Roteiro de um dia em Hiroshima (um bate e volta a partir de Kyoto)

Na nossa viagem ao Japão havia alguns lugares que eu não abria mão de visitar… e Hiroshima era um deles!

A cidade fica mais ao sul e um pouco “contra-mão”, mas nada absurdo quando se tem um trem-bala 🙂 Então, resolvemos fazer um bate e volta a partir de Kyoto (onde ficamos por 4 dias), pois percebi que, apesar de ser um pouco corrido, era totalmente viável fazer um roteiro de um dia em Hiroshima e ainda dar um pulinho na pequena ilha de Miyajima.

Quando falamos em Hiroshima é praticamente impossível não lembrar da sua trágica história na II Guerra Mundial. Muita gente, quando soube que fomos lá, nos perguntou se a visita não era pesada e triste, mas, por incrível que pareça, não é! Claro que pensar em tudo que aconteceu ali é triste, mas a cidade não tem uma atmosfera carregada por conta disso, muito pelo contrário.

japão dicas de viagem

Mas vamos ao fatos práticos do passeio!

Como chegar em Hiroshima

Bom, como já disse, nós fomos a partir de Quioto. Pegamos um trem-bala às 8:03h da manhã e demoramos 1:36h para chegar, ou seja, bem tranquilo. O trem na ida foi direto; já na volta ele “terminava” em Osaka e lá pegamos outro que em 9 minutos nos deixou na estação central de Quioto. Pegamos o das 17:52h em Hiroshima e ele levou cerca de 2 horas para chegar, mesmo com a conexão, então, como viram, é tranquilo.

As nossas opções de trem para ir eram às 8:03h, 08:09h, 08:30h; e na volta eram às 17:35h, 17:52h, 18:13h, 18:35h. Mas existem outros muitos horários antes e depois.

trem bala japão

hiroshima

Roteiro de um dia em Hiroshima

Assim que chegamos na estação fomos logo pegar o metrô da JR linha Sanyo Line para irmos até a estação Miyajimaguchi (25 minutos de distância) e lá pegamos o ferry, também da JR, para a ilha de Miyajima (a travessia leva uns 10 minutos). Quem tem o Japan Rail Pass (válido apenas para turistas e tem que ser comprado antes de chegar ao Japão) faz todos esses percursos de “graça”: trem-bala, metrô e ferry.

viagem japão

japan-rail=pass

bate-e-volta

Miyajima é uma pequena ilha que pode e deve ser toda explorada a pé. É lá que fica o famoso tori flutuante e ela é habitada também por muitos “bambis”, que são super amigáveis (às vezes até demais e tentam roubar a sua comida).

tori flutuante

japão com criança

Antes mesmo de você chegar à ilha já dá para ver o tori e, assim que desembarcar, basta seguir o fluxo e ir beirando a água para chegar nele, que é bem pertinho. Nós fomos até lá tirar umas fotos do tori e da Pagoda que tem perto, brincamos com os bambis e na volta passamos por dentro de um espécie de mercado, onde compramos umas lembrancinhas. Logo depois, pegamos um ferry de volta. Gastamos pouco mais de uma hora nessa visita.

roteiro japãoComo a maré estava baixa, o tori estava em “terra”.

compras no japão

Daria para ficar mais tempo?

Claro que sim, seria até interessante dormir lá, mas o tempo era curto e o objetivo era a parte histórica de Hiroshima. Se você for a Hiroshima com mais tempo, dedique um pouco mais a esta ilha.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Escolha a melhor opção de seguro para você aqui e ganhe 5% de desconto com o cupom TURISTAPRO5. E quem pagar com boleto, ganha mais 5%.


Depois da visita concluída, pegamos o ferry e o metrô de volta para a estação e lá pegamos o bonde 6 (pode ser 0 2 também) para a parada Genbaku-Domu Mae (原爆ドーム前). Não se preocupe se vai ou não descer no lugar correto, pois a maioria das pessoas está indo para o mesmo lugar que você, eles anunciam no bonde e a parada é bem em frente ao Parque do Memorial da Paz, onde estão os locais para visitar.

como se locomover em hiroshima

Ali, até pela sequência geográfica, você visita o Genbaku Domu, o Monumento da Paz das Crianças, Cenotafio e o Hiroshima Peace Memorial Museum (aberto até às 18h). Tudo isso fica numa grande praça (ou parque), um do ladinho do outro, entre outros pequenos memoriais. É bem bonito e tranquilo, apesar da tragédia que lhes deu origem.

A primeira coisa que vemos é o Duomo (Genbaku Domu), que fazia parte da antiga prefeitura, uma das poucas construções que resistiu à bomba. É um marco na cidade.

viagem ao japão

Monumento da Paz das Crianças é um homenagem, como já podemos imaginar, às crianças que morreram vítimas da radiação. A história por trás da menina que está de braços abertos segurando um tsuru de origami é bem bonitinha, apesar de triste. Ela acreditava que se conseguisse fazer 1000 origamis de tsuru ficaria curada. Ela não conseguiu, mas isso virou um símbolo e, desde então, pessoas do mundo todo depositam ali pequenos tsurus de papel em respeito.

o que visitar em hiroshima

o que visitar no japão

O Cenotafio fica bem no meio do parque e está perfeitamente alinhado entre a Chama da Paz (que só será apagada quando todo o armamento nuclear deixar de existir) e o Memorial da Paz. É uma homenagem a todos que morreram vítimas da bomba atômica e possui todos os seus nomes gravados, além da inscrição “Descansem em paz. Nós nunca repetiremos o erro”.

roteiro de um dia em hiroshima

japão com bebê

o que fazer em hiroshimaChama da Paz e prédio do museu ao fundo

E, por fim, o emocionante Museu e Memorial da Paz. Ele é super barato (50 Yens) e, acredite se quiser: oferece um áudio-guia em Português. A visita é rápida, pois ele não é muito grande. Como já imaginamos, conta a história da tragédia que atingiu a cidade, tem alguns objetos e imagens da época, pois não há muitos registros. Conta a lenda que o fotógrafo contratado para registrar o ocorrido ficou tão chocado com o que viu, que conseguiu tirar apenas 3 fotografias.

roteiro hiroshima

o que ver em hiroshimaEssa bola vermelha marca o lugar onde a bomba explodiu

bomba atômica

dicas de hiroshima

memorial da paz hiroshima

Ao lado do museu, numa parte subterrânea, está o Hiroshima National Peace Memorial Hall for the Atomic Bomb Victims, que vale a pena das uma passadinha, pois é bonito e bem interessante, um lugar que emociona bastante a quem tem uma relação direta com o que ocorreu na cidade.

hiroshima dicas

Neste ponto já começamos a caminhar de volta para o mesmo local onde descemos do bonde anteriormente, para pegá-lo de volta para a estação. Mas ainda seria possível visitar o Castelo de Hiroshima. Como estávamos com nossa filha bebê (10 meses nesta viagem), tudo era um pouco mais lento e achamos que nosso retorno para Kyoto ficaria para muito tarde, mas se tiver fôlego, vá!

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Que tal já chegar no seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países e ainda planos que incluem telefone, no caso de viagem para o EUA. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e receba o seu chip em casa com frete grátisCompre aqui


Valeu a pena?

Muitíssimo, foi um dos pontos altos da viagem. Apesar de, geograficamente, Hiroshima ficar a 360 km de Kyoto, com a maravilha que é o trem-bala a viagem foi bem rápida e tranquila.

como chegar em hiroshimaVisual de dentro do museu

Gostou do nosso roteiro de um dia em Hiroshima? Então, se tiver a oportunidade, vá até lá e continue acompanhando aqui as nossas dicas do Japão.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

8 COMENTÁRIOS

  1. eu amei e vou fazer exatamente o que vcs fizeram!! ainda to montando meu roteiro… é um quebra-cabeças conhecer esse Japao! E o medo de ficar perdida? rsrsr

    • Pois é, também tivemos esse sentimento, mas acredite em mim, quando a gente chega lá percebe que é tudo muito mais simples. Fique tranquila! Boa viagem!

  2. Obrigada pelas informações, embora eu esteja aqui no meio dos japoneses nada como uma explicação em português, estou indo de Fukuoka para osaka e vou parar em Hiroshima suas dicas de horário me salvou!

    Um abraço

  3. Estamos indo em agosto até Kyoto e temos um dia livre. Gostaríamos de visitar Hiroshima. Tu achas que podemos ir sozinhos , sem excursão, pois a nossa operador esta pedindo 528 dolares por pessoa para o tour . Achamos caro, mas como já temos mais de 65 anos ,ficamos com medo.se formos por conta, achas que gastaremos menos ?
    Att Valeria

    • Nós fomos sozinhos e foi muito tranquilo, como pode ler no post e sim, com certeza gastará muito menos. Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here