Dicas de viagem para o Vietnã

Quer dicas para começar a organizar sua viagem para o Vietnã, caro leitor?

Está pensando em montar um roteiro para o país do líder Ho Chi Minh, mas não sabe por onde começar? Realmente, no Oriente, de forma geral, tudo é muito diferente do que nós, ocidentais, conhecemos.

Cada país é muito singular em termos de cultura, religião, idioma, forma de lidar com o turismo; cada um tem suas particularidades e, se você está pensando em fazer uma viagem para o Vietnã, precisa saber um pouco sobre o país para montar o seu roteiro.

Pra começar, damos a dica de NÃO VIAJAR sem um bom seguro viagem para o Vietnã. Uma cultura tão diferente e tão distante do Brasil, não convém arriscar ou querer economizar no seguro.

=> Economia: Seguro Viagem Mais Barato(com desconto!)

Fato é que o Vietnã está carregado de História para contar, desde suas lutas com a China, passando pelo colonialismo francês, pelo processo de independência e pela unificação do país após o conflito com os Estados Unidos.

Por todos esses processos por que passou, o país traz uma bagagem cultural e religiosa bastante peculiar. Além, claro, de oferecer aos turistas muitas atrações cosmopolitas e incríveis paisagens naturais.

Compartilho aqui algumas dicas para ajudar você com seu roteiro de viagem para o Vietnã. Vem comigo!

Agricultores do Vietnã
Cena comum em todo Vietnã, os agricultores com seus chapéus típicos

Dicas do Vietnã

Vamos começar com aquelas informações básicas e indispensáveis para qualquer viagem:

  • Capital: Hanói
  • Língua: Vietnamita
  • Moeda: Dong
  • Validade necessária do passaporte: 6 meses
  • Visto de turista necessário: Sim
  • Vacinações: Nenhuma
vendedores ambulantes do Vietnã
E depois é muito comum vermos as pessoas vendendo seus produtos pelas ruas das cidades.

Como ir para o Vietnã?

Bem… já sabemos que a distância é grande!

Então, como chegar ao Vietnã?

Se você vai sair do Brasil, uma boa dica é voar para a Europa, passar alguns dias por lá conhecendo (ou revisitando) um país de sua escolha, e depois voar para a Ásia. Também pode ser via Estados Unidos.

Optamos pela Europa: passamos uns dias na Alemanha, quando visitamos Frankfurt e Heidelberg, e só depois voamos para a China. Voamos com a Air China da Alemanha para Pequim (Beijing).

De lá, aproveitando a facilidade dos hubs aéreos (centros de conexão para transferência de passageiros), e os preços da Companhia Air Asia, que faz voos regionais e na ocasião foi a que ofereceu o melhor custo-benefício, visitamos vários países asiáticos (Tailândia, Malásia, Indonésia…). E foi assim que chegamos ao Vietnã.

Ha Long Bay Vietnã

Mas existem, óbvio, outras maneiras de chegar até lá.

As companhias aéreas do Golfo, por exemplo, também costumam oferecer tarifas atraentes e, se você quiser incluir no seu roteiro lugares como Qatar, Dubai ou Abu Dhabi, companhias como a Qatar Airwais, a Emirates ou a Ethiad fazem uma escala extra por lá.

Contrate aqui o seu transfer do ou para o aeroporto de Hanói: carro privativo e barato!

Mas se você é mochileiro e deseja chegar ao Vietnã por terra, o percurso mais comum feito por esse estilo de aventureiros se inicia em Bangkok, na Tailândia; de Bangkok, ir de ônibus para o Camboja, para visitar Siem Reap e os incríveis templos de Angkor Wat, e depois seguir com sua viagem para o Vietnã.

Como ir para o Vietnã

De que documentos preciso para visitar o Vietnã?

Em primeiro lugar, é preciso saber que o Vietnã exige visto de turismo para o ingresso no país. Mas não é nenhum bicho de sete cabeças, fique calmo. Na verdade, o processo é muito fácil. Em seguida, darei as dicas para a obtenção do visto.

Os documentos exigidos para a imigração no Vietnã são:

  • Passaporte original (validade de no mínimo 6 meses);
  • Carta de Aprovação (em caso de visto eletrônico, conforme explicado abaixo) ou o  próprio Visto (em caso de processo feito através de uma Embaixada do Vietnã);
  • Formulário impresso preenchido (é possível pegar uma cópia e preencher na hora);
  • 2 fotos 5 × 7 ou 4 × 6;
  • O valor da Stamp Fee, uma entrada de até 30 dias que custa USD 25.

Atenção, porque essa última taxa deve ser paga EM DÓLARES AMERICANOS. Não há caixas eletrônicos e não são aceitos cartões. Se eles, por acaso, aceitarem outra moeda, mesmo o Dong, a conversão feita vai te arrancar os olhos da cara. Então, já chegue ao país com os dólares.

Passeios no Vietnã
Em Halong Bay

O Vietnã não exige, até o momento, o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia – CIVP, ou seja, não exige a vacina contra a febre amarela.

Mas, se você vai ao Vietnã, com certeza deve estar planejando também dar um pulinho na Tailândia e em outros países asiáticos que exigem o comprovante internacional dessa vacina, fornecido pela Anvisa.

Então, não viaje para a Ásia sem ele.

Passeio de barco no Vietnã
Passeio de barco em Tam Coc

Como tirar o visto para o Vietnã?

O visto para o Vietnã é simples e sem burocracia.

Ele é inicialmente um visto eletrônico que, uma vez lá, no aeroporto mesmo, é trocado pelo visto definitivo no passaporte.

Visto para o Vietnã
Turistas recém chegados ao Vietnã retirando o visto na entrada

Apesar de existirem vários locais que fazem, você pode solicitar seu visto pela internet, seguindo as orientações da Embaixada Brasileira em Hanói, nas seguintes agências:

Essas agências produzirão uma Carta de Aprovação em seu nome. Você deve imprimir essa carta para apresentar, junto com a documentação mencionada no item anterior, no momento da imigração no país.

Os valores dos vistos variam de US$ 19,00 a US$ 55,00, dependendo do seu período de permanência no país e de entrada única ou entradas múltiplas.

Mas atenção: a concessão de visto eletrônico só será uma opção se você for entrar no país de avião, por um dos dois aeroportos internacionais; caso sua entrada no Vietnã seja por meio de trem, ônibus, barco ou carro, opte pelo visto concedido por uma embaixada.

Você poderá encontrar mais informações no site da Embaixada da República Socialista do Vietnã no Brasil.

O visto eletrônico foi a nossa opção na ocasião de nossa viagem para o Vietnã.

Viagem ao Vietnã
Não estava tempo bom em Halong Bay, mas… aproveitamos!

Outras formas de conseguir o visto para o Vietnã

Você pode tirar o seu visto para o Vietnã diretamente em alguma embaixada do país espelhadas pelo mundo.

Se você mora em Brasília, por exemplo, pode ir diretamente à Embaixada da República Socialista do Vietnã (SHIS QI 05, conjunto 14, casa 21, CEP 71615-140).

Se você já estiver em viagem, na Ásia por exemplo, e precisar tirar o visto, é possível solicitar o visto para o Vietnã em alguma embaixada num dos países vizinhos – ou em qualquer outro país em que você esteja.

dicas do Vietnã

Qual a religião no Vietnã e cuidados a tomar?

A maior religião organizada no Vietnã é o Budismo. Aproximadamente 16% da população vietnamita é budista. A segunda maior religião é o Cristianismo, como predominância católica (cerca de 8% da população).

A maioria da população, porém, cultua os espíritos dos ancestrais (cerca de 45% do povo), seguindo a tradição religiosa milenar vietnamita.

Religião do Vietnã
Oferendas e incensos, que são fáceis de encontrar pelo Vietnã

Dessa forma, percebe-se no país uma mistura das religiões oficiais atuais com as tradições milenares, algo que torna muito peculiares os templos por lá. Apesar de ser de maioria budista, os templos que visitei são muito diferentes do Budismo que conheci em outros países.

Vale muito a pena ir lá para conhecer, principalmente se você – assim como eu – gosta de estar em contato com a fé, independente da religião.

Pesquise aqui o seu hotel em Hanói

Uma grande parte da população vietnamita (cerca de 30%) não pratica nenhuma religião. Existem, ainda, registros de hinduísmo, islamismo e protestantismo no Vietnã, porém em números bastante pequenos.

No que se refere às questões políticas do país, o Portal Consular do Itamaraty, a viagem para o Vietnã exige um grau moderado de cautela:

“o Governo vietnamita mantém constante vigilância sobre a população, o que inclui turistas estrangeiros no país. Deve-se evitar discurso crítico ao Governo ou ao Partido Comunista, bem como a posse de material político. Cidadãos brasileiros envolvidos em tais atividades poderão ser presos.”

Sempre é bom tomar cuidado, certo?

Exército do Vietnã

Como se vestir para visitar os templos do Vietnã?

Que cuidados tomar para visitar os templos no Vietnã? Quando se fala em religião, a palavra primordial é respeito. E se você é um viajante frequente já sabe disso.

Dessa maneira, ao visitar locais religiosos, ao entrar em contato com a fé – mesmo que não seja a sua -, vá vestido adequadamente, evite pernas de fora, mantenha silêncio nos interiores dos templos e tenha postura respeitosa.

Na maior parte dos templos budistas que já visitei até hoje, mulheres devem entrar de saias longas.

Uma boa dica para isso (principalmente em países onde faz muito calor) é ter sempre na bolsa uma canga ou um sarong, que podem ser amarrados e virar uma saia longa para essas ocasiões. Evite shorts e decotes e esteja sempre com os ombros e o colo cobertos.

Para ter uma ideia e se inspirar, leia nosso post sobre o que vestir para visitar os templos na Tailândia.

templo budista no Vietnã

Melhor época para ir ao Vietnã

Se você está pensando em fazer uma viagem para o Vietnã, certamente o clima e a época são questões que devem estar pairando sobre sua cabeça.

O clima no país varia um pouco de norte a sul, mas, em geral, o Vietnã apresenta duas estações: uma fresca e seca (de novembro a abril); outra quente e bastante chuvosa (entre maio e outubro).

Tufões podem ocorrer na região central e no norte do Vietnã entre os meses de julho e novembro.

Desta forma, os melhores meses para realizar sua viagem são entre dezembro e abril, para evitar o período dos tufões e aproveitar o tempo mais seco e fresco (na maior parte do país).

Viajamos em janeiro, mas não tivemos sorte. O tempo estava nublado e ainda pegamos chuva. Foi um dia só, mas exatamente no dia em que fomos a Halong Bay! 🙁

Baía de Halong no Vietnã

Monções da Ásia

Antes de viajar, é preciso saber os períodos das monções (fenômeno atmosférico que propicia a ocorrência de fortes chuvas num determinado período do ano e secas rigorosas em outro).

As monções tropicais no Vietnã chegam de maio a outubro (do norte ao sul) e de setembro a janeiro na costa central. O clima é seco nos demais meses do ano.

Túmulo do Ho Chi Minh em Hanói
Túmulo do Ho Chi Minh em Hanói

Qual a moeda e onde fazer câmbio no Vietnã?

A moeda do Vietnã é o Dong. Contudo, muitos lugares também aceitam dólares americanos, por isso é sempre bom ter dólares e dongs com você durante a viagem. Sempre pergunte aos estabelecimentos se eles aceitam dólares ou cartões, caso queira pagar com uma dessas opções.

O nosso real não tem valor comercial no Vietnã. Então, não viaje para lá com reais.

Para fazer o câmbio, sempre é aconselhável levar dólares americanos ou euros. Essas duas moedas são trocadas com facilidade em qualquer lugar do mundo. E no Vietnã não é diferente.

atracoes turisticas do vietna - Dicas de viagem para o Vietnã
Visitamos uma das inspirações para os desenhos nas notas de Dong, em Halong Bay

Sugiro que você troque uma pequena quantia ainda no aeroporto para seus gastos iniciais. O câmbio dentro dos aeroportos sempre é desfavorável, mas é necessário quando se chega ao país.

Fazer câmbio no Vietnã não é difícil, pois muitos estabelecimentos (hotéis, farmácias, agências de viagem, joalherias) trocam dólares pela moeda local. Porém você precisa ficar atento à cotação oferecida pelo estabelecimento, pois quase sempre é desfavorável. Pesquise a cotação antes de fazer o câmbio.

Também é muito fácil sacar dongs num caixa eletrônico (ATM), principalmente em cidades grandes, como Hanói e Ho Chi Minh. Fica a dica.

SEGURO VIAGEM COM ATÉ 10% DE DESCONTO

Não viaje para a Ásia sem um ótimo seguro viagem. Imagine ter uma perrengue do outro lado do planeta?! Escolha a melhor opção de seguro para você aqui e ganhe 5% de desconto com o cupom TURISTAPRO5. E quem pagar com boleto, ganha mais 5%.


É perigoso viajar para o Vietnã?

Existe um perigo mortal que você precisa estar preparado para encarar caso vá para Hanói: o trânsito da cidade!!! 🙂 🙂 🙂

O trânsito em Hanói precisa ser estudado por especialistas! É tão doido que se tornou uma atração turística para mim. Eu ficava olhando aquele montão de scooters indo e vindo, carregando todo tipo de objeto (vi até uma máquina de lavar em cima de uma moto!), carregando famílias inteiras (vi pai, mãe e três crianças pequenas andando em uma scooter!) e ficava imaginando como aquilo tudo era possível.

Como é o trânsito do Vietnã
Pra atravessar ruas é assim mesmo: na cara e na coragem, no meio de tudo!

Brincadeiras à parte: é seguro viajar para o Vietnã. Os cuidados necessários são aqueles que devemos tomar quando viajamos para qualquer lugar do mundo… nada a que um brasileiro já não esteja acostumado.

Ah, claro, cuidado com a questão política já mencionada acima.

Dias do Vietnã
Outra característica do trânsito do Vietnã são milhares e milhares de scooters

Quais as atrações do Vietnã imperdíveis?

Sem dúvida, a viagem para o Vietnã vale muito a pena, pois o país está recheado de História, cultura, religião, grandes cidades e encantadoras paisagens naturais.

Podemos citar como atrações imperdíveis:

  • o Mausoléu de Ho Chi Minh (em Hanói);
  • a Baía de Ha Long (Ha Long Bay – que possui um fascinante complexo de ilhas, grutas e cavernas);
  • o Delta do Mekong (com seus mercados flutuantes, seus arrozais, pomares, campos de cana-de-açúcar, seus santuários de aves e suas aldeias tão pitorescas);
  • o santuário de My Son (sítio arqueológico importante do sudeste da Ásia, antigo centro religioso do reino de Champa, que deu origem ao Vietnã que hoje conhecemos);
  • Tam Coc, onde se fazem passeios de barco pelo rio Dong Ngo, por entre cavernas e paisagens lindíssimas, consideradas algumas das paisagens mais lindas do Vietnã.
Passeio de Barco em Tam Coc Vietnã
Passeio de Barco em Tam Coc Vietnã
  • o Parque Nacional de Phong Nha-Ke Bang (onde existe um gigantesco sistema de grutas e cavernas, com mais de 70 km de comprimento);
  • as Dunas de Mui Ne (a 200 km de Ho Chi Minh);
  • os Túneis Cu Chi (túneis utilizados pelos guerrilheiros vietnamitas durante a guerra);
  • o War Remnants Museum (em Ho Chi Minh);
  • Phu Quoc (ilha banhada pelo Golfo da Tailândia, é excelente destino de praia e mergulho).
Passeios no Vietnã
Cavernas Dong Thien, passeio que se faz quando vamos a Halong Bay

Existem muitas outras, óbvio, mas não dá para listar todas aqui.

E, claro, podemos citar cidades imperdíveis que todo aventureiro deve colocar em seu roteiro de viagem para o Vietnã.

Get Your Guide

Principais cidades do Vietnã

Entre as cidades imperdíveis em seu roteiro de viagem para o Vietnã, podemos destacar:

  • Nha Trang (um dos balneários principais do país);
  • Sapa (com seus terraços de arroz e suas montanhas, é o acesso para as montanhas de Hoang Lien Son. Em Sapa se encontram muitas minorias étnicas do Vietnã);
  • Hoi An (cidade que preserva a cultura tradicional, também é um destino de praias que merecem a visita);
  • Da Lat (com clima de montanha e arquitetura francesa, a cidade esbanja romantismo e é ponto de interesse de casais em lua de mel);
  • Hué (onde se localiza a cidadela – complexo de templos, palácios e muralhas onde vivia a família real);
  • Da Nang (bom local de descanso; outro destino com praias);
  • Ho Chi Minh (antiga Saigon, renomeada em homenagem ao líder vietnamita, a cidade é hoje uma grande metrópole do país);
  • e Hanói (a capital, recheada de pontos de interesse para o turismo).
capital do Vietnã
Templo em Hanói

Como é a comida do Vietnã?

Olha, confesso que esse era um ponto que me assustava um pouco quando estávamos planejando nossa viagem para lá… a gente leu tanta coisa esquisita! rsrs

Mas a comida não foi – de jeito nenhum – um problema em nossa viagem para o Vietnã. Pelo contrário: foi uma grata surpresa!

Claro que evitamos comer em barraquinhas e comprar com ambulantes… demos preferência aos restaurantes e a comida nos agradou muito!

Ninguém passou mal na viagem. A comida do Vietnã não será um problema para você também, caro leitor! Viaje tranquilo!

como é a comida do Vietnã
Comemos MUITO bem!

De quantos dias preciso para conhecer o Vietnã?

Se você está planejando uma viagem para o Vietnã e quer conhecer as diversas cidades a atrações acima citadas, a sugestão é que você passe pelo menos 20 dias no país. Há muuuuuuuitos pontos interessantíssimos para conhecer e, garanto, você não vai se arrepender de passar esse tempo por lá.

Mas se você, como eu, é ocidental, viajar para a Ásia é ir para o outro lado do mundo e a gente acaba querendo ver os outros países também. Se você não tiver a oportunidade de tirar um ano sabático (meu sonho impossível!!!), terá que, como eu, se contentar com menos dias no Vietnã e dividir o tempo (fiquei 30 dias na Ásia) entre outros países – igualmente encantadores e imperdíveis.

Ha Long Bay Vietnã

Se você desejar mais informações burocráticas para organizar sua viagem para o Vietnã, consulte o site do Itamaraty.

Gostou de nossas dicas, caro leitor?

Então, comece a planejar sua viagem para o Vietnã!

E, claro, depois que voltar, conte como foi sua experiência para a gente!

Boa viagem!

----------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não se esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo viajando para países onde o seguro não é obrigatório, nós recomendamos fortemente que você o faça, já que o sistema de saúde em alguns lugares é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos, por exemplo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo-benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

🛏 Pesquisando por hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO: 

reserve seu hotelSeguro viagem
chios de internetingressos e passeios
passagens aéreas mais baratas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here