parte sul. Também devo alugar um carro e fazer esse teu mesmo roteiro. Porem estou penando em fazer o retorno por Bari…. (pela Outra costa), subindo o salto da Bota! Gostaria de saber como estava a temperatura nessa tua viagem!

    • Ana Catarina Portugal

      Estava bem agradável, alguns dias até pude ficar sem casaco, como podes ver nas fotos. Boa viagem!

      • Pedro Nicoletti

        Fiz a viagem! Lembrei várias vezes das tuas postagens! Cheguei em Roma e nada do GPS funcionar! Também não mandei buscar os satélites (pode ter sido esse nosso erro)! Como não tinha saído da locadora, comprei um por 60 Euros! Foi bom e ruim! Me colocou em cada beco, que so passava meio carro…. em cada estrada cheio de buraco, até que resolvemos analisar o mapa antes de traçar o percurso, dai melhorou! Não seguíamos cegamente o GPS. ele passou ser somente um apoio! Abraço

  11. Silvio Tanabe

    Parabéns pela viagem Ana, realmente espetacular!!! Me deu varias dicas para nossas próximas férias!

  12. Mabel

    Oi Ana! Vou fazer uma viagem parecida com a sua… Na mesma época, inclusive… Reveillon… Gostaria de saber como foi a travessia para Capri?? Mar muito agitado?? As embarcações são grandes ou pequenas??
    Um abraço!

    • Ana Catarina Portugal

      Mar calmo e barcos médios. Boa viagem!

  13. Daniel

    Ou Ana. Quero fazer só Costa Amalfitana e Sicilia entre final de abril e início de maio do ano que vem. Vc acha que a época é apropriada ?

  14. edna

    Oi Ana!
    Vamos no inicio de janeiro, quase o mesmo roteiro, conheço o norte no inverno e sei como é o frio por lá. Mas e o sul, que clima e temperaturas esperar? Obrigada e abs

    • Ana Catarina Portugal

      Isso é muito relativo, mas teve dia que andei sem casaco, pois o sul é bem menos frio. Boa viagem!

    • Sabrina Martinez

      Oi Edna, tudo bem?
      Foi em Janeiro para o Sul?
      Como estava a temperatura?
      Bjs

  15. alfredo grabarz

    Ola Ana
    Vamos, eu, minha esposa e um filho de 14 anos.
    Estaremos na italia em dezembro/2015.
    Temos de domingo a quarta feira para visitar o sul da italia…(nosso voo sai de Roma, na quinta feira pela manha)
    O que vc sugere?
    Pegar trem ou carro?
    Descer de trem e subir de carro, ou vice versa?
    voce acha que em tao pouco tempo vale a pena descer ate a sicilia? ou ficar nas tres cidades que vc indicou proximo a Positano?
    Tem algum estadio de futebol interessante no caminho (meu filho acha isso uma visita obrigatoria)?
    Abs
    Alfredo

    • Ana Catarina Portugal

      Acho que para ir até a Sicília fica apertado. Foquem na Costa Amalfitana. E podem ir e vir de carro, que terão mais liberdade. Sobre estádio, talvez tenha em Nápoles, mas não sei dizer, pois de futebol não entendo nada, rsrs. Boa viagem!

  16. Eudes Moysa

    Ana, parabéns pelo site.
    Qual a tua sugestão para chegarmos até a Grécia, saindo de Bari e retornando a Bari. Navio, avião, etc.
    E o que visitar em 3 noites na Grécia.
    Grato,
    Eudes

    • Ana Catarina Portugal

      Eudes, nunca fiz esse trajeto, nem estive em Bari, então, não tenho como te ajudar, 🙁
      Me diga depois como foi! Boa viagem!

  17. Marli Defani

    Oi Ana, esse passeio pela costa amalfitana parece bastante interessante, estou pensando em faze-lo em agosto de 2016…Estou olhando hotéis, e tenho vontade de ir sem reservar hotel para ficar mais livre, sera que é arriscado??? Corre-se o risco de não encontrar? ou de valores muito altos….

    Obrigada pela atenção!!!

    • Ana Catarina Portugal

      Com certeza, pois agosto é altíssima temporada: tudo lotado e caro!

  18. GIL

    ola ana , e a segunda vez q vou a italia e a primeira na costa , qual a melhor cidade para ficar..

    • Ana Catarina Portugal

      Para mim em alguma das pontas, Sorrento ou Minore, mas há que prefira ficar no meio, em Positano (bem mais caro). Boa viagem!

  19. Ariane dembogurski

    Olá
    Fiquei encantanda com sua viagem pela costa amalfitana, estarei fazendo um curso em Malta em abril e resolvi reservar uma semana para percorrer um roteiro parecido com o seu, pretendo alugar um carro, porém tenho um dúvida, posso alugar um carro em uma cidade ao sul, como catania e devolvê-lo em Roma onde embarcarei de volta para o Brasil? Desde já agradeço

    • Ana Catarina Portugal

      Sim, só terá que pagar por isso. Boa viagem!

  20. MARIO

    boas dicas, vou aproveitar suas dicas, estou partido de Turim, descendo até a Siciilliia, sem reservar hoteiis. Agradeço as dicas.

  21. Rosa Maria Rafael

    Oi amei todas as dicas principalmente os do sul da Itália,pois não conheço ainda.Agradeco bastante vai ser muito útil para quando formos até lá.Eu quero viajar para a Itália, também eu gostaria de falar italiano. I scribbo hum pouco de italiano, porque eu Piache

  22. Ana

    Oi tudo bem? Estou pensando em fazer um roteiro parecido em fevereiro. Por acaso sabes como são os trens nesta regia?

    • Ana Catarina Portugal

      Na Costa Amalfitana não tem trem,só até Sorrento 🙁

  23. Elí Fabris

    Olá Ana.
    Como seria fazer esse roteiro no inverno? As estradas ficam transitáveis?
    Estamos pensando em ir em fevereiro. Quais tuas sugestões?
    Agradeço,

    • Ana Catarina Portugal

      Este roteiro foi feito em janeiro, auge do inverno, rsrsrs, então, acho que já te respondi, né?! Super tranquilo!

  24. Luciano

    Ana, Adorei seu roteiro e as informações que postou. Poderia me informar de qual aeroporto da sicília saiu seu voo ? e qual a empresa aérea que utilizou?. Pois estou montando um roteiro muito próximo do seu.

    • Ana Catarina Portugal

      Foi da Catânia com a Alitalia. Boa viagem!

  25. Lorena

    Olá Ana, adorei seu roteiro! pretendo passar por lá na minha lua de mel.. se não for muito abuso, eu gostaria de saber quanto mais ou menos preciso levar de dinheiro para essa viagem? e começo de setembro você acha ruim?

    • Ana Catarina Portugal

      Impossível fazer esse tipo de cálculo para outra pessoa, pois depende de mil fatores diferentes, rsrs. O cálculo internacional é 60 euros/dia, mas isso é bem relativo. Boa viagem!

  26. Zulmir

    Olá Ana,
    Gostei de suas informações, pois iremos (quatro amigos) fazer este mesmo roteiro (Roma – Sicília), também de carro em abril de 2017. Gostaria de saber o preço, mais ou menos, dos hotéis nesta época e se é fácil conseguir, já que vamos sem reserva, como também das refeições. A cidade de Pietrelccina está no nosso roteiro.
    Obrigado n
    Zulmir

    • Ana Catarina Portugal

      Zulmir, nãoa faço ideia de preços, pois varia demaaaaaaaaaais, tanto de lugar, categoria de hotel, dia…. Entre em sits de busca de hotel para simular. Boa viagem!

  27. Zulmir

    Gostei de sua atenção, obrigado.
    Você tem alguma informação sobre o material Guias de Viagem Roteiro Profissional. Como comprá-los, qual o tipo de material. e preços.
    Se puder informar, agradeço.
    Zulmir

    • Ana Catarina Portugal

      De onde é esse tal Guias de Viagem Roteiro Profissional? Não conheço.

  28. Rosane rosa

    Adorei tuas dicas, anotei todas e vou montar nossa viagem. Obrigada e espero tuas novas postagens

  29. Luan Ribeiro

    Ana, gostamos muito de suas postagens, queria tirar algumas duvidas sobre o trajeto que vocês efetuaram de Maiori para Catânia, vocês fizeram muitas paradas para descansar e para abastecer? Pelos cálculos parece ser 7hs dirigindo, isso deve ter sido cansativo. E a estrada era muito boa para dirigir? Essa balsa de Reggia para a Sicilia tente toda hora? E ela é segura?

    • Ana Catarina Portugal

      Levamos o dia todo, paramos em alguns pontos, mas só abastecemos uma vez. E sim, a balsa tem toda hora e as estradas são ótimas. Boa viagem!

  30. Rosália Rodrigues

    Boa tarde Ana Catarina, estive a ler algumas coisas das suas viagens e fiquei encantada, parabéns, bem escrito, resposta fácil e percetiva.
    Ana gostava de fazer uma viagem a Itália em Novembro, gostava de partir do Monaco, pois fiz uma pela cote Dazur que terminou aí, tem algumas dicas para né dar.
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *