Por: Ana e Declev - Atualizado em 25/06/2020

Que muitos turistas visitam o litoral catarinense todos os anos, disso nós já sabemos, mas, o que alguns ainda não sabem é que em apenas duas horas de distância do litoral está um verdadeiro paraíso gelado chamado: Serra de Santa Catarina, também chamada de Serra Catarinense.

Formada por um conjunto de 19 municípios, sendo os principais Lages, São Joaquim, Urubici, Urupema e Bom Jardim da Serra, a região abriga cenários bucólicos compostos por cachoeiras, rios cristalinos, florestas de araucária, vales, grandes cânions, trilhas de beleza incomparável e alguns dos pontos mais altos de todo o Brasil.

Considerado o destino ideal para o ecoturismo e turismo de aventura no sul do Brasil, a Serra de Santa Catarina atrai anualmente milhares de turistas em busca de contato com a natureza e a prática de esportes radicais, como rapel em cascatas e paredões e tirolesa.

Diante de tamanha extensão e inúmeros cenários de tirar o fôlego, a Serra de Santa Catarina guarda muitas opções do que fazer. E, para te ajudar, elaboramos este post para você conferir as principais atrações e dicas de roteiro na Serra Catarinense, um dos cartões-postais de Santa Catarina.

Importante => Seguro Viagem Nacional (dicas + desconto)

Como chegar à Serra de Santa Catarina?

serra catarinense - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Imagem de Urias França por Pixabay

Para quem pretende conhecer a Serra Catarinense, é interessante ter Urubici como cidade base, uma vez que sua localização geográfica é perfeita para que você possa conhecer as atrações das cidades vizinhas.

Assim, embora o aeroporto mais próximo de Urubici seja o de Florianópolis, situado a apenas 170 km de distância, há quem também queira chegar a partir do aeroporto de Lages, maior cidade da Serra e bem mais perto.

Quando nós fomos, ficamos hospedados em Lages, mas porque temos família lá, então, juntamos turismo e visita familiar; mas se fôssemos só por turismo, nossa base provavelmente teria sido Urubici ou São Joaquim.

Mas vamos à parte prática da viagem! Caso você esteja na capital de Santa Catarina, Florianópolis, vejamos os detalhes abaixo para chegar até Urubici:

De carro a partir de Florianópolis:

Se você alugar o carro saindo de Florianópolis, Para quem vem da capital, deverá seguir pela BR 282. A viagem dura, em tese, em média 2h45min. Mas o fato é que a estrada é cheia de curvas (claro!) e em muitos trechos com uma faixa só. Como por ali circulam muitos caminhões, às vezes você fica muito tempo atrás de algum deles sem conseguir ultrapassar e isso retarda bastante a viagem.

como chegar na serra de santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

De ônibus a partir de Florianópolis:

A principal empresa que faz esse trajeto a partir da Rodoviária é a viação Reunidas. A viagem dura em média 3h45min com saídas 6 vezes por semana. Valores a partir de R$ 55,00.

Porém, se você escolheu chegar na região da Serra Gaúcha de avião, pousando no aeroporto de Lages, saiba desde já que não existe ônibus que faça esse trajeto direto. Maiores detalhes a seguir:

De ônibus a partir de Lages:

Como dito acima, não existe ônibus que faça esse trajeto direto. Sendo assim, você deverá ir até a Rodoviária de Lages e pegar um ônibus até Bom Retiro. Em Bom Retiro, pegue outro ônibus para Urubici. A viagem total tem duração média de 4 horas e custos a partir de R$ 55,00.

Também é uma opção pegar o ônibus em Lages e ir para São Joaquim e em São Joaquim pegar outro ônibus para Urubici. Embora a viagem tenha a mesma durabilidade, o valor aqui é a partir de R$ 64,00.

De carro a partir de Lages:

Considerando isso, talvez seja melhor você alugar um carro e ter a liberdade de ir e vir entre as cidades. São 109 km que distanciam o Aeroporto de Lages do Município de Urubici. O percurso de carro dura em média 1h45min e também será feito pela BR 282.

1f697 2 - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

 Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português. CLIQUE AQUI E CONFIRA.

Confira => Passeios em Santa Catarina

Quando visitar a Serra de Santa Catarina?

A verdade é que não há uma melhor época para visitar a Serra de Santa Catarina, pois o destino é maravilhoso e agradável durante o ano inteiro!

Mas é no inverno que o número de turistas cresce bastante, todos em busca de curtir o frio e, quem sabe, presenciar as precipitações de neve.

O resultado dessa alta procura entre os meses de junho a setembro é a lotação nos hotéis e pousadas, por isso se estiver planejando a sua viagem para esse período do ano, a dica é reservar a hospedagem com bastante antecedência.

Nesses meses temperaturas negativas são comuns, então se for conhecer o inverno da Serra Catarinense não esqueça os agasalhos!

neve urubici - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Foto de Amigos de Viagem

O verão da Serra de Santa Catarina registra temperatura mínima de 13º C e máxima de 27º C, é ideal para curtir as atrações com céu azul e paisagens coloridas que são ofuscadas pelas neblinas do inverno.

Para quem deseja visitar a Serra Catarinense em meses de menor movimento de turistas, o período de baixa temporada por lá vai de março a maio.

Os índices de chuva são maiores nos meses de setembro a fevereiro.

Onde ficar na Serra de Santa Catarina

Decidir onde ficar na Serra de Santa Catarina pode não ser uma tarefa fácil, afinal, são dezenas de atrações espalhadas por várias cidades da região.

Normalmente, como dissemos, a cidade de Urubici é utilizada como base e é onde há a maior oferta de hospedagens. As cidades de São Joaquim e Bom Jardim da Serra também são bastante procuradas pelos visitantes.

As opções de hospedagens na região vão desde locais mais econômicos com ótimo custo benefício até os mais sofisticados e de luxo, agradando a todos os estilos de viagem.

Confira nossas dicas de onde ficar na Serra de Santa Catarina:

Pousada Serra Azul:

A pousada é uma das principais de Urubici com um bom custo benefício. A 106 km de distância do aeroporto de Lages, a pousada possui um ambiente temático descontraído e oferece quartos com TV e banheiro privativo, além de um bar à disposição.

  • Endereço: Praça Caetano Vieira de Souza, 101, Urubici

Pousada Boutique Chuá-Chuá:

Com decoração romântica, excelente para casais, a propriedade dispõe de estacionamento, bar, café da manhã e quartos com ar condicionado, frigobar e TV.

  • Endereço: Rua Pedro Custódio, 2225, Urubici

Rio do Rastro Eco Resort:

Localizado em meio aos cânions e em frente ao mirante da Serra do Rio do Rastro, a propriedade dispõe de quartos com vista para um lago, piscina coberta, banheira de hidromassagem, academia e restaurante.

  • Endereço: SC 438, km 130, Bom Jardim da Serra
onde ficar na serra catarinense - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
O charme do Rio do Rastro Eco Resort

Pousada Monte Carlo:

A pousada é uma das principais opções com bom custo benefício em São Joaquim, com quartos equipados com TV, banheiro privativo e café da manhã disponível. O aeroporto de Lages está a 80 km de distância.

  • Endereço: Rua José Palma, 43, São Joaquim

Chalé Alto da Serra:

Localizada no centro de São Joaquim, a propriedade dispõe de quartos decorados individualmente e equipados com TV, frigobar, cobertor elétrico e banheiro privativo, além de disponibilizar café da manhã para os hospedes.

  • Endereço: Rua Davidoff Lessa, 89, São Joaquim

Confira outras opções de hospedagem aqui

Onde comer na Serra Catarinense?

Na Serra de Santa Catarina os visitantes encontram uma rica gastronomia com opções de pratos caseiros, tradicionais, sofisticados e até mesmo pratos exóticos. São receitas que agradam todos os paladares e bolsos com um sabor serrano incomparável.

Uma coisa é certa: com tantas opções, escolher um local para comer não vai ser fácil! Por isso selecionamos alguns restaurantes para lhe ajudar a decidir onde comer na Serra Catarinense, confira:

Emporium Serra do Sol:

Restaurante bastante procurado para quem quer se deliciar com o famoso prato espaguete a carbonara. Além de massas, também fazem parte do cardápio carnes, saladas, sanduíches e sobremesas. O restaurante funciona de segunda-feira a sábado das 19h às 23h.

  • Endereço: Avenida Adolfo Konder, 2273, Urubici

Bodegão da Serra:

Aberto para almoço e jantar, o cardápio do restaurante possui pratos apenas com a culinária regional, apesar disso possui uma boa variedade de opções. Cervejas artesanais e vinhos também compõem o menu. Uma coisa bacana do local é uma lojinha anexa, onde é possível comprar produtos regionais como queijos, doces e etc.

  • Endereço: Avenida Adolfo Konder, 1900, Urubici

Mensageiro da Montanha:

O local funciona como restaurante e cafeteria e está aberto ao público do café da manhã até o jantar. Localizado no mirante da Serra do Rio do Rastro, o local oferece opções de cafés, chocolate quente, cappuccino, lanches rápidos e refeições com um farto buffet livre. Também está disponível um espaço para crianças e lojinha de souvenir e artesanato da região.

  • Endereço: Ao lado do Mirante da Serra do Rio do Rastro, Bom Jardim da Serra

Restaurante Pequeno Bosque:

Com um ambiente rústico e menu bastante diversificado, o restaurante oferece pratos bem elaborados da culinária regional, brasileira e internacional. Fondue, massas e vinhos são algumas das opções do cardápio. O restaurante abre para almoço e jantar. Na nossa opinião ele é o melhor de todos, muito bom mesmo!

  • Endereço: Rua Major Jacinto Goulart, 212 Centro, São Joaquim
comer serra catarinense - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Nosso deliciosos pratos no Pequeno Bosque, em São Joaquim

Quais são as cidades da Serra Catarinense?

Se você vai conhecer a região mais fria do Brasil, é importante ter em mente que são 19 lindos e diferentes municípios que compõem a Serra Catarinense, espalhando belezas exuberantes, hospedagens e bons restaurantes.

São eles: Anita Garibaldi, Bocaina do Sul, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Correia Pinto, Curitibanos, Lages, Otacílio Costa, Painel, Palmeira, Ponte Alta, Rio Rufino, São José do Cerrito, São Joaquim, Urubici e Urupema.

Embora tantas cidades de belezas únicas, para quem vai conhecer a fria região em tempo curto, Lages, São Joaquim, Urubici, Urupema e Bom Jardim da Serra são as principais, que concentram o maior número de atrações.

Assim, apenas para você ter uma noção da distância, segue mapa da Serra de Santa Catarina com as 5 cidades listadas acima:

Mapa Serra Catarinense - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Porém, caso você tenha muitos dias disponíveis, aproveite para conhecer além das cinco principais cidades, pois temos certeza que você não vai se arrepender, já que cada uma revela uma experiência única.

Quer descobrir com detalhes o que cada uma das cidades reserva para você? Então, confira os próximos tópicos!

Confira => Passeios em Santa Catarina

inverno sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Curtir um friozinho na serra é tudo de bom, não é?!

Quais as cidades mais frias de Santa Catarina?

Para quem vai em busca das baixíssimas temperaturas e eventuais cenários branquinhos de neve, saiba que na Serra de Santa Catarina existem algumas cidades onde o frio é mais rigoroso e, consequentemente, há mais chances de nevar.

O frio é garantido, e embora nem sempre possamos contar com as geadas ou nevadas por lá, para sorte dos turistas que gostam de temperaturas negativas, em alguns invernos mais rigorosos acontecem esses fenômenos naturais.

Então, se a sua intenção é passar bastante frio na sua viagem à Serra Catarinense, confira as cidades com maior probabilidade de atender as suas expectativas:

São Joaquim:

Com aproximadamente 1.300 metros de altitude e situado no Planalto Serrano, São Joaquim é uma das cidades mais frias do Brasil e vem se tornando um dos principais destinos para quem quer conhecer e curtir a neve no território brasileiro.

Vinho e frio podem ser uma boa combinação para quem visita São Joaquim.

serra de santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Urupema:

Vizinha de São Joaquim, a cidadezinha de Urupema também possui frio intenso no inverno, onde a temperatura mínima chega a ser abaixo de 0º C.

Bastante procurada pelos turistas, uma das atrações mais interessantes do local é a Cachoeira que Congela, localizada a cerca de 1.500 metros de altitude. É uma pequena queda d’água que vira gelo nos dias de frio intenso.

urupema sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Foto: Marleno Muniz Farias

Bom Jardim da Serra:

Com altitude de aproximadamente 1.200 metros, Bom Jardim da Serra registra uma das temperaturas mais baixas da região e do país. Também é uma das cidades que já registraram quedas de neve na região.

O que fazer na Serra de Santa Catarina: principais atrações

Há muito o que se fazer na Serra Catarinense, especialmente se considerar a quantidade de municípios disponíveis para visita, cada qual com a sua característica e atrações imperdíveis.

Para ter a sua satisfação garantida, se faz imprescindível estabelecer qual vai ser o tipo da sua viagem. Você gosta de aventura? Quer uma viagem em família? Uma viagem de lua de mel? Pensando nisso, decidimos falar quais são as principais atrações para cada tipo de viagem específico. Confere só:

Para quem gosta de ecoturismo

Morro da Boa Vista:

Esse é o ponto mais alto de Santa Catarina e está situado entre os municípios de Urubici e Bom Retiro, fica mais ou menos 20 km depois do trevo da cidade de Rancho Queimado.

São 1.827 metros acima do nível do mar de linda paisagem. Destino perfeito para quem curte a natureza devido à vista panorâmica que o mirante proporciona.

O local concentra a temperatura mais baixa de todo o Brasil, portanto, mesmo que você esteja indo no verão, procure levar agasalhos.

ponto mais alto de santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Foto de Por Acaso

Morro da Igreja:

O local faz parte do Parque Nacional de São Joaquim, e é o segundo cume mais elevado da região, com aproximadamente 1822 metros. Foi lá que em 1996 foi registrada a temperatura mais baixa do Brasil: -17,8º. 😱

Por ser um dos cartões postais da região, o Morro da Igreja é um local bastante visitado, mas apesar da visitação ser aberta ao público, possui número de visitantes limitado e é necessário solicitar uma autorização junto à ICMBIO em Urubici.

Uma vez chegando à parte superior do Morro da Igreja, os visitantes se deparam com a bela paisagem do local, inclusive com vista para a Pedra Furada, outro cartão postal local.

Pedra Furada:

Bem próximo ao Morro da Igreja está a Pedra Furada, formação natural de rochas com 30 metros de circunferência. Um dos símbolos turísticos mais conhecidos de Santa Catarina.

pedra furada urubici - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Imagem de gabikdoamaral por Pixabay

Cascata Véu da Noiva:

Também próximo ao Morro da Igreja, a Cascata Véu da Noiva possui uma queda d’água de mais de 60 metros de altura que desce por paredão de basalto cercado de mata nativa, lhe dando a aparência de um véu, daí a origem do seu nome.

Devido a sua água gelada e ao lago no pé da cascata, é um local ideal para os dias quentes de verão. A estrada que dá acesso a Cascata é bem sinalizada.

Caverna Rio dos Bugres:

Antigo abrigo dos índios, a caverna fica em área de vegetação exuberante. O sítio não é sinalizado por se tratar de uma área particular e para chegar lá vai ser preciso enfrentar 11 km de estrada estreita de terra batida. Os 300 metros finais do percurso deverão ser feitos a pé.

No ponto turístico há opções de cavalgadas, tirolesa ou rapel de 100 metros de altura por cima das cachoeiras. Na sua visita, não esqueça de levar lanterna para apreciar o interior da caverna e chegar a sua saída sem se perder.

sc caverna rio bugres - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Foto: Turismo de Uribici

Cachoeira do Avencal:

Essa cachoeira, com 100 metros de altura e um lindo paredão rochoso, é uma das principais quedas d’água do município de Urubici e uma das atrações da Serra de Santa Catarina. Devido ao seu tamanho, é muito procurado para a prática de trekking e rapel.

Essa cachoeira pode ser apreciada de uma plataforma de vidro que avança alguns metros no desfiladeiro… vai ter coragem?

Confira outras opções de hospedagem em Urubici aqui

urubici sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Snow Valley:

Situado no Município de Bom Jardim da Serra, é o parque pioneiro em Santa Catarina, conhecido por reunir inúmeras aventuras ao ar livre em um só lugar.

No local você vai encontrar, além de restaurante e hospedagem, tirolesa de 900 metros, circuito de arvorismo, muro de escalada com altura de 12 metros, trekking pelas araucárias. Trilha sensorial dos Xaxins, campo de Paintball e Arco e Flecha.

snow valley sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Morro da Cruz:

Situado em Bom Retiro, é um morro de 1.340 metros de altitude e proporciona ao visitante uma linda visão de toda a área urbana em contraste com os campos e vales do município.

É considerado um dos melhores pontos de vento do Brasil para a prática de asa-delta, parapente e paraglider.

Morro do Campestre:

Localizado na Região do Urubici, ficou famoso pelo inesquecível pôr do sol. Com entrada em fazenda particular, é possível subir para aguardar o astro e o céu com estrelas bem limpinho.

Morro do Costão do Frade:

É uma imensa pedra situada em Bom Retiro que tem esse nome devido a pedra se assemelhar à escultura de um padre. A pedra, inclusive, possui inscrições jesuítas que são a atração turística do local.

A subida é feita por pedras construídas por escravos e índios. É um verdadeiro mergulho na história do passado a quase 1.500 metros de altura.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


Para quem planeja fazer uma viagem romântica (ou não)

Com cenários deslumbrantes, a Serra Catarinense é um destino ideal para quem quer uma viagem romântica de lua de mel ou simplesmente uma viagem a dois, aproveitando o melhor do romantismo que o local oferece. Anote tudo que o local oferece:

Serra do Rio do Rastro:

Esta é, sem dúvida alguma, uma das serras mais famosas de todo o Brasil! Com 12 km de extensão e diversas curvas fechadas. A serra é cartão postal de Santa Catarina. O topo está a mais de 1.400 metros de altitude e contempla paisagens de tirar o fôlego.

Na descida, você vai encontrar mirantes, cachoeiras, mata atlântica, hospedagens de requinte e muitos restaurantes com comidas típicas do sul. Por que não parar na estrada para fechar esse lindo passeio com um bom almoço?

serra do rio do rastro sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Imagem de fer2016 por Pixabay

Rio do Rastro Eco Resort:

Trata-se de um complexo hoteleiro debruçado sobre a Serra do Rio do Rastro e possui chalés típicos de montanha para abrigar e aconchegar os casais que querem momentos a dois. Os chalés com varanda envidraçada e hidromassagem com vista pro lago, campos e mata. Enquanto lá fora faz frio, dentro você vai encontrar lareira e camas grandes e confortáveis.

O local conta com algumas comodidades, tais como, piscina ao ar livre o ano inteiro, banho turco, piscina a vapor, trilhas a pé, cavalgadas românticas, champagne ao luar na jacuzzi, canoagem, bilhar, pesca, academia, serviço de massagem e piquenique na borda Cânion da Ronda com queijo e vinho ao pôr do sol.

onde ficar na serra de santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Vinícolas:

Você sabia que existem inúmeras vinícolas espalhadas pela Serra Catarinense?

São tantas que escolhemos apenas 3 que consideramos as melhores para visitas guiadas: Villa Francioni, Vinícola D’Alture e Leone Di Venezia.

A Villa Francioni, localizada em São Joaquim, oferece passeios guiados por especialistas, que percorrem toda a vinícola com o visitante explicando tudo sobre a produção dos vinhos. Ao final, há uma degustação de quatro rótulos da empresa.

vinicola em santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Que tal conhecer alguns dos melhores vinhos do Brasil na Serra Catarinense?

A Vinícola D’Alture, conhecida por ser sinônimo de elegância e qualidade, é uma vinícola boutique que possui 14 hectares de uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Sauvignon Blanc, Chardonnay, Malbec, Montepulciano e Sangiovese. Os passeios devem ser agendados previamente pelo site.

A Leone Di Venezia, de tradição italiana, fornece uma visita guiada pela vinícola explicando todo o processo de elaboração e maturação dos vinhos. Entre os meses de fevereiro e abril, é possível também conhecer os vinhedos e sua grande variedade de uvas. Ao final do passeio, é possível degustar seis rótulos da marca, acompanhados de deliciosas bruschettas.

1f697 2 - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

 Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português. CLIQUE AQUI E CONFIRA.

Para quem está viajando com a família

Se você vai conhecer a Serra Catarinense com crianças, então a diversão é garantida, não é?

Para isso, algumas das atrações já listadas acima não podem faltar no seu roteiro, são elas o Rio do Rastro Eco Resort com suas atividades de tênis de mesa, parquinho infantil, salão de jogos, piscina, jogo de dardos e equipe de entretenimento e o Snow Valley com atividades para crianças a partir dos 3 anos de idade.

Além disso, aproveite os dias curtindo as paisagens, o clima fresquinho nas noites de verão e conhecendo as inúmeras cascatas e rios que estão localizadas em inúmeros hotéis-fazendas que permitem contato direto com animais.

Uma outra dica que dou é, na ida ou na volta, caso vá de carro, dar uma entradinha em Rancho Queimado, a cidade dos morangos. Além dela ser engraçadinha, você pode comprar morangos fresquinhos e as crianças se divertem com os morangos espalhados pela cidade. As nossa filhas adoraram! 😉

cidade dos morangos sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

O que fazer na Serra Catarinense no verão?

Para quem quer fugir do frio intenso do inverno serrano e pretende viajar no período do verão, a Serra de Santa Catarina guarda muitas atividades e atrações para curtir com cenários mais coloridos, céu azul, brilho do sol, e claro, sem neblinas.

A Serra de Santa Catarina deixou de ser um destino de inverno e passou a ser um destino para o ano inteiro, recebendo grande número de visitantes praticamente todos os meses, fazendo com que as cidades se preparassem estruturalmente para recebê-los, afinal são muitas belezas naturais para serem apreciadas!

Além de tudo que já citamos acima, confira nossas dicas do que fazer na Serra de Santa Catarina no verão:

Cachoeira do Avencal:

Com aproximadamente 10 km de distância do centro de Urubici, a Cachoeira do Avencal é uma das atrações mais famosas da cidade.

O local possui uma boa infraestrutura e a cachoeira possui uma queda d’água de cerca de 100 metros. Na parte superior da cachoeira existem dois parques com atividades de tirolesas, rapel, arvorismo, além de mirantes, sendo o mais famoso deles o Mirante de Vidro, com um avanço de aproximadamente 5 metros sobre o penhasco, é uma atração que causa calafrios em muita gente!

Serra do Corvo Branco:

Com aproximadamente 30 km de distância do centro de Urubici, a Serra do Corvo Branco possui cerca de 1500 metros de altitude e é uma das serras mais famosas da região.

É uma atração indicada para os dias limpos de verão devido à famosa, incrível e perigosa estrada com curvas que chegam a 180º, onde manobrar um automóvel pode ser bastante perigoso em dias de neblina e chuvoso.

serra do corvo branco - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Foto: Turismo de Urubici

A Serra do Corvo Branco foi a primeira estrada a ligar o litoral à Serra Catarinense e é conhecida por ser o maior corte em rocha com aproximadamente 90 metros de profundidade. Na parte superior da serra há mirantes onde se é possível ter uma vista panorâmica da região.

Além dos citados acima, busque priorizar durante o verão os mirantes, cachoeiras e atividades ao ar livre, assim, com sol, você consegue aproveitar ao máximo cada uma das atrações e ter a mais bela visão dos mirantes.

Roteiro de 3 dias na Serra Catarinense

Diante de tantas informações e tantas atrações, pensamos em um roteiro completo de 3 dias pela Serra de Santa Catarina para que você possa aproveitar ao máximo essa beleza de lugar!

Dia 1

Uma vez que já tenha chegado e se instalado em Urubici, o seu primeiro ponto turístico não poderia ser outro! Comece a sua rota pela Cascata do Avencal, o qual fica sob um enorme cânion com queda d’água. No local você vai encontrar tirolesa, passeio a cavalo, pedalinho, dentre outros.

Aproveite o local até sentir fome e aproveite para almoçar por perto em um bom restaurante com iguarias locais. Na parte da tarde, aproveite para conhecer a Caverna Rio dos Bugres, que fica mais ou menos em direção ao Morro da Igreja.

Se der tempo e caso você esteja em um hotel-fazenda com várias opções de entretenimento, aproveite um pouco para explorar a sua acomodação antes de sair para jantar em um bom restaurante com gastronomia local.

onde comer na serra de santa catarina - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
No fim do dia nada como curtir um friozinho e uma lareira

Dia 2

Com a energia renovada, aproveite o segundo dia da sua viagem para visitar algumas das atrações mais famosas e imperdíveis da região: Serra do Corvo Branco, Morro da Igreja, Pedra Furada e Cascata Véu da Noiva.

Inicie o dia de passeios indo até a Serra do Corvo Branco, onde é possível estacionar o carro numa área ainda na parte superior, para curtir a serra a pé e tirar muitas fotos incríveis.

Continuando com o passeio pegando a estrada de volta sentido Urubici, com a autorização de acesso do ICMBio em mãos, a próxima parada é o Morro da Igreja e a Pedra Furada, os dois cartões postais da cidade que sem dúvidas não pode ficar de fora do seu roteiro.

Após contemplar a vista do mirante do Morro da Igreja, bem próximo de lá está a Cascata Véu da Noiva, uma suave queda d’água de 62 metros. A cascata está numa área particular e uma taxa de R$ 10,00 é cobrada para acesso. No local há um restaurante à disposição e atividades de arvorismo e tirolesa.

Se der, aproveite para no final da tarde dar um pulo no Morro do Campestre e apreciar o pôr do sol digno de aplausos. Lá de cima se vê o Vale do Rio Canoas, várias estruturas rochosas e claro, o astro rei.

Finalize a noite descansando e aproveitando as instalações da sua acomodação com todos entretenimentos que ela oferece ou aproveite a oportunidade para conhecer mais um restaurante da serra catarinense.

pedra furada sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro
Imagem de Fabiano Panisson por Pixabay

Dia 3

No seu último dia, comece logo cedo indo em direção a São Joaquim. Lá você poderá visitar uma das vinícolas da cidade, como a Villa Francioni e depois dar uma volta pelo centro da cidade, que é bem pequeno: catedral, pracinha, lojinhas… e, por fim, não deixe de almoçar no restaurante Pequeno Bosque, que é muito bom!

sao joaquim sc - Serra de Santa Catarina: principais atrações, dicas e roteiro

Depois, você poderá ir até a Serra do Rio do Rastro, considerada uma das mais belas do mundo com todas as suas mais de 200 curvas. No decorrer da estrada há vários pontos de parada sinalizadas para apreciar a paisagem e tirar fotos. Você conseguirá ver vinícolas, cachoeiras e fazendas. Ela também já poderá ser seu caminho de volta ao litoral, se for o caso.

Vale a pena => City Tour Histórico em Florianópolis

E, assim, seu passeio pelo lugar mais frio do Brasil estará – quase – completo! Claro que para aqueles que tiverem mais tempo haverá atrações para fazer, afinal, vários pontos e cidades ficaram de fora desse roteiro, mas opções não faltam. 😉

A Serra de Santa Catarina é realmente um verdadeiro encanto, não é? Destino incrível de contato com a natureza que reserva grandes e inesquecíveis experiências.

Nós aqui do blog adoramos a serra e caso esteja com a viagem programada para Santa Catarina, a sugestão é aproveitar muito cada atração dessa região adorável.

Boa viagem!!!

Leia outras dicas de viagem para Santa Catarina:

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana e Declev
Este é o casal 20 do Turista Profissional, fundadores e responsáveis por tudo o que você lê neste blog. Juntos já visitaram mais de 60 países e compartilham aqui suas dicas e histórias.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *