Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

A fama dos vinhos do Chile vem crescendo a cada ano, especialmente nas últimas décadas.

E isso não é à toa, pois o Chile tem uma conjunção de fatores que faz com que ele seja um dos maiores e melhores produtores de vinhos do mundo.

Tudo começou com a introdução das sementes de uva pelos europeus durante a colonização, no século XVI.

Com o passar dos anos, a produção foi sendo desenvolvida, outras sementes foram importadas e as características do país foram muito bem aproveitadas, além de muito investimento na produção.

Vamos entender um pouco mais a história e importância dos vinhos chilenos.

> Leia também: SEGURO VIAGEM CHILE, por que fazer? <

Vinhos do Chile

Por que os vinhos chilenos são tão bons?

Como dissemos, o Chile tem uma série de fatores que ajudam aos vinhos chilenos serem os melhores do mundo – e o país soube aproveitar muito bem.

Em primeiro lugar, o fato de seu território ser todo concentrado entre o Oceano Pacífico e a maior cadeia montanhosa do mundo, em comprimento: a Cordilheira dos Andes.

A Cordilheira tem 8.000 quilômetros de extensão, tendo apenas 160 km em sua largura máxima. A altitude média é de 4.000 m, mas o ponto mais alto, o monte Aconcágua (na Argentina), chega a 6.962 m.

No Chile estão alguns dos montes mais altos: o vulcão Ojos Del Salado (6.893 m), o vulcão Llullaillaco (6.739 m), o nevado Tres Cruces (6.749 m) e o morro Tupungato (6.635 m).

Esta cadeia montanhosa faz com que existam diversos vales cercados pelas altas montanhas. Esses vales têm características – de solo e clima – diferenciadas.

Confira => Passeios em Santiago e arredores

vinhos Chile - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

Outro fator importante é o próprio formato do país, “comprido”, no sentido Norte-Sul: são 4.300 quilômetros de comprimento e somente 175 quilômetros de largura, em média.

Essa geografia faz com que o país tenha climas extremamente diversos: a região norte é mais quente e seca; a região central – onde está Santiago – apresenta clima ameno e estações do ano bem definidas; e a região sul é mais fria e mais “verde”.

Imperdível => Tour com degustação para a vinícola Concha y Toro

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 10% de desconto com o cupom TURISTAPRO5, é só clicar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


Basta pensarmos que o deserto mais seco do mundo – o Atacama – fica ao norte do país, e no extremo sul temos a Patagônia, uma região de geleiras.

A combinação dos dois fatores – as grandes cadeias de montanhas e a extensão territorial diferenciada – faz com que os vales formados pelas depressões das grandes montanhas tenham microclimas e solos completamente diferentes entre si.

E isto, por sua vez, faz com seja propício o cultivo de uvas diferentes que podem alcançar vinhos diferentes e de ótima qualidade.

Chile vinhos - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

melhores vinhos do Chile - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

Existem ao todo 13 vales que abrigam nada menos do que 240 vinícolas:

  • Vale Limarí
  • Vale Choapa
  • Vale Aconcagua
  • Vale Casablanca
  • Vale San Antonio / Leyda
  • Vale Maipo
  • Vale Cachapoal
  • Vale Colchagua
  • Vale Curicó
  • Vale Maule
  • Vale Itata
  • Vale Bío Bío
  • Vale Malleco

Diversas variedades de uvas se adaptaram muito bem aos diversos mircoclimas e vales produtores.

A principal é a Cabernet Sauvignon, mas também há produção de Merlot, Chardonnay e Sauvignon Blanc.

o que fazer no Chile - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

Mais recentemente, algumas outras variedades vêm ganhando espaço, como a Syrah e Malbec, além da Carmenère, uma variedade única no Chile e com uma história muito interessante.

vinhos chilenos - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?
Você sabia? Ao pé de cada fileira de videiras planta-se um pé de roseiras. As rosas são mais sensíveis, então, se houver algum problema – como um ataque de fungos – as rosas serão atacadas primeiro e pode-se salvar a plantação de uvas.

Vinícolas chilenas

Talvez a vinícola mais conhecida entre os brasileiros seja a Concha y Toro, produtora, por exemplo, do Casillero del Diablo e do Melchor.

Mas não se engane: existem muitas e muitas outras vinícolas que podem ser visitadas, a partir de uma excursão de um dia partindo de Santiago, com bons vinhos a serem degustados e comprados a preços razoáveis.

Outros bons exemplos – que eu conheci quando visitamos o Chile a convite do Valle Nevado – são a Montes e a Santa Cruz, ambas no Vale do Colchagua; além da Santa Rita (a que eu mais gostei!), no Vale Maipo.

vinícolas chilenas - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

Nas idas às vinícolas do Chile, você pode fazer uma visita guiada, conhecer todo o processo de produção dos vinhos, provar alguns deles e, claro, comprar!

> Veja aqui uma boa hospedagem em Santiago do Chile, um apart-hotel bom e barato <

chile vinhos regiões - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

vinhos chilenos bons e baratos - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

como chegar vinícola Chile - Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?

Então, se você gosta de vinhos, o Chile é um destino especial. Os vinhos chilenos estão entre os melhores do mundo não é a toa.

Portanto, fique de olho nas passagens aéreas baratas para Santiago do Chile e prepare as malas vazias, porque voltarão cheias de garrafas! 😉

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Mas tome cuidado com as regras alfandegárias e o que os alimentos do exterior que podemos trazer: pelas pesquisas que fiz, você pode trazer, sem pagar impostos, até 16 garrafas (considerando o volume de 750 ml em cada), perfazendo o total de 12 litros de bebidas alcoólicas.

Mas, dentro disso, apenas 12 garrafas do mesmo produto e, claro, dentro da sua cota de U$ 500,00.

Ah, se quiser dicas de quais vinhos trazer, veja as dicas que o pessoal do Nós no Chile preparou.

O Blog Turista Profissional viajou ao Chile desta vez a convite do Valle Nevado.

2 comentários em “Vinhos do Chile: por que os vinhos chilenos têm tanta fama?”

  1. Olá!
    Pretendo ir de ônibus de Santiago até Santa Cruz para passar o dia na Viña Montes e conhecer o novo restaurante Fuegos de Apalta!
    Minha dúvida é: chegando em Santa Cruz, consigo transporte até a Viña Montes com facilidade (e para a voltar para voltar para a rodoviária tbm)?!

    Responder

Deixe um comentário