Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam

Rembrandt Harmenszoon van Rijn é um dos pintores mais famosos em toda a Holanda. Viveu durante o chamado “Século de Ouro dos Países Baixos”, período em que a região estava evoluindo a todo vapor no comércio, navegação, ciências e artes.

Muitas de suas obras foram produzidas enquanto ele morava em um grande sobrado de classe alta na Holanda. O local foi a casa de Rembrandt em Amsterdam de 1639 a 1656, quando o pintor assumiu falência e precisou sair da residência, que foi leiloada para cobrir as dívidas do artista.

Restaurada, a antiga casa de Rembrandt funciona atualmente como um museu onde é possível conhecer a vida do artista e suas obras.

Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam

Leia também:

O que visitar na Casa de Rembrandt?

Os cômodos onde funcionavam o atelier, a cozinha, a mobília da época, objetos e as pinturas, é claro, são algumas das coisas que podem ser apreciadas no museu. E não são somente algumas obras de Rembrandt que estão no local, mas de alguns de seus discípulos, bem como de outros artistas, porque ele também trabalhava como marchand.

Cozinha da casa de Rembrandt

Além das 260 gravuras do pintor expostas no museu, a visita ao atelier é uma experiência bem realista, por conta da ambientação que remonta fielmente à época do artista (inclusive com algumas peças originais), e pela presença de funcionários no local explicando as técnicas de pintura da época, com demonstrações.

estudio de rembrandt - Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam

rembrandt amsterdam - Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam

Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam

Rembrandt era um homem que gostava de colecionar objetos diferentes e essas peculiaridades podem ser observadas durante a visita ao museu. Não estranhe ao se deparar com objetos como conchas, penas, estátuas e até cascos de tartaruga expostos no ambiente.

Museu Casa de Rembrandt - Holanda

A arquitetura da Casa de Rembrandt é igualmente interessante de ser observada, por contar com algumas características muito comuns na época e bem diferentes dos dias atuais. Começando pelo tamanho das portas.

Curiosidades da Casa de Rembrandt

É possível notar que as portas são pequenas, demonstrando que as pessoas do século XVII eram, em sua maioria, de baixa estatura. Isto se deve à dieta da época, que era fraca em nutrientes, o que influenciou diretamente a estrutura biológica dos habitantes de Amsterdam naquele período.

Outro costume inusitado era o de se dormir sentado. Por este motivo as camas são mais curtas do que as de atualmente, já que elas praticamente só precisavam ter espaço para as pernas. A justificativa era um medo comum de que o sangue poderia subir para a cabeça se a pessoa dormisse inteiramente deitada.

Achou estranho? Pois não acaba aí! Muitas camas ficavam dentro de armários, inclusive a do Rembrandt e a da cozinheira, portanto, não se assuste ao encontrar uma cama na parede da cozinha, que, aliás, é por onde a visita começa.

Camas na casa de Rembrandt

Além de saber mais sobre a vida do pintor, o Museu Casa de Rembrandt em Amsterdam é um ótimo passeio para conhecer como viviam os ricos holandeses do século XVI.

Museu Casa de Rembrandt

Pesquise opções de hotel em Amsterdam aqui!

E, quando acabar a visita, uma dica para os gulosos de plantão é comer um delicioso sanduíche de salmão defumado que tem num café bem em frente a Casa de Rembrandt. Tudo de bom!

o que comer em Amsterdam

Informações da Casa de Rembrandt em Amsterdam

  • Endereço: Jodenbreestraat 4, 1011 NK Amsterdam
  • Funcionamento: Diariamente, das 10h às 18h
  • Custo: Adultos € 13,00
  • Como chegar: metrô para a estação Waterlooplein ou tram linhas 9 e 14 com paragem em Waterlooplein.
  • Site: https://www.rembrandthuis.nl/en

Não se esqueça de que o seguro viagem para a Europa é obrigatório, viu?! Veja como comprar um seguro viagem mais barato e bom. 😉

Compre o seu seguro viagem com até 10% de desconto aqui!

E na hora de começar a organizar a sua viagem, não deixe de ler todas as nossas outras dicas de Amsterdam e da Holanda e nem de verificar os ingressos e passeios que poderá comprar com desconto antes de embarcar para lá.

Boa viagem!

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é o seguro viagem para a Europa é obrigatório. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. Então, não embarque sem um ótimo seguro viagem para os Estados Unidos. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem mais barato e com o melhor custo x benefício pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:                                                                               x

reserve seu hotelSeguro viagemchios de internetingressos e passeiosguias de viagempassagens aéreas mais baratasGuia de viagem turista profissional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here