Por: Ana Catarina Portugal - Atualizado em 28/01/2020

Um dos monumentos mais conhecidos do mundo, é inimaginável pensar em visitar Paris e não visitar, ou ao menos ver, a Torre Eiffel, não é mesmo?

Hoje ela é o símbolo de Paris e uma das atrações turísticas mais visitadas em todo o mundo. Mas, você acredita que a Torre Eiffel já foi considerada uma obra que estragava a paisagem da cidade e que deveria ser destruída?

Difícil de acreditar, não? Mas é verdade, a gente conta essa história qui no post.

E também falamos de muitas outras dicas sobre ela. Afinal, hoje em dia, quem não quer uma foto com a Torre Eiffel ao fundo?

Vamos conhecer um pouco mais de sua história e algumas curiosidades? Além, claro, de dicas práticas para visitar a Torre Eiffel!

Economia => Seguro Viagem Europa (dicas + desconto)

Torre Eiffel: sua história

Acredito que muita gente deve se perguntar sobre qual o motivo da construção da Torre Eiffel, pois eu mesmo já me perguntava sobre isso antes de conhecer a razão.

Já adianto que ela não foi pensada para ser um ponto turístico de Paris… mas confira um pouco de sua história.

Erguida no final do século XIX, a Torre Eiffel começou a tomar forma por conta da Exposição Universal em 1889, a EXPO 1889, no Centenário da Revolução Francesa. Naquela época um concurso de projetos foi realizado e o engenheiro vencedor teria sua obra construída no Campo de Marte de Paris.

Dos 107 projetos apresentados, o de Gustave Eiffel foi o que venceu.

A construção da torre levou dois anos e passou por três etapas: o primeiro andar, segundo andar e, finalmente, a construção do terceiro andar, terminando com a inauguração em 31 de março de 1889.

Apesar de ter ganho o concurso e de ser construída, os parisienses não caíram de amores pela torre. Eles a achavam feia, um amontoado de ferro, uma monstruosidade…

Confira => Passeios em Paris e arredores

roteiro em paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Quem resiste a esta foto do carrossel e a Torre Eiffel ao fundo?!

Curiosidades

Para a alegria dos que a culpavam por ‘enfeiar’ a cidade, a Torre Eiffel não foi feita pra durar para sempre. Ela seria destruída após 20 anos de exploração (mais ou menos no esquema de concessão, quando o contrato acabasse). Mas o sucesso durante a Exposição Universal foi tão grande que destruir a Torre Eiffel ficou fora de cogitação.

Outro fator que também contribuiu para que ela não fosse destruída foi a utilidade da torre para a comunicação de rádio, muito necessário na época da Primeira Guerra Mundial.

Só de curiosidade, você sabe qual é a altura da Torre Eiffel? Bom, ela tem de 324 a 339 metros de altura.

Sabe porque essa variação? No verão, por conta do calor, ela aumenta de tamanho por conta do processo de dilatação térmica do ferro, material com que foi feita. A dilatação do material faz com que ela aumente o seu tamanho em até 15 centímetros, dependendo do calor que fizer no dia.

Doido, né?!

Dicas para visitar a Torre Eiffel

Pois é, quem diria que a Torre Eiffel iria se tornar um dos mais famosos cartões postais do mundo??

Agora, veja abaixo todas as dicas para visitar a torre Eiffel.

☛ Leia também: Paris: dicas de viagem e roteiro para quem vai a primeira vez

paris com bebê - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Eu a primeira visita de nossa filha mais velha a Paris

Quantos andares tem a Torre Eiffel?

A Torre é dividida em 3 pisos e cada um possui um valor de entrada e atrações específicas.

O balcão de informações, lojas de lembrancinhas e gastronomia é o que você encontra logo no térreo da Torre Eiffel. Tem também caixas eletrônicos que possibilitam o acesso para deficientes.

Primeiro piso

Subindo, no primeiro piso encontra-se uma das atrações mais emocionantes da torre: o piso transparente. São 57 metros de distância do chão que dão uma sensação de estar flutuando no ar.

Neste andar fica o que restou de uma escada em espiral, projetada inicialmente para ligar o segundo andar ao topo (Gustave Eiffel pretendia usá-la pra chegar até o seu escritório).

O restaurante 58 Tour Eiffel fica nesse andar também, junto com uma loja de souvenir e um espaço utilizado para eventos.

Segundo piso

O segundo piso é ótimo para fotos, pois já dá uma altura bacana para uma bela vista, caso você não vá subir até o último.

É neste andar onde se pega os elevadores pra subir até o topo. Tem algumas lojas de souvenirs e dois restaurantes: um buffet e o requintado Restaurante Les Jules Verne.

Pesquise outras opções de hospedagem em Paris aqui!

lua de mel em paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Rio Sena visto do alto da Torre Eiffel (segundo andar)

O que tem no topo da Torre Eiffel?

No último piso, ou seja, no topo da Torre Eiffel, você vislumbra uma das melhores vistas de Paris. São mais 180 metros de altura e o topo é dividido em dois ambientes, um coberto e outro ao ar livre, o qual só é possível ter acesso por elevador.

É neste andar que está localizado também o escritório de Gustave Eiffel, engenheiro criador do projeto da torre.

O último andar de uma das torres mais famosas do mundo não poderia deixar de ter um bar; nada como tomar um champanhe enquanto se aprecia Paris, não é mesmo?

Confira => Tour guiado na Torre Eiffel sem fila

vista da torre eiffel - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Visual do segundo andar da Torre Eiffel

Quanto custa subir na Torre Eiffel

Os valores dos ingressos para a Torre Eiffel variam de acordo com o “pedaço” da torre que se pretende acessar. Quem for até o terceiro andar também pode descer no primeiro e no segundo; quem for até o segundo também pode descer no primeiro.

O valor para subir até o topo é de € 25,90 pra adultos, e é o mais caro.

Para quem deseja ir só até o segundo andar o valor cai para € 16,50 para adultos (se for de elevador) ou € 10,40 (caso vá pelas escadas).

O elevador geralmente é mais concorrido, por isso, dependendo da época do ano que você for, cogite seriamente em comprar um ingresso “fura fila”, caso não queira perder horas esperando para conseguir subir. 😉

Acredite: as filas ficam enormes!

 

Há descontos nos preços para jovens até 24 anos e crianças com menos de 4 anos não pagam.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagem - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris

Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Também dá pra comprar o ingresso por “pedaços”, ou seja, se de repente você comprou só para o segundo andar e na hora resolveu subir até o topo, dependendo da disponibilidade de vagas no momento, é possível estender a subida comprando um ingresso complementar.

O melhor jeito de não enfrentar filas é comprar o ingresso online no site oficial (http://www.toureiffel.paris/), pois, neste caso, a subida até o topo tem hora marcada.

A parte negativa de comprar este ingresso é que ele é válido somente para o horário escolhido. Se você quiser flexibilidade e for comprar na hora, a bilheteria se localiza no andar térreo.

☛ Leia também: Seguro viagem é obrigatório para a Europa?

como se locomover em paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Torre Eiffel: linda de qualquer ângulo!

Horários da Torre Eiffel

A Torre Eiffel abre todos os dias do ano. No verão (de junho a setembro), a Torre abre às 09h e fecha às 00:45h. Já nos demais meses o funcionamento fica das 09:30h às 23:45h.

☛ Leia também: Onde ficar em Paris (os piores e os melhores bairros)

Paris Torre - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Nossa baby visitando Paris pela segunda vez…

Como chegar na Torre Eiffel

A maneira mais prática de chegar lá é indo de metrô, pois existem várias estações que te deixam lá perto, como “Trocadéro”, “Bir-Hakeim”, “École Militaire” e “Champ de Mars Tour Eiffel”.

Se você quiser uma sugestão nossa, opte pela estação Trocadéro, pois de lá você já terá a vista mais bonita da Torre e já vai garantir as fotos clássicas de Paris. É lindo!

Economia => Paris Museum Pass

o que fazer em paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Esse é um dos ângulos da Torre Eiffel que acho mais bonito!

Caso queira ir de ônibus, algumas opções são os 42, 69, 82, 87 e desça no ponto “Champ de Mars”.

Restaurantes na Torre Eiffel

Sim, há algumas opções para comer lá no alto da Torre. Não vai sair baratinho, mas é uma experiência única.

The 58 Tour Eiffel

O The 58 Tour Eiffel  está localizado no primeiro. O legal dele são as suas  janelas panorâmicas com uma vista de tirar o fôlego para o Trocadeiro e os Palácios de Chaillot.

Ele tem uma decoração contemporânea e serve almoço, quando o ambiente é mais descontraído e familiar, e jantar, quando se torna mais formal e requintado.

Para comer no almoço você até pode ir sem reserva (mas é sorte conseguir lugar), já de noite somente com reserva. Só para ter uma ideia de preços, o menu do almoço custa 39 € e 15 € para crianças com até 12 anos. Já o jantar não vai sair por menos de 86 €.

The Jules Verne

O The Jules Verne é o mais exclusivo dos restaurantes da Torre Eiffel., tanto que tem até um elevador exclusivo para levar os clientes até o 2º andar, onde fica. Para conseguir os melhores lugares é recomendado fazer reserva com três meses de antecedência.

O chefe responsável por sua cozinha é Frédéric Anton, que possui três estrelas Michelin. O menu do almoço custa 105 € e o jantar sai por pelo menos 190 €.

restaurantes na Torre Eiffel - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
Foto oficial

Buffets

Se almoçar em um dos restaurantes acima está fora do orçamento, saiba que há opções de lanchonetes onde poderá comer pizzas, sanduíches, doces, macarons e outros lanches. Eles ficam no primeiro e no segundo andares.

Champanhe

No topo da Torre Eiffel está o “Bar a Champagne”, onde poderá beber uma taça da bebida mais famosa da França. Ele funciona diariamente das 10h15 às 22h15.

Imperdível => Tour guiado e sem fila para Versalhes

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


Melhor época para visitação

Durante os meses de verão (junho, julho e agosto), a Europa inteira fica mais cheia de turistas, portanto, se puder, evite. Os finais de semana também são cheios, fuja destas datas. Se não tiver jeito, procure comprar o ingresso online para evitar filas.

Dá pra evitar as filas dos elevadores também se você fizer uma reserva em um dos restaurantes da Torre Eiffel, o Les Jules Verne e o 58 Tour Eiffel, que possuem acesso diretamente a eles. Depois, quando chegar no andar do restaurante, você pode fazer o esquema de comprar o ingresso complementar para outros pisos.

Fica mais caro, claro, afinal, você vai adicionar uma refeição em um lugar que não será tão barato, mas nada como aproveitar o fato de já estar em Paris e comer no cartão postal da cidade, não é?!

☛ Leia também: Roteiro de 2 dias em Paris (com mapa)

dicas de Paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
E como não amar Paris?

Outros pontos turísticos próximos à Torre Eiffel

Depois que você curtir bastante a principal atração turística de Paris, aproveite para visitar outros lugares que ficam ali perto.

Para começo de conversa, passear um pouco pelo Campo de Marte, que aliás, garante lindas fotos da Torre Eiffel.

Depois, ali pertinho também ficam o Museu du Quai Branly, Museu de Arte Moderna de Paris, Museu dos Esgotos de Paris, o Museu Guimet , Les Invalides (onde está o túmulo de Napoleão) e o meu favorito, o Museu Rodin e seu jardim.

Além disso, bem na frente da Torre Eiffel é possível dar início a uma passeio de barco pelo rio Sena, que apesar de algumas pessoas acharem clichê, eu gostei bastante de ter feito.

Divirta-se => Ingresso de 1 dia para a Disneyland Paris

museu rodin paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de Paris
As esculturas no jardim do Museu Rodin

E aí, animado para visitar a Torre Eiffel? Como não poderia ficar, né?!

Não deixe de conferir todas as nossas dicas de Paris e dicas da Françae nem de verificar os ingressos e passeios, que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

guia de paris - Torre Eiffel: dicas, curiosidades e como a visitar a principal atração de ParisAproveite para conhecer também o nosso guia, o “Roteiro de 7 dias em Paris e arredores“,  que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia a dia.

COMPRE SEU GUIA AQUI

Boa viagem!

✈ Continue sua viagem para Paris aqui:

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana Catarina Portugal
Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.
2 Comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *