Por: Ana Catarina Portugal

Você já imaginou o qual fantástica deve ser uma viagem de Toronto a Vancouver de trem, no Canadá? Então, saiba que isso é possível com a rota do trem The Canadian, da VIA Rail.

Existem várias rotas de trem no Canadá que são lindas, mas com o The Canadian você irá cruzar, literalmente, o país de leste a oeste. São mais de 4.500 km de trilhos por algumas das paisagens mais bonitas do país.

Embarque agora nas nossas dicas para começar a planejar a sua viagem de trem pelo Canadá!

=> Economia: Seguro Viagem Mais Barato (dicas + desconto)

The Canadian

The Canadian viagem de trem pelo Canada 1 - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Imagine passear de trem pelas paisagens incríveis do Canadá

Como já mencionamos, a viagem do The Canadian percorre cerca de 4.500 km ligando as províncias de Ontário à Colúmbia Britânica (e vice versa) e dura, para quem faz ela direto, quatro dias e quatro noites.

Você irá passar por cinco províncias (Ontario, Manitoba, Saskatchewan, Alberta e British Columbia), centenas de pontes e túneis, montanhas, pradarias, lagos, beira de rios, ou seja, você terá a oportunidades de ver a imensa variedade de paisagens do Canadá.

rota do the canadian 768x282 1 - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Rota do The Canadian e algumas das cidades por onde passa

É uma viagem absolutamente contemplativa e perfeita para quem quer desacelerar e relaxar, pois tempo para isso não irá faltar.

Mas você deve estar se perguntando: onde eu vou dormir? tomar banho? comer? o trem faz paradas? e a bagagem? e…….? Sim, são muitas dúvidas possíveis e vamos tentar tirar algumas. 😉

Embarcando nessa viagem de trem pelo Canadá

Uma vez com sua passagem comprada, a primeira dica que dou é que você se planeje para chegar a Toronto (ou Vancouver, se começar por lá) com pelo menos duas noites de antecedências ao embarque no trem, para evitar qualquer eventualidade ou atraso. Vai que seu voo para o Canadá atrasa?! Ou é cancelado?! Melhor não arriscar, né?!

passagem do The Canadian viagem de trem pelo Canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Assim, você chegará com calma, poderá ir até a estação antes para ver certinho onde é o embarque, trocar o seu voucher de reserva pela passagem, tirar alguma eventual dúvida nos guichês de atendimento da VIA Rail e, claro, aproveitar para passear por Toronto ou Vancouver, que são cidades que merecem a visita, acredite!

Toronto no inverno - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Curtindo Toronto no inverno
Vancouver - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Família curtindo o Capilano Park em Vancouver

Se você nunca as visitou antes, então, programe-se para chegar com mais folga de tempo para conhecê-las.

A mesma regra vale para a cidade que for sua opção de destino final. Não faça programações fechadas para o dia do desembarque, pois o trem pode chegar com atraso e, olha, isso realmente pode acontecer e vou te explicar o motivo.

O The Canadian divide os trilhos com os trens de carga que cortam o país, sendo que a prioridade de passagem é dos trens de carga (eles têm que abastecer as cidades). Portanto, quando um trem cargueiro está passando (e eles são gigantes e lentos, rsrs), os trens de passageiros ficam parados esperando que eles passem. E isso, ao longo de mais de 4.000 km, pode acontecer bastante.

Então, jamais marque seu voo de volta para casa para o mesmo dia do desembarque do trem e evite agendar passeios com hora marcada para esse dia.

embarque no the canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Hora de começar a viagem de trem pelo Canadá

Mas, voltando ao embarque, chegue à estação com uma hora de antecedência para fazer o seu check-in e despachar as suas malas, se for o caso. Os que forem viajar nas categorias Economic Plus, Sleeper Plus ou Prestige Class poderão esperar a hora de ir para o trem em um lounge executivo que há na estação.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


Bagagem

E por falar em bagagem, aqui vão algumas informações importantes sobre esse assunto.

Quem embarca no The Canadian tem direto a despachar duas malas com até 23 kg cada uma. Mas aqui vai a o ponto mais importante: você terá acesso a elas novamente somente no final da jornada, ou seja, quatro dias depois.

Isso significa que você deverá preparar uma bagagem de mão para levar com você dentro do trem, com tudo o que precisará durante o tempo que durar a viagem.

Mas, para nessa bagagem de mão você terá que ser conciso, pois o limite de peso dela é de 11.5 kg e ela deverá ser pequena, pois não há muito espaço para guardar um volume grande dentro dos vagões. Confira mais detalhes no site oficial da VIA Rail.

Leve roupas confortáveis para usar no trem, pijama, opções de entretenimento (tablet, livros, revistas…) e pouco mais do que isso.

paisagem canadense - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Categorias de acomodação no The Canadian

O trem The Canadian tem três categorias de acomodação: EconomySleeper Plus Prestige. Vamos conhecer um pouco de cada uma delas e o que as diferencia.

Economy

O nome já indica que é a classe mais simples, né?! Nela você viajará o tempo todo em poltronas, como as de um trem normal. Elas reclinam e são até bem confortáveis, mas nada de dormir deitado, claro!

Outra questão é que você tem direito, obviamente, a usar o banheiro, mas neles não há chuveiro. Se for fazer direto trecho de Toronto a Vancouver de trem, nada de banho!

Por fim, as refeições não estão incluídas no valor da passagem. Você precisará pagar por fora para consumi-las no vagão restaurante.

classe economica the canadian 2 - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Sleeper Plus

Esta é a, digamos assim, classe intermediária, rsrs. Nela, as refeições já estão incluídas, há camas para dormir, banheiro nos “quartos” e acesso a chuveiro.

Esta categoria é subdividida em Upper Bed/Lower Bed e Cabins.

Na Upper Bed/Lower Bed são beliches separados por cortinas. De dia são poltronas grandes e confortáveis e de noite elas se transformam em cama. A diferença principal é que a cama de cima não tem janela e a de baixo sim. O banheiro e chuveiro são compartilhados por todos os passageiros do vagão.

As Cabines podem ser para uma, duas e até quatro pessoas. Nelas há uma poltrona para o dia, cama para a noite, pia e vaso sanitário, mas o chuveiro também fica do lado de fora.

the canadian cabine de dia - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
De dia com as poltronas…
Cabine no The Canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
… e de noite com as camas
banheiro das cabines the canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Banheiro que há dentro das cabines

Independente de qual tipo de acomodação você escolha nesta categoria, todos os passageiros recebem kit de amenities para banho, toalha e roupa de cama. São oferecidas as três refeições diárias, bebidas não alcóolicas e durante todo o dia há frutas, biscoitos, suco, café e água à disposição em um vagão específico.

Bullet Lounge The Canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Que tal um lanchinho durante o dia?!

Prestige

Por fim, a Prestige é a versão cinco estrelas das acomodações do The Canadian. Nela você terá um quarto com banheiro completo, tv e frigobar. As refeições, obviamente estão todas incluídas e há um vagão bar exclusivo para os passageiros desta categoria.

Prestige trem no Canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Cabine Prestige The Canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Alimentação a bordo

Como já dito anteriormente, somente os passageiros das categorias Sleeper Plus e Prestige têm refeições incluídas no valor da passagem: café da manhã, almoço e jantar.

Alimentacao no The Canadian - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Essas refeições são servidas com hora marcada e você saberá no check in o seu horário do primeiro dia e depois poderá agendar lá no trem mesmo as demais.

Você poderá escolher a la carte o que quer comer. Claro que não há mil opções, mas os pratos são variados, preparados a bordo e bem caprichados. E ainda há uma entrada (sopa ou salada) e sobremesa, além de bebidas não alcóolicas.

refeicao a bordo trem no canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Vagao restaurante do The Canadian viagem de trem pelo Canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Quem for viajar na classe econômica terá que comprar sua alimentação a parte. Confira aqui as opções e valores.

Há paradas no The Canadian?

Em uma viagem tão longa de trem pelo Canadá é claro que há várias paradas. Na verdade, o The Canadian faz mais de 30 paradas, mas na maioria delas são apenas alguns minutos, que mal dá para sair do trem.

Mas existem três lugares onde, em geral, o trem para por mais tempo e é até possível pra dar uma voltinha pelo centro das cidades, que são Winnipeg, Edmonton e Jasper. O tempo exato que você terá em cada parada só saberá lá no trem.

Em Winnipeg, por exemplo, a parada dura, se não tiver nenhum atraso no trem, umas três horas e, como a estação fica bem no centro, dá para visitar algumas coisinhas, como o The Forks Market ou o Museu Canadense dos Direitos Humanos.

Outro lugar que dá para visitar bem é Jasper, no meio das Montanhas Rochosas, pois a cidade é bem pequenininha e dá para conhecer tudo a pé. Aliás, Jasper é o lugar onde muita gente opta por desembarcar do trem, ficar alguns dias e continuar a viagem quando o próximo trem do The Canadian passar.

Sim, é possível “quebrar” a sua viagem em trechos. Você não precisa fazer a rota toda direto. Pode fazer uma ou mais paradas, caso tenha tempo disponível para isso. Basta ao invés de comprar a viagem de Toronto a Vancouver de trem direto, comprar os trechos separadamente, por exemplo, Toronto-Jasper e Jasper-Vancouver, ou contrário, caso comece a sua jornada na costa oeste.

Embarque no The Canadian viagem de trem pelo Canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Entretenimento a bordo

Esta é uma viagem contemplativa, para apreciar a paisagem canadense, por isso não espere uma agenda cheia de atividades. Nesse caso, leve seu próprio entretenimento: filmes no tablet ou celular, jogo, livro, revista, música…

De todo modo, em alguns vagões o The Canadian disponibiliza também livros, revistas e alguns jogos de tabuleiro. Às vezes há degustação de alguma coisa (vinho, cerveja…) e música ao vivo à noite.

No trem, no trecho entre Edmonton e Vancouver, há um vagão panorâmico. Ele tem até o teto de vidro para que você possa apreciar melhor a paisagem quando passar pelas Montanhas Rochosas.

The Canadian viagem de trem pelo Canada - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem
Vagão panorâmico do The Canadian

Outra coisa que é bom você saber é que não há wi-fi a bordo e mesmo que viaje com o seu próprio chip internacional – o que eu aconselho que tenha -, quando o trem está passando lá pelo interiorzão ele não irá funcionar por falta de sinal. Isso é normal! Em geral, apenas quando o trem está se aproximando de alguma cidade é que o sinal aparece.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagem - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Outras dicas do The Canadian

O serviço é oferecido durante a ano todo, sendo que no verão há três saídas semanais e no inverno duas.

The Canadian viagem de trem pelo Canada no inverno - The Canadian: dicas práticas para cruzar o Canadá de trem

Embora você até possa comprar a passagem no site da própria VIA Rail, o ideal é que o faça através de alguma agência brasileira especialista nesta viagem, pois se qualquer eventualidade acontecer antes ou durante a sua viagem, elas poderão te auxiliar a resolver.

Além disso, toda e qualquer dúvida que tiver para planejar esta viagem, eles poderão tirar. 😉 Algumas opções são o pessoal da Canadá de Trem ou a Trains and Tours.

Para quem for começar a viagem por Toronto, saiba que o The Canadian parte da Union Station. Já em Vancouver ele sai da Pacific Central Station.

Mesmo que você opte por fazer esta jornada durante o inverno canadense, não se preocupe, pois o trem é preparado para isso e lá dentro está sempre quentinho.

E aí, ficou animado para fazer esta viagem de Toronto a Vancouver de trem a bordo do The Canadian?

Boa viagem!

Fotos: acervo pessoal ou gentilmente cedidas pela VIA Rail

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana Catarina Portugal
Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *