Roteiro de 12 dias pelo Japão

A nossa viagem para o Japão aconteceu meio no susto, pois aproveitamos uma excelente promoção de passagem aérea que apareceu. Como foi meio em cima da hora, não tínhamos muito tempo disponível para ficar lá, então, tivemos que resumir a nossa viagem a este roteiro de 12 dias pelo Japão que vamos contar pra vocês- isso contando somente os dias úteis, pois por conta do fuso horários de 12 horas a mais, “perdemos” 2 dias para chegar lá.

Só para ter uma ideia de como uma viagem para o Japão tem que ser bem planejada, nós embarcamos no Rio de Janeiro no dia 31 de agosto à noite e só chegamos em Tóquio no dia 02 de setembro às 16 horas.

Ou seja, na prática, a nossa viagem pelo país começou apenas no dia 03, sendo que é sempre bom pensar num primeiro dia mais light, pois você ainda estará tentando se acostumar com o fuso-horário.

dicas de tóquioImagem Shuterstock

Roteiro de 12 dias pelo Japão

Como são vários dias, não vou detalhar muito cada dia, apenas vou apresentar de um modo geral o que fizemos para você ter uma ideia do que dá para fazer e de como distribuir as atrações e cidades durante a viagem.

Inicialmente, eu achava que 12 dias seriam suficientes para ver “tudo” o que eu pretendia, mas não demorou muito para eu perceber que, apesar de um país relativamente pequeno, há muita coisa para fazer por lá. Então, tive que limitar a nossa área e as cidades escolhidas para visitarmos foram: Tóquio – Quioto (Kyoto) – Nara – Hiroshima – Takayama (nos alpes japoneses).

Como eu disse, chegamos em Tóquio por volta das 16 horas, então, basicamente só tratamos de alugar o nosso aparelhinho wi-fi no aeroporto mesmo, pegamos o transfer para o hotel (ficamos as 4 primeiras noites no Metropolitan Tokyo Ikebukuro) e desmaiamos na cama. Como fomos dormir cedo, no dia seguinte já estávamos “quase” adaptados às 12 horas a mais de fuso.

☛ Leia também: 

Vamos ao nosso roteiro de 12 dias pelo Japão, então?!

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Escolha a melhor opção de seguro para você aqui e ganhe 5% de desconto com o cupom TURISTAPRO5. E quem pagar com boleto, ganha mais 5%.


DIA 1

Como disse, dormimos cedo e conseguimos acordar cedo e bem. O nosso primeiro passeio foi para no bairro Shinjuku (新宿). Para isso, pegamos a linha JR Yamanote do metrô até a estação Shinjuku.

A primeira coisa que fizemos foi ir até um escritório da empresa JR para trocar o nosso voucher pelos JapanRail Pass, que nos dava direito, durante 14 dias consecutivos (existe a opção de 7 dias, mas no nosso caso sairia bem mais caro usar esse e ainda ter que pagar por fora os transportes locais dos demais 7 dias, pois além dos 12 das úteis, tivemos o dia de chegada e saída, ou seja, exatos 14 dias) a utilizar o trem bala pelo país, a linha de metrô Yamanote em Tóquio, além de ônibus e barcos que pertençam a empresa. É uma economia brutal, por isso, não viaje sem ele.

Depois dessa paradinha técnica, fomos caminhar pelos arredores da estação e nos dirigimos para o Metropolitan Government Office, que são dois prédios governamentais que existem ali perto, onde tem um observatório grátis no 45º andar em ambos os edifícios. É uma bela maneira de ver Tóquio do alto sem gastar nem um centavo.

Roteiro de 12 dias pelo Japão

Depois, pegamos o metrô mais uma vez para a estação Harajuku (sempre usando a linha JR Yamanore que estava incluída no nosso passe).  Lá, como já dá para imaginar, a ideia era visitar o famoso bairro de Harajuku (原宿), conhecido por ser aquele em que os adolescentes se “fantasiam”.

A primeira visita foi ao templo Meiji-Jingu (no metrô pegue a saída Omotesando), que fica dentro de um grande parque verde bem ao lado da estação.

roteiro de 12 dias pelo japao - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Depois disso, fomos caminhar pela rua Omotesanto, que é cheia de lojas de grandes grifes. É uma das áreas chiques de Tóquio! Almoçamos num dos shoppings que existem na região.

E, para fechar o dia, pegamos o metrô para o bairro Shybuya ( 渋谷 ), famoso por ser um dos melhores em entretenimento e compras, em especial na rua Center Gai.

Mas, na minha opinião, as duas grandes atrações do bairro são: a estátua do Hachiko (aquele cachorro do filme do Richard Gere que ia todos os dias esperar o dono – morto em um acidente – na estação de trem. Era nessa estação que ele ficava) e o maior cruzamento de ruas do mundo, bem em frente a estação.

O cruzamento em si não é nada demais, o barato mesmo é ver quando os sinais fecham e aquela multidão atravessa as vias sem se esbarrar, numa espécie de coreografia. Os melhores locais para isso é num Starbucks que há ali em frente (na vidraça do segundo andar) ou numa passarela da própria estação.

hachiko toquio - Roteiro de 12 dias pelo Japão

cruzamento toquio - Roteiro de 12 dias pelo Japão

DIA 2

Hoje fomos curtir a Disney de Tóquio. Existem 2 parques lá, um igualzinho ao Magic Kingdom de Orlando e outro exclusivo do Japão, que é o Disney Sea – é claro que foi nesse que fomos.

disney japao - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Para chegar lá pode-se pegar o trem JR linha Keiyo (vermelha, sentido SOGA) ou JR linha Musashino a partir da estação Tokyo para Maihama. A “viagem” dura 15 minutos.

DIA 3

De manhã, pegamos o metrô JR linha Yamanote para estação Ueno e lá, no parque de Ueno (上野公園), visitamos o templo Toshogu, o templo Bentendo, uma pagoda e, para quem quiser, há ainda o jardim zoológico e Museu Nacional de Tóquio.

japao roteiro - Roteiro de 12 dias pelo Japão

De tarde fomos para Ginza, o bairro chique e de compras em Tóquio. Lá tem uma Uniqlo gigante (12 andares) e uma loja da Apple enorme, entre várias outras grandes marcas.

DIA 4

Já deixamos o hotel com nossa bagagem e fomos para a estação central de Tóquio, chamada de “Tokyo”, rsrs. Guardamos as malas num locker e fomos conhecer o Palácio Imperial (皇居, Kōkyo) que fica lá pertinho.

A área é enorme, mas o palácio mesmo só vemos de longe, pois visitas são controladas e precisam ser reservadas com bastante antecedência. No mais, há vários jardins em volta, que garantem lindos passeios.

palacio imperial de toquio 1 - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Depois, pegamos nossas malas na estação e embarcamos em um trem bala para Kyoto. Há saídas, mais ou menos, de 10 em 10 minutos e o nosso JapanRail Pass nos permitia fazer a viagem no horário que quiséssemos.

trem bala japão

Chegamos em Quioto no começo da noite e nos hospedamos num hotel em frente à estação, o New Miyako Hotel, que é muito bom e com quartos bem espaçosos, coisa rara no Japão.

DIA 5

Kyoto é a cidade dos templos, todos lindos e imponentes. Para quem gosta do estilo, eis o paraíso!

Começamos pegando o ônibus 100, num terminal que tem na estação de trem mesmo, para um dos principais templos, o Ginkaku-ji (銀閣寺, Silver Pavilion). Demoramos uns 40 minutos para chegar lá.

templos de quioto - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Dali fizemos quase tudo a pé. Seguimos pelo caminho do filósofo (The Philosopher’s Path – 哲学の道) e fomos encontrando vários outros pequenos templos que nem estavam no nosso roteiro. São muitos!

Roteiro de 12 dias pelo Japão

Por fim, fomos visitar o grandioso Chion-in (知恩院), o qual, infelizmente, estava com boa parte de sua estrutura em obras. Passamos pelo Maruyama Park (円山公園) e Yasaka (八坂神社).

kyoto dicas - Roteiro de 12 dias pelo Japão

quioto dicas - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Daí, seguimos para passear pela ruazinha San-nen-zaka e suas adjacentes, super tradicional (e lotada de turistas). De lá, sobe-se para outro templo imperdível, o Kyomizu-dera (清水寺, “Pure Water Temple”), que ainda oferece uma bela vista da cidade.

o que visitar em quioto - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Como já estávamos cansados e era começo de noite, pegamos um táxi para Gion (祇園), o bairro das gueixas (as verdadeiras), que por volta das 18 horas começam a aparecer. A melhor rua para vê-las é a Hanami-koji.

Gueija - Roteiro de 12 dias pelo Japão

DIA 6

Hoje pegamos o metrô da JR – o Nara Line – para visitar Nara, cidade vizinha, conhecida por ter vários Bambis pelas ruas e, também, vários templos lindos.

roteiro japão

Na estação de Nara compramos um passe de ônibus turístico que vai a todos os templos e facilita muito a nossa vida. Você pode descer e subir quantas vezes quiser. Infelizmente, nesse dia chovia um pouquinho e tivemos nosso passeio meio limitado. Ainda assim, passamos pelos Templo Kofuku-jiParque NaraTemplo Todai-ji (e subtemplos Nigatsu-do e Sangatsu-do) e, ainda, o Templo Kasuga.

o que fazer no Japão

A Nara Line, um pouquinho antes de chegar na estação final em Kyoto, passa pela estação Inari, onde descemos para visitar um dos templos mais fotografados da cidade, o Fushimi-Inari  (伏見稲荷大社). 

templo de quioto - Roteiro de 12 dias pelo Japão

DIA 7

Por volta das 8 horas da manhã pegamos um trem bala para uma das visitas que mais esperávamos fazer: Hiroshima. Apesar da distância, chegamos lá em 1:36h.

Aqui no blog temos um post super detalhado do que fizemos lá, mas, em resumo, passeamos pela ilha de Miyajima, pelo Memorial da Paz em Hiroshima (平和記念公園), pelo Monumento da Paz das Crianças, Cenotafio e, ainda, o Hiroshima Peace Memorial Museum. Uma visita imperdível!

como chegar em hiroshima - Roteiro de 12 dias pelo Japão

dicas do Japão

DIA 8

Hoje foi o dia de visitar um dos lugares que eu tinha mais curiosidade em conhecer: a Floresta de Bambus. Para isso, pegamos o metrô da JR para a estação Arashiyama. Adorei o lugar!

floresta dos bambus japao - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Na volta, mais uma vez usamos o JR até a estação Emmachi e lá pegamos o ônibus 204 (6 paradas) na rua Nishioji Dori (na saída da estação) para o templo Kinkaku-ji (金閣寺). Este é um dos cartões postais de Quioto: o templo dourado.

o que fazer em quioto - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Ainda tínhamos planejado visitar o Castelo Nijo, mas estava chovendo muito e tivemos que desistir.

Por volta das 17 horas pegamos um trem bala até Nagoya (37 minutos de viagem) e, em seguida, um trem normal para Takayama (2h 35 minutos), nos alpes japoneses.

A viagem é um pouco lenta, pois é subindo a montanha. Procure fazer a ida ou a volta de dia, pois o caminho é bem bonito. Chegando lá, fomos direto para o nosso hotel, o Takayama Ouan, que era um hotel tradicional japonês – afinal, pelo menos uma vez durante a viagem você tem que se hospedar num lugar que tenha um onsen (banhos termais típicos).

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


DIA 9

Embora eu geral eu não goste de excursões, aqui tivemos que nos render a uma delas: um half day tour para Shirakawa-Go. Trata-se de uma aldeia japonesa tradicional, com suas casas ainda com os telhados feitos de palha. O lugar é uma gracinha e uma das grandes atrações do Japão.

alpes japoneses - Roteiro de 12 dias pelo Japão

dicas do japao - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Na volta, fomos tomar o banho nas piscinas termais. Há as coletivas e privadas. Como estávamos com a baby, optamos pela privada. Delícia, mas é quente pra caramba, rsrsrsrs!

DIA 10

Como Takayama é bem pequena, visitamos tudo a pé em pouco mais do que uma manhã, passando por suas ruas tradicionais.

takayama dicas - Roteiro de 12 dias pelo Japão

o que visitar em takayama - Roteiro de 12 dias pelo Japão

No meio da tarde começamos a nossa peregrinação de volta para Tóquio: trem comum até Nagoya e trem bala até Tóquio. Nesse último trecho, quase chegando, conseguimos visualizar ao longe o famoso Monte Fuji. Coisa rara!

monte fuji - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Como chegamos na estação central, optei por esta noite pegar um hotel ali bem em frente, para não ter que ficar me deslocando pela cidade. A escolha – ótima, por sinal – foi o hotel Ryumeikan Tokyo.

DIA 11

De manhã, pegamos o metrô JR Yamanote Line para Kanda Station, onde tivemos que fazer a transferência para Ginza Subway Line até  a estação Asakusa, para visitar o principal templo a capital, Asakusa (浅草, também conhecido como Templo Senso-ji).

o que fazer em toquio - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Para quem quer comprar souveniers, nas ruelas que dão acesso ao templo foi o melhor lugar que encontramos para isso.

Depois fomos até o bairro de Akihabara (秋葉原, com o JR Yamanote Line para a estação Akihabara), que é um paraíso para quem gosta de tecnologia. Aliás, Tóquio toda é… rsrs.

akihabara - Roteiro de 12 dias pelo Japão

De noite, nos mudamos para o último – e melhor – hotel dessa viagem, o Mandarim Oriental. O nosso quarto tinha uma baita vista da cidade.

tokyio dicas - Roteiro de 12 dias pelo Japão

DIA 12

De manhã curtimos o hotel e descansamos um pouco, afinal, seria o nosso último dia útil no Japão e no dia seguinte começaríamos a nossa saga de quase 2 dias de viagem na volta.

De tarde fomos até a Tokyo Tower e no caminho encontramos um templo (que estranho, rsrsrsr) com várias estátuas de crianças. Um lugar curioso!

tokyo tower - Roteiro de 12 dias pelo Japão

dicas de toquio - Roteiro de 12 dias pelo Japão

Por fim, voltamos ao bairro de Harajuku – pois, como era domingo, nos disseram que seria o melhor dia para visitar a Takeshita Dori, a rua que a “galera fantasiada” frequenta. Só digo uma coisa: estava lotada!!!!

batch harajuku toquio - Roteiro de 12 dias pelo Japão

E assim terminamos o nosso roteiro de 12 dias pelo Japão. Só posso dizer que era um país que não estava no topo da minha lista de desejos, mas me surpreendeu muito, em muitos sentidos e facilmente voltaria, pois ficou muita coisa por visitar. 😉

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

11 COMENTÁRIOS

  1. Ana, parabéns pela matéria. Para fins de comparação, quanto você pagou nas passagens aéreas que estavam em promoção? No geral, você poderia dizer qual foi a média de custo desta viagem? Obrigada.

    • Na época foi R$2.300,00, já de gastos médios não lembro de cabeça, só calculando mesmo, 🙁

  2. Nossa Ana!! Agora que li seu post fiquei mais segura em viajar. Estava um tanto receosa. Mas a sua descrição e o relato detalhado e simples de como pegar o trem para Tokyo no primeiro dia por exemplo, me ajudaram bastante. Já estou apaixonada por Quioto rsss. Não vejo a hora de chegar outubro.

  3. Ana, incrível seu roteiro, de todos (que foram muitos) o seu foi o melhor! Estava insegura em usar o Rail Pass em Tóquio! Pelo que li então eu consigo ir a praticamente todos os pontos turísticos usando a linha JR certo!?? Estava na dúvida se usava ele pra me deslocar apenas para fora de Tóquio ou se comprava para mais dias e usar ele para me locomover por Tóquio! Posso usá-lo em Toquio então sem erro de ter que me enfiar em outras linhas e acabar pagando passagens avulsas ?

    • No Japão todo? Nossa, muita coisa! Dizemos parte do centro-sul, faltou todo o norte, Nagoya, Nagazaki, Monte Fuji……..

  4. Boas, Adorei o seu post, parabéns pelo material e pela partilha.
    Gostaria de saber como você se orientou para deslocações entre localidades e cidades? (Google Maps, App, site etc)
    Agradeço a ajuda

    • Já fui com tudo planejado, via Google Maps, pesquisas online… Mas o Google Maps ajuda o suficiente. Boa viagem!

  5. olá, parabens pela materia, ta otima. Eu pretndo ir em 2019 , mes setembro, que acham?
    Onde pesquiso passagem aerea melhor preço? Melhor ir por dubai ou por estdos unidos? Obrigado

    • Não existe regra para isso. Tem que ficar olhando sempre e ver quando um bom preço aparece. 😉

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here