Home / EUA / Onde ficar em Nova York: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)

Onde ficar em Nova York: os piores e os melhores bairros (tudo que você precisa saber)

Saber onde ficar em Nova York não é uma tarefa muito fácil.

Além de ter que adequar uma boa localização com a facilidade de acesso a serviços e transportes, é preciso pesquisar muito, pois a hospedagem na cidade, em geral, é um item caro – infelizmente!

Não sonhe muito em conseguir um hotel aceitável  com a diária por menos de US$ 120 por casal.

Mas Nova York é Nova York, um destino super desejado e a gente não vai desistir dele só por causa de alguma dificuldade em conseguir um bom custo x benefício na hora de reservar o hotel, né?!

E fato é que com uma boa pesquisa e alguma antecedência (quem sabe até uma boa promoção de última hora?!) é possível juntar o útil ao agradável e ficar bem instalado sem precisar comprometer o orçamento todo da viagem.

Aqui neste post nós vamos apresentar um pouco dos bairros e ajudar vocês a escolher os melhores locais pra se hospedar em Nova York, além de dar umas dicas de bons hotéis.

guia de nova york

Onde ficar em Nova York

Para começo de conversa, é preciso entender a geografia da cidade. Muita gente acha que NYC se resume a Manhattan, mas a verdade é que ela é formada por cinco boroughs (distritos): Manhattan, Brooklyn, Queens, Bronx e Long Island.

Na imagem abaixo você tem uma ideia de como Manhattan é só uma pequena parte da cidade – ainda que seja lá que fiquem 98% das atrações que todos queremos conhecer…

mapa de nova york

Como saber em qual bairro o hotel fica?

Depois nós vamos falar de outros distritos da cidade, mas, em princípio, eu indicaria ficar hospedado em Manhattan, já que quase tudo está lá.

Bom, ao observar um mapa da ilha de Manhattan você logo irá perceber que quase todas as suas ruas e avenidas são numeradas, o que facilita – e muito! – a nossa vida.

dicas de nova york

Ela é divida inicialmente em 3 grandes áreas: Downtown ou Lower Manhattan (tudo que fica abaixo da 14th Street); Midtown (tudo que se localiza entre a 14th Street e a 59th Street); e Uptown (acima da 59th Street). E, por fim, ainda há a divisão em pequenos bairros, que são mais de 20.

mapa de nova york

Então, como podemos perceber, localizar-se na cidade é bem fácil, visto que a maioria de suas ruas e avenidas são numeradas. As ruas cortam a cidade no sentido leste-oeste e as avenidas cortam no sentido norte-sul (vão da 1st Avenue até a 12nd Avenue, além da Lexington, Madison e Park Avenue).

E agora voltamos a nossa questão inicial: como saber em qual bairro fica o nosso hotel?

Já vimos que quanto mais alto for o número da rua, mais ao norte da ilha estaremos hospedados, mas há uma outra coisa que precisa ser levada em conta: as avenidas 😉

A famosa 5th Avenue marca o meio da ilha e, portanto, a divisão East (E) e West (W). Por que é importante saber isso? Porque você irá notar que a numeração dos endereços sempre virá acompanhado das letras E ou W, indicando se o número vai aumentando em direção leste (E) ou ao Oeste (W). Assim, você saberá em que lado da ilha estará o seu hotel e não perderá tempo caminhando para o lado errado.

nova york hotel

Quais os melhores bairros de Nova York para se hospedar?

Eu diria, de um modo geral, que ficar em Manhattan em qualquer rua abaixo da 112 Street já é um bom negócio. Mas, em especial se for a sua primeira vez na cidade, tentar concentrar a sua busca entre as ruas 30 e 59 seria ainda melhor. Lá é o coração de Midtown e você ficará bem no burburinho de tudo, podendo visitar muita coisa a pé, como a Times Square, o MoMA, o Empire State, os teatros da Broadway…

guia de nova york

Mas você tem que levar em conta o seu estilo e pretensões na cidade, então, vão aqui algumas características de outras regiões diferentes de Manhattan:

– Lower Manhattan: se você não faz questão de estar onde todos estão, aqui pode ser uma boa opção. É lá que ficam alguns dos bairros que mais gosto na cidade, como o Soho, Greenwich Village e Tribeca. Eles têm bem aquele visual clássico dos filmes e têm um apelo mais residencial, embora sejam áreas super cool.

– Financial District: também fica no extremo sul da ilha; é onde estão o Marco Zero e a saída dos barcos para a Estátua da Liberdade, por exemplo. Embora tenha algumas atrações, acaba por ser um lugar muito business e os hotéis têm bastante esse perfil, podendo até ser mais caros por conta disso. Mas não custa pesquisar, né?! Pessoalmente, é uma região onde nunca me interessei em ficar, mas não porque é ruim – pelo contrário – mas porque prefiro um outro estilo de lugar.

onde se hospedar em Nova York

– Upper East Side: é uma área super-hiper nobre da cidade e bem residencial, ao lado do Central Park e da Museum Mile, a região da Quinta Avenida que concentra vários museus, entre eles, o famoso Metropolitan. Não preciso nem dizer que os hotéis aqui são ótimos, mas também são mais caros, 🙂

– Upper West Side: esta área fica do outro lado do Central Park e também tem um perfil bem residencial, só que de classe média. Aqui você poderá encontrar alguns bons hotéis por preços mais convidativos. A primeira vez que visitei a cidade fiquei lá e gostei bastante, pois me sentia meio “moradora”.

onde ficar em Nova York

Quais os piores bairros para se hospedar em Nova York?

Já começo dizendo que isso é muito relativo, obviamente. Mas, para mim, por exemplo, um lugar de Manhattan que eu não gostaria de ficar, ainda que tenha hotéis baratos, é Chinatown. Acho a região muito bagunçada e com um aspecto meio sujo.

Por uma questão de distância, eu evitaria ficar muito acima da rua 112, pois praticamente não há atrações para essa região e, embora haja linhas de metrô, já não tem a mesma abundância que mais ao sul.

Pelo mesmo quesito distância, eu evitaria o Queens e o Brooklyn, com algumas ressalvas.

No caso do Brooklyn, se conseguir um bom lugar na região conhecida como DUMBO (logo depois da famosa ponte do Brooklyn) ou na badalada Willimsburg (tem um clima mais alternativo, então, veja se esta é a sua vibe), pode ser um bom lugar para ficar, pois é bem pertinho de tudo e tem metrô. Mas como você pode perceber no mapa que colocamos no começo do post, é uma área enorme, então, é provável que você acabe ficando muito longe e perdendo muito tempo em transportes (até mais de 1 hora só para ir às principais atrações).

Leia também: Chip EasySim4u: chegue já conectado em Nova York

onde ficar em Nova York

O mesmo vale para o Queens, ainda que a região conhecida como Astoria possa ser uma exceção, pois tem ótimos hotéis e também é perto de Manhattan e bem servida de metrô.

Hospedagem barata em Nova York existe?

Bem, infelizmente achar um hotel barato em Nova York é quase uma arte, ao menos um que seja bom, limpinho e bem localizado; mas nem por isso é preciso ir a falência ou desistir do sonho de conhecer a cidade.

guia de nova york

Como apontado no item anterior, Astoria, Williamsburg e DUMBO podem ser bons locais para procurar algo mais em conta. O mesmo vale para a região do Upper West Side. O que você tem que prestar atenção sempre é se há uma estação de metrô por perto do hotel escolhido.

Nas épocas de baixa temporada lá, como janeiro e fevereiro, as diárias serão bem mais em conta do que em meses como julho ou agosto. Então, se puder, vá fora do auge do verão, natal e ano novo, black friday e outros feriados locais.

Por fim, pesquise muito e de preferência com bastante antecedência, pois é possível encontrar boas barbadas.

Não viaje para os EUA sem um ótimo seguro viagem, pois a saúde lá é particular e qualquer simples arranhão pode representar um gasto de alguns milhares de dólares. Faça uma cotação aqui para achar o seu seguro ideal e ganhe 5% de desconto usando o nosso cupom TURISTAPROF5.

Resumo de onde se hospedar em Nova York:

  • se é sua primeira vez na cidade, tente se hospedar em Midtown, assim, ficará no olho do furacão e conseguirá se localizar melhor;
  • para quem está retornando pela segunda ou décima vez, o legal é poder ousar e experimentar outras regiões;
  • sempre fique de olho se há metrô pertinho do hotel;
  • além do valor da diária, também será cobrado um imposto local de 14,75% + US$3,50 por dia – isso em todos os hotéis;
  • se for ficar mais tempo na cidade, veja se optar por um apartamento de temporada não sairá mais em conta.
  • Pesquise aqui apartamentos de temporada em Nova York!

Abaixo seguem alguns posts com dicas de onde ficar em Nova York:

E, quando for organizar a sua viagem, aproveite e leia todas as nossa outras dicas de Nova York.

guia de nova yorkNão deixe também de conhecer o nosso guia de Nova York, o “Roteiro de 7 dias em Nova York e arredores“, que está cheio de dicas práticas e traz a sua viagem toda planejada dia-a-dia.

SAIBA MAIS

Boa viagem!

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                         

Sobre Ana Catarina Portugal

Ana Catarina Portugal é a criadora e editora-chefe do blog Turista Profissional, relatando as dicas e experiências que teve nos mais de 40 países por onde já passou. Também escreve sobre viagens para revistas especializadas, é professora de artes, filósofa formada e mestre em História da Arte.

Leia também

Storm King Art Center

Bate e volta de Nova York: Storm King Art Center, o Inhotim americano

Para quem gosta de arte contemporânea (euuuu!!!), em especial de esculturas monumentais, e ainda curte …

3 Comentários

  1. Douglas

    Incrível estudo !
    Tudo detalhado !
    Ganhei tempo !
    Sempre pesquiso umas 30 opiniões em sites distintos, com a sua eu acho que mais meia dúzia basta.
    Eu sou viciado em viagens, se não estou nela, estou pesquisando sobre.
    Depois que chego em casa da empresa, eu sento com minha cervejinha e fico lendo e ouvindo sobre viagens.
    Coisa de louco ? Acho que não, faço o que amo.
    Parabéns e obrigado pelas dicas.

  2. O que você acha da região de Long Island City, no Queens? Ravel Hotel. Pretendo ficar lá com minha esposa em outubro, pois qualquer coisa em Manhattan está de arrancar os rins 🙁

    • Ana Catarina Portugal

      A região tem partes ótimas, mas esse hotel fica numa área bem feia, embaixo de um viaduto. Eu não gostaria de ficar ali. Sempre que for reservar um hotel, use o Google Maps para visualizar a vizinhança. Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *