Viagem para Londres: dicas práticas

Planejando uma viagem para Londres?! Se sim, então você encontrou aqui o seu guia completo, com várias dicas práticas (testadas e aprovadas) para começar a organizar o seu roteiro.

A cidade de Londres, como sabemos, é a capital da Inglaterra, terra da Rainha Elizabeth e também do famoso bruxinho Harry Potter, e encanta os viajantes com suas inúmeras atrações turísticas cheias de história. Afinal, o surgimento da cidade é datado do período romano!

Com seu típico clima nublado, o sotaque inconfundível e pomposo do inglês britânico e seus incríveis museus, Londres não pode ficar de fora de um roteiro pela Europa, não é mesmo?!

dicas de Londres

Então, confira aqui as dicas de Londres que separamos para você e aproveite a viagem:

✓ Como chegar a Londres?
✓ Documentos necessários para viajar para Londres
✓ Seguro viagem para Londres é obrigatório?
✓ Como ir do aeroporto de Heathrow para o centro de Londres?
✓ Como é o clima em Londres?
✓ Qual a melhor época para visitar Londres?
✓ Quantos dias ficar em Londres?
✓ O que fazer em Londres?
✓ Onde ficar em Londres?
✓ Compras em Londres
✓ Preços e melhor maneira de se locomover em Londres
✓ Quais os passeios bate e volta de Londres valem a pena fazer?
✓ O que e onde comer em Londres?

Dicas de viagem para Londres

o que fazer em Londres

Como chegar a Londres?

Há vários voos para Londres diretos do Brasil, principalmente se você partir de São Paulo ou do Rio de Janeiro.

A cia aérea mais utilizada para realizar uma viagem para Londres em um voo direto é a British Airways, que aterrissa no Heathrow, principal de aeroporto de Londres, e, ainda, a Latam.

Além dessas, é possível voar para lá através de outras empresas, mas, nesses casos, será preciso fazer uma conexão em outra cidade.

Caso já esteja na Europa e queira dar uma passadinha na capital inglesa, você pode aproveitar os voos das companhias aéreas low cost, muito comuns no continente, ou então ir de trem, fazendo, por exemplo, a famosa viagem de trem de Paris para Londres.

Documentos necessários para viajar para Londres

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Inglaterra se a permanência no país for inferior a 90 dias, mas fique atento que a validade do seu passaporte precisa ser de no mínimo seis meses após a data de sua saída do continente.

Contudo, algumas pessoas relatam que a imigração inglesa é um pouco “chata”; então, é bom e extremamente recomendado ter consigo documentos que comprovem a sua condição de turista, tais como reservas de hospedagem, seguro viagem, condição financeira para se manter durante a viagem e passagem de volta.

como é a imigração no Reino Unido

Isso tudo para indicar que você não pretende ficar ilegalmente no país e, de fato, está viajando como turista.

Caso se hospede na casa de alguém, é preciso apresentar a carta-convite assinada pela pessoa (e que tenha sido enviada pelo correio para o Brasil, de preferência, para dar mais credibilidade).

Ainda no avião ou no saguão da imigração, você vai receber um papel conhecido como Landing Card. Ele é um formulário que deve ser preenchido com as informações pedidas e apresentado junto com os seus documentos para o agente da imigração.

☛ Leia também: Onde será a minha imigração na Europa?

Londres com crianças

Seguro viagem para Londres é obrigatório?

O Reino Unido não pertence ao Tratado de Schengen, que exige obrigatoriedade de seguro saúde. Sendo assim, em tese, o seguro saúde não é obrigatório para se entrar na Inglaterra.

Porém, no site do Consulado Brasileiro em Londres, está indicado que brasileiros devem contratar um seguro viagem.

A conclusão, então, é de que é necessário sim, tanto para garantir sua entrada (melhor ter e não exigirem, do que não ter e ser barrado por isso) quanto para, de fato, você utilizar caso passe mal. Isso porque o sistema público de saúde inglês é muito caro para os não ingleses.

Compare e compre aqui o seu seguro viagem com desconto

Como ir do aeroporto de Heathrow para o centro de Londres?

Há diversas opções para ir ao centro de Londres do aeroporto de Heathrow e o excelente transporte público londrino é uma delas.

Indo de metrô, é possível pegar o transporte e descer nas estações da linha Piccadilly. A viagem demora (pode chegar até uma hora), porém é a forma mais barata, pagando-se somente a tarifa única do transporte (em torno de £6). Ele funciona das 5h às 23h40.

A desvantagem é o fato de que você terá que subir as escadarias do metrô com as malas ao desembarcar (dependendo de qual estação descer), então fique atento a isso na hora de escolher a forma de sair do aeroporto de Londres.

Ainda pela forma mais barata, também é possível ir de ônibus, já que diversas linhas fazem a ligação entre o aeroporto de Londres e o centro (mas o metrô ainda é melhor).

Agora, a forma mais rápida é pegar o trem Heathrow Express, que parte a cada 15 minutos dos terminais 1 e 3, levando os passageiros até a estação Paddington, no centro de Londres, em apenas 15 minutos.

Porém o valor é mais alto, cerca de £25 no horário de pico. Dá pra comprar uma passagem de ida e volta, que sai mais barato no total, e também comprar com antecedência pelo site, permitindo que o desconto seja maior ainda

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR

Chip de viagemQue tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da EasySim4U tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 210 países, e de voz para EUA, México, Canadá e Europa. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe o frete grátis

COMPRE SEU CHIP AQUI!

 

O trem TfL Rail (antes conhecido como Heathrow Connect) também é uma opção de ir do aeroporto de Londres até o centro. É mais rápido que o metrô, porém mais lento que o Heathrow Express, por parar em todas as estações antes de chegar a Paddington. É cerca de meia hora de trajeto pelo valor máximo de £10,20.

Já os cômodos táxis sempre estão disponíveis para quem prefere conforto e exclusividade. O valor até o centro gira em torno de £50 e o tempo é bem variável, já que o trânsito londrino é presente no caminho.

Para quem chega de madrugada, além dos táxis e ubers, existe a opção do ônibus noturno, o N9, que para em Aldwych após mais de uma hora de trajeto.

Como é o clima em Londres?

Apesar de a imagem clássica de um céu nublado representar bem a cidade, o clima em Londres varia bastante. Em um único dia você pode se deparar com sol, chuva, vento e frio, então esteja preparado!

No entanto, de forma geral, as estações são bem definidas. Durante os meses de primavera, as temperaturas ficam mais amenas, com a média máxima em torno de 19°C, porém há mais chance de chuvas.

primavera em londres

Durante o verão, nos meses de junho, julho e agosto, as temperaturas sobem e faz bastante calor – mas nada comparado ao calor brasileiro. A média é de 21°C, podendo chegar a 30°C em algumas ocasiões.

E o verão ainda conta com uma umidade vinda da primavera chuvosa. A vantagem do verão é que tem mais luz do sol ao longo do dia, até as nove da noite!

No outono, as temperaturas começam a cair (máxima de 20°C) e Londres se prepara para a chegada das baixas temperaturas do inverno.

Durante a estação mais fria do ano, que acontece de dezembro a março, as temperaturas não são as mais extremas da Europa, ou seja, faz frio em Londres sim, a neve aparece sim, mas há cidades europeias muito piores em comparação.

Apesar disso, quem não está acostumado com frio precisa ir preparado, já que a mínima pode chegar a quase 0°C. A luz do sol vai embora por volta das 16 horas e venta bastante durante o inverno em Londres.

Primavera em Londres

Itens indispensáveis para enfrentar o clima se fizer uma viagem para Londres no inverno são: protetor labial, echarpe por conta do vento forte, casaco e calçado impermeável por conta da garoa fina bastante comum nos dias nublados.

☛ Leia também: Mala de Inverno, o que levar?

Qual a melhor época para visitar Londres?

Na primavera há chuva, no inverno há vento e menos luz do sol ao longo do dia.

As estações do outono, com temperaturas amenas (tendendo para mais frias) e o verão, com o dia mais longo e temperaturas quentes, acabam sendo bons períodos para se aproveitar melhor uma viagem para Londres.

Mas tudo depende também da sua preferência de clima, claro! Não adianta ir no verão se a intenção é tentar ver neve, por exemplo.

Em relação a preços, fuja da alta temporada que acontece nos meses de férias escolares (dezembro, janeiro e julho).

pontos turísticos de Londres

Quantos dias ficar em Londres?

Por ser uma das maiores capitais europeias, o ideal é ficar pelo menos 3 dias para conseguir ver as principais atrações de Londres sem ter que correr tanto. Mas o melhor mesmo é conseguir ficar entre 5 e 7 dias: acredite, tem muita coisa para visitar!

☛ Leia também:

O que fazer em Londres?

São muitos os pontos turísticos de Londres, tanto pagos quanto gratuitos. Uma coisa legal na cidade é que muitas de suas atrações são gratuitas.

Você sabia, por exemplo, que alguns dos melhores museus em Londres são grátis?!

museus em Londres

Mas uma das nossas dicas de Londres é realizar passeios por lugares e estabelecimentos sem nomes específicos como: ir aos pubs de Londres, andar de ônibus vermelhinho, explorar os mercados, caminhar pelas ruas e bairros de Londres, tomar um chá das cinco…

Agora, não deixe de checar as atrações mais famosas da cidade durante os seus passeios em Londres, que são:

Não deixe de conferir aqui como chegar nas principais atrações turísticas de Londres.

London Eye

Onde ficar em Londres?

A cidade é grande, portanto, escolher bem onde se hospedar em Londres é uma tarefa necessária para ajudar na locomoção e melhor aproveitamento do seu tempo por lá.

Tenha em mente que o transporte terá que ser utilizado e fazer atividades a pé não será possível com tanta frequência, já que os pontos turísticos de Londres não ficam todos tão perto uns dos outros.

ônibus de Londres
Você pode circular na cidade de metrô ou nos ônibus tradicionais, vermelhos e de dois andares

Escolher onde ficar em Londres é algo bem pessoal, mas a primeira dica de Londres neste sentido já começa com: procure ficar perto de uma estação de metrô ou ponto de ônibus e também procurar ficar em bairros da zona 1 ou 2.

Isso porque Londres é dividida em 9 zonas, sendo a 9ª Zona a mais distante do centro. O valor do transporte também vai encarecendo quanto mais distante o trajeto, então, isso influencia na hora de pesquisar possíveis hotéis em Londres.

onde ficar em Londres

A região central fica nas proximidades da Trafalgar Square, que é uma região muito boa para se hospedar, bem servida de transportes e lojas, porém, mais cara exatamente pela localização.

Perto do centro fica o bairro Covent Garden, que é uma região sempre cheia de turistas, o que indica sua ótima posição na cidade. A vida noturna é agitada e o bairro fica perto de atrações como Leicester Square e do Piccadilly Circus.

Vizinha de Covent Garden fica a região do Soho, também famosa principalmente pela vida noturna.

Já um pouco mais afastados do centro ficam os bairros “alternativos” Camden Town e Shoreditch (eles não estão perto um do outro). São ótimos pra quem gosta de arte, cultura, street art, compras, pubs e uma vida mais “hipster” e com diversidade.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Use o cupom TURISTAPRO5 e ganhe mais 5%.


Compras em Londres

Uma das melhores dicas de Londres para compras é ir até a Oxford Street. A famosa rua tem quase 2 km de extensão repletos de lojas, incluindo uma Primark, rede de departamento conhecidíssima na Europa por seus preços superbaixos.

Outro lugar indicado para compras em Londres é a Regent Street, que é uma rua cheia de lojas, incluindo a Apple e outras marcas famosas.

Para quem gosta de compras mais alternativas, a nossa dica de Londres é ir até o bairro de Camden Town, conhecido por ter sido o lugar onde viveu Amy Winehouse. Nele você encontra lojas de antiguidades, estúdios de tatuagem, piercing e feirinhas de artesanato.

Carnaby Street também tem uma pegada mais alternativa e bastante indicada para quem curte moda e criatividade.

Já quem busca artigos luxuosos deve procurar fazer suas compras nas regiões da Bond Street, Mayfair e Knightsbridge, repletas de lojas de marcas de luxo e preços elevados.

compras em Londres
Em Londres há muitas lojas interessantes

Preços e melhor maneira de se locomover em Londres

O transporte público em Londres funciona muito bem, então não tenha medo de usá-lo. É uma das formas mais baratas de locomoção e com um serviço que atende toda a capital inglesa.

Caso fique alguns dias e pretenda se locomover bastante, uma das dicas para economizar durante a viagem para Londres, em relação aos transportes, é adquirir um cartão chamado Oyster, que é como se fosse o “bilhete único” de Londres.

Ele é um cartão que armazena créditos e você utiliza em todos os transportes, que incluem o metrô, bonde, ônibus, DLR e até o National Rail.

A passagem de metrô varia de valor de acordo com a distância e o horário e o Oyster calcula tudo certinho e vai descontando dos créditos.

Usar o Oyster, no geral, faz com que as tarifas saiam mais baratas do que se você for pagar tudo individualmente. E ele ainda conta com uma vantagem: ao ser gasto um valor máximo no dia (£7), as passagens restantes saem gratuitas! Dá pra comprá-lo nas estações de metrô por £5.

No metrô de Londres, o valor para as zonas turísticas (com Oyster) fica em £ 2,40 para locomoção entre a Zona 1 e a Zona 2. Caso compre avulso, será £4,90.

metrô de Londres

Outra opção de tarifa é carregar o cartão Oyster como “Travelcard”, ou seja, um tipo de passagem que permite o uso do transporte público de forma ilimitada por um período/valor fixo. Ele é ótimo para os turistas que vão utilizar bastante o transporte e por mais dias. Tem bilhetes diários (£13,10) e de 7 dias (£35,10). Dá pra comprar o Travelcard também sem ter o Oyster, de forma avulsa.

Se você utilizar somente transporte por ônibus, vai economizar mais, já que o valor da passagem é mais barato e não há alteração de valor de acordo com a distância, que é o que acontece no metrô.

O valor da passagem de ônibus utilizando o Oyster é de £1,50, com o teto máximo de £4,50. É importante lembrar que não dá para pagar direto no ônibus, tem que ter o Oyster Card ou então comprar um bilhete antes de subir no transporte.

Seguros Promo

Quais os passeios bate e volta de Londres valem a pena fazer?

São vários os possíveis passeios a partir de Londres que podem ser feitos em bate e volta.

É imperdível o passeio aos estúdios do Harry Potter (Warner Bros.), que ficam a cerca de uma hora da cidade.

As cidades de Oxford e Cambridge, famosas pelas suas universidades, também entram em um bate e volta de Londres, assim como o Castelo de Windsor, onde acontece a clássica troca de guarda.

castelo de windsor

Também próxima a Londres, fica a maravilhosa construção ancestral de Stonehenge. É um pouco mais distante, mas ainda perto o suficiente para um bate e volta, inclusive há empresas que fazem estes tours.

como chegar em stonehenge

Confira aqui várias opções de passeios e ingressos que podem ser comprados antecipadamente, evitando filas e já saindo de casa com tudo garantido!

☛ Leia mais: 10 passeios bate e volta de Londres para fazer de trem

 

O que e onde comer em Londres?

Quando se fala em gastronomia londrina, sem sombra de dúvidas não pode faltar na lista o famoso fish and chips, que nada mais é do que peixe frito com batatas fritas. O prato é vendido em todo lugar.

Outro prato que faz parte da cultura londrina é o café da manhã inglês. Não que todo londrino coma sempre isso de manhã, mas é bem tradicional e também facilmente encontrado, inclusive fora do horário do café, justamente pela “sustança”. Ele é composto por feijão, bacon, ovos, pão, salsicha, geleia e chouriço.

Outra tradição é o chá da cinco. Os ingleses costumam parar para tomar chá (geralmente é chá preto) com leite ao final da tarde, acompanhado de bolinhos, tortas e outras delícias.

chá da tarde londres - Viagem para Londres: dicas práticas

Além desses clássicos, em Londres é comum encontrar um prato chamado Banger and Mash, composto de purê de batata e salsicha.

Os pratos clássicos são encontrados em diversos lugares; então, é só buscar pelo preço ou afinidade de ambiente. A dica é prestar atenção nas promoções e pratos do dia nos restaurantes, caso queira economizar.

✓ Mais dicas: Essential Vegan Cafe: restaurante vegano em Londres

Em Londres, é bastante comum também comprar lanches dentro de supermercados ou até mesmo nos mercados gastronômicos e de rua, como o famosos Borough Market.

dicas de viagem para Londres

Bom, acho que com todas essas dicas já dá para começar a planejar sua viagem para Londres, não é?!

☛ Leia mais: 

Boa viagem!

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here