Por: Ana Catarina Portugal - Atualizado em 26/02/2020

A notícia de que brasileiros não precisariam mais de visto para o Canadá já estava rodando há um bom tempo, mas finalmente o governo canadense oficializou a situação.

O motivo de facilitar a entrada de brasileiros no país é ajudar a impulsionar o comércio canadense e, claro, uma das ótimas formas para isso é o turismo.

Portanto, desde de 01 de maio de 2017, as novas regras de visto para o Canadá entraram em vigor. Porém, preste atenção, pois não são a todos os brasileiros que elas se aplicam.

Confira aqui com a gente as informações.

=> Economia: Seguro Viagem Mais Barato (com desconto)

Visto para o Canadá: as mudanças

O visto canadense será substituído por um documento chamado Autorização Eletrônica de Viagem (AVE) ou Electronic Travel Authorization (eTA) e deverá ser solicitado na página oficial do governo canadense, aqui neste link:

O formulário está disponível em várias línguas.

O eTA veio para facilitar o processo de visto, ou seja, não é que agora a nossa entrada no Canadá está liberada geral, hein! Mas ao invés de ter que entrar com o pedido de Visto Turismo, que é um pouco mais complicadinho, alguns brasileiros terão mais facilidade e rapidez. Como dissemos, nem todos poderão solicitá-lo [leia mais adiante].

E lembramos também que o eTA só é válido se a entrada no país for via aérea, ou seja, se for entrar no Canadá de carro, trem, navio, etc., tem que pedir o Visto Turismo.

babymoon canada - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)

Quem pode solicitar o eTA?

Essas são as regras para quem pode solicitar o eTA:

✓ brasileiros que tenham Visto Americano válido;

✓brasileiros que tenham Visto Canadense vencido, mas emitido nos últimos 10 anos (se seu visto canadense estiver na validade, é só viajar com ele, não precisa fazer nenhuma solicitação nova ou diferente);

✓ brasileiros com Green Card válido.

Quem não estiver nestas condições, tem que fazer o pedido de visto canadense normalmente, o chamado Visto Turismo.

SEGURO VIAGEM COM DESCONTO

Não esqueça de fazer um bom Seguro Viagem, afinal, você não vai querer ficar desprotegido longe de casa, né?! Clique aqui para encontrar os melhores preços garantidos, pague no boleto ou em até 12 vezes no cartão. Aproveite e ganhe até 20% de desconto com o cupom TRANQUILO, é só clicar no botão abaixo.

COTAÇÃO DE SEGURO AQUI! >>>


Como solicitar o eTA?

Você vai precisar de passaporte válido, um endereço de e-mail em uso e cartão de crédito. A taxa para emissão do ETA é $7,00 (dólares canadenses).

Funciona assim:

1️⃣ você entra no site

2️⃣ preenche o formulário

3️⃣ paga a taxa

4️⃣ e recebe no e-mail a confirmação, que pode demorar alguns dias.

Tenha tudo em mãos para facilitar, pois você não vai querer que o tempo de preenchimento expire antes de completar o formulário, né?!

O eTA fica vinculado ao seu passaporte eletronicamente. A aplicação é individual, ou seja, cada membro da família deve fazer o seu formulário e pagar a sua taxa.

visto do canada - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)No site tem a opção de português

Esta nova opção de visto para o Canadá facilita muito, mas o processo de admissão é igual a de um visto normal, ou seja, pode ser que a aplicação não seja aceita e também que nem todos os membros de uma família sejam aprovados. Os formulários passarão por uma avaliação, como todo visto.

Depois que você conseguir o eTA, ele fica válido por 5 anos, ou enquanto seu passaporte valer (se for tirar um novo passaporte, é preciso fazer outro pedido do eTA). No Canadá, a permanência permitida com o eTA é de 6 meses, igual no Visto Turismo.

visto para o canada - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)Passo a passo no site oficial 

Dicas extras

– Apesar de estar vinculado ao seu passaporte, nunca se sabe quando as tecnologias podem dar erro. Em todo caso, é sempre bom levar impresso o comprovante do eTA com você.

– Se você for aplicável ao eTA, mas seu pedido for recusado, pode tentar dar entrada no visto de turismo normalmente.

– Lembre-se que eTA vale apenas para viagens aéreas! Essa dica é importantíssima, pois muita gente costuma visitar Nova York, nos EUA e ir de carro até Toronto, no Canadá. Se você estiver com o eTA e for fazer um bate e volta deste tipo, NÃO VAI CONSEGUIR ENTRAR NO CANADÁ.

fronteira entre EUA e Canada - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)Fronteira terrestre entre os EUA e CAnadá

Não consegui ou não me aplico ao eTA, e agora?

Você vai ter que dar entrada no Visto Turismo, que é mais caro e um pouco mais chato de fazer, mas nada impossível.

O processo para tirar o Visto de Turismo se inicia no site oficial (é agora que você precisa do inglês). Há um questionário que te guia para o Visto de Turismo, começando com a filtragem inicial se você pode ou não tirá-lo:

Basicamente, é preciso reunir vários documentos, como os formulários exigidos pelo governo canadense, comprovação financeira, foto 3×4, vínculo com o Brasil, etc., pagar as taxas e mandar via internet (pelo próprio processo de preenchimento do questionário) para análise.

EMBARQUE JÁ COM INTERNET NO SEU CELULAR + 5% DE DESCONTO

Chip de viagem - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)Que tal já chegar ao seu destino já conectado? O chip da American Chip tem planos de dados ilimitados, que funcionam em mais de 200 países. Bom, né?! Use o cupom TURISTAPROFISSIONAL quando for fechar o pagamento e ganhe 5% de desconto

COMPRE SEU CHIP AQUI!


Se for aprovado o seu pedido, é preciso enviar o passaporte para que o visto seja acoplado nele. No blog Fazendo as Malas você encontra uma explicação super detalhada de como fazer:

Caso ache complicado demais, contrate um empresa especializada em tirar vistos, pois há ótimas opções. Pode sair mais caro, mas provavelmente irá te evitar muito aborrecimento.

E então, malas prontas?

Boa viagem!

lua de mel no canadá - Como tirar o visto para o Canadá (quem precisa e quem não precisa dele)

✈ Continue sua viagem pelo Canadá aqui:

-----------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitor do blog tem 5% de desconto. Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Ana Catarina Portugal
Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *