Por: Evelyn Almeida - Atualizado em 13/07/2020

Vamos falar sobre o Museu do Amanhã ?

Se você está com sua viagem marcada para o Rio de Janeiro, com certeza já tem muitas ideias de lugares para conhecer… afinal, o Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa!

Mas, sem dúvida, um passeio que não deve ficar de fora do seu roteiro é a região portuária recém-revitalizada do Rio – o Porto Maravilha -, onde está situado o Museu do Amanhã.

E é sobre ele que falaremos neste artigo.

Mas antes… que tal umas rápidas dicas sobre o Rio?

Há MUITA COISA LEGAL para fazer e visitar no Rio de Janeiro!

> Seguro Viagem Nacional: não viaje sem ele! <

Algumas dicas de o que fazer no Rio de Janeiro, além do Museu do Amanhã…

Você DEVE conhecer o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar (e aproveitar para dar um giro pela Urca e Praia Vermelha, e também para caminhar pela Pista Cláudio Coutinho), as praias de Copacabana, Ipanema, Leme etc etc etc… deve também conhecer o Jardim Botânico e a Lagoa Rodrigo de Freitas… fazer umas trilhas pela Floresta da Tijuca (existem visitas guiadas, é preciso verificar os horários)… curtir os bares, boates e points da Lapa à noite (com opções para todos os gostos e tribos)… são tantas tantas dicas de o que fazer no Rio de Janeiro!

cristo redentor rio de janeiro 1 - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Além disso, se quiser sair da Cidade Maravilhosa e dar um rolezinho pelos arredores, Niterói também é uma cidade incrível, com muitas trilhas pela Serra da Tiririca, com vistas de tirar o fôlego (os aventureiros de plantão não devem perder!) e lindas praias, como Itacoatiara, Camboinhas, Piratininga

praia de icarai niteroi - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Praia de Icaraí em Niterói

Você pode também esticar seu rolezinho até a Região dos Lagos e conhecer Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio… não há como se arrepender!

arraial do cabo como chegar - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Arraial do Cabo

Ou, ainda, dar uma esticada até a Costa Verde e conhecer Ilha Grande, Angra dos Reis, Paraty, Trindade, o Saco de Mamanguá

Sim, caro leitor, já sei… já estou escrevendo demais! É que, se for para escrever sobre o Rio, eu tenho muuuuuuuita história para contar… rsrs

Todavia, esse artigo é sobre o Museu do Amanhã, na Cidade Maravilhosa. E com certeza ele é uma das boas dicas de o que fazer no Rio de Janeiro.

Então, vamos a ele!

museu do amanha rio de janeiro - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Breve “capítulo” sobre a história de Revitalização da Zona Portuária do Rio

O projeto do Porto Maravilha teve seu início no ano de 2009, quando leis municipais criaram a Operação Urbana e a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp).

Todavia, grandes passos para a construção do Porto Maravilha foram dados mesmo a partir 2011, com a urbanização do Píer Mauá, a revitalização da Praça Mauá, e a posterior construção do MAR (Museu de Arte do Rio), que foi inaugurado em 1º de março de 2013.

mar museu de arte do rio de janeiro - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Obra de arte de Raniere e Renato, do projeto Morrinho, que reproduz a comunidade onde eles moram. Exposta na entrada do MAR.

O Porto Maravilha ganhou ainda mais destaque após a criação e inauguração do Museu do Amanhã, no ano de 2015.

O programa de revitalização da região teve como objetivo a recuperação do potencial econômico, turístico e habitacional da região, além da mudança do conceito de mobilidade urbana na cidade do Rio, colocando o uso de automóveis particulares em segundo plano e incentivando o uso do transporte coletivo e do ciclismo (com a ampliação da malha cicloviária).

O projeto também objetivou promover a acessibilidade através diferentes meios de transporte, o que inclui hoje o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), inserido na malha de transportes da cidade após as obras do Porto Maravilha.

Para mais informações, acesse o site https://www.portomaravilha.com.br/.

construcao do museu do amanha - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Museu do Amanhã ainda em construção

Museu do Amanhã, o que é?

Com o prédio projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, o Museu do Amanhã recebeu esse nome justamente porque seu conceito é o de um museu de ciências diferente, que trabalha em cima de questionamentos e ideias acerca da época de grandes mudanças em que vivemos e nos faz refletir sobre as possibilidades de caminhos para o futuro que se abre à nossa frente.

museu do amanha no rio de janeiro - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Focado em Sustentabilidade e Convivência – palavras-chave para a construção de um futuro ideal -, o Museu do Amanhã divulga avanços da ciência, leva a refletir sobre os sinais vitais da Terra, sempre buscando promover a inovação em suas exposições. Ele amplia nossos saberes e transforma nosso modo de pensar e agir – e de tratar nosso planeta.

O site do próprio Museu do Amanhã apresenta a seguinte justificativa para a sua proposta:

“[…] Somos capazes de intervir na escala de moléculas e de continentes. Manejamos átomos e criamos micro-organismos artificiais. Desviamos o curso de grandes rios, alteramos florestas, influenciamos a atmosfera, transformamos o clima. Habitamos um planeta que vem sendo profundamente modificado por nossas ações. Que amanhãs serão gerados a partir de nossas próprias escolhas?”

O Museu do Amanhã é o museu do presente, para a construção de um futuro melhor.

Leia mais sobre o ele em https://museudoamanha.org.br/pt-br/sobre-o-museu.

como chegar ao museu do amanha - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Como chegar ao Museu do Amanhã?

Há muitas maneiras de chegar ao Museu do Amanhã. Você pode ir de carro, de Uber, de táxi, de ônibus, barca, metrô… abaixo detalho cada opção de transporte para você escolher a melhor para seu passeio e chegar ao local sem erro.

Carro

Se você estiver de carro, saiba que o Museu do Amanhã não conta com estacionamento próprio. Todavia, há estacionamentos particulares na região.

Como escrevi acima, um dos objetivos do projeto do Porto Maravilha é justamente incentivar o uso dos transportes coletivos – o que significa deixar o carro em casa.

Mas se você quiser ir de carro, o estacionamento mais próximo fica no edifício RB1 (Av. Rio Branco, 1), a cerca de 100 metros da entrada do Museu. Mas ainda há outros no local.

1f697 2 - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

 Utilize a RentCars e ache o melhor preço de aluguel de carro comparando em mais de 100 locadoras de uma só vez. Pague em real, parcelado em até 12x e com atendimento em português. CLIQUE AQUI E CONFIRA.

Barcas

As pessoas que moram do outro lado da Baía de Guanabara (Niterói, São Gonçalo, Itaboraí etc), na Ilha do Governador ou em Paquetá, podem se dirigir ao Museu do Amanhã de barcas.

E é bem fácil. As barcas deixam os visitantes na Praça XV e, de lá até o Museu do Amanhã, você poderá fazer uma caminhada (é bem rápida, leva cerca de 20 minutos) ou ir de ônibus (cerca de 20 linhas ligam a Praça XV à Praça Mauá).

Eu sempre vou a pé mesmo. E indico que você faça isso.

exposicao no museu do amanha - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

VLT (Veículo Leve sobre Trilhos)

Se você pretende chegar ao Museu do Amanhã de VLT, caro leitor, pegue uma composição da linha 1 (azul) – sentido aeroporto Santos Dumont ou sentido rodoviária|Praia Formosa – e desça na “Parada dos Museus”.

A estação do VLT fica a cerca de 200 metros de distância do Museu do Amanhã. Você pode acessar o mapa com todas as paradas do VLT no site www.vltrio.rio.

museus do rio de janeiro - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Bicicletas

Para os amantes do pedal, há bicicletários na Praça Mauá, com um total de 120 vagas para ciclistas. E também há a opção de aluguel de bicicletas na cidade. Excelente pedida.

Ônibus

Para visitar o Museu do Amanhã de ônibus, consulte antes o site https://www.vadeonibus.com.br/vdo/#!home para saber qual a melhor opção de linha partindo de sua localização até o Museu.

Trem

Se quiser ir ao Museu do Amanhã de trem, desça na estação da Central do Brasil. De lá, pegue o ônibus (linha 225) ou ande aproximadamente 15 minutos até o local.

Metrô

Se você for ao Museu do Amanhã de metrô, descendo na Estação Uruguaiana, terá duas opções de caminhos a pé:

1ª – atravessando a Avenida Presidente Vargas, siga pela Rua Acre até chegar à Praça Mauá / Museu do Amanhã;

2ª – seguindo pela Avenida Presidente Vargas no sentido Igreja da Candelária, dobre à esquerda na Av. Rio Branco e siga em frente até chegar à Praça Mauá / Museu do Amanhã.

interior do museu do amanha - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Aeroporto

Se você for visitar o Museu do Amanhã direto do aeroporto (o que acho improvável, mas vamos lá… rsrs), o mais próximo é o Santos Dumont, que se localiza a aproximadamente de 3 km de distância. De lá, pegue um ônibus, um táxi ou um Uber até o local. Endereço do Aeroporto Santos Dumont: Praça Senador Salgado Filho, s/n° – Rio de Janeiro, RJ.

[ppromo_passagens destination=”RIO” limit=”3″ header_text=”Passagens para o Rio de Janeiro” show_logo=”false” /]

Museu do Amanhã – Informações úteis

  • Endereço: Praça Mauá, 1 – Centro. Rio de Janeiro, RJ. CEP: 20081-240
  • Horário: aberto de terça a domingo, de 10h às 18h. A bilheteria fica aberta até as 17h.
  • Preços: Inteira: R$ 20,00; meia-entrada: R$ 10,00; gratuidade para estudantes da rede pública de ensino fundamental e médio, professores da rede pública de ensino e de universidades públicas, pessoas com idade até 5 anos e a partir de 60 anos, acompanhante necessário de pessoas com deficiência, funcionários de museus ou associados do ICOM com selo da anuidade, guias de turismo, funcionários Santander, funcionários Shell, grupos em Vulnerabilidade Social (entrar em contato pelo email [email protected])

Às terças-feiras a entrada no Museu é gratuita para todos.

Em todos os casos, é preciso apresentar a documentação de comprovação de gratuidade.

visita ao museu do amanha - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro

Outras visitas interessantes próximas ao Museu do Amanhã

Se você planeja visitar o Museu do Amanhã, não deixe de visitar também o MAR (Museu de Arte do Rio), que fica quase em frente, e o AquaRio (Aquário Marinho do Rio de Janeiro), o maior aquário marinho da América do Sul.

Visite também o Cais do Valongo (sítio arqueológico resgatado no período das obras do Porto Maravilha, agora monumento preservado e aberto, atendendo a uma antiga reivindicação do Movimento Negro) – reconhecido pela UNESCO – e a Pedra do Sal, no Morro da Conceição (que faz parte da região conhecida historicamente por “Pequena África”, que se estendia do entorno da Praça Mauá até a Cidade Nova), e aproveite as incríveis rodas de samba do local!

cais do valongo rio de janeiro - Visita ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Achados arqueológicos no Cais do Valongo

Para mais informações, Consulte os sites da Unesco e do Mapa de Cultura.

E, claro, não deixe de passear e se encantar com a região revitalizada do Porto Maravilha!

E também de apreciar a vista que se tem da Baía de Guanabara, com a Ponte Presidente Costa e Silva (a famosa Rio-Niterói) ao fundo… é uma paisagem linda!

Aproveite seu passeio ao Museu do Amanhã!

E boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Autor
Evelyn Almeida
Evelyn Coutinho de Almeida é formada em Língua Portuguesa e Literatura pela UERJ. Reside no Estado Rio de Janeiro, onde trabalha como professora. Apaixonada por culturas, histórias, viagens e fotografias, é "tripulante" frequente das aventuras do Turista pelo mundo. Com um currículo de mais de trinta países já visitados, escreve como colaboradora do blog desde maio de 2012.
    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *