Viagem para Cancún: dicas práticas!

Atualizado em 19/09/2019

Caribe: provavelmente é o principal nome que se tem na cabeça quando o assunto é uma viagem para Cancún.

Não é à toa, já que Cancún é um dos destinos na região caribenha mais conhecidos e buscados por turistas que queiram se esbaldar nas praias de águas cristalinas.

Para quem não sabe onde fica Cancún, aqui vai: a cidade fica no México, na região de Quintana Roo, onde a cultura do povo Maia se faz bastante presente. Sendo assim, é comum passeios históricos serem mesclados com as atividades de praia.

Confira agora as nossas dicas de Cancún para começar a planejar sua viagem para esse paraíso! Olha, vale a pena ir!

=> Economia: Benefícios de um seguro viagem (+ 10% de desconto)

Dicas de viagem para Cancún

Hotel lem frente a praia em cancun

Como chegar a Cancún?

Por ser bastante turístico, Cancún possui um aeroporto próprio, chamado Aeroporto Internacional de Cancún.

No entanto, não há – ainda* – voos para Cancún diretos do Brasil e é preciso fazer escala/conexões em outras cidades como Lima (Peru), Bogotá (Colômbia), Cidade do Panamá (Panamá) e até mesmo nos Estados Unidos, dependendo da cia aérea.

*Nota: a Gol anunciou um voo direto Brasília-Cancún (com conexões partindo de várias cidades do Brasil), que irá começar a operar a partir de 28 de junho deste ano, e as passagens para Cancún já estão disponíveis para vendas.

Além do trajeto pelos céus, é possível chegar a Cancún por via marítima, já que muitos cruzeiros pelo Caribe incluem a cidade nos roteiros.

mar azul do caribe em Cancún

Quais são os documentos necessários para viajar para Cancún?

Não é necessário visto para Cancún, caso a estada seja de menos de 180 dias; no entanto, diferentemente dos países da América do Sul, onde só o RG já basta, para fazer uma viagem para Cancún é preciso passaporte. A validade recomendada do passaporte é de 6 meses, no mínimo.

Fora isso, siga as recomendações padrões de documentos, como passagem de ida e volta, comprovante de acomodação, comprovação financeira para as férias no país e seguro viagem.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI!


Qual é a moeda usada em Cancún?

Cancún é uma cidade mexicana, então a moeda vigente é o peso mexicano, obviamente.

Porém, como é um lugar muito turístico e próximo dos Estados Unidos (inclusive, é um destino caribenho bastante comum para os estadunidenses), o dólar americano acaba sendo aceito em muitos locais turísticos.

Então, uma das dicas de Cancún é prestar atenção no troco, que pode ser que venha em peso mexicano, mesmo pagando-se em dólar. Sempre pergunte qual é o câmbio feito, pois em alguns lugares ele pode ser desvantajoso.

pontos turisticos de Cancún

Como sair do aeroporto de Cancún

Provavelmente, você vai se hospedar na zona hoteleira de Cancún e há várias possibilidades de se chegar até lá.

Táxi é a forma mais cômoda e prática, no entanto não é a mais barata. É possível pegar um transfer/shuttle até a zona hoteleira também. Ele vai parando nos hotéis, o que pode ser mais demorado, porém é mais barato.

Existe também a opção de transporte público e não é difícil usar. Os ônibus são da empresa ADO e dá pra comprar a passagem no aeroporto mesmo. Os trajetos levam até o centro de Cancún, o que barateia um táxi, que pode ser pego ali no centro até seu hotel.

Caso seu destino sejam as Ilhas e praias mais distantes, o ônibus da ADO também pode servir para uma parte do trajeto.

Nós optamos por alugar um carro durante nossa temporada na região e recomendo muito que você faça isso, pois facilita muito os deslocamentos, já que as atrações da região são muitas e elas não são próximas umas das outras.

passeio de veleiro em Cancún

Como é o clima em Cancún?

No meio do Caribe, não há dúvidas de que em Cancún faz calor o ano inteiro. As temperaturas se mantêm agradáveis em praticamente todos os meses, entre 25ºC e 30ºC.

A diferença pode acontecer somente durante o inverno, quando as noites ficam mais fresquinhas, mas nunca frias. Já durante o verão, é possível encarar dias de muito calor (mesmo!).

Lembrando que as estações do ano em Cancún são inversas ao Brasil, ou seja, o inverno deles é entre os meses de dezembro e fevereiro.

Nós fomos no começo de março e só pegamos dias lindos e quentes. Muito bom!

praia em Cancún

Qual é a melhor época para ir a Cancún?

Dezembro e janeiro são a época de temporada, mas também costumam ser a melhor época para ir a Cancún por conta do tempo bom, sem chuvas e com o calor não tão escaldante, já que é “inverno”.

A época mais indicada pode se estender até maio, pois há menos chances de pegar chuva.

entre agosto e novembro, além de serem os meses de chuva, é a época de furacões no Caribe, então procure evitar (principalmente setembro e outubro, que são os meses de ápice). Não que vá haver furacões – os últimos anos foram tranquilos -, mas a possibilidade existe.

Março e abril são meses muito indicados para uma visita a Cancún caso você goste de festas. Isso porque é neste período que acontece o famoso Spring Break, quando Cancún fica lotada de jovens do mundo todo (principalmente dos EUA) buscando festas, bebidas e outras cositas más.

azul do Caribe

Tem furacão em Cancún?

Cancún fica na rota dos furacões caribenhos e é recomendável que você evite viajar para lá nos meses das temporadas de furacões, como dito acima. Lembrando que setembro e outubro são os meses com mais chances de passar um por lá.

No entanto, a possibilidade de acontecer mesmo e, principalmente, de você se deparar com um durante sua estada é bem baixa.

Não cancele uma viagem para Cancún por conta disso, só fique ciente do período e tome os devidos cuidados (como ir com um seguro viagem que cubra custos relacionados).

letreiro Cancún

Quantos dias ficar em Cancún?

Por ser um destino que une praias lindíssimas, rede hoteleira da melhor qualidade, ilhas,  cenotes estonteantes, grandes centros comerciais e atrações históricas Maias, a quantidade de dias em Cancún pode facilmente variar de 2 a 15 dias.

Se a intenção é ter uma ideia de como é a região de Cancún e você não tiver mais tempo (como o caso das viagens de cruzeiro), fique dois dias e curta as praias e alguma ilha.

Caso possa ficar mais dias, vá adicionando as atrações a gosto. De 10 a 15 dias é uma quantidade perfeita para conhecer tudo – ou quase, rsrs – na região de Cancún e com calma.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 210 países, e de voz para EUA, México, Canadá e Europa. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe o frete grátis

COMPRE SEU CHIP AQUI!


O que visitar nos arredores de Cancún?

Muitas das praias, ilhas e passeios histórico-culturais que são citados quando se fala em Cancún ficam, na verdade, nos arredores da cidade, mas pertinho o suficiente para visitar sem problemas durante a sua estada.

É o exemplo do sítio arqueológico Chichén Itzá, que fica a quase 200 km da zona hoteleira e é considerado uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo.

chichen itzá

Há também o sítio de Tulum, localizado em Riviera Maya, a 132 km dos hotéis. Cobá é outro ponto de turismo histórico e é nele que fica a pirâmide Nohoch.

Além deles, há a maravilhosa Isla Mujeres, que é bem pertinho do centro e é acessada facilmente por ferry boat ou tour de um dia.

Na região de Cancún e Riviera Maya há vários (milhares, literalmente, pois são mais de 10.000) cenotes, que são enormes buracos cheios de água doce e cristalina. Eles podem ser abertos ou podem ser cenotes dentro de cavernas, com rios e lagoas subterrâneas.

Cenotes no México

E, claro, há as praias de Cancún, que são lindas!

Algo que eu tinha um certo preconceito quando lia a respeito, mas que adorei ter visitado, são os parques do grupo Xcaret. São vários na região, mas nós conseguimos ir ao próprio  Parque Xcaret e ao Xel-Há (este em sistema all inlcusive).

São lindíssimos e cheios de atrações e atividades para todas as idades. Fiquei morrendo de vontade de conhecer os outros, rsrs.

Parque Xcaret no México

E, ainda que nós não tenhamos achado nada demais, outro dos passeios em Cancún típicos e famosos é a visita à ilha de Cozumel, que fica a cerca de 75 km de Cancún. Mas se aqui vale um conselho, é: não coloque Cozumel no seu topo de prioridades. Se tiver tempo sobrando, ok; mas se não, vá visitar outras coisas.

 

O que fazer em Cancún

Assim que você começar a organizar a sua viagem para Cancún, vai perceber que a maioria dos pontos turísticos na verdade não ficam na cidade mas, sim, nos seus arredores, como deu para perceber pelo tópico anterior.

Então, você deve estar se perguntando o que fazer em Cancún, certo?!

Bom, além de curtir a vibe da cidade, que é bem legal, ela tem algumas das praias mais bonitas da região. As praias de Cancún têm uma cor surreal!

praia do Caribe mar azul

Fora o fato de ser uma das opções de cidade-base para muitos passeios, em Cancún mesmo você poderá visitar:

  • As praias de Cancún;
  • Museu Submarino de Cancún;
  • Croco Zoo;
  • letreiro de “Cancun” na Playa Delfines;
  • Wet’n Wild;
  • Museu Maya;
  • Museu Sensorial da Tequila;
  • Zona Arqueológica El Rey;
  • Museu de Arte Popular em Cancún.

Cancún com crianças

Onde ficar em Cancún?

Os hotéis se concentram na chamada região hoteleira, que fica numa espécie de braço de terra (que se parece uma ilha fina e comprida), bem ali nas praias, muitos à beira delas, literalmente.

Muitos funcionam no sistema all-inclusive. Isso é importante saber na hora de fazer o roteiro; então, uma das dicas de Cancún é avaliar se sua intenção durante a viagem para lá é ficar muito no hotel ou não.

Caso não seja, talvez valha a pena buscar um fora do sistema e que seja mais barato. Esse foi o nosso caso, e se for o seu, a nossa dica de hotel em Cancún é o Bsea Cancun Plaza.

hotel cancún praia
A varanda do nosso quarto em nosso hotel em Cancún

Em relação à localização, há hotéis perto das praias mais calminhas (aquelas das fotos maravilhosas do Caribe), ao noroeste da península, que é atravessada de norte a sul pela Avenida Kukulcán.

Já se você pretende aproveitar a noite, diversas opções de hospedagem ficam mais próximas das ruas famosas de baladas bem conhecidas, como o famoso Coco Bongo, na parte norte da península.

Agora, se você não quer ficar só na calmaria, dá pra se hospedar bem no meio do agito, mais pra baixo da Avenida. Ali a água do mar mescla entre calma e mais agitada e menos translúcida que a parte mais tranquila.

piscina de borda infinita em Cancún
Vidinha mais ou menos! 😉

Por fim, dá para ficar também na região central da cidade, que é fora da zona hoteleira e não tão perto das praias. A vantagem, neste caso, é que você encontra hospedagem mais barata; mas, sinceramente, eu não acho que valha a economia, pois é uma região que em nada lembra a Cancún que você quer visitar. E ainda por cima fica longe de tudo.

Pesquise opções de hospedagem em Cancún aqui!

Compras em Cancún

A grande vantagem de compras em Cancún é a possibilidade do duty free, ou seja, compras sem imposto. Além disso, os produtos eletrônicos são um pouco mais baratos do que no Brasil.

Em Cancún existem diversos shoppings e lojas, como o La Isla e o Kukulcán Plaza. Já o Mercado 28 é mais local, com artesanato e souvenirs.

Ou seja, você não vai ter dificuldades em fazer compras por Cancún, são diversos lugares e com bons preços!

Uma das minhas dicas de Cancún para comprar souvenirs baratos é ir ao supermercado Chedraui, perto do Coco Bongo, pois eles têm uma parte cheia de lembrancinhas e com os preços muito mais baixos do que nas lojinhas ali por perto.

souvenir do México
Dá pra encontrar todas as lembrancinhas no supermercado

Outra possibilidade é comprar seus souvenirs em Playa del Carmen ou Tulum, pois são mais baratos do que em Cancún.

Onde comer em sua viagem para Cancún?

A rede de gastronomia em Cancún, assim como os hotéis, é muito ampla e de qualidade. É possível encontrar de tudo na região, de restaurantes a fast-foods; afinal, estamos falando de um lugar megaturístico.

Dentro dos shoppings você vai encontrar diversos restaurantes. Além disso, a zona hoteleira – principalmente ao longo da Avenida Boulevard Kukulcán – também é um ponto com vários estabelecimentos gastronômicos.

A comida que predomina é a mexicana, por motivos óbvios. A estadunidense também, tanto pela proximidade com o país quanto porque a grande maioria dos turistas é norte-americana.

Mas você pode encontrar de tudo, para todos os gostos: massas, frutos do mar, carnes, etc. E com um detalhe: tudo o que comemos estava bom.

Ah, e aproveite para saborear os diversos drinks que eles oferecem também… são uma delícia!

Hard Rock Café Cancún
Se alguém achava que a gente ia perder o Hard Rock Café de Cancún de frente pra praia…

Transporte público em Cancún

A zona hoteleira conta com ônibus que circulam pela Avenida Boulevard Kukulcán. Dessa forma, locomover-se por lá não será difícil. Só não repare no estado dos ônibus, que estão mal conservados, contrastando com o estilo da cidade. 

Eles funcionam 24 horas e o valor da passagem é de cerca de 1 dólar.

ônibus em Cancún

Já para lugares mais distantes, como os arredores de Cancún, a empresa ADO faz os trajetos, caso você não queira alugar um carro, como nós fizemos. Se estiver em grupo, pode ser que os táxis valham a pena.

Noite em Cancún

A badalada noite em Cancún gira em torno da região norte da península. É lá onde ficam os bares e baladas, incluindo a famosa Coco Bongo, a Dady O, o Carlos n’Charlie’s, o Señor Frog’s, Mandala e muitas outras boates, bares e restaurantes.

Na época do Spring Break americano, entre março e abril, a cidade fica lotada e a noite ferve.

Restaurantes em Cancún
Ah, e nem o Outback, claro!!

Bom, acho que com estas dicas vai ficar mais fácil começar a organizar a sua viagem para Cancún, não é?!

Boa viagem!

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

 

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelchios de internet
Seguro viagem
ingressos e passeiospassagens aéreas mais baratas

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito bacana sua matéria. Estamos planejando ir para dezembro deste ano. Vi uma matéria sobre redução no preço da passagem aérea….. Apartir de setembro. Gente alguém sabe me dizer se é verídico essa informação?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here